(Parte 1 de 4)

Almério Melquíades de Araújo Coordenador de Ensino Técnico

Ivone Marchi Lainetti Ramos

Professora Responsável

COORDENADORIA DE ENSINO TÉCNICO CETEC - 2007

Sumário

TCC – Princípios e Orientações Gerais 3 Regulamento do TCC 1 Sistema de Acompanhamento e Avaliação do TCC 15 Bibliografia Recomendada ao Professor 20 Manual do TCC 21

1. TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - BASE METODOLÓGICA PARA FORMAÇÃO DE PROFISSIONAIS TÉCNICOS DE NÍVEL MÉDIO

Profissional

O Trabalho de Conclusão de Curso – TCC configura-se em uma atividade escolar de sistematização do conhecimento sobre um objeto de estudo pertinente à área de formação profissional. Tal atividade, que representa o resultado de um estudo, revela conhecimento a respeito do tema escolhido emanado do desenvolvimento dos diferentes Componentes Curriculares da Habilitação

A perspectiva de desenvolvimento do TCC no ensino técnico permitirá a formação de profissionais criativos, aptos para o atendimento das diferentes demandas que a prática profissional lhes impõe. Por trazer como proposta uma formação profissional pautada na interação da teoria com a prática, o TCC privilegia o aprender por meio do fazer. Em um ensino reflexivo, baseado no processo de reflexão-na-ação, estimula a adoção de uma postura pró-ativa a partir da interação professor-aluno em diferentes situações práticas.

O TCC, uma vez tratado como promotor da reflexão-na-ação, oferecerá a possibilidade de introdução de um modelo renovador para o processo de ensino e aprendizagem.

Para tanto, torna-se necessária a vinculação do ensino oferecido no ambiente escolar com o mundo do trabalho e com a prática social do educando, de maneira a refletir a essência atribuída a todos os programas de formação profissional pela atual LDB. A articulação da escola com a comunidade torna-se imprescindível e deverá ser assumida pela Unidade de Ensino como premissa para o desenvolvimento de seu Projeto Pedagógico. A prática profissional necessária para formação de técnicos deve ser entendida como procedimento didático integrante do Projeto Pedagógico da escola, contemplando estratégias de implantação, desenvolvimento e avaliação, conforme os objetivos estabelecidos.

A atualidade da educação profissional de nível técnico depende primordialmente da aferição simultânea das expectativas dos indivíduos, das demandas do mundo do trabalho e da sociedade, além das conjunturas socioeconômicas regionais. Portanto, aproximação da comunidade escolar aos diferentes segmentos da comunidade externa, seja na forma de oportunidades de estágio, seja na forma de parcerias para realização de projetos, permitirá a incorporação de novos conhecimentos, de novas metodologias voltadas ao desenvolvimento de competências atitudinais, cognitivas e laborais.

O desenvolvimento do TCC no ensino técnico tem como pressuposto a articulação e a integração dos diferentes componentes curriculares com as experiências cotidianas, vivências profissionais e avanços do setor produtivo, ratificando, retificando e / ou ampliando o campo de conhecimento.

ENSINO TÉCNICO MUNDO DO TRABALHO Aplicabilidade

(pesquisa e desenvolvimento de projetos)

2. OBJETIVOS

2.1 OBJETIVO GERAL

Estabelecer um sistema que promova e consolide a integração do ensino com o mundo do trabalho.

2.2 OBJETIVOS ESPECÍFICOS

I. Oferecer educação profissional por meio de mecanismos que garantam a contextualização de currículos;

I. Promover a efetiva interdisciplinaridade no desenvolvimento das atividades escolares;

I. Promover a interação da teoria e da prática, do trabalho e da educação; IV. Possibilitar o acompanhamento e o controle das práticas desenvolvidas pelos alunos, na própria escola ou nas instituições parceiras, permitindo a verificação do desempenho dos alunos, segundo as competências estabelecidas no Plano de Curso;

V. Proporcionar experiências práticas específicas aos alunos por meio do desenvolvimento de projetos experimentais, de intervenção, de desenvolvimento de produto ou de pesquisa, promovendo a integração com o mundo do trabalho e o convívio sócio-profissional;

VI. Propiciar ao aluno o domínio das bases norteadoras da profissão de forma ética e compatível com a realidade social, desenvolvendo valores inerentes à cultura do trabalho;

VII. Promover a autonomia na atividade de produção de conhecimento científico;

VIII. Oferecer condições para que todos os alunos possam desenvolver as competências estabelecidas no Plano de Curso.

3. DESCRIÇÃO

A sistematização do conhecimento sobre um objeto de estudo pertinente à profissão, desenvolvido mediante controle, orientação e avaliação docente, permitirá aos alunos o conhecimento do campo de atuação profissional, com suas peculiaridades, demandas e desafios.

Ao considerar que o efetivo desenvolvimento de competências implica na adoção de sistemas de ensino que permitam a verificação da aplicabilidade dos conceitos tratados em sala de aula, torna-se necessário que cada escola, atendendo as especificidades dos cursos que oferece, crie oportunidades para que os alunos construam e apresentem um produto final – Trabalho de Conclusão de Curso – TCC.

O TCC deverá envolver necessariamente uma pesquisa empírica, que somada à pesquisa bibliográfica dará o embasamento prático e teórico necessário para o desenvolvimento do trabalho. A pesquisa empírica deverá contemplar uma coleta de dados, que poderá ser realizada no local de estágio supervisionado, quando for o caso, ou por meio de visitas técnicas e entrevistas com profissionais da área.

O desenvolvimento do TCC pautar-se-á em pressupostos interdisciplinares, podendo exprimir-se por meio de um trabalho escrito ou de uma proposta de projeto. Caso seja adotada a forma de proposta de projeto, os produtos poderão ser compostos por elementos gráficos e/ou volumétricos (maquetes ou protótipos) necessários à apresentação do trabalho, devidamente acompanhados pelas respectivas especificações técnicas; memorial descritivo, memórias de cálculos e demais reflexões de caráter teórico e metodológico pertinentes ao tema.

A temática a ser abordada deve estar contida no âmbito das atribuições profissionais da categoria, sendo de livre escolha do aluno.

Caberá a cada escola definir, por meio de regulamento específico, as normas e orientações que nortearão a realização do Trabalho de Conclusão de Curso, conforme a natureza e o perfil de conclusão da habilitação profissional.

4. ORIENTAÇÃO AOS ALUNOS

A orientação do desenvolvimento do TCC ficará por conta do professor responsável pelos Componentes Curriculares Planejamento de Projetos (TCC), no 2º módulo, e Desenvolvimento de Projetos (TCC), no 3º módulo.

5. AVALIAÇÃO DO TCC

A avaliação do Trabalho de Conclusão de Curso deverá considerar, basicamente, os seguintes aspectos: - cumprimento do cronograma proposto;

Professor Orientador de Estágio

Professores dos

Componentes Curriculares Planejamento (2º Mód) e Desenvolvimento (3º Mod.)

Alunos que realizam estágio ou trabalham na área

Alunos que não realizam estágio

O aluno será considerado concluinte do curso técnico quando cumprir todas as etapas supracitadas e obtiver aprovação em todos os Componentes Curriculares.

5.1 COMPETÊNCIAS GERAIS DESENVOLVIDAS NO TCC

5.1.1 Competências pessoais / atitudinais

· Tomar decisões com crescentes graus de autonomia intelectual. • Trabalhar em equipe no desenvolvimento de projetos.

• Adotar postura adequada, baseada em princípios éticos, no trato com cliente/comunidade e com outros profissionais da equipe de trabalho. • Comunicar idéias de forma clara e objetiva

5.1.2 Competências cognitivas e laborais

• Analisar uma situação-problema e sistematizar informações relevantes para sua solução.

• Articular o conhecimento científico e tecnológico numa perspectiva interdisciplinar. • Formular hipóteses e prever resultados.

• Associar conhecimentos e métodos científicos com a tecnologia do sistema produtivo e dos serviços.

(Parte 1 de 4)

Comentários