Borracha

Introdução

  • As fibras de borracha compreendem a borracha natural, que posteriormente é modificada quimicamente e a borracha sintética, correspondente as fibras químicas sintéticas.

  • Genericamente, são polímeros e conhecidos pela terminologia de elastômeros.

Antes de 1500, a borracha já era utilizada por Indios Latino-Americanos, que coletavam o látex da seringueiras e secavam em fogueiras.

  • Antes de 1500, a borracha já era utilizada por Indios Latino-Americanos, que coletavam o látex da seringueiras e secavam em fogueiras.

Colombo foi o primeiro Europeu a descobrir a borracha.

  • Colombo foi o primeiro Europeu a descobrir a borracha.

Em 1768,

  • Em 1768,

  • 150 anos mais tarde, o cientista Francês François Fresnau fabricou um par de botas , mas tornou-se pegajoso no calor e quebradiço no frio.

. Em 1770, produziu-se a primeira borracha, que hoje utilizamos para apagar traços de lápis esfregando-a sobre os riscos no papel.

  • . Em 1770, produziu-se a primeira borracha, que hoje utilizamos para apagar traços de lápis esfregando-a sobre os riscos no papel.

Em 1823, foi feito o primeiro tecido a prova d'água,que colocou uma camada de borracha entre duas de tecido.

  • Em 1823, foi feito o primeiro tecido a prova d'água,que colocou uma camada de borracha entre duas de tecido.

No mesmo ano, foi inventado a tira elástica pelo fabricante de carruagens londrino Thomas Hancock.

  • No mesmo ano, foi inventado a tira elástica pelo fabricante de carruagens londrino Thomas Hancock.

Entre 1839-1842, o americano Charles Goodyear, e o inglês Thomas Hancock descobriram a técnica da vulcanização.

  • Entre 1839-1842, o americano Charles Goodyear, e o inglês Thomas Hancock descobriram a técnica da vulcanização.

Em 1846, tiras de borracha sólidas foram fabricadas por Hancock, para a carruagem da Rainha Vitória.

  • Em 1846, tiras de borracha sólidas foram fabricadas por Hancock, para a carruagem da Rainha Vitória.

Em 1876, a seringueira é levada para o Oriente. Sementes são furtadas por Ingleses na Amazônia e inicia-se a grande plantação de seringueira no Sudoeste da Ásia.

  • Em 1876, a seringueira é levada para o Oriente. Sementes são furtadas por Ingleses na Amazônia e inicia-se a grande plantação de seringueira no Sudoeste da Ásia.

Em 1888, na Inglaterra, produziu o primeiro pneu de borracha, inaugurando a nova era dos pneumáticos para bicicletas, carruagens e veículos automotores.

  • Em 1888, na Inglaterra, produziu o primeiro pneu de borracha, inaugurando a nova era dos pneumáticos para bicicletas, carruagens e veículos automotores.

De 1920 a 1940, chega a era dos automóveis, que rodam sobre pneus feitos do látex da seringueira.

  • De 1920 a 1940, chega a era dos automóveis, que rodam sobre pneus feitos do látex da seringueira.

Hoje em dia, o mundo caminha, cruza, voa, nada, etc, com a borracha natural.

  • Hoje em dia, o mundo caminha, cruza, voa, nada, etc, com a borracha natural.

Borracha Natural : Origem e obtenção

  • Várias plantas produzem a borracha, mas é a do gênero Hevea brasiliensis, a seringueira, a mais importante.

  • É fonte inesgotável de látex ,produz economicamente por 30 anos e no final de sua vida útil é convertida em madeira.

A borracha se obtém da coagulação do látex extraído da seringueira fazendo-se um corte inclinado na casca da árvore e recolhendo-o depois em potes plásticos ou de alumínio. Esta sangria, como é chamado, é feito em dias alternados e ocorre lentamente.

  • A borracha se obtém da coagulação do látex extraído da seringueira fazendo-se um corte inclinado na casca da árvore e recolhendo-o depois em potes plásticos ou de alumínio. Esta sangria, como é chamado, é feito em dias alternados e ocorre lentamente.

O látex é um líquido branco ,pegajoso, é realmente uma emulsão da borracha natural em água. Com frio torna-se quebradiço e no calor pegajosa.

  • O látex é um líquido branco ,pegajoso, é realmente uma emulsão da borracha natural em água. Com frio torna-se quebradiço e no calor pegajosa.

Processamento do látex

  • Depois de recolhido o látex, ele é filtrado, diluído em água, acomodado em tanques e em seguida é coagulado com soluções ácidas, ácido acético. A borracha aparece em suspensão, em forma de grumos, que são secados e laminados por pressão entre cilindros de um moinho.

Partes dessas lâminas são usadas na confecção de solados de sapatos, e o restante sofrem secagem adicional por exposição à fumaça em camâras fechadas. Após isso são remetidas às indústrias de beneficiamento

  • Partes dessas lâminas são usadas na confecção de solados de sapatos, e o restante sofrem secagem adicional por exposição à fumaça em camâras fechadas. Após isso são remetidas às indústrias de beneficiamento

Nas indústrias as lâminas são trituradas, juntamente, com produtos químicos, como resinas, corantes, alcatrões. Em seguida deposita-se a massa em molde, resultando no produto desejado.

  • Nas indústrias as lâminas são trituradas, juntamente, com produtos químicos, como resinas, corantes, alcatrões. Em seguida deposita-se a massa em molde, resultando no produto desejado.

Natureza química

  • A borracha natural é um polisopreno, um polímero linear, conhecido como elastômero. Segundo normas é denominado NR.

  • O látex é um isopreno e sofre polimerização.

O látex é composto de 30 à 40% de borracha que é amorfa constituída de 94% de polisopreno. Amorfa de início a borracha natural adquire ,por estiramento uma estrutura fibrosa constituída de domínios cristalinos. Apresenta-se em massas translúcidas, incolores e amareladas de densidade em torno de 0,94 e 0,97.

  • O látex é composto de 30 à 40% de borracha que é amorfa constituída de 94% de polisopreno. Amorfa de início a borracha natural adquire ,por estiramento uma estrutura fibrosa constituída de domínios cristalinos. Apresenta-se em massas translúcidas, incolores e amareladas de densidade em torno de 0,94 e 0,97.

Características

    • A borracha crua apresenta características indesejáveis como :
    • baixa resistência à tração,
    • às variações de temperatura
    • e deformações permanentes.
    • Com a descoberta da vulcanização, adição de enxofre, reverteu esse quadro.

A característica ímpar da borracha natural ( NR ), provêm das misturas adequadas de certos produtos e da vulcanização.

  • A característica ímpar da borracha natural ( NR ), provêm das misturas adequadas de certos produtos e da vulcanização.

As mais importantes propriedades são:

  • Alta elasticidade e não é condutora de energia elétrica e térmica.

  • Grande resistência à abrasão e a tração;

  • Impermeabilidade à água e possui resiliência

Produção de fios de borracha

  • Laminas de 1 à 2cm de borracha são dissolvidas em 20% de sulfeto de carbono e a solução é estendida em finas camadas sobre fitas transportadoras. O solvente evapora em câmaras de secagem e ficam finas folhas de borracha. A ação de vapor de água faz com que as folhas percam sua qualidade pegajosa

A seguir as folhas são cortadas em fios de secção transversal quadrada. Podem produzir fios redondos de borracha num processo de fiar similar ao da viscose. Esse processo aplica-se para polímero natural e sintéticos.

  • A seguir as folhas são cortadas em fios de secção transversal quadrada. Podem produzir fios redondos de borracha num processo de fiar similar ao da viscose. Esse processo aplica-se para polímero natural e sintéticos.

As aplicações da borracha são inúmeras e classificadas de uso geral.

        • *Pneus em geral;
  • *Sexo e Saúde como:

  • - Preservativos, luvas cirúrgicas, tubos cirúrgicos, cateters e produtos farmacêuticos.

  • *Artefatos de borracha como:

  • -solado de calçados, autopeças, correias, mangueiras e outros.

Produtores

  • Os principais produtores são os países do sudoeste asiático, como a Indonésia, Tailândia, Malásia. No Brasil são os estados de SP,MG,GO,BA,MS.

Borracha sintética

  • O período entre 1920 à 1950 foi decisivo para o surgimento da borracha sintética.

  • O látex da borracha não é retirado de árvores, mas é obtido de produtos geralmente derivados do petróleo.

O processo de obtenção do látex sintético é chamado de polimerizaçào, realizado em laboratório, a fim de adquirir uma estrutura próxima da NR formando um polímero sintético.

  • O processo de obtenção do látex sintético é chamado de polimerizaçào, realizado em laboratório, a fim de adquirir uma estrutura próxima da NR formando um polímero sintético.

  • Como exemplo, temos as borrachas sintéticas obtidas a partir do butadieno.

Polimerizaçào

  • nCH2 = CH – CH = CH2 

  • -[CH2 – CH = CH – CH2]- n

    • Butadieno polibutadieno

Quando adiciona Na, dá-se o nome de buna. E ao adicionar estireno origina o Buna-S ou SBR. Neste caso, ocorre a copolimerização do butadieno, uma vez que, são monômeros diferentes.

      • Quando adiciona Na, dá-se o nome de buna. E ao adicionar estireno origina o Buna-S ou SBR. Neste caso, ocorre a copolimerização do butadieno, uma vez que, são monômeros diferentes.
      • O tratamento depois da obtenção é o mesmo que se dispensa ao látex natural.
      • Mas exemplificando, temos a produção da borracha sintética butadieno estireno.

1.Da polimerização do butadieno estireno em presença de uma solução de sabão e catalisador resulta o látex sintético.

      • 1.Da polimerização do butadieno estireno em presença de uma solução de sabão e catalisador resulta o látex sintético.
      • 2.Em seguida é coagulado produzindo-se a borracha em forma de pequenos grumos.
      • 3.Estes são peneirados, lavados, e transportados para a câmara de secagem.
      • 4.Depois é embalado em fardos de 36kg para serem comercializados.

As borrachas sintéticas ou elastômeros sintéticos são fibras químicas sintéticas que possuem filamento contínuo, por possuírem comprimento indefinido. Suas propriedades físicas são viáveis para alguns manufaturados, mas para outros são inferiores.

      • As borrachas sintéticas ou elastômeros sintéticos são fibras químicas sintéticas que possuem filamento contínuo, por possuírem comprimento indefinido. Suas propriedades físicas são viáveis para alguns manufaturados, mas para outros são inferiores.

Características e aplicações da borracha sintética

  • 70% da borracha sintética é destinada à indústria de pneumáticos. Além disso, utiliza-se na fabricação de máscaras contra gases, revestimentos de tanques de produtos químicos e substitui muitos produtos fabricados com borracha natural.

Todas as borrachas sintéticas tem propriedades de absorver energia vibratória de modo mais eficiente que a borracha natural. São também mais resistentes as variações de temperatura e aos ataques de produtos químicos. Assim como a NR, são impermeáveis a água e possuem elasticidade.

      • Todas as borrachas sintéticas tem propriedades de absorver energia vibratória de modo mais eficiente que a borracha natural. São também mais resistentes as variações de temperatura e aos ataques de produtos químicos. Assim como a NR, são impermeáveis a água e possuem elasticidade.

Em geral as borrachas naturais e sintéticas são elásticas, rígidas, extensíveis, e resistentes à abrasão e a água.

      • Em geral as borrachas naturais e sintéticas são elásticas, rígidas, extensíveis, e resistentes à abrasão e a água.

Produtores e consumo

  • O Brasil é quase auto- suficiente na produção.

  • Os E.U.A. é o maior produtor e consumidor além de Alemanha, Japão e França.

  • A produção mundial está em torno de 4000 t/ano.

Comentários