Estabilidade de Taludes

Estabilidade de Taludes

(Parte 1 de 4)

Estabilidade de Taludes e Estruturas de Contenção -1/80

Prof. Eduardo Suassuna Nóbrega, M.Sc.

AULA 6 –Estabilidade de Taludes

Estabilidade de Taludes e Estruturas de Contenção -2/80

1 –DEFINIÇÕES BÁSICAS

Talude :superfície que forma um ângulo com o plano horizontal de referência, definindo fronteira entre o interior do solo e a atmosfera.

Ruptura :ocorre quando a tensão cisalhante atuante no maciço é maior do que a resistência ao cisalhamento do solo.

Deslizamento :deslocamento de massa de solo em relação a uma superfície (superfície de ruptura). Atingida a ruptura, o solo pode se deslocar por gravidade.

Estabilidade de Taludes e Estruturas de Contenção -3/80

Situação 1:colapso iminente. Crista

Provável

Superfície de Ruptura

Pé do Talude

Talude τ= c’+ σ’.tg(φ’) (tensões resistentes)

Estabilidade de Taludes e Estruturas de Contenção -4/80

Situação 2:colapso consumado. Escarpa

Superfície de Ruptura

Talude antes do Deslizamento

Estabilidade de Taludes e Estruturas de Contenção -5/80

1.1 –Tipos de Ruptura:

Superficial :quando a superfície de deslizamento fica contida no talude, passando acima do pédo talude.

Superfície de Ruptura

Talude

Estabilidade de Taludes e Estruturas de Contenção -6/80

1.1 –Tipos de Ruptura:

Profunda :quando a superfície de deslizamento não fica contida apenas no talude, mas também atinge o solo abaixo do pédo talude.

Superfície de Ruptura

Talude

Estabilidade de Taludes e Estruturas de Contenção -7/80

1.2 –Formato das Superfícies de Ruptura:

⇒Existem diversas formas: Reta, Circular, Logarítmica ou com uma forma qualquer.

⇒Por simplificação matemática, a maioria dos métodos de análise de estabilidade adotam superfície circular ou reta.

Estabilidade de Taludes e Estruturas de Contenção -8/80

Segundo Alexandre Collin(1841):

⇒Em Solos Argilosos ,a superfície éprofunda e circular.

Superfície de Ruptura

Talude

Estabilidade de Taludes e Estruturas de Contenção -9/80

Segundo Alexandre Collin(1841):

⇒Em Solos Arenosos ,a superfície éreta.

Superfície de Ruptura

Talude

Estabilidade de Taludes e Estruturas de Contenção -10/80 2 –PRINCIPAIS CAUSAS DE DESLIZAMENTOS

Mudanças no carregamento externo :

(a)Escavações no pédo talude; (b)Construções no topo do talude; (c)Elevação do lençol freático; (d)Carregamento devido ao preenchimento de fendas por água (empuxo).

Redução da resistência ao cisalhamento do solo :

(a)Por saturação do maciço (perda da sucção); (b)Variação cíclica da poropressão; (c) Intemperismo.

Estabilidade de Taludes e Estruturas de Contenção -1/80 2.1 –Tensões Atuantes na Superfície de Deslizamento:

c’ β

Tensões Geostáticas (tensões atuantes)

(Parte 1 de 4)

Comentários