Manual de Segurança do Trabalho

Manual de Segurança do Trabalho

(Parte 1 de 9)

Universidade de São Paulo

Instituto de Química

São Paulo

2004

PREFÁCIO DA 1ª EDIÇÃO

Por iniciativa da CIPA do Instituto de Química da Universidade de São Paulo, presidida pelo Professor Wilhelm J. Baader e particularmente pelos esforços da técnica Margareth de Lara Capurro que coletou as informações e procedeu à redação final, preparou-se este manual que procura sistematizar diretivas quanto ao armazenamento e o manuseio de produtos perigosos, procedimentos para aperfeiçoar métodos de segurança pessoal e condutas quanto aos primeiros socorros de pessoas acidentadas.

O trabalho é uma compilação de várias obras sobre o assunto, procurando-se, sempre, dar o devido crédito às respectivas autorias nas referências bibliográficas. Em anexo, reproduziram-se as normas de bio-segurança elaboradas por grupo técnico do PADCT que foram mantidas em inglês, tal qual divulgadas.

O Instituto de Química espera, com essa importante iniciativa, contribuir para o aperfeiçoamento da segurança nos laboratórios e solicita que os leitores contribuam com críticas, sugestões ou correções a fim de enriquecer as futuras edições.

São Paulo, 01 de novembro de 1995

Walter Colli

Diretor

MANUAL DE SEGURANÇA

para proteção

QUÍMICA

MICROBIOLÓGICA

e

RADIOLÓGICA.

Introdução

O Manual de Segurança do IQUSP foi preparado com o objetivo de servir como uma fonte de consulta rápida sobre temas relacionados à Segurança no trabalho em laboratórios didáticos e de pesquisa em Química e Bioquímica. Assim, apresentam-se os assuntos divididos em aspectos concernentes aos cuidados com produtos químicos, com material microbiológico e radioativo.

A primeira edição, de 1995, foi revisada pela CIPA, em 2004, para uma atualização no que concerne a certas normas e procedimentos em vigor no IQUSP. Cabe aqui mencionar que, em 26 de março de 1998, a Congregação do IQUSP aprovou uma série de “Diretrizes de Segurança” (em anexo no final deste Manual) que introduziu importantes normas para que se incrementasse a segurança em nossos laboratórios. Este manual foi revisto para se adequar a tais diretrizes, mas se manteve fiel à forma original que lhe deu a CIPA de 1995.

Embora atualmente muito material de segurança possa ser colhido pela Internet, acredita-se que este Manual ainda tenha seu lugar para consultas de caráter rápido e geral. Porém, recomenda-se que sejam consultados os membros das Comissões de Segurança, de Bio-segurança e de Radioproteção, além da CIPA, quando o assunto extrapolar os limites deste Manual. No site do IQUSP poderão ser encontrados os nomes dos componentes de tais Comissões.

ÍNDICE

SEGURANÇA EM LABORATÓRIOS DE QUÍMICA ........................01

Aspectos Gerais................................................................................01

Estocagem e Manuseio.....................................................................02

1. Produtos Inflamáveis.....................................................................04

2. Tóxicos..........................................................................................06

3. Explosivos.....................................................................................08

4. Agentes Oxidantes........................................................................09

5. Corrosivos.....................................................................................10

6. Gases Comprimidos......................................................................10

7. Produtos Sensíveis à Água...........................................................12

8. Produtos Incompatíveis.................................................................14

Segurança Pessoal...........................................................................16

Normas de Segurança......................................................................17

Manuseio do Material de Vidro.........................................................20

Lavagem...........................................................................................20

Vidro Quebrado.................................................................................21

Aquecimento de Material de Vidro....................................................21

Maneira Segura de Inserir um Tubo de Vidro em uma Rolha...........22

Maneira Segura de Furar Rolhas Manualmente...............................22

Acidentes mais Comuns...................................................................24

Queimaduras.....................................................................................26

Queimaduras Químicas....................................................................26

Ferimentos e Fraturas.......................................................................26

Estado de Choque............................................................................27

Choque Elétrico.................................................................................28

Intoxicação por ácido Cianídrico e Cianetos.....................................28

Intoxicação por Monóxido de Carbono.............................................28

Intoxicação por Amoníaco.................................................................28

Substâncias Tóxicas na Pele............................................................29

Pipetagem de Soluções....................................................................29

Incêndios...........................................................................................29

Referências Bibliográficas.................................................................31

SEGURANÇA EM LABORATÓRIOS DE MICROBIOLOGIA...........32

Introdução.........................................................................................32

Classificação dos Microorganismos Infectantes...............................33

Normas de Segurança......................................................................34

Referências Bibliográficas.................................................................37

PROTEÇÃO RADIOLÓGICA............................................................39

A Filosofia de Proteção Radiológica.................................................39

Limites Nacionais e Internacionais....................................................39

Manutenção dos Níveis de Radiação dentro dos Limites.................40

Cuidados no Uso de Materiais Radioativos......................................41

Rejeitos Radioativos.........................................................................42

Descontaminação.............................................................................43

Acidentes com Radiação..................................................................44

Referências Bibliográficas.................................................................45

Anexo: Diretrizes de Segurança para o IQUSP (28/3/1998) 46

SEGURANÇA EM LABORATÓRIOS DE QUÍMICA

(Parte 1 de 9)

Comentários