Universidade de São Paulo

Faculdade de Ciências Farmacêuticas

Organização Farmacêutica

Exercício de Curva ABC 26/08/2005

Número do item

Unidades no período

Valor Unitário

Custo do período

1

11000

2,00

22.000,00

2

2500

20,00

50.000,00

3

1250500

0,50

625.250,00

4

8450

10,00

84.500,00

5

7690

1,50

11.535,00

6

12304

2,50

30.760,00

7

56137

5,00

280.685,00

8

5600

25,00

140.000,00

9

5000

15,40

77.000,00

10

800

50,00

40.000,00

11

27684

2,50

69.210,00

12

7500

15,00

112.500,00

13

11950

1.000,00

11.950.000,00

14

20450

0,10

2.045,00

15

500

2,50

1.250,00

Custo total

13.496.735,00

Número do item

Ordem de custo

Custo do período acumulado

%

Classificação

13

11.950.000,00

11.950.000,00

88,50

A

3

625.250,00

12.575.250,00

93,10

C

7

280.685,00

12.855.935,00

95,20

C

8

140.000,00

12.995.935,00

96,30

C

12

112.500,00

13.108.435,00

97,10

C

4

84.500,00

13.192.935,00

97,70

C

9

77.000,00

13.269.935,00

98,30

C

11

69.210,00

13.339.145,00

98,80

C

2

50.000,00

13.389.145,00

99,20

C

10

40.000,00

13.429.145,00

99,50

C

6

30.760,00

13.459.905,00

99,70

C

1

22.000,00

13.481.905,00

99,80

C

5

11.535,00

13.493.440,00

99,98

C

14

2.045,00

13.495.485,00

99,99

C

15

1.250,00

13.496.735,00

100,00

C

Custo total

13.496.735,00

Para os itens C:

- o sistema de controle deverá ser feito pelo método do estoque mínimo (sistema de revisão contínua) - o nível de reposição será a quantidade de material necessário para atender o período de abastecimento, tendo em vista a expectativa de consumo indicada pela média aritmética móvel, mais o estoque de segurança ou reserva visa obtenção de custos mínimos da gestão (lote econômico).

- Os itens C representam cerca de 5% do valor total do estoque. Manter um estoque extra de itens C acrescenta pouco ao valor total do estoque. Os itens C são realmente importantes apenas se houver falta de um deles. Quando se tornam extremamente importantes, deve ser mantido sempre um estoque disponível. Por exemplo, pedir um suprimento para um ano de uma única vez e manter um estoque de segurança suficiente. Desse modo, haverá a possibilidade de um esvaziamento do estoque uma vez por ano.

Para itens A:

- o sistema de controle deverá ser realizado pelo Modelo do estoque Máximo (Sistema de Revisão Periódica) - os pedidos são realizados de acordo com datas estabelecidas. Por exemplo, uma vez por semana verifica-se a posição do estoque e emite-se um pedido de compra. O sistema é mais flexível, lote de compra não é rígido; e permite manter estoque extremamente reduzido.

- utilizar o dinheiro e o esforço de controle economizados para reduzir o estoque de itens de alto valor. Os itens A representam cerca de 20% dos itens e aproximadamente 80% do valor do estoque. São extremamente importantes e merecem o controle mais cerrado e a revisão mais freqüente.

Controles diferentes utilizados com classificações diferentes podem ser os seguintes:

Itens A)

- altas prioridades

- um controle mais cerrado, incluindo registros completos e precisos, revisões regulares e freqüentes por parte da administração, revisão freqüente das previsões da demanda, seguimento minucioso e agilização para reduzir o “Lead Time”

Itens B)

- prioridade média

- controles normais com bons registros, atenção regular e processamento normal

Itens C)

- prioridade menor

- os mais simples controles possíveis – deve-se garantir que os itens sejam suficientes

- nenhum registro ou registro simples: talvez utilizar um sistema “Two Bin”(*) ou Sistema de revisão periódica

- fazer pedidos em grandes quantidades e manter um estoque de segurança

(*) Sistema two-bin ou sistema de duas caixas = sistema no qual o estoque é distribuído em dois contenedores e as quantidades de item são retiradas de cada um deles. Quando o primeiro é esvaziado, inicia-se a retirada de material do outro e faz o pedido para que o anterior seja reabastecido

Comentários