Cálculo de rosca

Cálculo de rosca

CÁLCULO DE ROSCA

ROSCA TRIANGULAR

    1. NOMENCLATURA.

P= passo (em mm) i= ângulo da hélice

d= diâmetro externo c= crista

d1= diâmetro interno D= diâmetro do fundo da porca

d2= diâmetro do flanco D1= diâmetro do furo da porca

α= ângulo do filete h1= altura do filete da porca

f= fundo do filete h= altura do filete do parafuso

    1. TIPOS DE ROSCAS

As roscas triângulares classificam-se, segundo seu perfil, em três tipos

  • rosca métrica

  • rosca Whithworth

  • rosca americana

Para nosso estudo, vamos detalhar apenas dois tipos: a rosca métrica e a rosca Whithworth.

Rosca métrica ISO normal e rosca e a rosca métrica ISO fina NBR 9527.

  1. FÓRMULAS DA ROSCA MÉTRICA

Ângulo do perfil da rosca: a= 60°

Diâmetro Menor do Parafuso (Ø do núcleo)

d1 = d – 1,2268 x P

Diâmetro efetivo do parafuso ( Ø médio):

d2= D2 = d – 0,6495 x P

Folga entre a raiz do filete da porca e a crista do filete

f= 0,045 x P

Diâmetro maior da porca:

D= d + 2 x f

Diâmetro menor da porca (furo):

D1= d – 1,0825 x P

Diâmetro efetivo da porca ( Ø médio)

D2 = d2

Altura do filete do parafuso:

he= 0,61343 x P

Raio de arredondamento da raiz do filete do parafuso:

rre= 0,14434 x P

Raio de arredondamento da raiz do filete da porca:

rri= 0,063 x P

A rosca métrica fina, num determinado comprimento, possui maior numero de filetes do que a rosca normal. Permite melhor fixação da rosca evitando afrouxamento do parafuso, em caso de vibração de máquinas. Exemplo: em Veículos

  1. FÓRMULAS DA ROSCA WHITHWORTH

a= 55°

P= 1”

nº de fios

hi= he= 0,6403 x P

rri= rre= 0,1373 x P

d= D

d1= d – 2 x he

D2= d2= d – he

A fórmula para confecção das roscas Whithworth normal e fina é a mesma. Apenas variam os números de filetes por polegadas.

Utilizando as fórmulas anteriores, você obterá os valores para cada elemento da rosca.

Comentários