Inflação

Inflação

INFLAÇÃO

Entre 1980 e 1993, o Brasil teve cinco moedas diferentes, cinco congelamento de preços, nove programas de estabilização, onze índices diferentes pra medir a inflação, doze ministros da fazenda e dezesseis políticos salariais. Pior ainda: a taxa acumulada de inflação entre janeiro de 1980 e janeiro de 1993 foi de 50 bilhões por cento!! Isto significa que, sem as reformas monetárias, um cafezinho que custava 10 cruzeiros em 1980 custaria 5 bilhões de cruzeiros em 1993.

O que é a inflação?

  • Inflação é o aumento generalizado dos preços.

  • O inverso dela causa a deflação.

  • Já a Hiperinflação é uma inflação altíssima.

E assim como a inflação causa um grande problema econômico a deflação também causa, porque as pessoas que haviam acumulado grandes dívidas, essas, sofreram bastante porque com a queda dos preços, se reduziram suas rendas, causando assim muita dificuldade de pagar suas contas, ou seja, suas dividas.

E assim como a inflação causa um grande problema econômico a deflação também causa, porque as pessoas que haviam acumulado grandes dívidas, essas, sofreram bastante porque com a queda dos preços, se reduziram suas rendas, causando assim muita dificuldade de pagar suas contas, ou seja, suas dividas.

A Inflação já assustou muitas pessoas nos de 80, pois nessa época os preços subiram até 80% ao dia. Os preços das mercadorias eram reajustados varias vezes ao dia, e com isso tudo essas pessoas começaram a se preocupar e fizeram estoque porque os preços não paravam de subir.

A Inflação já assustou muitas pessoas nos de 80, pois nessa época os preços subiram até 80% ao dia. Os preços das mercadorias eram reajustados varias vezes ao dia, e com isso tudo essas pessoas começaram a se preocupar e fizeram estoque porque os preços não paravam de subir.

TIPOS DE INFLAÇÃO

INFLAÇÃO DA DEMANDA Ocorre quando a demanda e maior que a oferta, devido ao seu aumento de salários. E com a demanda em alta não competindo com a produção, os preços só tem a subir. Ou seja, as pessoas tem mais dinheiro para gastar não acompanhando a produção.

  • INFLAÇÃO DA DEMANDA Ocorre quando a demanda e maior que a oferta, devido ao seu aumento de salários. E com a demanda em alta não competindo com a produção, os preços só tem a subir. Ou seja, as pessoas tem mais dinheiro para gastar não acompanhando a produção.

INFLAÇÃO DE CUSTOS Ocorre quando a um aumento nos custos de produção e pode ser considerada uma inflação de oferta. Vários são seus motivos para que isso aconteça um deles é o aumento da matéria-prima

  • INFLAÇÃO DE CUSTOS Ocorre quando a um aumento nos custos de produção e pode ser considerada uma inflação de oferta. Vários são seus motivos para que isso aconteça um deles é o aumento da matéria-prima

( maquinas, mão-de-obra).

CAUSAS

  • Umas das principais causas da inflação é a grande quantidade exagerada de dinheiro em circulação por parte do governo. Com isso a moeda perde seu valor aquisitivo, causando um aumento nos preços.

  • demanda maior que a oferta.

  • aumento nas matérias-primas

Afetando as famílias mais pobres

  • Existe varias formas de se medir o índice de inflação no Brasil, uma delas é o INPC (Índice Nacional de Preço ao Consumidor) aplicado a famílias de baixa renda, aqueles que ganham de um a seis salários mínimos. E o IPCA (Índice de Preço ao Consumidor Amplo) esse é aplicado para famílias que ganham até quarenta salários mínimos.

Crise dos anos 80

Em 1980 a 1990 o Brasil viveu a terceira e grande crise mundial, sendo a mais profunda e complexa da nossa historia.

Período que ficou conhecido como a “década perdida”

Planos do Governo

  • Crescimento econômico com geração de empregos.

  • Combate a inflação.

  • Controle da divida externa.

  • Resolver a questão dos juros.

Governo de Sarney

Governo de Sarney

1985-1990

Sarney Definiu quatro diretrizes para sua ação no governo:

.Crescimento econômico e melhorias para a população

.combate a inflação

.redução do deficit publico e controle a divida externa

.controle do juros para não prejudicar os investimentos no exterior

..

Sarney pegou o Brasil arruinado a inflação estava em alta e a população estava passando por misérias e havia muitas dividas externas e internas, conseguida pelo período militar.

Sarney pegou o Brasil arruinado a inflação estava em alta e a população estava passando por misérias e havia muitas dividas externas e internas, conseguida pelo período militar.

28 de fevereiro de 1986 foi lançado o plano de estabilização da economia brasileira o chamado PLANO CRUZADO.

Plano Cruzado.

Plano Cruzado.

Cruzado foi uma substituição da moeda cruzeiro pelo cruzado, com corte em três zero.

Com a nova moeda a inflação foi reduzindo os desempregos foram diminuindo, mas o plano não durou muito perdendo a eficácia no segundo semestre de 1986 . A economia mais vez estava em crise.

Nos anos que se seguiram ao Plano Cruzado, existiram outros planos:

Nos anos que se seguiram ao Plano Cruzado, existiram outros planos:

O Planos “Bresser” (1987), “Verão” (1989), “Collor” (1990), e “Collor-II” (1991) —, com efeitos cada vez menos duradouros, a inflação voltava, repetidamente, a níveis próximos ou superiores a 20% ao mês.

Nos 90 meses entre janeiro de 1987 e junho de 1994, o IPCA esteve entre 10% e 30% por 59 meses, e superou 30% em outros 23 meses. O pico histórico ocorreu em março de 1990, quando o índice atingiu 82%.

Collor

Plano econômico de Collor era o controle da

inflação e da divida externa formulação de uma

política econômica.

Collor levou a ação de 4 planos econômicos:

Plano Brasil novo ou plano Collor.

Nova política agrícola.

Plano Color II.

Reconstrução nacional.

Itamar franco 1992-1994

  • Ele teve muita dificuldade para implantar um plano econômico.

Principais medidas:

  • Combater a inflação.

  • Capacitar o pais para uma economia globalizada e retomar o crescimento do pais

Fases

Ajuste fiscal.

Implantação URV ( Unidade Real de Valor).

Em junho de 1994 promovia alinhamento dos preços, valores e contratos (os valores era atualizados diariamente.

Seu Plano Real foi um sucesso.

O Plano Real

O Plano Real

O Plano Real, implantado em julho de 1994, tem elementos em comum com o Plano Cruzado, mas diferiu deste em pelo menos dois aspectos importantes. A causa básica da inflação era a desordem administrativa que já ocorria desde 1980.

objetivos do plano real:

objetivos do plano real:

Estabilizar a moeda e recuperar a confiança atacando as causas da inflação

O sucesso do Plano Real foi evidente. Nos sete anos e meio anteriores, desde o fracasso do Plano Cruzado (ou seja, do início de 1987 até junho de 1994)

Novas cédulas

Nova cédula de 50 reais

No dia 3 de fevereiro de 2010 , o Banco Central anunciou que lançaria a segunda família das notas do Real. As cédulas passarão a ter tamanhos diferentes, aumentando de acordo com o seu valor, além de novos elementos de segurança e marcas táteis em relevo. As mudanças, segundo o BC, ocorreram para deixar o real uma moeda mais forte e segura, preparando-a para demanda de uso internacional, devido ao fortalecimento da economia brasileira.

INFLAÇÃO DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2010 É DE 2,06%

INFLAÇÃO DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2010 É DE 2,06%

FACULDADE JOSÉ AUGUSTO VIEIRA

FACULDADE JOSÉ AUGUSTO VIEIRA

TRABALHO APRESENTADO POR:

CARLA FONTES

SARA AMORIM

JULO CESAR

  • INFLAÇÃO

TEORIA ECONOMICA

30/05/2010

ADM 2010

Comentários