Ebulição de água e soluções

Ebulição de água e soluções

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA

ANDRÉA DA CUNHA CAMPOS

EBULIÇÃO DE ÁGUA E SOLUÇÕES

Relatório referente à aula prática da disciplina de Evaporação e secagem do 3º ano de Engenharia de Alimentos, ministrada pela professora Leda Battestin Quast.

PONTA GROSSA, AGOSTO DE 2009

  1. Procedimento Experimental

  • Ferveu-se 200 mL de água em uma chaleira com o cronômetro ligado e anotou-se o tempo em que a água entrou em ebulição;

  • Pesou-se 20 g de açúcar e completou-se até 200 mL no mesmo Becker utilizado para medir os 200 mL de água do primeiro procedimento e anotou-se o tempo de ebulição da solução;

  • Pesou-se 40 g de açúcar e completou-se até 200 mL no mesmo Becker utilizado para medir os 200 mL de água do primeiro procedimento e anotou-se o tempo de ebulição da solução;

  • Pesou-se 40 g de sal e completou-se até 200 mL no mesmo Becker utilizado para medir os 200 mL de água do primeiro procedimento e anotou-se o tempo de ebulição da solução;

  • Observou-se a variação de tempo entre as soluções e a água e discutiu-se os resultados.

Obs.: As soluções foram fervidas sempre na mesma chaleira, mesmo fogão, mesma boca e mesma altura de chama para garantir que a temperatura inicial da água e das soluções fossem a mesma.

  1. Materiais

- Chaleira;

- Água;

- Sal;

- Açúcar.

  1. Resultados

Tempo de ebulição da água pura = 2’02,84’’

Tempo de ebulição da solução de água com açúcar 10% = 2’09,18’’

Tempo de ebulição da solução de água com açúcar 20% = 2’17,67’’

Tempo de ebulição da solução de água com sal 20% = 2’15,03’’

  1. Conclusões

Nesta experiência o tempo foi utilizado como uma medida indireta da temperatura de ebulição da água e de algumas soluções. Em condições idênticas as soluções levaram mais tempo para entrar em ebulição do que a água pura, indicando que a temperatura de ebulição era maior.

A água pura entra em ebulição mais rapidamente do que as soluções, pois suas moléculas estão livres e mais leves. Com a adição de solutos, estes se ligam as moléculas de água através de pontes de hidrogênio, tornando-as mais pesadas e, portanto aumentando a temperatura de ebulição. Quanto maior a concentração da solução maior será a temperatura de ebulição.

Uma solução de sal com a mesma concentração de uma solução de açúcar possui um ponto de ebulição menor, pois as moléculas de sal se dissociam em água e cada íon será solvatado separadamente e portanto a resistência a ebulição é menor.

Comentários