Trabalho escrito (inteiro)

Trabalho escrito (inteiro)

(Parte 1 de 3)

Universidade de São Paulo – USP

Faculdade de Ciências Farmacêuticas – FCF

Farmácia – Diurno

Trabalho escrito:

Disciplina: Cosmetologia

Índice

1. Introdução:

Os cosméticos pós-xampus permitem tratar as imperfeições estéticas e efetuar um desembaraçamento mais fácil, diminuindo as “escamas” da camada superficial do cabelo.

Após a lavagem com o xampu, os cabelos ficam difíceis de pentear e, depois de secos, ficam armados ou elétricos. Para eliminar este inconveniente, utiliza-se o condicionador que, por ser à base de um emulsionante catiônico, neutraliza as cargas negativas deixadas pela lavagem com o xampu; eliminando a estática do cabelo, promovendo a lubrificação e amaciamento dos fios, melhorando a penteabilidade tanto à seco quanto à úmido, melhorando a maneabilidade dos cabelos. A grande maioria dos condicionadores são do tipo, rinse off, isto é, removidos do cabelo após um breve período de contato, geralmente dois minutos. Outro tipo de condicionador denominas-se leave-on ou leave-in, designado para permanecer mais tempo em contato com os cabelos, proporcionando maior efeito condicionante e tratamento.

Os tensoativos que exercem estas funções pertencem ao grupo dos tensioativos catiônicos, divididos em sais de amônio quartenário, polímeros catiônicos e sais de aminas graxas. Podem ser divididos em três grupos funcionais:

1) Tradicionais: destinados simplesmente à lavagem dos cabelos, compostos de sal de amônio quartenário e espessante graxo que age ao mesmo tempo como agente de lubrificação (rinses/ cremes rinses).

2) Tratamento: são produtos mais elaborados que os rinses; contêm substâncias que proporcionam um tratamento cosmético.

3) Medicinais: são mais específicos porque incorporam diferentes princípios ativos.

4) Restauradores ou Reparadores: são preparações enxaguatórias com a capacidade de restaurar ou reparar os danos sofridos pelos cabelos pelo uso de tratamentos químicos ou uso de secadores.

5) Máscaras capilares: são preparações enxaguatórias com a capacidade de restaurar ou reparar os danos nos cabelos em maior intensidade que os restauradores.

1.1. Algumas características e funções:

a) pH ácido:

Confere brilho aos cabelos pelo fechamento das cutículas

b) Quantidade e tipo de espuma:

Ao contrário dos xampus, a espuma nos condicionadores não é desejável, pois o consumidor interpreta o seu aparecimento como sinal de que o cabelo ainda apresenta resíduos do xampu ou do próprio condicionador. O álcool graxo presente nas formulações tradicionais de rinse, condicionadores, restauradores age como antiespumante. Não é o caso porém dos condicionadores transparentes que apresentam o defeito de formar espuma durante a aplicação.

2. Composição quali e quantitativa do produto:

Componentes

Proporção (% p/p)

1) Estearato de glicerila

1,5%

2) Silicone catiônico

2,5%

3) Proteína de leite hidrolisada

0,5%

4) Ácido láctico

0,7%

5) Phenoben®

0,5%

6) Cera auto-emulsionante não-iônica (Polawax®)

7) Álcool cetoestearílico

3,0%

2,0%

8) Extrato da raiz de Panax ginseng C. A. Mey (Ginseng)

9) Óleo essencial de Eucalyptus globulus Labill. (Eucalipto)

10) Extrato da casca de Citrus medica limonum (Limão)

11) Extrato da casca de Citrus nobilis (Tangerina)

1,0%

Gotas

2,0%

2,0%

12) Óleo essencial de Menta piperita (Hortelã-pimenta)

13) Ceramida 3

14) Manteiga de Karité

15) Perfume

16) Glitter prateado

17) Propilenoglicol

18) Corantes

19) Água destilada

20) Goma guar

Gotas

0,25%

1,0%

q.s.

q.s.

q.s. para dissolver a ceramidas

q.s.

q.s.p. 100%

0,6%

3. Estudo crítico de todos os elementos:

3.1. Estearato de glicerila:

  1. Nome comercial: Cerasynt Q (ISP, VanDick); Cutina KD 16 (Henkel Brasil), Dermalcare GMS/SE (Rhodia), Dhaykol –GME-S (Dhaymer’s), Dragorin GMS O/A A.E. 2/008475 (Dragoco); Emuldan HÁ 32/S3 (Grindsted); Estol GMSse 1462 (Unichema); Finester GMS-AE (Arex), Finester MEG-AE (Arex); Fongragen GME-AE (Hoechst), Lipal GMS-AE (Aquatec); Lipestrol 241-S (Brasfonta), Lipo GMS-470 (Lipo); Mazol GMSD K (PPG); Quimulsin EG-S(Quiminasa).

  2. Nome químico: Estearato de estearamidopropildimetilamina

  3. Solubilidade: solúvel em etanol quente (95%), éter, clorofórmio, acetona quente, óleo mineral e óleos fixos. Praticamente insolúvel em água, mas rapidamente dispersável em água quente com um agente aniônico ou catiônico.

  4. PH:

  5. PF: 55-60ºC

  6. Estabilidade: O valor ácido aumenta se o estearato for armazenado em temperaturas amenas, devido à saponificação do éster com pequenas quantidades de água. Antioxidantes eficazes podem ser adicionados como o hidroxitolueno butilado e o propilgalato. O composto deve ser armazenado em um recipiente fortemente lacrado, resistente à luz e em uma temperatura mais baixa.

  7. Função: Agente antiestático; agente condicionador dos cabelos, emoliente, emulsificante, solubilizante, estabilizante.

  8. Proporção na formulação: 1,5% p/p

3.2. Silicone (silicone catiônico):

  1. Nome comercial: Pecosil SM-40 (Phoenix)

  2. Nome químico: silicone

  3. Solubilidade: praticamente insolúvel em solventes orgânios, água e ácidos, exceto ácido hidrofluórico;solúvel em soluções quentes de hidróxido álcali. Forma dispersão coloidal com a água.

  4. PH: 3,5 – 4,4 (4% w/v dispersão aquosa)

  5. PF:

  6. Estabilidade: no geral apresenta alta estabilidade térmica e química, mas é mais estável quando conservado em geladeira (4 ºC)

  7. Função: Agente condicionador dos cabelos, efeito protetor, antiespumante, viscosificante.

  8. Proporção na formulação: 2,5 %p/p

3.3. Proteína de leite hidrolisada:

  1. Nome comercial: Hydrolactin 2500 (Croda); Hydromilk EN-20 (Brooks); Lactolan (Sérobiologiques); Lactosol (Farma Service); Lec-320 (Dhacam); Milk-Tein NL(Maybrook); Em associação: Unilactamin L-17 (Induchem)

  2. Nome químico:

  3. Solubilidade: solúvel em água.

  4. PH:

  5. PF:

  6. Estabilidade:

  7. Função: Agente condicionador da pele; agente condicionador dos cabelos

  8. Proporção na formulação: 0,5% p/p

3.4. Ácido láctico (88 por 100):

  1. Nome comercial: Lexalt L (Inolex); Purac HQ88 (Purac Sinteses); Purac PH90 (Purac Sínteses)

  2. Nome químico: DL-ácido láctico

  3. Solubilidade: solúvel em água, álcool, forfurol, menos solúvel em éter.Praticamente insolúvel em clorofórmio, éter de petróleo e dissulfeto de carbono.

  4. PH: 3,90

  5. PF: 16,8ºC

  6. Estabilidade: É higroscópico e forma produtos de condensação,como ácidos polilácticos em contato com a água. Em altas temperaturas, o ácido láctico forma lactídio que rapidamente é hidrolisado de volta à ácido láctico. É incompatível com agentes oxidantes, iodetos e albumina; reage violentamente com ácido nítrico e ácido fluorídrico

  7. Função: Agente condicionador da pele; agente tampão/ corretor do pH; umectante, acidificante.

  8. Proporção na formulação: 0,7% p/p

3.5. Phenoben:

  1. Nome comercial: Phenova; Phenoben Croda

  2. Nome químico: Metil, Etil, Butil, Propil e Isobutil parabenos em Fenoxietanol

  3. Solubilidade: Fenoxietanol: miscível em acetona, etanol (95%) e glicerina (20 ºC). Metilparabeno: altamente miscível em etanol, metanol, éter e propilenoglicol (25ºC). Propilparabeno: miscível em etanol, acetona, éter, metanol, propilenoglicol. Pouco solúvel em água.

  4. PH:

  5. PF: Fenoxietanol: 14ºC, metilparabeno: 125-128 ºC

  6. Estabilidade: Fenoxietanol: soluções aquosas são estáveis e podem ser esterilizadas em autoclave. Deve ser armazenado em recipientes bem-fechados em um lugar seco e arejado. Propilparabeno: soluções aquosas em pH 3 a 6 podem ser esterilizadas por autoclave, sem decomposição. Em soluções de pH 3-6 são estáveis, para mais de 4 anos em temperatura ambiente.

  7. Função: Agente Conservante com espectro de ação contra Fungos, Leveduras, Bactérias Gram + e Gram -, boa atividade contra Pseudomonas

  8. Proporção na formulação: 0,5% p/p

3.6. Polawax:

  1. Nome comercial: Polawax (Croda), Uniox C (Chemyunion),

  2. Nome químico:

  3. Solubilidade:lipossolúvel

  4. PH: permite obtenção de emulsões em uma ampla faixa de pH

  5. PF: Aproximadamente 65 ºC

  6. Estabilidade:

  7. Função: cera autoemulsionante não-iônica, doador de consistência

  8. Proporção na formulação: 3% p/p

3.7. Álcool cetoestearílico:

a) Nome comercial: álcool Ceto-estearílico (Chemyunion);Álcool ceto-estearílico (Rhodia); Lipocol SC (Lipo); Alkol TA C 16/18 (Oxiteno); Graxion C 1618 S (Polytechno); Lipocol CS-50 (Lipo); Lipocol SC (Lipo); Meghwax ACE 100 (Megh) Em associação: Promulgen D (Amerchol); Uniox A (Chemyunion).

  1. Nome químico: álcool cetoestearílico

  2. Solubilidade: solúvel em etanol (95%), éter; praticamente insolúvel em água.

  3. PH:

  4. PF:

  5. Estabilidade: É estável sob condições normais de armazenamento. Não é suscetível à hidrólise de ésteres graxos e não fica rançoso. Incompatível com agentes oxidantes fortes

  6. Função: agente regulador da viscosidade, estabilizador de emulsão, opacificante, tensoativo.

  1. Proporção na formulação: 2% p/p

3.8. Extrato de raiz de Panax ginseng C. A. Mey. (Ginseng):

  1. Nome comercial: Extrato de Ginseng (Alban Muller), Extrato de Ginseng GR (Farma Service), Extrato de Ginseng HG (Farma Service); Ginseng Extract BG (Maruzen); Ginseng Extract Powder (Maruzen)

  2. Nome químico:

  3. Solubilidade:parcialmente solúvel em água.

  4. PH:

  5. PF:

  6. Estabilidade:

  7. Função: Aditivo Biológico. Aplicação aos cabelos: é empregado na elaboração de xampus, loções capilares e condicionadores para restaurar e fortalecer cabelos danificados e quebradiços. Usado em máscaras de tratamento para renovar as células do couro cabeludo.

  8. Proporção na formulação: 1% p/p

3.9. Óleo essencial de Eucalyptus globulus Labill. (Eucalipto):

  1. Nome comercial: EG Eucalipto (Centroflora); VEG-307/114 (Dhacam); Em asociações: Glicosilato de Eucalipto (Solabiá), Vegebios de Eucalipto (Solabiá)

  2. Nome químico:-

  3. Solubilidade:Pouco solúvel em água, lipossolúvel.

  4. PH:

  5. PF:

  6. Estabilidade: estável e não reage com água.

  7. Função: Aditivo Biológico. Indicado para cabelos oleosos; utilizado em condicionadores e loções para tratamento do couro cabeludo, evitando a queda de cabelo

  8. Proporção na formulação: Gotas

3.10. Extrato da casca de Citrus medica limonum (Limão):

  1. Nome comercial: Em associação- Fruits Wrinkle Protect Essence (Maruzen)

  2. Nome químico:-

  3. Solubilidade: solúvel em água

  4. PH:

  5. PF:

  6. Estabilidade:estável.

  7. Função:Aditivo Biológico.Indicado para cabelos oleosos e claros. O limão proporciona limpeza profunda dos cabelos,removendo a oleosidade e promovendo a eliminação de resíduos deixados por géis, musses, aerossóis e laquês. Pode ser misturado a um xampu neutro e aplicado nos fios uma vez por semana.

  8. Proporção na formulação: 2% p/p

3.11. Extrato da casca de Citrus nobilis (Tangerina):

  1. Nome comercial: EG Tangerina (Centroflora); Extrato de tangerina GR (Farma Service); Em associações: EG Sete Ervas (Centroflora); Extrato de frutas tropicais (Farma Service); Glicosilato de Tangerina (Solabiá); Vegebios de Tangerina (Solabiá)

  2. Nome químico:

  3. Solubilidade: solúvel em água.

  4. PH:

  5. PF:

  6. Estabilidade:estável.

  7. Função: Aditivo Biológico. Possui as mesmas características que o extrato de limão.

  8. Proporção na formulação: 2% p/p

3.12. Óleo essencial de Menta piperita (Hortelã-pimenta):

  1. Nome comercial: Óleo de menta piperita (Amigo y Arditi); Em associação: Menta CL Forté 2/033172 (Dragoco)

  2. Nome químico:

  3. Solubilidade: Pouco solúvel em água, lipossolúvel.

  4. PH:

  5. PF:

  6. Estabilidade:

  7. Função: componente de fragrância. Indicado contra a queda de cabelo e contra a caspa.

  8. Proporção na formulação: Gotas

3.13. Ceramida 3:

  1. Nome comercial: Ceramide III (Cosmoferm); Ceramide IIIA (Cosmoferm); Ceramide IIIB (Cosmoferm); Em associações: BioMembrains (Cosmoferm); CeraClear BG (Cosmoferm)

  2. Nome químico:

  3. Solubilidade:

  4. PH:

  5. PF:

  6. Estabilidade:

  7. Função: Aditivo biológico. Indicado para o fechamento das escamas dos fios de cabelo.

  8. Proporção na formulação: 0,25% p/p

3.14. Manteiga de Karité:

  1. Nome comercial:

  2. Nome químico:

  3. Solubilidade:

  4. PH:

  5. PF:

  6. Estabilidade:

  7. Função: Agente condicionador da pele; agente regulador da viscosidade

  8. Proporção na formulação: 1% p/p

3.15. Perfume:

  1. Nome comercial:

  2. Nome químico:

  3. Solubilidade:

  4. PH:

  5. PF:

  6. Estabilidade:

  7. Função:

  8. Proporção na formulação: q.s.

3.16. Glitter prateado:

  1. Nome comercial:

  2. Nome químico:

  3. Solubilidade:

  4. PH:

  5. PF:

  6. Estabilidade:

  7. Função:

  8. Proporção na formulação: q.s.

3.17. Propilenoglicol:

  1. Nome comercial: Propilenoglicol

  2. Nome químico: 1,2-propanodiol, metil glicol

  3. Solubilidade: Miscível em água, acetona, clorofórmio; solúvel em éter; dissolve muitos óleos essenciais, mas é imiscível com óleos fixos.

  4. PH

  5. PF:

  6. Estabilidade: Estável a condições normais, mas a altas temperaturas ele tende a oxidar, gerando compostos como propionaldeído, e ácidos lático, pirúvico e acético.

  7. Função: umectante da formulação, dispersante da ceramida.

  8. Proporção na formulação: q.s. para dissolver a ceramida

3.18. Corantes:

  1. Nome comercial: Amarelo de tartrazina, azul e vermelho.

  2. Nome químico:

  3. Solubilidade:

  4. PH:

  5. PF:

  6. Estabilidade:

  7. Função:

  8. Proporção na formulação: q.s.

3.19. Água destilada:

  1. Nome comercial: Água destilada

  2. Nome químico: Água

  3. Solubilidade:

  4. PH: aproximadamente 7,0

  5. PF:

  6. Estabilidade:

  7. Função: Veículo

  8. Proporção na formulação: q.s.p. 100% (150 mL cada)

3.20. Goma Guar:

  1. Nome comercial: Goma guar

  2. Nome químico:goma guar

  1. Solubilidade: solúvel em água

  2. PH:

  3. PF:

  4. Estabilidade: estável e não reativa em água.

  5. Função: doador de consistência

  6. Proporção na formulação: 0,6 % p/p

4. Indicações cosméticas ou cosmecêuticas:

O condicionador tem a função de amaciar os cabelos e desembaraçá-los. A formulação proposta indica o uso do condicionador sem enxágüe para que o glitter presente permaneça nos cabelos. Ao mesmo tempo, ornamentando, amaciando-os e os deixando com mais brilho e mais fortes.

(Parte 1 de 3)

Comentários