O Concito do Lixo e sua coleta

O Concito do Lixo e sua coleta

(Parte 5 de 6)

•a necessidade de buscar soluções de âmbito pessoal e comunitário para contribuir para um consumo sustentável e um manejo adequado dos resíduos.

Frações Exemplos PapéisJornais, papelão, papel etc..

PlásticosSacos, vasilhames, garrafas etc.. MetaisLatas de bebida, conserva etc.. VidrosGarrafas, copos, compoteiras etc..

Resíduos tóxicosPilhas, baterias, termômetros, produtos eletrônicos, óleos, tintas, solventes etc..

Resíduos orgânicosRestos de alimentos, folhas e galhos. MadeiraCabos de vassoura, caixotes etc..

Resíduos não recicláveisAbsorventes higiênicos, fraldas ou misturados descartáveis, papel higiênico usado.

2. Entrega de informação básica e leitura

Os textos deste manual também podem ser lidos por seus alunos. Você decide em que momento e como usá-los.

3. Pesquisa A classe será dividida em grupos de trabalho. Cada grupo escolherá um dos seguintes temas de pesquisa:

a) Cadastro do lixo na minha comunidade/cidade

Para a realização desta atividade é importante que os alunos façam, se possível, uma visita ao órgão responsável pela limpeza urbana no município. Algumas perguntas pertinentes: •Quantos quilos de lixo são gerados por mês em sua comunidade/cidade/país?

•Existe coleta de lixo no município?

•Qual é o custo mensal da operação de coleta e disposição do lixo? Como os consumidores pagam por esse serviço?

•Qual é o tratamento que se dá ao lixo? É depositado em lixões, em aterros controlados ou aterros sanitários e/ou é incinerado? •Caso a disposição final seja um lixão, quais são os problemas relacionados?

•O que se sabe sobre os líquidos percolados ou lixiviados e a qualidade da água nas proximidades do lixão?

•No município existem “botas-foras”, isto é, lugares onde empresas e pessoas depositam lixo ou entulho ilegalmente? •Há coleta seletiva de lixo?

•Faz-se algum tipo de reciclagem e/ou produção de composto com os resíduos orgânicos domésticos?

•As indústrias estão obrigadas a se responsabilizar pelos seus resíduos tóxicos? Como é feito o manejo de resíduos tóxicos industriais?

•Que perigos para o meio ambiente e para a saúde das pessoas o manejo inadequado dos resíduos tóxicos oferece? •Que soluções têm planejado as autoridades para diminuir a quantidade de lixo?

•As autoridades e a comunidade estão satisfeitas como manejo atual do lixo? Qual seria, segundo elas, a solução ideal? Realizar uma visita de investigação ao local de destinação final do lixo no município pode ser bastante enriquecedor. Os alunos que optarem por estudar este tema podem conseguir informações adicionais na Prefeitura e na Secretaria de Meio Ambiente da sua cidade.

b) Investigando o lixo na minha cidade

Peça aos alunos que façam um passeio pela cidade, observando as áreas comerciais, residenciais e lotes vagos, a fim de fazerem anotações e reflexões sobre o que viram em relação ao lixo. Perguntas pertinentes: •Que problemas observou em relação ao lixo?

•Existem latas de lixo nas ruas?

•Há depósito de lixo em lotes vagos ou áreas verdes?

•Nas ruas existem bocas-de-lobo ou bueiros, por onde drenam as águas da chuva? Qual o estado de conservação desses locais? •As ruas estão limpas?

•Há coleta de lixo?

•Caso não haja, onde a comunidade deposita o lixo?

•A vizinhança está satisfeita com o atual manejo do lixo?

•Estariam dispostos a adquirir novos hábitos em relação ao lixo, como realizar uma separação do lixo na fonte, isto é, separar papéis, vidros, material orgânico, latas etc., antes de descartá-los?

•Estariam dispostos a levar seus resíduos tóxicos (solventes, óleos, tintas, pilhas etc.) a um lugar propício para tal fim na comunidade, como ponto de coleta voluntária, por exemplo, se houvesse?

•Estariam dispostos a diminuir a quantidade de lixo gerado? (Por exemplo, reduzir o consumo, reciclar e reutilizar.)

•Os membros da comunidade acreditam que as empresas poderiam diminuir o uso de embalagens, reutilizá-las ou reciclá-las? •Estariam dispostos a deixar de comprar produtos com vasilhame descartável, se existisse essa opção? c) Reciclagem

Entrar em contato com empresas especializadas na reciclagem de papel, vidro, plástico e/ou alumínio.

Fazer, se possível, uma visita de estudo. Perguntas pertinentes: •Que materiais reciclam?

•Quanto material é reciclado, com relação à quantidade total de cada fração? Por exemplo, que percentual de papel é reciclado? •Como se realiza o processo de reciclagem? É gerado algum tipo de resíduo ou contaminação?

•É fácil comercializar os materiais reciclados?

•Que vantagens representa a reciclagem para o meio ambiente?

Podem também entrar em contato com associações de catadores. Algumas perguntas são: •Que materiais coletam?

•Onde vendem os materiais coletados?

•Há locais de entrega voluntária instalados no município?

•Como a escola poderia contribuir para a coleta de materiais recicláveis? Os alunos que estudarem este tema podem obter informações na Secretaria de Meio Ambiente de sua cidade e nas associações ou cooperativas de catadores.

d) Embalagens

Observar detalhadamente diferentes tipos de garrafas e embalagens: visitar um supermercado ou armazém, ou estudar os produtos existentes em casa. •Que tipos de materiais são usados nos vasilhames e embalagens?

•Por que e em que casos são necessários vasilhames e embalagens?

•Que tipos de embalagem são desnecessários? (por exemplo: a caixa da pasta dental)

•Quais poderiam ser reciclados?

•Quais poderiam ser substituídos por outros que apresentem a possibilidade de ser reutilizados?

Os alunos podem entrar em contato com uma ou várias empresas. Sugestão de perguntas: •São realmente necessárias todas as embalagens, por exemplo, caixas de cremes dentais e cosméticos?

•É possível usar embalagens mais benignas para o meio ambiente?

•Se as empresas – como em muitos países europeus – estivessem obrigadas a se responsabilizar por suas embalagens e vasilhames, mudariam ou eliminariam algumas? Se no lugar onde mora há um restaurante de comidas rápidas, visite-o e pergunte:

(Parte 5 de 6)

Comentários