Parasitologia - Atlas

Parasitologia - Atlas

PROTOZOÁRIO

1. Protozoário

Espécie: Acanthamoeba sp

Foto

Estágio: Trofozoíto ou cisto

Forma: Ameba ou esférica.

Características: Geralmente tem vida livre, é um parasita facultativo em humanos, é encontrada em águas frescas, não sobrevive em piscinas termais, Acanthoameoba sp invade o corpo através de cortes, muito comum nos olhos e pele, raramente invade o cérebro.

2. Protozoário

Espécie: Balantidium coli

Foto

Estágio: Cisto

Forma: Redondo

Tamanho: 60 a 90 de comprimento, por 50 a 60 µm de largura.

Material coletado: Fezes

Características: O Balantidium vive no intestino grosso humano, possui cílios e é o maior protozoário que pode parasitar o homem. Além do fato de ser grande, possui dois núcleos, que são chamados de micronúcleo e macronúcleo.

3. Protozoário

Espécie: Balantidium coli

Foto

Estágio: Trofozoíto

Forma: Amebóide

Material coletado: Fezes

Características: Tempo de vida 15 a 30 minutos, forma móvel

4. Protozoário

Espécie: Cryptosporidium parvum

Foto

Estágio: Oocistos

Forma: Redondo

Tamanho: Aproximadamente 10 µm

Material coletado: Fezes

Características: São oocistos vermelhos, O oocisto constitui a forma infectante da criptosporidíase, pois é eliminado nas fezes e possibilita a infecção por via fecal-oral.

5. Protozoário

Espécie: Endolimax nana

Foto

Estágio: Cistos

Forma: Redondo

Tamanho: Os cistos são ovais e tem tamanho aproximado de 6 a 10 µmwith a massive central karyosome..

Material coletado: Fezes

Características: Possui quatro núcleos e geralmente aparecem em grandes quantidades.

6. Protozoário

Espécie: Entamoeba coli

Foto

Estágio: Cisto e trofozoíto

Forma: Redondo

Tamanho: Os cistos medem de 10 a 15 µmwith a massive central karyosome..

Material coletado: Fezes

Características: Tanto os cistos quanto os trofozoítos podem ser encontrados nas fezes, sendo que os primeiros, conforme o grau de desenvolvimento, contêm de um a oito núcleos e, à medida que o número de núcleos aumenta, o diâmetro nuclear e a quantidade de cromatina do cisto reduzem, é uma ameba comensal, ou seja, não pode causar doenças.

7. Protozoário

Espécie: Entamoeba hatmanni

Foto

Estágio: Cisto e trofozoíto

Forma: Redondo

Material coletado: Fezes

Características: Trofozóitos de 7 a 12mm; Cisto de 5 a 10 mm de diâmetro; Citoplasma diferenciado; A estrutura nuclear, freqüentemente semelhante a E. histolytica; Vive como comensal na luz do intestino grosso.

8. Protozoário

Espécie: Entamoeba histolytica

Foto

Estágio: Cisto

Forma: Esférico ou redondos

Tamanho: 10 a 20 µm

Material coletado: fezes

Características: causa amebíase, localização intestino grosso, transmissão fecal/oral, única ameba patogênica, 4 núcleos quando maduro.

9. Protozoário

Espécie: Entamoeba histolytica

Foto

Estágio: Trofozoíto

Forma: Amebóide

Tamanho: 20 a 60 µm

Material coletado: Fezes

Características: forma móvel, tempo de vida 15 a 30 minutos.

10. Protozoário

Espécie: Giárdia lamblia

Foto

Estágio: Cisto

Forma: Arredondado

Material coletado: Fezes formadas

Características: O cisto possui oito núcleos, quatro corpos parabasais, quatro axonemas e com parede celular grossa, imóveis, mas resistentes e infecciosos.

11. Protozoário

Espécie: Giárdia lamblia

Foto

Estágio: Trofozoíto

Forma: Forma de pera

Tamanho: 15 µm

Material coletado: Fezes (diarréia)

Características: são móveis, possuindo oito flagelos e dois núcleos, dois corpos parabasais e ainda dois axonemas cada um.

12. Protozoário

Espécie: Iodamoeba butchli

Foto

Estágio: Trofozoíto

Forma: Redonda

Tamanho: de 10 a 15 mm

Material coletado: Fezes

Características: Não apresenta cromatina periférica; cariossoma grande e central.

13. Protozoário

Espécie: Iodamoeba butchli

Foto

Estágio: Cisto

Forma: Redonda

Tamanho: de 10 a 15 mm

Material coletado: Fezes

Características: Não apresenta cromatina periférica; cariossoma grande e central, apresenta um só núcleo.

14. Protozoário

Espécie: Isospora belli

Foto

Estágio: Oocisto

Forma: Oval

Material coletado: Fezes

Características: Causa isosporíase, possui dois núcleos mais escuros, o oocisto constitui a forma infectante da isosporíase, pois é eliminado nas fezes e possibilita a infecção por via fecal-oral. São finos murado, transparente.They can be demonstrated in faeces after formal ether concentration where they appear as translucent, oval structures measuring 20-33m by 10-19m. Eles podem ser demonstrados nas fezes após formal éter concentração onde elas aparecem como translúcido, oval estruturas medindo 20 a 33 de 10 a 19 mm

Oocisto Oocisto corado

15. Protozoário

Espécie: Leishmania sp

Foto

Estágio: Amastigota

Forma: Redonda

Tamanho: 5 mm

Material coletado: Sangue

Características: Possui um núcleo bem escuro, tem forma arrendondada de cor vermelha

16. Protozoário

Espécie: Leishmania sp

Foto

Estágio: Promastigota

Forma: Achatada

Tamanho: 10 mm

Material coletado: Sangue

Características: Possui um núcleo mais escuro, flagelos, semelhante a uma vagem.

17. Protozoário

Espécie: Naegleria fowleri

Foto

Estágio: Trofozoíto

Forma: Ameba de forma cilíndrica

Tamanho: 22 μm de comprimento e 7 μm de largura

Material coletado: Fezes

Características: Amebas uninucleadas com um núcleolo volumoso, possui forma pseudópode e têm locomoção rápida.

18. Protozoário

Espécie: Plasmodium vivax

Foto

Estágio: Gametócitos

Forma: Diversas

Tamanho: 1a 2 mm de diâmetro (a hemácia tem cerca de 7 mm)

Material coletado: Sangue

Características: São parasitas esporozoides das células sanguineas. Têm diversas formas, de acordo com a fase do ciclo de vida. O seu período de incubação é de cerca de 15 dias.

É espalhado em seres humanos pela picada do mosquito Anopheles.

19. Protozoário

Espécie: Plasmodium falciparum

Foto

Estágio: Gametócitos

Forma: meia-lua na periferia do glóbulo

Tamanho: 1 a 2 mm de diâmetro (a hemácia tem cerca de 7 mm).

Material coletado: Sangue

Características: A incubação é curta, de seis a dez dias. Invade todos os eritrócitos, imaturos, envelhecidos ou de meia idade.Microscopicamente, é visto como meia-lua na periferia do glóbulo. Infecta mais frequentemente os eritrócitos que se encontram no fígado ou baço, e muitas vezes não é detectado no sangue periférico. As hemácias estão com tamanho aumentado e distorcidas, com grânulos avermelhados

20. Protozoário

Espécie: Plasmodium malariae

Foto

Estágio: Gametócitos

Forma: pontos vermelhos à roxos

Material coletado: Sangue

Características: só infecta eritrócitos envelhecidos; Á microscopia os eritrócitos são de forma normal. Têm pontos vermelhos vivos, e merozoites em forma de barras. Sensível à cloroquina.

21. Protozoário

Espécie: Toxoplasma gondii

Foto

Estágio: Oocistos

Forma: Taquizoítos: meia lua; bradizoíto: ovais.

Tamanho: Taquizoítos 2 x 7 mm; bradizoíto: 10 a 100 mm.

Material coletado: Sangue

Características: Toxoplasma gondii é transmitido ao homem por diversas maneiras: através da ingestão de carne mal cozida contendo cistos de Toxoplasma; pela ingestão de oocistos provenientes de mão contaminada por fezes ou alimento e água; transmissão transplacentária; inoculação acidental de traquizoítos ou pela ingestão de oocistos infectantes na água ou alimento contaminado com fezes de gato. É um parasita unicelular.

Taquizoítos (setas) de Toxoplasma gondii

Cisto tecidual contendo bradizoíto

22. Protozoário

Espécie: Trichomonas tenax

Foto

Estágio: trofozoíto

Forma: elipsóide, ovóide ou piriforme

Tamanho: aproximadamente 15 mm

Material coletado: Tártaro

Características: O T. tenax, comensal, vive na cavidade bucal humana e também de chimpanzés e macacos. Este protozoário apresenta quatro flagelos anteriores

23. Protozoário

Espécie: Trichomonas vaginails

Foto

Estágio: trofozoíto

Forma: não possui a forma cística, apenas a trofozoítica

Tamanho: aproximadamente 15 mm

Material coletado: Secreção vaginal ou uretral

Características: O parasito tem como habitat a vagina, bem como a uretra e a próstata do homem. Possui apenas forma trofozoítica, é transmitido durante o ato sexual e através de fômites, já que o protozoário pode sobreviver durante horas em uma gota de secreção vaginal ou na água, irritam a mucosa vaginal.

24. Protozoário

Espécie: Trypanosoma cruzi

Foto

Estágio: Amastigota, tripomastigota e epimastigota

Material coletado: Sangue

Características: Possui uma membrana ondulante, o flagelo acompanha a margem externa.

Epimastigota de Trypanosoma cruzi

Tripomastigota de Trypanosoma cruzi. Seta preta - cinetoplasto; vermelha - núcleo; azul - membrana ondulante; verde - flagelo.

Amastigotas de Trypanosoma cruzi

HELMINTOS

25. HELMINTOS

Espécie: Ancylostoma braziliense

Foto

Estágio: Ovo e larva

Tamanho:O adulto mede de 5 a 10 mm de comprimento

Material coletado: Fezes

Características: Helminto nematódeo causador de ancilostomose animal e inflamação cutânea no homem (larva migrans); é próprio de felídeos e canídeos domésticos ou silvestres. Apresenta cápsula bucal que caracteriza-se por apresentar um par de dentes bem desenvolvidos. Os machos apresentam bolsa copuladora

Ovo Larva rabditóide

Larvas filarióides/detalhe da bolsa copuladora

26. HELMINTOS

Espécie: Ancylostoma caninum

Foto

Estágio: Ovos

Forma: Arredondados ou elipsóides

Tamanho: De 60 x 40 mm

Características: parasita comum do intestino delgado de cães e gatos, possuindo na cápsula bucal três pares de dentes subiguais, bem desenvolvidos Os machos apresentam bolsa copuladora

Ancylostoma caninum - detalhe da cápsula bucal

27. HELMINTOS

Espécie: Ancylostoma duodenale

Foto

Estágio:

Forma:

Tamanho: De 0,8 a 1,3 cm

Material coletado: Fezes

Características: Quando eliminados nas fezes são avermelhados. Tem bolsa copuladora e cápsula bucal com dois pares de dentes. Os ovos são liberados no ambiente e tornam-se larvados. A larva rabditóide leva por volta de uma semana para tornar-se larva filarióide. Essa penetra a pele do homem e o contamina. A larva atinge a circulação linfática ou vasos sangüíneos, passando pelos pulmões e retornando até a faringe para a deglutição. O local preferencial de instalação no intestino é no final do duodeno, onde torna-se o verme adulto

Ancylostoma duodenale - cápsula bucal com dois pares de dentes.

Ovo Larva rabditóide Larva filarióides

28. HELMINTOS

Espécie: Ascaris lumbricoides

Foto

Estágio: Ovo e verme

Tamanho: Os ovos têm 50 mm; a fêmea com até 40 cm de comprimento bastante maior que o macho, e com o diâmetro de um lápis.

Material coletado: Fezes

Características: Ascaridíase ou ascaríase é uma parasitose geralmente benigna causada pelo verme nemátodeAscaris lumbricoides, também conhecido popularmente como lombriga.São vermes nemátodes, ou seja fusiformes sem segmentação. Os ovos são ovias, de coloração marrom, com um núcleo mais escuro.

Ovos fértil e infértil, respectivamente, de Ascaris lumbricoides

Fêmea de Ascaris lumbricoides

29. HELMINTOS

Espécie: Echinococcus granulosus

Foto

Estágio: Parasitas adultos e cistos

Forma: O cisto te formasub-esférica

Tamanho: O parasito adulto mede de 3 a 6 mm;oscistos possuem um tamanho de aproximadamente 2 a 5 cm.

Material coletado:

Características: O hospedeiro intermediário (ovelha) ou o acidental (homem) se contamina ao ingerir os ovos liberados no ambiente pelo cão. Os ovos se rompem no intestino e liberam a larva, que perfura a mucosa e atinge a circulação sangüínea, chegando ao fígado. O ciclo no homem termina com a formação do cisto hidático. A contaminação é sempre acidental, do cão para o homem. Pode haver compressão dos tecidos pelo crescimento do cisto ( cerca de 1 cm por ano, podendo chegar a 10 cm),Dentro do cisto encontra-se a areia hidática.

Parasitos adultos Cisto Hidático

Areia Hidática

30. HELMINTOS

Espécie: Enterobius vermicularis

Foto

Estágio: Ovo e verme

Forma: O ovo tem forma arredondada

Tamanho: De 0,3 a 1,0 cm

Material coletado: Fezes

Características: Conhecido como oxiúrus. Morfologicamente, apresenta como característica do verme adulto um par de asas cefálicas.Após o acasalamento, o macho é eliminado com as fezes e  a  fêmea adulta se dirige até o ânus para fazer a ovipostura, principalmente à noite. Com freqüência,  não consegue retornar para a ampola retal, morrendo nesse local. Os ovos maturam rapidamente na pele da região perianal ou no solo, apresentando larvas infectantes.

Enterobius vermicularis – fêmea

Enterobius vermiculares (ovo)

31. HELMINTOS

Espécie: Fasciola hepática

Foto

Estágio: Ovo e Verme adulto

Forma: O verme é achatado, ovos arredondados

Tamanho: Ovos cerca de 1 mm de diâmetro

Características: Tal verme apresenta corpo de coloração avermelhada, foliáceo, achatado, com ventosa oral pequena e faringe bem desenvolvida, os ovos são amarelados com opérculo, parasita dos canais biliares do boi, ovelha, cabra, porco e, raramente, do homem.

Fasciola hepatica – ovo

Verme adulto

32. HELMINTOS

Espécie: Hymenolepis diminuta

Foto

Estágio: Ovos

Forma: Arredondada

Tamanho: forma adulta mede de 10 a 60 cm

Material coletado: Fezes

Características: Como "tênia do rato", infecta comumente roedores; Os ovos se desenvolvem no intestino de artrópodes (principalmente pulgas); os artrópodes são ingeridos pelos ratos (e acidentalmente pelo homem). A infecção humana é geralmente assintomática, mas pode ocorrer diarréia em crianças. As medidas de prevenção incluem a proteção dos alimentos contra ratos e insetos e o cozimento adequado .

    

Hymenolepis diminuta - ovos

33. HELMINTOS

Espécie: Hymenolepis nana

Foto

Estágio: Ovos

Forma: Arredondada

Tamanho: Adultos medem de 2 a 4 cm

Material coletado: Fezes

Características: Conhecido como "tênia anã" do homem. Possui ciclo mais comum do tipo monoxênico, mas pode ter como hospedeiros intermediários alguns insetos (pulgas). Os ovos são a forma infectante, sendo ingeridas pelo homem; é comum a transmissão de homem a homem e auto-infecção. No intestino (jejuno), as larvas invadem a mucosa e assumem a forma de larva cisticercóide; os adultos, que medem de 2 a 4 cm, passam a maturar sexualmente e a formar proglotes. Os proglotes, contendo ovos, são eliminados nas fezes.

   

Hymenolepis nana - ovos.

34. HELMINTOS

Espécie: Necator americanus

Foto

Estágio: Ovo e larva

Tamanho: Seu tamanho adulto varia de 0,8 a 1,3 cm

Material coletado: Fezes

Características: Apresenta lâminas na cápsula bucal e o macho possui bolsa copuladora na região posterior. Quando eliminados nas fezes, são avermelhados; Os ovos são liberados no ambiente e tornam-se larvados. A larva rabditóide leva por volta de uma semana para tornar-se filarióide. A infecção mais comum é por penetração da larva pela pele humana, mas pode ocorrer penetração por mucosas (boca). A larva atinge a circulação linfática ou vasos sangüíneos, passando pelos pulmões e retornando até a faringe para a deglutição. O local preferencial de instalação no intestino é no final do duodeno, onde torna-se adulto.

Ovo Larva rabditóide

Larvas filarióides/detalhe da bolsa copuladora

35. HELMINTOS

Espécie: Schistosoma mansoni

Foto

Estágio: Ovo e verme

Forma: Os ovos são redondos ou elípticos

Tamanho: O ovo mede 150 mm; machos e fêmeas de 1 a 2 cm de comprimento

Material coletado: Fezes

Características: O macho é espalmado e mais grosso e têm uma calha longitudinal (canal ginecóforo) no corpo, onde se encaixa e se aloja permanentemente a fêmea, cilindrica e mais fina mas um pouco mais longa. Os ovos têm um espinho afiado (terminal no S.hematobium, lateral no S.mansoni), que lesa os tecidos do hospedeiro quando são expelidos.

Schistossoma mansoni – ovos

Schistossoma mansoni - fêmea dentro do canal ginecóforo do macho

36. HELMINTOS

Espécie: Strongyloides stercoralis

Foto

Estágio: Larvas

Tamanho: 2 a 3 mm, quando parasitando o intestino humano.

Material coletado: Fezes

Características: Os ovos são eliminados nas fezes da pessoa contaminada, mas a eclosão e liberação das larvas é muito rápida, podendo haver auto-infecção. As larvas liberadas são rabditóides, podendo tornar-se larvas filarióides e fazer a penetração na mucosa intestinal, ainda no intestino do homem. Só fêmeas podem ser parasitas, possuem corpo cilíndrico, não segmentado. Ausência de ventosas. Aparelho digestivo completo. Adultos dióicos (sexos separados).

Larva rabditóide e larva filarióide (notar a ausência de bainha)

37. HELMINTOS

Espécie: Taenia saginata

Foto

Estágio: Ovos e verme adulto

Tamanho: O adulto possui mais de um metro e meio de comprimento, podendo atingir até doze metros.

Material coletado: Fezes

Características: Escólex: quadrangular, sem rostro, sem acúleos, tem quatro ventosas mas não tem ganchos. Proglotes: ramificações uterinas muito numerosas, de tipo dicotômico, saem ativamente no intervalo das defecações

Escólex Ovo em fezes

38. HELMINTOS

Espécie: Taenia solium

Foto

Estágio: Verme adulto

Tamanho: O adulto possui mais de um metro e meio de comprimento,  podendo atingir de cinco a seis metros.

Material coletado: Fezes contém ovos

Características: Vive no intestino delgado do homem e possui o corpo alongado, delgado e chato, podendo ser dividido em: cabeça ou escólex, colo e estróbilos ou proglótides. A cabeça é a porção anterior destinada à fixação do hospedeiro e possui, para esse efeito, quatro ventosas e uma dupla coroa de ganchos. O pescoço ou colo é a região em que são produzidos novos anéis por estrobilização. O corpo é constituído por uma série de anéis -proglótides- que são divididos em imaturos, maduros e, no final, grávidos

Taenia solium - escólex. Notar coroa de acúleos

39. HELMINTOS

Espécie: Toxocara canis

Foto

Estágio: Ovo

Forma: Redonda ou esférica

Material coletado: Fezes ou Sangue Características:Os toxocara são vermes fusiformes de secção redonda do grupo dos nemátodes. No cão ou gato são parasitas intestinais (como as lombrigas no homem), causa toxocaríase, Após ingestão dos ovos, as larvas eclodem no intestino e penetram a mucosa intestinal. Migram então pelo sangue para vários orgãos, provocando pelo caminho hemorragias e reacções imunitárias destrutivas.

Toxocara canis - ovo embrionado.

40. HELMINTOS

Espécie: Trichuris trichiura

Foto

Estágio: Ovo

Forma: Os ovos têm o aspecto típico de barril ou bola de futebol americano ou a forma de limões

Tamanho: Os machos tem em torno de 2,5 a 4 cm, as fêmeas em torno de 4 a 5 cm. Os ovos têm cerca de 45 a 65 de comprimento por 20 a 25 µm de largura.

Material coletado: Fezes.

Características: Possuem massa mucóide transparente nas duas extremidades (opérculos polares).

Trichuris trichiura - ovo (notar tampões mucosos)

41. HELMINTOS

Espécie: Wuchereria bancrofti

Foto

Estágio: Verme

Forma:As formas adultas são vermes nematóides de secção circular e com tubo digestivo completo

Tamanho: O parasito adulto tem de 2 a 6 cm, enquanto as microfilárias possuem de 0,2 a 0,3 mm.

Material coletado: Sangue

Características:. a reprodução é exclusivamente sexual, com geração de microfilárias. Estas são pequenas larvas fusiformes com apenas 0,2 milímetros. São larvas contendo uma bainha em sua volta, na parte interna são mais escuras e a bainha é mais clara, quase transparente.

   

Wuchereria bancrofti - microfilária

Comentários