Administração Financeira

Administração Financeira

(Parte 1 de 6)

Administração Financeira

Administração Financeira I

Análise de Demonstrativos Financeiros

Demonstrativos Financeiros e Índices

Estudo da Demonstração do Resultado do Exercício e do Balanço Patrimonial.

Análise dos Demonstrativos de Fluxo de Caixa.

Análise das relações entre o demonstrativo de resultado e o balanço patrimonial, realizando uma análise financeira.

Através destas análises é possível controlar o rumo das operações da empresa, bem como estabelecer uma maneira eficaz de alocação de recursos.

Administração Financeira I Análise de Demonstrativos Financeiros

Demonstração do Resultado do Exercício (DRE)

A Demonstração do Resultado do Exercício relaciona os fluxos de recebimento gerados por uma empresa e os fluxos das despesas incorridas para produzir e financiar suas operações.

RECEITA BRUTA 2.976.466 Impostos e Contribuições sobre Vendas-731.602

RECEITA LÍQUIDA 2.244.864 Custo dos Produtos Vendidos-1.271.632 Depreciação / Amortização / Exaustão-170.327

LUCRO OPER. ANTES RES. FINANC.443.564 Receitas Financeiras 59.410 Despesas Financeiras -128.921

LUCRO ANTES DO I.R.374.053 Imposto Renda e Contribuição Social-61.277 Plano de Participação nos Resultados-18.417 Participação Estatutária -18.476 Participação Minoritária -1.617

Administração Financeira I

Análise de Demonstrativos Financeiros

Estrutura da DRE

Receita Operacional Bruta: Somatória de todas as vendas de serviços que foram efetuados e que tenham sido faturados, ou seja, que tenham gerado emissão de nota fiscal em um determinado período, obedecendo o princípio contábil da competência;

Deduções da Receita Bruta: São representadas pelas contas de devoluções (vendas canceladas), abatimentos, descontos comerciais e impostos incidentes sobre vendas de produtos ou serviços;

Receita Operacional Líquida: Constitui a base de cálculo para a análise das receitas efetivamente realizadas pela empresa em determinado período.

Administração Financeira I

Análise de Demonstrativos Financeiros

Estrutura da DRE

Custo das Mercadorias Vendidas/Custo dos Serviços

Prestados/Custo dos Produtos Vendidos: Os custos a serem atribuídos como CMV, CSP ou CPV no exercício devem ser correspondentes às receitas de vendas dos produtos e serviços reconhecidos como tal no mesmo período, obedecendo o princípio da competência;

Lucro Bruto ou Resultado Bruto: De acordo com o art. 187, item I, da Lei 6.404/76, deve ser computado na DRE o custo das mercadorias e serviços vendidos ou prestados no exercício, que deduzido das receitas correspondentes, gera o Lucro Bruto.

Administração Financeira I

Análise de Demonstrativos Financeiros

Estrutura da DRE

Despesas Operacionais: Correspondem ao esforço financeiro necessário para que a empresa possa funcionar, ou seja, financiar suas atividades de vendas, produção e prestação de serviços;

Despesas de Vendas: Têm a função de registrar as despesas com a comercialização dos produtos, mercadorias ou serviços para atender aos objetivos da empresa;

Despesas Administrativas: Representam os gastos pagos ou incorridos para arcar com despesas para a gestão ou direção da empresa;

Resultados Financeiros Líquidos: O art. 187 da Lei 6.404/76 define como despesas operacionais as despesas financeiras deduzidas das receitas, ou seja, as receitas financeiras deverão ser compensadas das despesas financeiras.

Administração Financeira I

Análise de Demonstrativos Financeiros

Estrutura da DRE

Despesas Financeiras: Despesas decorrentes da necessidade de Capital de Giro ou do financiamento do Ativo;

Receitas Financeiras: São receitas geradas em função de descontos obtidos, juros recebidos, rendimento de aplicações financeiras;

Outras receitas e despesas operacionais: Compõem-se de itens que não são provenientes da atividade fim da empresa, tais como participação no resultado das empresas coligadas ou controladas;

Resultado não Operacional: Representa os ganhos ou perdas que a empresa obtém com atividades não consideradas fim.

Administração Financeira I

Análise de Demonstrativos Financeiros

Estrutura da DRE

Lucro (ou prejuízo) Antes do Imposto de Renda (LAIR) e

Contribuição sobre o Lucro (CSL): O resultado obtido até este ponto da DRE constitui base de cálculo da Provisão para Imposto de Renda e da Provisão para Contribuição Social;

Participações e Contribuições: Após a apuração do resultado depois do IR e CSL, deve-se calcular e deduzir outras participações do resultado, tais como dos empregados, de debêntures, dos administradores, etc;

Lucro Líquido do Exercício ou Resultado Líquido: O Lucro

Líquido corresponde ao resultado final do exercício “à disposição” dos proprietários (sócios ou acionistas), que, apoiados em determinações legais e estatutárias, determinam como será feita sua distribuição

Administração Financeira I

(Parte 1 de 6)

Comentários