A física e sua importância para a sociedade

A física e sua importância para a sociedade

(Parte 1 de 3)

META Introduzir e contextualizar a Física no mundo atual.

OBJETIVOS Ao final da aula, o aluno deverá: reconhecer quais são os elementos essenciais para um estudante de Física conseguir uma boa compreensão do conteúdo da disciplina; conceituar a Ciência Física e algumas de suas possíveis aplicações; identificar elementos do cotidiano relacionados à aplicação da Física; relacionar e analisar a contribuição da Física para outras ciências; identificar as vantagens e desvantagens no uso da Física no mundo atual; e definir a importância da Física na sociedade.

PRÉ-REQUISITOS O aluno deverá observar e anotar alguns dos vários objetos usados no seu dia-a-dia e manter essas anotações ao seu lado enquanto estuda.

Satélite em órbita (Fonte: http://www.inpe.br).

Introdução à Física

lá! Seja bem vindo ao curso de Introdução à Física. Vamos lá. Vejamos se você está preparado para começar esse instigante curso novo, que pode se tornar em uma aventura emocionante, afinal o que pode ser mais atraente do que desvendar os segredos da natureza? Você precisará de uma boa porção de curiosidade, uma pitada de insatisfação, uma porção média de paciência e perseverança e principalmente grande quantidade de imaginação.

Todo grande avanço da Ciência é resultado de uma nova e audaciosa idéia!

Todos nós somos grandes cientistas quando crianças. A todo o momento estamos investigando o mundo, perguntando sobre tudo, experimentando o que podemos (ou não), mas quando crescemos só alguns escolhem conservar um pouco dessa curiosidade, que é a criadora da verdadeira ciência. Reveja seus pontos de vista! Será que eles não estão baseados em preconceitos criados com o passar dos anos?

O curso de Física, que embora muitas vezes pareça difícil, pode se tornar apaixonante. Mas por que em geral é considerado tão difícil? Este curso é considerado difícil, porque necessita que você redescubra aquela criança dentro de você, com sua natural curiosidade, e, além disso, use mais seu raciocínio e lógica para desvendar os segredos da natureza.

Quase todo estudante considera uma série de matérias difíceis, porém, o “bicho não é tão feio quanto se pensa”, basta querer aprender, concentrar-se e estudar que o assunto se tornará relativamente fácil.

“A causa real da maioria de nossos grandes problemas está entre a ignorância e a negligência”. Goethe

“O que precisamos não é a vontade de acreditar, mas a vontade de descobrir”. Lord Bertrand Russel

(Fonte: http://sora9n.files.wordpress.com).

A Física e sua importância para a sociedade

Leia o texto do prof. Alberto Ricardo Präss, texto adaptado e ampliado de:

“Física Na Escola Secundária”

De Oswald H. Blackwood, Wilmer B. Herron & William C. Kelly Tradução de José Leite Lopes e Jayme Tiomno

Editora Fundo de Cultura

Quando você estuda Português ou História, uma lição passada pelo professor abrange, na maioria das vezes, um grande número de páginas de texto. A Física, tal como a Matemática, é mais condensada. Uma lição de Física pode reduzir-se apenas a uma ou duas páginas. Você poderia decorar a lição, mas isto não lhe adiantaria nada. Algumas vezes, o seu trabalho é compreender uma lei. Depois de compreender essa lei - e a lei é muitas vezes expressa por uma equação - e a puder explicar e aplicar na resolução de problemas, você terá aprendido a lição.

Sugestões para o estudo: 1. Leia toda a lição, a fim de saber do que se trata. 2. Leia novamente a lição, porém, mais devagar, e escreva no seu caderno a lei (se houver alguma) e outros pontos importantes da lição. Verifique se você compreende cada parágrafo. Certifique-se também se compreende o verdadeiro significado de cada palavra nova. Estude com cuidado as definições de termos como “trabalho” e “potência” até ficar completamente seguro do seu verdadeiro sentido em Física. 3. Se a lei for expressa por uma equação matemática, pergunte a si mesmo de que maneira cada símbolo da equação está relacionado com a lei. Por exemplo, (trabalho = força x deslocamento) nos diz que, duplicando-se o deslocamento, duplica-se o trabalho realizado e, do mesmo modo, fazendo duplicar a força, duplica-se o trabalho produzido. 4. Resolva os problemas incluídos no texto do seu livro. 5. Discuta a lição com os seus colegas.

Introdução à Física

Durante a aula e o trabalho de laboratório 1. Faça, sem hesitação, perguntas a respeito do que você não compreende. 2. Esteja alerta e pronto a explicar o que você compreende. 3. Pense por você mesmo; faça o seu trabalho. Você não pode aprender Física olhando para o seu companheiro.

Revisão para as provas: 1. Estude todos os dias, conscienciosamente, as suas lições. Reveja as notas que tomou na última aula. Nunca deixe as suas notas se acumularem, sem estudá-las metodicamente. 2. Antes da prova, escreva todos os pontos difíceis da parte que está revendo; faça perguntas sobre os mesmos, na aula. Durante as provas: 1. Antes de o professor distribuir a prova, dê uma última “olhadinha” na cola que você fez. 2. Guarde a cola dentro da sua pasta. Você não a usará, já que já memorizou tudo que tinha nela. 3. Ao receber a prova escreva, em algum lugar dela, tudo que puder de fórmulas, conceitos e exemplos. Essas anotações serão muito úteis quando você estiver cansado e surgirem os famosos “brancos” de memória. 4. Faça as questões da prova como se estivesse resolvendo os testes em casa, com calma e muita atenção. Lembre-se que sempre existirão mais questões “fáceis” do que “difíceis”. 5. Lembre-se que quando um aluno diz que foi mal numa prova, é devido aos erros nas questões “fáceis”. Todo aluno que vai mal usa como desculpa as tais questões “difíceis” como argumento para mascarar sua falta de estudos. 6. Sucesso!

Aula prática em laboratório (Fonte: http://www.cdcc.sc.usp.br).

A Física e sua importância para a sociedade

Física é a ciência do mundo natural que trata dos componentes fundamentais do universo, as forças que eles exercem, e os resultados destas forças. Ela pretende entender e descrever os processos que ocorrem na natureza, e a partir desse conhecimento ajudar a humanidade a progredir.

O estudo da Física está relacionado a várias situações da nossa vida. Como exemplo do que se pode entender por fenômenos naturais, podemos citar: — a ebulição da água

— a queda de uma pedra

— o movimento dos planetas

— a luz e os sons

— o vôo de um pássaro

— o calor do Sol

— a luminescência do filamento incandescente de uma lâmpada

— os fenômenos magnéticos Tudo isso são exemplos de fenômenos físicos! A Física é uma das ciências mais antigas. Os primeiros físicos foram cientistas gregos que viveram vários séculos antes da nossa era. Foram eles quem, pela primeira vez, tentaram explicar os fenômenos da Natureza. O maior de todos os cientistas da antiguidade foi Aristóteles (384 - 322 a.C.) que introduziu na Ciência a palavra “física”.

Desde a Grécia Antiga o homem procura entender o funcionamento das coisas e busca na ciência essas explicações. Hoje em dia, a Física moderna atua em vários ramos da indústria e da tecnologia, entre outros.

A Física, na procura das razões fundamentais para o comportamento da Natureza, tenta responder algumas perguntas feitas como:

Por que se juntam elétrons e núcleos para formar um átomo? Por que se agrega um enorme número de átomos para formar um sólido?

O termo vem do grego ςσϕiú(physis), que significa natureza.

Física

Introdução à Física

Por que é que elevando a temperatura, o sólido passa a líquido?

Por que é que o Sol é brilhante? Por que é que a Terra gira em torno do Sol? Por que é que a Lua não cai em nossas cabeças? Por que se forma o arco-íris quando chove? Por que um objeto tão pesado como um avião pode voar? Como vemos, a Física procura responder a um leque extremamente diversificado de perguntas.

Bem, vamos lá!

A motivação básica da Ciência tem sido compreender o Universo. Olhe ao seu redor, veja que a Ciência desempenha um papel muito importante no mundo contemporâneo. Nossa dependência do desenvolvimento científico tem crescido com o passar dos anos. Todos dizem que vivemos agora em uma sociedade tecnológica, e aqueles cujo progresso é maior detém o maior desenvolvimento tecnológico.

A presença de universidades e centros de pesquisa de nível internacional, segundo a ONU (Organização das Nações Unidas), torna uma região atraente para investimentos de empresas de alta tecnologia. Este é um resultado esperado, visto que em todo o mundo há uma escassez de mão-de-obra qualificada nos níveis mais altos de exigência. Atualmente a riqueza é feita a partir de idéias e, portanto, as empresas procuram se instalar em localidades onde o acesso a “cérebros” qualificados seja direto. Além de atrair investimentos para a região, a

presença dessas organizações também ajuda na cri-ação de novas empresas de base tecnológica que

(Fontes: http://www.sauderiorj.gov.br; http:/ /w.cepa.if.usp.br/; http://w2.cur soobjetivo.br; http://www.comprecar.com.br).

A Física e sua importância para a sociedade

geram mais riqueza no seu entorno. As grandes economias mundiais, como Estados Unidos, Alemanha ou Japão, estão sempre preocupados em investir em pesquisas científicas, em gerar mais conhecimento para que este gere mais riquezas. Em geral, são nestes locais onde se encontra o melhor desenvolvimento social, e consequentemente, melhor qualidade de vida do povo.

A tecnologia depende crucialmente do desenvolvimento da

(Parte 1 de 3)

Comentários