Titulação

Titulação

Sumário

Objetivo............................................................................................................. 02

Introdução ......................................................................................................... 02

Procedimentos Experimentais ........................................................................... 02

Resultados e Discussões .................................................................................... 05

Conclusão .......................................................................................................... 07

Bibliografia ....................................................................................................... 08

Objetivo:

- Identificar a molaridade real do ácido Clorídrico (HCl) e do hidróxido de sódio (NaOH).

Introdução

Muitas vezes é necessário, nas aulas práticas de química, saber com precisão o valor da concentração de soluções de ácidos e/ou de bases, e para isso utilizamos a titulação. A titulação é um método empregado para a determinação da concentração de uma quantidade de substância química. Baseia-se em fenômenos que ocorrem entre diversos reagentes, tais como neutralização, como feito em nossa aula prática. Por exemplo, em uma titulação de neutralização, pode-se determinar a concentração de uma base (titulado) por meio da adição de quantidades crescentes de um ácido (titulante) de concentração conhecida e exata. A medida que o ácido é adicionado à solução da base (de volume conhecido), uma reação de neutralização ocorre até que toda a base seja neutralizada pelo ácido. Neste momento, tem-se o ponto final da titulação. O volume gasto do titulante pode ser empregado para o cálculo da concentração do titulado.

Um padrão primário é uma substância empregada como titulante em uma análise volumétrica. Deve possuir uma concentração exata para que seja possível a determinação real da concentração de outras substâncias.

Procedimentos Experimentais

Materiais Utilizados:

- 4 Balões Volumétricos de 100 ml.

- 1 Pipeta de 1 ml.

- 1 Pipeta de 10 ml.

- 1 Funil.

- 1 Vidro relógio.

- 1 Bastão de vidro.

- 1 Conta Gotas.

- 1 Espátula.

- 1 Bureta de 25 ml.

- 1 Suporte Universal.

- 2 Garras.

- 1 Erlenmeyer.

Reagentes:

- Hidróxido de Sódio (NaOH)

- Ácido Clorídrico (HCl)

- Ácido Oxálico (C2H2O4)

- Carbonato de Sódio (Na2CO3)

Equipamentos:

- Balança semi-analítica.

- Capela

Procedimentos:

Preparar 100 ml de NaOH de 0,1 molar:

- Em uma balança semi-analítica foi colocado o vidro relógio, apertamos o botão “zerar” e pesamos 0,4g de NaOH.

- Foi colocado um funil no balão volumétrico de 100 ml e com ajuda de uma espátula colocamos o NaOH que foi pesado no balão, logo após, preenchemos com água agitando bem até sua total dissolução.

Preparar 100 ml de C2H2O4 de 0,1 molar:

- Em uma balança semi-analítica foi colocado o vidro relógio, apertamos o botão “zerar” e pesamos 1,28g de C2H2O4.

- Foi colocado um funil no balão volumétrico de 100 ml e com ajuda de uma espátula colocamos o C2H2O4 que foi pesado no balão, logo após, preenchemos com água agitando bem até sua total dissolução.

Preparar 100 ml de Na2CO3 de 0,1 molar:

- Em uma balança semi-analítica foi colocado o vidro relógio, apertamos o botão “zerar” e pesamos 1,06g de Na2CO3.

- Foi colocado um funil no balão volumétrico de 100 ml e com ajuda de uma espátula colocamos o Na2CO3 que foi pesado no balão, logo após, preenchemos com água agitando bem até sua total dissolução.

Preparar 100 ml de HCl de 0,1 molar:

- Com uma pipeta de 1 ml pipetamos 0,83ml de HCl. Colocamos o HCl pipetado em um balão volumétrico de 100 ml, e preenchemos com água agitando bem até sua total dissolução.

Para fazer a titulação do HCl:

- Montamos o suporte universal e prendemos a bureta com a as garras.

- Preenchemos uma bureta de 25 ml com HCl.

- Em um erlenmeyer colocamos 25 ml de Na2CO3 com 4 gotas de fenolftaleína.

Ao abrirmos a torneira da bureta, começou a reação entre o ácido e a base. A titulação termina quando é evidenciada a mudança de cor da solução do erlenmeyer.

Ilustração da reação até a mudança de cor da solução.

- A solução de Na2CO3 mudou de cor após 15 ml de HCl despejado no erlenmeyer.

Para fazer a titulação do NaOH:

- Montamos o suporte universal e prendemos a bureta com a as garras.

- Preenchemos uma bureta de 25 ml com NaOH.

- Em um erlenmeyer colocamos 25 ml de C2H2O4 com 4 gotas de fenolftaleína. Ao abrirmos a torneira da bureta, começou a reação entre o ácido e a base. A titulação termina quando é evidenciada a mudança de cor da solução do erlenmeyer.

Ilustração da reação até a mudança de cor da solução.

- A solução de C2H2O4 mudou de cor após 10 ml despejados no erlenmeyer.

Resultados e Discussões

Para encontrar a massa a ser pesada para cada solução usamos a seguinte fórmula:

M = _m1_

M1.V

Onde:

M = Molaridade

M1 = Massa molar (tabelada)

m1 = Massa do soluto (g)

V = Volume (L)

Massa de NaOH necessária para a solução:

0,1 = _ m1_

36,5.0,1

0,1 = _m1_

1 36,5.0,

m1 = 0,365 g de NaOH

Foi repetido as mesmas seqüências para encontrar a massa de C2H2O4 e para Na2CO3.

- Para encontrar a molaridade real usamos a seguinte formula:

Mr = Mt x Fc

Mr = Molaridade real

Mt = Molaridade teórica

Fc = Fator de correção

- Fórmula para encontrar o Fator de correção:

Fc = Vt (ml)

Vp (ml)

- Para encontrar a molaridade real do HCl utilizamos primeiramente a fórmula de correção:

HCl + Na2CO3 > NaCl + NaHCO3

Fc = 10 Fc = 0,0796

15

- Agora, utilizaremos a fórmula para encontrar a molaridade real:

Mr = 0,1 . 0,769

Mr = 0,0769

Molaridade real do HCl = 0,0769.

- Faremos o mesmo sequência para encontrar a molaridade real do NaOH:

2 NaOH + 1 C2H2O4

Fc = 10 Fc = 0,869

11,5

Mr = 0,1 . 0,869

Mr = 0,0869

Molaridade real do NaOH = 0,0869

Conclusão

- Foi concluído que através dos métodos de neutralização podemos dosar bases e ácidos presentes em soluções, além de facilitar a padronização de soluções com concentrações desconhecidas. Os resultados da aula prática foram satisfatórios, não ocorreu nenhuma irregularidade e nem a necessidade de repetir as operações.

Bibliografia

Referências Eletrônicas:

* Documentos e dados da Rede Internet

ALVES, Líria. Titulação. Disponível em: http://www.brasilescola.com/quimica/titulacao.htm. Acesso em: 3 de Março de 2010.

VELASCO, Flávio. Titulação (vídeos, aulas, apostilas e livros) Disponível em: http://www.scribd.com/doc/16600364/Titulacao. Acesso em 4 de março de 2010.

8

Comentários