Pesquisa de Campo

Tem por objetivo conseguir informações sobre um problema que precisa de resposta, ou uma hipótese a se comprovar. Ou ainda, fenômenos e suas relações entre si. Consiste na observação de fatos, coleta de dados e variáveis relevantes para o estudo.

Em primeiro lugar deve-se fazer uma pesquisa bibliográfica sobre o tema em questão. Servindo para saber das opiniões e trabalhos a respeito e como fundamentação teórica.

Em segundo lugar, escolher as técnicas que serão usadas na coleta de dados e amostras. Antes disso deve-se estabelecer como registrar e analisar estes dados.

Tipos de pesquisa de campo

  1. Quantitativo-descritivas:

Investigações de pesquisa empírica. Utilizam várias técnicas como entrevistas,formulários, etc. Subdividem-se em:

1) Estudos de verificação de hipótese

Contém hipóteses explícitas que são derivadas da teoria, e podem consistir em associações entre duas ou mais variáveis.

2) Estudos de avaliação de programa

Dizem respeito à procura dos efeitos e resultados de um programa ou método. As hipóteses podem ou não estar declaradas e derivam dos objetivos do programa e não da teoria. Pode aproximar-se do projeto experimental.

3) Estudos de descrição de população

Geralmente contém grande número de variáveis e usam técnicas de amostragem para apresentar caráter representativo.

4) Estudos de relações de variáveis

Se referem à descoberta de variáveis pertinentes a determinada questão e à relações relevantes entre variáveis.

  1. Exploratórias:

Pesquisa empírica cujo objetivo é a formulação de questões ou de um problema, com três finalidades: desenvolver hipóteses, aumentar a familiaridade do pesquisador com um ambiente, modificar e simplificar conceitos. Dividem-se em:

1) Estudos exploratório-descritivos combinados

Têm por objetivo descrever completamente determinado fenômeno, tanto com descrições quantitativas e/ou qualitativas, quanto acumulação de informações detalhadas.

2) Estudos que usam procedimentos específicos para coleta de dados

Utilizam exclusivamente um dado procedimento, como análise de conteúdo. Que é generalizado para que possa ser usado em outros estudos.

3) Estudos de manipulação experimental

Têm por finalidade manipular uma variável independente, a fim de localizar variáveis dependentes que estejam associadas a ela. Com o propósito de demonstrar que uma técnica é viável como solução para determinados programas práticos.

c) Experimentais:

O objeto principal é o teste de hipóteses que dizem respeito a relações de causa-efeito. Incluem os seguintes fatores: grupo de controle, seleção da amostra e manipulação de variáveis independentes. As técnicas rigorosas têm o objetivo de generalizar as descobertas pela experiência.

Vantagens e desvantagens da pesquisa de campo

Vantagens:

  1. Muitas informações sobre um só assunto, que podem ser usadas por outras pessoas, para outros fins.

b) Facilidade na obtenção de amostragem de indivíduos, sobre população ou classe de fenômenos.

Desvantagens:

  1. Pouco controle sobre a coleta de dados e de que fatores desconhecidos possam interferir nos resultados.

  2. Comportamento verbal de pouca confiança, pois os indivíduos podem falsear suas respostas.

Muita coisa pode ser feita para aumentar as vantagens e diminuir as desvantagens. Por exemplo: Lançar mão dos pré-testes.

Diversas ciências e ramos de estudo usam a pesquisa de campo para levantamento de dados; A Sociologia, Antropologia Cultural e Social, A Psicologia Social, A Política, O Serviço Social e outras.

Comentários