Resenha Filhos do Paraíso

Resenha Filhos do Paraíso

Filme: Filhos do Paraíso

Filhos do Paraíso com duração de 01h e 28min lançado no Irã em 1997. Conta a história de Ali (Amir Farrokh Hashemian) um menino de 9 anos proveniente de uma família humilde e que vive com seus pais e sua irmã, Zahra (Bahare Seddiqi). Um dia ele perde o único par de sapatos da irmã e, tentando evitar a bronca dos pais, passa a dividir seu próprio par de sapatos com ela, com ambos revezando-o para irem à escola. Enquanto isso, Ali treina para obter um a terceira colocação em uma corrida que será realizada pela escola, pois o terceiro lugar ganharia um par de tênis.

Este filme apesar de ter sito indicado ao Oscar no mesmo período em que Central do Brasil e A Vida é Bela, não ganhou como Melhor Filme Estrangeiro, mas mesmo com poucos recursos e atores supostamente amadores é um ótimo filme que retrata a amizade e fidelidade entre os irmãos até mesmo em momentos difíceis.

No decorrer das aventuras do filme os dois irmãos mostrar os dois lados do Irã quando Ali vai, com seu pai, trabalhar de jardineiro nas mansões do outro lado da cidade.

O filme é muito envolvente e prende a atenção para os detalhes como é o exemplo da corrida que mesmo ganhando o primeiro lugar Ali fica triste, pois o primeiro lugar não tinha como prêmio o tênis que ele precisava para sua irmã.

Os valores morais que o filme mostra são de grande importância para os alunos, pois ensinam a respeitar o próximo e ensina também o companheirismo mesmo nas diferenças e dificuldades.

Jihad Kasem Kassab

Comentários