(Parte 1 de 7)

Copyright © 1998, ABNT–Associação Brasileira de Normas Técnicas Printed in Brazil/ Impresso no Brasil Todos os direitos reservados

Sede: Rio de Janeiro Av. Treze de Maio, 13 - 28º andar CEP 20003-900 - Caixa Postal 1680 Rio de Janeiro - RJ Tel.: PABX (021) 210-3122 Fax: (021) 220-1762/220-6436 Endereço Telegráfico: NORMATÉCNICA

ABNT-Associação Brasileira de Normas Técnicas

NBR 14152JUL 1998

Segurança de máquinas - Dispositivos de comando bimanuais - Aspectos funcionais e princípios para projeto

Sumário Prefácio Introdução 1 Objetivo 2 Referências normativas 3 Definições 4Tipos de dispositivos de comando bimanuais e sua seleção 5Características das funções de segurança 6Requisitos relativos às categorias dos comandos 7Utilização de sistemas eletrônicos programáveis 8Prevenção da atuação acidental e burla 9Requisitos gerais 10 Verificação 1 Identificação 12Informação para instalação, utilização e manutenção ANEXOS AVerificações dimensionais para impedir a burla BUtilização de categorias (de acordo com a NBR 14153) em tipos de dispositivos de comando bimanuais C Bibliografia

Prefácio

A ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas - é o Fórum Nacional de Normalização. As Normas Brasileiras, cujo conteúdo é de responsabilidade dos Comitês Brasileiros (CB) e dos Organismos de Normalização Setorial (ONS), são elaboradas por Comissões de Estudo (CE), formadas por representantes dos setores envolvidos, delas fazendo parte: produtores, consumidores e neutros (universidades, laboratórios e outros).

18 páginasPalavras-chave:Segurança de máquina. Dispositivo de comando. Comando manual. Prevenção de acidentes. Dispositivo de segurança

Origem: Projeto 04:016.01-022:1997 CB-04 - Comitê Brasileiro de Máquinas e Equipamentos Mecânicos CE-04:016.01 - Comissão de Estudo de Máquinas Injetoras de Plástico NBR 14152 - Safety of machinery - Two-hand control devices - Functional aspects and design principles Descriptors: Safety of machinery. Control devices. Manual controls. Accident prevention. Safety devices Esta Norma foi baseada na EN 574:1996 Válida a partir de 01.09.1998

Os Projetos de Norma Brasileira, elaborados no âmbito dos CB e ONS, circulam para Votação Nacional entre os associados da ABNT e demais interessados.

Esta Norma contém o anexo A, de caráter normativo, e os anexos B e C, de caráter informativo.

Usou-se como texto de referência para esta Norma a EN 574:1996 - “Safety of machinery - Two-hand control devices - Functional aspects and design principles”.

Introdução

Esta Norma foi preparada para ser uma norma do tipo B, conforme definição da EN 292-1.

Um dispositivo de comando bimanual é um dispositivo de segurança (componente de segurança). Ele fornece uma medida de proteção ao operador contra o alcance de zonas perigosas durante situações de perigo, pela localização dos dispositivos de atuação de comando em uma posição específica. Para máquinas portáteis deve ser levado em consideração que a zona de perigo não é estacionária.

A seleção de um dispositivo de comando bimanual como um dispositivo apropriado de segurança dependerá da apreciação do risco feita por projetistas, elaboradores de normas e outros, de acordo com as EN 292-1 e NBR 14009.

A definição de um dispositivo de comando bimanual é dada em 3.1 e tem prioridade sobre a definição de 3.23.4 da EN 292-1:1991.

2NBR 14152:1998

Em algumas aplicações, dispositivos de inibição (ver EN 292-1) e/ou dispositivos que devem ser mantidos acionados para gerar movimento (ver EN 292-1) podem atender à definição do dispositivo de comando bimanual desta Norma. Adicionalmente, alguns dispositivos especiais de comando, tais como botoeiras suspensas, para manipuladores e alguns comandos de talhas, requerem a utilização das duas mãos e podem atender à definição de um dispositivo de comando bimanual desta Norma.

1 Objetivo

Esta Norma especifica os requisitos de segurança para um dispositivo de comando bimanual e sua unidade lógica, como definido em 3.1.

Esta Norma descreve as características principais de um dispositivo de comando bimanual para o alcance de segurança e expõe as combinações de características funcionais de três tipos. Esta Norma não se aplica a dispositivos que têm a finalidade de ser utilizados como dispositivos de inibição, dispositivos que necessitam ser mantidos pressionados para o funcionamento do equipamento e como dispositivos especiais de comando.

Esta Norma não especifica a que máquinas os dispositivos de comando bimanuais devem ser aplicados. Ela também não especifica que tipos de dispositivos de comando bimanuais devem ser aplicados. Também não especifica a distância entre o dispositivo de comando bimanual e a zona de perigo (ver 9.8).

Esta Norma fornece requisitos e orientação para o projeto e seleção (baseados na apreciação do risco) de dispositivos de comando bimanuais, incluindo sua avaliação, prevenção de burla e eliminação de defeitos. Esta Norma também fixa requisitos e orientação para dispositivos de comando bimanuais que contêm um sistema eletrônico programável (ver seção 7).

Esta Norma se aplica a todos os dispositivos de comando bimanuais, independentemente do tipo de energia aplicado, incluindo:

- dispositivos de comando bimanuais que são ou não parte integrante da máquina;

- dispositivos de comando bimanuais que consistem em um ou mais elementos separados.

2 Referências normativas

As normas relacionadas a seguir contêm disposições que, ao serem citadas neste texto, constituem prescrições para esta Norma. As edições indicadas estavam em vigor no momento desta publicação. Como toda norma está sujeita à revisão, recomenda-se àqueles que realizam acordos com base nesta que verifiquem a conveniência de se usarem as edições mais recentes das normas citadas a seguir. A ABNT possui a informação das normas em vigor em um dado momento.

NBR 13761:1996 - Segurança de máquinas - Distâncias de segurança para impedir o acesso a zonas de perigo pelos membros superiores

NBR 14009:1997 - Segurança de máquinas - Princípios para apreciação de riscos

NBR 14153:1997 - Segurança de máquinas - Partes de sistemas de comando relacionadas à segurança - Princípios gerais de projeto

EN 292-1:1991 - Safety of machinery - Basic concepts, general principles for design - Part 1: Basic terminology, methodology

EN 292-2:1991/Amd A1:1995 - Safety of machinery - Basic Concepts, general principles for design - Part 2: Technical principles and specification

EN 60204-1:1992 - Safety of machinery - Electrical equipment of machines - Part 1: General requirements

3 Definições

Para os efeitos desta Norma, aplicam-se as seguintes definições:

3.1 dispositivo de comando bimanuais: Dispositivo que exige ao menos a atuação simultânea pela utilização das duas mãos, com o objetivo de iniciar e manter, enquanto existir uma condição de perigo, qualquer operação da máquina, propiciando uma medida de proteção, apenas para a pessoa que o atua (ver figura 1).

3.2 sinal de entrada: Sinal externamente atuado, aplicado manualmente a um dispositivo de atuação de comando (ver figura 1).

3.3 dispositivo de atuação de comando: Componente do dispositivo de comando bimanual, que detecta um sinal de entrada de uma mão e o transmite a um conversor de sinal (ver figura 1).

3.4 atuação simultânea: Atuação continuada de ambos os dispositivos de atuação de comando, durante o mesmo período de tempo, qualquer que seja o retardo de tempo, entre o início de um sinal de entrada e o início do outro (ver figura 2).

3.5 atuação síncrona: Caso particular de atuação simultânea onde o retardo de tempo entre o início de um sinal de entrada e o início do outro é menor ou igual a 0,5 s (ver figura 3).

3.6 conversor de sinal: Componente de um dispositivo de comando bimanual que recebe um sinal de entrada de um dispositivo de atuação do comando e que transmite e/ou converte esse sinal em um formato aceitável ao processador de sinal (ver figura 1).

3.7 processador de sinal: Parte de um dispositivo de comando bimanual que gera o sinal de saída, como conseqüência de dois sinais de entrada (ver figura 1).

3.8 sinal de saída: Sinal gerado pelo dispositivo de comando bimanual a ser alimentado na máquina a ser controlada e que é baseado em dois sinais de entrada (ver figura 1).

3.9 tempo de resposta: Tempo entre o acionamento de um dispositivo de atuação de comando e o término do sinal de saída (ver 9.8).

3.10 dispositivo móvel de comando bimanual: Dispositivo que pode ser movido e utilizado em mais de uma posição definida, relativa à zona de perigo da máquina comandada.

NBR 14152:19983

Figura 1 - Representação esquemática de um dispositivo de comando bimanual

(Parte 1 de 7)

Comentários