CEFET/SP

Sobre a instituição de ensino

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP), antigo Centro Federal de Educação Tecnológica de São Paulo (CEFET/SP), é uma instituição que oferece educação superior, básica e profissional, de forma pluricurricular. É uma instituição multicampi, especializada na oferta de educação profissional e tecnológica nas diferentes modalidades de ensino, com base na conjugação de conhecimentos técnicos e tecnológicos às suas práticas pedagógicas.

Histórico

O IFSP é uma instituição federal, pública, vinculada diretamente ao Ministério da Educação.
A história do IFSP registra, em suas diversas fases, além da manutenção de educação pública de qualidade a oferta de formação profissional orientada ao desenvolvimento econômico brasileiro, especialmente no Estado de São Paulo.
Como Escola de Aprendizes e Artífices, criada em 1909, teve seu projeto voltado para a formação de operários e contramestres.
Nos anos de 60 a 90, como Escola Técnica Federal de São Paulo, formou técnicos de nível médio, inicialmente para as áreas de Mecânica e Edificações, depois para Eletrotécnica, Eletrônica, Telecomunicações, Processamento de Dados e Informática Industrial.
Escola de Aprendizes e Artífices 1909
Em 1987 a Escola inaugura sua segunda unidade, localizada no município de Cubatão, litoral paulista, e, em 1996, a terceira unidade, em Sertãozinho, no interior do Estado.
Nesse último período, houve o reconhecimento público da Escola Técnica Federal de São Paulo pelo excelente preparo profissional de seus alunos. Registre-se o fato de que, até hoje, ela ainda é conhecida popularmente como Escola Técnica Federal ou Federal de São Paulo.
A partir do ano 2000, já consolidada sua transformação em Centro Federal de Educação Tecnológica, houve a remodelação e a expansão da oferta de ensino da instituição.
Em 2005 houve a implantação da Unidade de Guarulhos, 2006 as Unidades de Caraguatatuba e São João da Boa Vista, 2007 as Unidades de Salto e Bragança Paulista e em 2008 as Unidades de São Carlos e São Roque.
Em 2009 houve a transformação para Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo.
Atualmente, com aproximadamente 8.000 alunos matriculados, o IFSP atua nos seguintes níveis e modalidades:
Cursos de Engenharia, Cursos de Tecnologia, Cursos de Licenciatura, Cursos de Pós-Graduação, Cursos Técnicos e Ensino Médio.
O objetivo do ensino ministrado pelo IFSP, em todos os níveis e modalidades, é o de construção de uma escola comprometida com a sociedade. Para tanto, suas ações apontam para a formação social e crítica do cidadão, proporcionando-lhe formas de intervir no processo de produzir cultura e conhecimento e desenvolvimento de novas tecnologias.
A proposta pedagógica que norteia todo o currículo baseia-se nos princípios explícitos da contextualização e da interdisciplinaridade e, implicitamente, na estética da sensibilidade, na política da igualdade e na ética da identidade.
A aprendizagem está direcionada para a construção, apropriação e mobilização dos saberes indispensáveis ao momento atual e para aquisição de competências que envolvem conhecimentos, habilidades, (o "saber fazer") valores e as atitudes (o "saber ser"). Estes constituídos de forma articulada e mobilizados para resolver problemas.

Transformação

Em 2007 o Governo Federal lançou a Chamada Pública MEC/SETEC n.º 002/2007, com o objetivo de analisar e selecionar propostas de constituição de Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia ? IFETs, assim o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo foi criado, de acordo com a Lei 11.892/2008, mediante transformação do Centro Federal de Educação Tecnológica de São Paulo. Sua Reitoria está instalada em São Paulo.