Evolução e Origem da Vida

Evolução e Origem da Vida

EXERCÍCIOS DE BIOLOGIA

EVOLUÇÃO E ORIGEM DA VIDA

www.vestibular1.com.br Vestibular1 – O Portal do vestibular

Parte I: Lamarckismo e Darwinismo

1. (UFGO) Há alterações estruturais decorrentes da adaptação de uma espécie, em resposta a novas necessidades impostas por mudanças ambientais, e essas alterações são transmitidas à prole.

Esta idéia faz parte da teoria de:

a) Lamarck. d) Lyell.

b) Darwin. e) Malthus.

c) Wallace.

2. (UFRN) A característica - musculatura desenvolvida - adquirida por um halterofilista deverá ser transmitida a seus descendentes.

Esta afirmação se baseia na teoria evolucionista enunciada por:

a) Lineu. d) Lamarck.

b) Darwin e) Mendel.

c) Malthus.

3. (UFRS) Os princípios a seguir relacionados referem-se à teoria da evolução das espécies.

I. Adaptação ao meio.

II . Seleção natural .

III. Mutação.

IV. Lei do uso e desuso.

V. Herança dos caracteres adquiridos

Lamarck, em sua teoria, considerou

a) I, II e III. d) II, IV e V.

b) II, III e IV. e) II, III e V.

c) I, IV e V.

4. (UnB) Entre os princípios básicos abaixo, o único que não faz parte da teoria da evolução de Darwin é:

a) O número de indivíduos de uma espécie mantêm-se mais ou menos constante no decorrer das gerações.

b) A seleção dos indivíduos de uma espécie se faz ao acaso.

c) Os indivíduos de uma espécie apresentam variações em suas características.

d) No decorrer das gerações, aumenta a adaptação dos indivíduos ao meio ambiente.

e) O meio ambiente é o responsável pelo processo de seleção.

5. (Vunesp-SP) Em relação à evolução biológica, observe as afirmativas abaixo:

I. A girafa evoluiu de ancestrais de pescoço curto, o qual se desenvolveu gradativamente pelo esforço do animal para alcançar as folhas das árvores mais altas.

II. Os ancestrais da girafa apresentavam pescoço de comprimentos variáveis. Após várias gerações, o grupo mostrou um aumento no número de indivíduos com pescoço mais comprido, devido à seleção natural.

III. Os indivíduos mais adaptados deixam um número maior de descendentes em relação aos não-adaptados.

IV. As características que se desenvolvem pelo uso são transmitidas de geração a geração.

Assinale:

a) se I, II e III estiverem de acordo com Lamarck e IV com Darwin;

b) se I e III estiverem de acordo com Lamarck e II e IV com Darwin.

c) se I e IV estiverem de acordo com Lamarck e II e III com Darwin;

d) se I, II, III e IV estiverem de acordo com Lamarck;

e) se I , II , I II e IV estiverem de acordo com Darwin.

6. (Cesgranrio-RJ) Em um ambiente qualquer, os indivíduos com características que tendem a aumentar sua capacidade de sobrevivência têm maior probabilidade de atingir a época de reprodução. Assim, em cada geração, podemos esperar um pequeno aumento na proporção de indivíduos de maior viabilidade, isto é, que possui maior número de características favoráveis à sobrevivência dos mais aptos.

Esse texto se relaciona

a) lei do uso e desuso.

b) herança dos caracteres adquiridos.

c) hipótese do aumento da população em progressão geométrica.

d) hipótese do aumento de alimento em progressão aritmética.

e) seleção natural.

7. (UFMG-MG) "De tanto comer vegetais, o intestino dos herbívoros aos poucos foi ficando longo." Essa frase está de acordo com qual destas teorias?

a) Darwinismo d) Mendelismo

b) Mutacionismo e) Neodarwinismo

c) Lamarckismo

8. (PUC-SP) Na tentativa de explicar o mecanismo através do qual os organismos evoluem, salientaram-se os cientistas Jean Baptiste Lamarck e Charles Darwin. Para o primeiro, existe um fator que é a causa da variação e, para o segundo, esse mesmo fator é o que seleciona.

O fator mencionado acima:

a) é a grande capacidade de reprodução dos organismos vivos.

b) são as variações hereditárias transmissíveis.

c) é o uso e o desuso.

d) é o ambiente.

e) é a reprodução sexuada.

9. (UFRS) O gráfico abaixo descreve um fenômeno que deu a Darwin a idéia do mecanismo da seleção natural como determinante da evolução.

No gráfico, as linhas A e B descrevem, respectivamente, os aumentos:

a) de uma população e de seus recursos alimentares.

b) de duas espécies em competição.

c) das espécies predadoras e das espécies parasitas.

d) das espécies hospedeiras e das espécies parasitas.

e) da poluição ambiental e de uma população causadora desta poluição.

10. (F. OBJETIVO-SP) O principal ponto positivo do Darwinismo foi:

a) a descoberta das mutações.

b) o estabelecimento da lei do uso e do desuso.

c) a descoberta da origem das variações.

d) o conceito de seleção natural.

e) a determinação da imutabilidade das espécies.

11. Considere os seguintes fatos relacionados com a evolução das espécies: (I) lei do uso e do desuso; (II) seleção natural; (III) herança dos caracteres adquiridos; (IV) mutação; (V) isolamento de girafas. A hipótese de Lamarck era fundamentada em:

a) I e III

b) I, III e IV

c) I, III, IV e V

d) I, III e V

e) I, II e V

12. (UFAC) A lei do uso e desuso e a transmissão das características adquiridas caracterizam o:

a) lamarckismo.

b) criacionismo.

c) darwinismo.

d) fixismo.

e) mendelismo.

13. (UNEB-BA) "A formação de um novo órgão no corpo é o resultado de uma nova necessidade." Nesta afirmação, está implícita a teoria proposta por:

a) Darwin.

b) Oparin.

c) Mendel.

d) Pasteur.

e) Lamarck.

14. (MACK-SP) As teorias da transmissão hereditária dos caracteres adquiridos e da seleção natural foram propostas, respectivamente por:

a) Darwin e Lamarck.

b) Lamarck e Darwin.

c) Darwin e Weismann.

d) Weismann e Darwin.

e) Lamarck e Mendel.

15. (PUC-RJ) Lamarck (1744-1829) foi um dos únicos a propor, antes de Darwin, uma hipótese bem elaborada para explicar a evolução. Analise as três afirmações abaixo, verificando a(s) que poderia(m) ser atribuida(s) a Lamarck:

I. A falta de uso de um órgão provoca a sua atrofia e, conseqúentemente, o seu desaparecimento.

II. Na luta pela vida, os jovens menos adaptados são eliminados, perpetuando-se os mais fortes.

III. Os caracteres adquiridos podem ser transmitidos de uma geração a outra.

Marque a opção correta:

a) somente I

b) somente II

c) somente III

d) somente I e II

e) somente I e III

16. (OSEC-SP) "Seus ancestrais eram animais de quatro patas como os demais répteis. Uma necessidade surgiu e esses animais passaram a se mover deslizando pelo solo e esticando o corpo para atravessar passagens estreitas. Nessas condições as patas deixaram de ter utilidade e passaram até a prejudicar o deslizamento. As patas, pela falta de uso, foram se atrofiando e, após um longo tempo, desapareceram por completo". Este texto exemplifica a teoria denominada:

a) seleção natural.

b) morganismo.

c) darwinismo.

d) lamarckismo.

e) fixismo.

17. (UFRS) As afirmativas abaixo estão baseadas em teorias evolutivas.

I. As características adquiridas ao longo da vida de um organismo são transmitidas aos seus descendentes.

II. Uma ginasta que desenvolveu músculos fortes, através de intensos exercícios, terá filhos com a musculatura bem desenvolvida.

III. 0 ambiente seleciona a variabilidade existente em uma população.

IV Em uma ninhada de cães, o animal mais bem adaptado às condições de vida existentes sobreviverá por mais tempo e, portanto, terá oportunidade de gerar um número maior de cãezinhos semelhantes a ele.

A alternativa que contém, respectivamente, idéias de Lamarck e de Darwvin é:

a) I e II.

b) I e IV.

c) III e II.

d) III e IV.

e) IV e II.

18. (UFRN) August Weismann cortou a cauda de camundongos durante mais de cem gerações e verificou que as novas ninhadas continuavam a apresentar aquele órgão perfeitamente normal. Dessa experiência pode-se concluir que:

a) as espécies são fixas e imutáveis.

b) quanto mais se utiliza determinado órgão, mais ele se desenvolve.

c) a evolução se processa dos seres vivos mais simples para os mais complexos.

d) a seleção natural e as mutações são fatores que condicionam a evolução dos seres vivos.

e) os caracteres adquiridos do meio ambiente não são transmitidos aos descendentes.

19. (Ceeteps-SP) "Existem os mais fortes e os mais fracos, os sexualmente mais atraentes e os menos atraentes, os mais adaptados às condições ambientais e os menos adaptados; por isso, numa mesma espécie, os indivíduos não são exatamente iguais entre si. Sendo que os mais adaptados se perpetuam e os menos adaptados tendem a ser eliminados da população."

Esse texto está de acordo com o conceito:

a) fixista.

b) da transmissão de caracteres adquiridos.

c) da geração espontânea.

d) naturalista.

e) da seleção natural.

20. (PUC/Campinas-SP) Considere a seguinte afirmativa:

"Entende-se por ____________ a maior sobrevivência dos indivíduos mais bem adaptados a um determinado ambiente que estão em competição com outros menos adaptados".

Para completá-la corretamente, a lacuna deve ser preenchida por:

a) mutação.

b) migração.

c) variabilidade.

d) seleção natural.

e) oscilação genética.

21. (U. Caxias de Sul-RS) "As populações crescem em progressão geométrica, enquanto as reservas alimentares crescem em progressão aritmética."

Quem chegou a essa conclusão foi:

a) Charles Darwin.

b) Jean Lamarck.

c) Thomas Malthus.

d) Ernst Haeckel.

e) Gregor Mendel.

22. (Unisinos-RS) Existem, pelo menos, dois gêneros de siris habitando o litoral gaúcho e um deles, o Arenaeus, se confunde facilmente com a areia do fundo do mar, já que a sua carapaça assume cor e desenho semelhante. Essa semelhança:

a) é resultante do tipo de sua alimentação.

b) é resultante da seleção natural.

c) é absolutamente fortuita.

d) lembra a origem evolutiva dos animais que foram originários do solo.

e) é devida à forma que o animal passa a ter para poder se defender.

23. (F Dom Bosco-DF) Analise as proposições:

I. As girafas ficaram com o pescoço comprido para comerem as folhas situadas em árvores altas.

II. Algumas girafas, por terem pescoço comprido, podiam comer as folhas situadas em árvores altas.

III. Um halterofilista, com a musculatura desenvolvida à custa de muito exercício, deverá ter filhos com grande desenvolvimento muscular.

Essas proposições podem ser atribuídas respectivamente a:

a) Lamarck, Lamarck, Darwin.

b) Darwin, Lamarck, Lamarck.

c) Lamarck, Darwin, Lamarck.

d) Darwin, Darwin, Darwin.

e) Lamarck, Lamarck, Lamarck.

24. (UEPA) Dos postulados abaixo, qual deles está mais diretamente relacionado a Charles Darwin?

a) As características adquiridas pelo uso são transmitidas de geração em geração.

b) Um órgão ou uma outra estrutura qualquer se desenvolve quando o meio externo impõe tal necessidade.

c) A evolução resulta de modificações nos genes dos indivíduos, que por sua vez serão transmitidas aos seus descendentes.

d) A mutação é uma alteração na seqüência de bases do DNA.

e) Através da seleção natural, as espécies serão representadas por indivíduos cada vez mais adaptados.

25. (Unifor-CE) Considere os itens que seguem.

I. Comprovação da transmissão das características adquiridas.

II. Desenvolvimento do conceito de adaptação dos indivíduos ao meio ambiente.

III. Descoberta dos mecanismos responsáveis pela variabilidade genética de uma população.

A contribuição de Lamarck à teoria da evolução reside em:

a) I apenas.

b) II apenas.

c) I e III apenas.

d) II e III apenas.

e) I, II e III.

26. (U. Católica de Salvador-BA) Considere as afirmações a seguir:

I. As garças desenvolveram pernas longas esticando-se para manter o corpo fora da água.

II. Os peixes de cavernas tornaram-se cegos por não precisarem mais da visão.

III. As girafas aumentaram o comprimento dos pescoços esticando-se para atingir as folhas no topo das árvores.

É possível considerar compatível com a teoria de Lamarck:

a) apenas I.

b) apenas II.

c) apenas I e II.

d) apenas I e III.

e) I, II e III.

27. (Cesupa/Cesam-PA) Em Manchester, cidade inglesa, no século passado os troncos das árvores dos arredores da cidade eram cobertos por mariposas da espécie Biston betularia de cor clara. Com o decorrer dos anos veio a instalação de complexos industriais, e a poluição (fumaça e fuligem) enegreceu os troncos das árvores; atualmente os troncos das árvores apresentam um grande número de mariposas escuras, e as mariposas claras estão muito reduzidas.

Analise abaixo duas explicações sobre a mudança das mariposas.

Explicação I

As mariposas de cor escura foram favorecidas porque não poderiam ser mais visualizadas facilmente e comidas pelos predadores, passando a reproduzir-se e a constituir a maior parte da população de mariposas.

Explicação II

As mariposas de cor clara necessitaram adquirir a cor escura para se confundir com os troncos e se proteger dos predadores, transmitindo aos descendentes esta característica, e desta maneira ocorreu a mudança de cor das mariposas.

Após a análise podemos afirmar que:

a) a explicação I é lamarckista e a II é darwinista.

b) a explicação I é darwinista e a II é lamarckista.

c) ambas são lamarckistas.

d) ambas são darwinistas.

e) as explicações não são nem lamarckistas e nem darwinistas.

28. (U. Gama Filho-RJ) Observe a explicação de um paleontólogo para o surgimento de carapaças em tartarugas.

"Tudo começou há 245 milhões de anos com o Pareiassauro. Esse lagartão herbívoro tinha uma digestão muito lenta e precisava se entupir de comida. Então desenvolveu a carapaça para se proteger dos predadores enquanto fazia sua demorada digestão."

A idéia de que os seres vivos desenvolvem características para se adaptar ao meio ambiente está ligada a:

a) Darwin.

b) Lamarck.

c) Malthus.

d) Mendel.

e) Oparin.

29. (Osec-SP) O autor do livro Origem das espécies é:

a) Lamarck.

b) Mendel.

c) Wallace.

d) Lineu.

e) Darwin.

30. (UEBA) A idéia de uma seleção natural, segundo a qual os organismos mais bem adaptados ao meio têm maiores chances de sobrevivência e produzem um número maior de descendentes, é a base:

a) da teoria lamarckista, apenas.

b) da teoria darwinista, apenas.

c) da teoria neodarwinista, apenas.

d) das teorias lamarckista e darwinista.

e) das teorias darwinista e neodarwinista.

31. (CESGRANRIO-RJ) A seleção natural constituiu a base da teoria da evolução de Darwin. Existem vários requisitos para o processo da seleção natural:

I. Existência de organismos capazes de se reproduzirem.

II. Existência de diferenças hereditárias entre os organismos.

III. Ausência da interação dos organismos com o ambiente.

Assinale

a) se somente a afirmativa I for correta;

b) se somente a afirmativa II for correta,

c) se somente a afirmativa III for correta;

d) se somente as afirmativas I e II forem corretas;

e) se somente as afirmativas II e III forem corretas

32. (UFPB) Segundo a teoria darwinista, a afirmação que explica de maneira mais correta a resistência de bactérias aos antibióticos é:

a) Os antibióticos levam à formação de bactérias resistentes.

b) Todas as bactérias adaptam-se aos antibióticos.

c) Os antibióticos selecionam as bactérias resistentes.

d) 0 uso inadequado de antibióticos provoca mutações nas bactérias.

e) As bactérias tornaram-se resistentes aos antibióticos devido ao contato com eles.

33. (UFRS) Sabe-se que, atualmente, mais de vinte espécies de insetos desenvolveram resistência aos inseticidas; metade destas espécies é constituída de parasitas de culturas agrícolas e a outra metade por vetores de doenças. Em vertebrados, a resistência surge mais lentamente que nos insetos.

0 aparecimento de populações resistentes aos inseticidas pode ser explicado:

a) pela herança dos caracteres adquiridos

b) pelo aparecimento de mutações induzidas

c) pelo isolamento reprodutivo entre as populações.

d) pela lei do uso e desuso.

e) pela seleção natural.

Parte II: Mutações

1. Analise as seguintes afirmativas:

I - A seleção natural tende a limitar a variabilidade da espécie pela eliminação dos caracteres não adaptativos.

II - Um animal qualquer é bem-sucedido na luta pela existência se sobreviver até a reprodução.

III - As recombinações cromossômicas e as mutações resultam em populações com menor variabilidade genética.

IV - A variabilidade genética é função direta das mutações cromossômicas e independe das recombinações cromossômicas.

Estão CORRETAS:

a) I e III

b) II e III

c) Ill e IV

d) I e II

e) II e IV

2. Com relação às mutações, qual a alternativa correta?

a) reduzem a variabilidade genética.

b) surgem para adaptar os seres.

c) agem da mesma forma que a seleção natural, isto é, são de efeito muito rápido.

d) são ao acaso sempre produzindo genes deletérios.

e) podem aumentar a sua taxa devido a agentes do meio ambiente como o calor e a radiação.

3. Considere a seguinte frase a ser completada: “Sem ( I ) não há variabilidade; sem variabilidade não há ( II ) e, conseqüentemente, não há ( III )”. Os termos que substituindo os números tornam essa frase logicamente correta são:

a)

(I) = evolução

(II) = seleção

(III) = mutação

b)

(I) = evolução

(II) = mutação

(III) = seleção

c)

(I) = mutação

(II) = evolução

(III) = seleção

d)

(I) = mutação

(II) = seleção

(III) = evolução

e)

(I) = seleção

(II) = mutação

(III) = evolução

4. (COVESP) As mutações genéticas desempenham grande papel na evolução. Assinale a alternativa que não explica corretamente o papel das mutações.

a) A mutação é a fonte primária da variabilidade do mundo vivo.

b) Se não ocorressem mutações, a evolução orgânica não teria acontecido.

c) A mutação não ocorre ao acaso, isto é, novas formas de genes só aparecem de acordo com as necessidades dos organismos.

d) A evolução é uma prova de que os genes sofrem mutação pois só a variabilidade trazida por elas torna possível a seleção natural.

e) 0 resultado de uma mutação é a origem de uma molécula de DNA com uma nova seqüência de bases.

5. (Fuvest-SP) Nas cianofíceas não se conhece nenhum processo de reprodução sexuada. Nesse grupo a variabilidade genética é causada especialmente por.

a) recombinação genética.

b) mutação.

c) permutação.

d) conjugação.

e) cruzamentos seletivos.

6. (CESESP-PE) A mutação é um fator de evolução que

a) reduz a variedade genética.

b) aumenta e reduz a variedade genética.

c) aumenta a variedade genética.

d) ocorre na natureza. sempre produzindo genes prejudiciais.

e) age da mesma maneira que a seleção natural, Isto é, tem efeito rápido.

7. (UFRS) Contaminações ambientais com material radiativo, como aconteceu em Chernobyl (Ucrânla), em 1986, são perigosas para os seres vivos porque:

a) provocam mutações.

b) causam diminuição da oxigenação das células.

c) Impedem o envelhecimento celular.

d) aceleram muito o metabolismo da síntese protéica.

e) estimulam muito o crescimento celular.

Parte III: Neo-Darwinismo

1. Uma explosão populacional de gafanhotos tem como conseqüência imediata:

a) o aumento de variabilidade genética.

b) a redução de pressão seletiva.

c) a especiação.

d) a formação de barreiras ecológicas.

e) a formação de barreiras reprodutivas.

2. (CESGRANRIO-RJ) A teoria sintética ou moderna para explicar o mecanismo da evolução considera como fatores principais:

a) mutação, recombinação gênica e seleção natural.

b) mutação, oscilação gênica e adaptação.

c) segregação cromossômica, recombinação e especiação.

d) migração, seleção natural e adaptação.

e) segregação cromossômica, especiação e oscilação gênica.

3. Duas raças, X e Y, isoladas geograficamente, depois de determinado tempo passaram a viver numa mesma área e houve cruzamentos inter-raciais. Constatou-se que o híbrido do cruzamento X e Y tinha viabilidade baixa. Este fato pode levar:

a) à extinção das raças

b) à fusão das duas raças, com o aparecimento de uma terceira.

c) ao acentuamento da diferença entre X e Y, com uma conseqüente especiação.

d) ao aumento numérico dos indivíduos da raça X e diminuição dos indivíduos da raça Y.

e) ao aumento numérico dos indivíduos da raça Y e diminuição dos indivíduos da raça X.

4. As fêmeas das araras são fortemente atraídas pela cor vermelha dos machos. Essa coloração é dada pelo pigmento lipocroma. Este seria um exemplo de:

a) isolamento mecânico

b) seleção natural

c) isolamento temporal

d) deriva genética

e) balanceamento gênico

5. Durante um tratamento com antibiótico, o médico observou que seu paciente apresentou sensível melhora até o 7 dia . A partir daí, a infecção começou a aumentar e aos 12 dias o antibiótico não era mais eficaz. Qual das alternativas melhor explica o fato?

a) Bactérias submetidas a antibióticos tornaram-se dependentes deles para seu crescimento.

b) Pequenas doses de antibiótico desenvolvem resistência em bactérias.

c) Bactérias resistentes foram selecionadas pelo uso de antibiótico.

d) O antibiótico modificou o ambiente e provocou mutação nas bactérias.

e) As bactérias adaptaram-se ao meio com antibiótico.

6. Em uma localidade infestada por mosquitos, aplicou-se DDT durante vários meses seguidos. Contagens periódicas da população desses insetos deram o seguinte gráfico:

Em que parte da curva é evidenciada a seleção dos indivíduos resistentes ao DDT ?

a) I

b) II

c) III

d) IV

e) V

7. Assinale a alternativa correta:

a) A idéia de que os seres vivos sofreriam mudanças com o decorrer do tempo estava presente na hipótese de Lamarck e de Darwin.

b) A descoberta de fósseis de animais, durante a viagem de Darwin no navio Beagle, quase arruinou a teoria evolutiva desse cientista.

c) A moderna teoria da evolução, ao aceitar como fatores evolutivos a mutação e a recombinação gênica, descarta o papel da seleção natural.

d) As diferenças fenotípicas entre indivíduos de uma mesma população refletem apenas as diferenças genotípicas pois não sofrem a ação do meio ambiente.

e) O fenômeno de oscilação genética, que afeta a freqüência gênica de uma população, independe da seleção natural.

8. (UFSC) A respeito da evolução dos seres vivos, é incorreto afirmar:

a) A seleção natural atua selecionando os caracteres determinados por genes dominantes.

b) Segundo Lamarck, os caracteres adquiridos por influência do meio podem ser herdados.

c) Seleção natural, mutações, imigrações, emigrações e oscilação genética são mecanismos que conduzem à evolução.

d) Entre as evidências que comprovam a evolução dos seres vivos, podemos citar os fósseis, os órgãos vestigiais e as estruturas homólogas.

e) Indivíduos da mesma espécie são aqueles capazes de se intercruzarem produzindo descendentes férteis.

9. (UFMG) Famoso exemplo de evolução é o dos tentilhões, tipo de ave encontrado nas Ilhas Galápagos por Darwin. Diferentes espécies de tentilhões habitam as diversas ilhas do arquipélago. A principal diferença entre as espécies refere-se à forma do bico. Verificou-se que essa forma variou conforme o tipo de alimento disponível em cada ilha. Acredita-se que todas as espécies de tentilhões de Galápagos possuam um mesmo ancestral. Todas as afirmações seguintes constituem explicações certas das etapas da evolução dos tentilhões, exceto uma:

a) A migração para ilhas diferentes determinou um isolamento geográfico.

b) Mutações diferentes ocorreram em cada ilha, determinadas pelo alimento disponível.

c) Em cada ilha, a seleção natural eliminou os mutantes não-adaptados.

d) Novas mutações foram se acumulando nas populações de cada ilha.

e) Os tentilhões de cada ilha tornaram-se tão diferentes que se estabeleceu isolamento reprodutivo.

10. (Acafe-SC) A teoria evolucionista, proposta por Darwin, foi enriquecida a partir de novos conhecimentos científicos, dando origem à Teoria Sintética da Evolução. Segundo essa teoria, os principais fatores evolucionistas são:

a) seleção natural, divisão celular e lei do uso e do desuso.

b) mutação genética, recombinação genética e seleção natural.

c) respiração celular divisão mitótica e recombinação gênica.

d) seleção artificial, divisão mitótica e crossing over.

e) transmissão das características adquiridas mutação gênica e divisão celular.

11. (Fuvest-SP) São mecanismos responsáveis pelo aumento da variabilidade genética dos organismos:

a) a mutação, a seleção natural e a partenogênese.

b) a mutação, a autogamia e a recombinação gênica.

c) a mutação, a segregação independente dos cromossomos e a recombinação gênica.

d) a seleção natural, a segregação independente dos cromossomos e a autogamia.

e) a seleção natural, a recombinação gênica e a partenogênese.

12. (E Anhembi Morumbi-SP) A teoria sintética da evolução ou neodarwinismo:

a) foi formulada por Darwin.

b) foi formulada por Mendel.

c) foi formulada por Lamarck.

d) incorpora a idéia de seleção natural à luz da Genética.

e) interpreta a evolução à luz da teoria de herança dos caracteres adquiridos, de Lamarck.

13. (U. Gama Filho-RJ) Doenças "antigas", como a tuberculose e a pneumonia, estão em franco ressurgimento. Segundo dados da OMS (Organização Mundial de Saúde), três milhões de pessoas morrem a cada ano de tuberculose. (Revista Veja, 21/9/1994.)

A resistência de bactérias a antibióticos é justificada em uma das opções abaixo. Indique-a.

a) O uso indiscriminado de antibióticos provoca mutações nas bactérias.

b) Os antibióticos selecionam as bactérias resistentes.

c) Os antibióticos levam à formação de bactérias resistentes.

d) As bactérias se acostumam aos antibióticos.

e) As bactérias desenvolvem substâncias específicas contra os antibióticos.

14. (E E C. L. Belo Horizonte-MG) Um dos fatores evolutivos que tendem a aumentar a variabilidade genética da população é a:

a) migração.

b) oscilação genética.

c) seleção natural.

d) mutação gênica.

e) adaptação darwiniana

15. (U. Ribeirão Preto-SP) Como resultado da evolução, as espécies tendem a ficar cada vez mais bem adaptadas ao ambiente onde vivem. Essas adaptações constituem uma conseqüência automática de:

a) intensas mutações, rápidas e bruscas.

b) mutações no nível do material genético, acumuladas lenta e progressivamente.

c) influências estritas do ambiente, sem alteração do patrimônio genético da espécie.

d) maior intensidade do ritmo reprodutivo das espécies.

e) tipos diversos de alimentos.

16. (UEPA) "A ciência admite como verdadeiro o processo de evolução e considera responsáveis pela mesma as mutações e a seleção natural".

O texto refere-se à teoria denominada:

a) mutacionismo.

b) darwinismo.

c) lamarckismo.

d) neodarwinismo.

e) fixismo.

17. (Fuvest-SP) Um estudante levantou algumas hipóteses para explicar por que em alguns rios de caverna os peixes são cegos. Qual delas está de acordo com a teoria sintética da evolução?

a) No ambiente escuro das cavernas, os olhos se atrofiaram como conseqüência da falta de uso.

b) Os olhos, sem utilidade na escuridão das cavernas, se transformaram ao longo do tempo em órgãos táteis.

c) No ambiente escuro das cavernas, os peixes cegos apresentaram vantagens adaptativas em relação aos não cegos.

d) A falta de luz nas cavernas induziu mutação deletéria drástica, que levou à regressão dos olhos num curto espaço de tempo.

e) A falta de luz nas cavernas induziu mutações sucessivas que ao longo de muitas gerações levaram à regressão dos olhos.

18. (PUC-MG) "Quanto maior for a variabilidade genética de uma população, maior será a capacidade dela se adaptar às adversidades do meio."

Essa afirmação e:

a) falsa, porque a variabilidade tem valor individual e não populacional.

b) verdadeira, pois maior variabilidade genética indica maior capacidade de resposta às mudanças ambientais

c) falsa, porque é o meio que determinará no indivíduo as mudanças genéticas necessárias e apropriadas ao momento.

d) verdadeira, porque corresponde aos preceitos elaborados por Lamarck na teoria de uso e desuso.

e) questionável, pois não há evidências seguras do real valor da variabilidade genética.

19. (U. Católica de Salvador-BA) Considere as afirmações:

I. O ambiente seleciona os organismos mais adaptados às suas condições.

II. As modificações sofridas pelos órgãos durante a vida do organismo são transmitidas aos descendentes.

III. As fontes responsáveis pela grande variabilidade entre os indivíduos da mesma espécie são: mutação e recombinação.

IV. Quanto mais um órgão é usado, mais ele se desenvolve.

O neodarwinismo aceita apenas:

a) I.

b) l e II

c) I e III.

d) II e IV.

e) III e IV.

20. (PUC-MG) Considere os seguintes itens:

I. Reprodução panmítica.

II. População pequena.

III. Ocorrência de seleção natural.

IV. Ausência de mutações.

São condições para que uma população não evolua:

a) I, II, III e IV.

b) I e IV apenas.

c) II e III apenas.

d) I e II apenas.

e) III e IV apenas.

21. (Unirio) O neodarwinismo admite como principais fatores evolutivos de uma espécie:

a) imutabilidade e herança dos caracteres adquiridos.

b) uso e desuso dos órgãos, seleção natural e herança dos caracteres adquiridos.

c) seleção natural, conservação da espécie e reprodução.

d) mutação, recombinação gênica e seleção natural.

e) adaptação, eliminação dos menos aptos, e uso e desuso dos órgãos.

22. (UFES) Um pesquisador, submetendo uma população de moscas a diferentes doses de raios X, observou o seguinte resultado em relação ao número de mutações:

Dose de raios X Número de mutações

0 3

20 25

40 38

60 51

80 74

100 82

Qual dos gráficos abaixo representa melhor os resultados observados?

23. (UFF-RJ) Sabe-se que antibióticos muito úteis por ocasião de seu aparecimento perderam a eficácia no tratamento das infecções. Também no laboratório linhagens de microorganismos sensíveis a determinados antibióticos passam a se desenvolver, apesar da ação destes.

Assinale a interpretação correta para o aparecimento da resistência dos microorganismos aos antibióticos:

a) 0 excesso de antibiótico causa quebras cromossômicas no organismo doente, diminuindo sua resistência natural.

b) Os microorganismos sofrem mutações por ação do antibiótico e passam a se multiplicar mais rapidamente.

c) Há seleção dos microorganismos resistentes ao antibiótico, que se multiplicam, enquanto os suscetíveis morrem.

d) 0 excesso de antibiótico induz mutações no organismo doente, que se torna suscetível aos microorganismos.

e) Os microorganismos vão se habituando à presença do antibiótico, à medida que entram em contato com ele.

24. (FMU-SP) A teoria sintética (ou atual) da evolução admite que:

I. as alterações provocadas pelo ambiente nas características físicas de um organismo adulto são transmitidas aos seus descendentes:

II. os indivíduos de uma mesma espécie são diferentes entre si.

III. a mutação é um fator evolutivo.

Observando as afirmativas acima, assinale:

a) se apenas I e II estiverem corretas

b) se apenas I e III estiverem corretas

c) se apenas II e III estiverem

d) se apenas I estiver correta

e) se apenas II estiver correta

25. (UnB) Todas as opções abaixo são pertinentes à moderna teoria da evolução, exceto:

a) Os organismos que se reproduzem assexuadamente são os que têm maior probabilidade de evoluir.

b) Em qualquer ambiente, os indivíduos com características para aumentar sua capacidade de sobrevivência têm mais probabilidade de atingir a época de reprodução.

c) A adaptação uma característica ecológica, pois consiste na interação de um determinado organismo a um determinado ambiente.

d) A evolução resulta de modificações numa população e não em apenas um indivíduo.

26. (Fuvest-SP) Observe as frases abaixo:

I. Os membros de uma população natural de uma mesma espécie se cruzam livremente.

II. Subespécies de uma mesma espécie são separadas por mecanismos de isolamento reprodutivo.

III. 0 isolamento geográfico de populações de uma mesma espécie pode levar à formação de novas espécies.

Quais dessas afirmações estão corretas?

a) Apenas I. d) Apenas I e II.

b) Apenas II. e) Apenas II e III.

c) Apenas I e III.

Parte IV: Especiação

1. Numa região, modificações ambientais podem criar barreiras biogeográficas que isolam, por exemplo, dois grupos de uma determinada população. Seria mesmo possível que, após algum tempo, esses dois grupos originassem espécies diferentes, para cuja sobrevivência e especiação concorreriam:

a) variabilidade genética e diferentes pressões ambientais.

b) capacidade de sofrer mutações para ajustamento às novas condições ambientais.

c) modificações do metabolismo e escolha do novo ambiente.

d) adaptações individuais ao novo ambiente e sua transmissão hereditária.

e) balanço gênico e convergência adaptativa.

2. (Vunesp) Especiação é um processo de formação de novas espécies. O mecanismo diretamente responsável pela especiação é chamado:

a) hibridação.

b) isolamento reprodutivo.

c) esterilização.

d) recombinação gênica.

e) multiplicação celular.

3. (F. de Ciências Agrárias do Pará-PA) Sobre a especiação, podemos afirmar que:

a) é o fenômeno pelo qual espécies distintas originam-se de uma única espécie ancestral.

b) é um tipo de adaptação convergente.

c) são diferenças entre populações chamadas de variação em grupo.

d) são diferenças entre indivíduos de uma única população chamadas de variação individual.

e) é um tipo de variação estacional em animais.

4. (PUC-MG) Considere a seqüência abaixo:

População original  separação  duas populações evoluindo independentemente  populações morfologicamente distintas  populações voltando a viver juntas  populações se cruzando e originando descendentes férteis

É correto concluir que as duas populações, formadas a partir de um único estoque, são:

a) espécies distintas, porém ainda se cruzam.

b) da mesma espécie, possuindo idêntico conjunto genotípico.

c) espécies distintas, mas com o mesmo tipo de genes sexuais.

d) exemplo típico de um processo evolutivo de convergência adaptativa.

e) exemplo de um processo inicial de especiação, mas que não ocorreu.

5. (Cesgranrio) Encontram-se abaixo etapas de um processo de especiação.

I. Quando a temperatura da região se eleva, duas populações se isolam nas encostas de montanhas diferentes.

II. Uma espécie de pássaro, adaptada ao frio, habita todo um vale.

III. As diferenças genéticas acumuladas durante o período de isolamento não permitem que os membros das duas populações se cruzem.

IV. Após milhares de anos, a temperatura volta a baixar e as duas populações espalham-se pelo vale.

A seqüência lógica dessas etapas é:

a) I, II, III, IV.

b) II, I, III, IV

c) II, I, IV, III

d) II, III, IV, I

e) IV, III, II, I.

6. (U. Caxias do Sul-RS) Ao fenômeno de formação de espécies novas, a partir de uma população ancestral, originadas pelo estabelecimento de um isolamento geográfico que permitiu a ocorrência de mutações dando lugar a raças geográficas distintas, dá-se o nome de:

a) adaptação.

b) seleção natural.

c) especiação.

d) isolamento reprodutivo.

e) recombinação gênica.

7. (Cesgranrio) Analise as afirmativas a seguir, a respeito das mutações.

I. Sempre que o ambiente se torna desfavorável, o ser vivo reage sofrendo uma mutação gênica.

II. As mutações transmitidas às gerações futuras são aquelas que ocorrem em células germinativas.

III. As mutações ocorridas em células somáticas são de grande valor adaptativo para a perpetuação da espécie.

Está(ão) correta(s):

a) I apenas.

b) II apenas.

c) III apenas.

d) I e II apenas.

e) II e III apenas.

8. (Unifor-CE) Considere a seguinte situação:

"Os indivíduos de uma população foram isolados, por uma barreira geográfica, em dois grupos (A e B); após um longo espaço de tempo, a barreira desaparece e os dois grupos voltam a viver numa área comum, porém os cruzamentos entre eles não são mais possíveis".

Com base nesses dados, é possível inferir que:

a) haverá extinção de A e B.

b) ocorrerá aumento de A e diminuição de B.

c) haverá aumento de B e diminuição de A.

d) as diferenças acumuladas em A e B desaparecerão.

e) A e B poderão ser consideradas espécies diferentes.

9. (Unifor-CE) Considere o seguinte relato:

Uma população do continente coloniza duas ilhas.

A adaptação aos diferentes ambientes das ilhas leva à diferenciação das populações A e B.

Se as populações entrarem em contato, elas não poderão mais intercruzar.

Esse relato descreve uma situação de:

a) heterose.

b) especiação.

c) competição.

d) convergência adaptativa.

e) recombinação genética.

10. (U. Estácio de Sá-RJ) O isolamento reprodutivo entre duas populações vizinhas da mesma espécie pode provocar a especiação, uma vez que:

a) as populações possuem habitats distintos, sem haver, porém, isolamento geográfico.

b) a taxa de mutações adaptativas se altera.

c) interrompe o intercâmbio genético entre elas.

d) estimula o surgimento de novas subespécies nessas populações.

e) há um decréscimo na taxa de mutações em cada população.

11. (Unifor-CE) Um modelo de especiação pressupõe a ocorrência de:

I. diversificação gênica;

II. isolamento reprodutivo;

III. isolamento geográfico.

Até surgir uma nova espécie, a seqüência mais provável dessas etapas é:

a) I–II–III.

b) I–III–II

c) II–I–III

d) III–I–II

e) III–II–I

12. (UFPR) Segundo a moderna genética de populações humanas, qual é a mais realista das definições de raças?

a) São populações caracterizadas por marcantes diferenças fenotípicas.

b) São populações que diferem entre si relativamente às freqüências de traços hereditários.

c) São conjuntos de indivíduos homozigotos relativamente a alelos condicionadores de características fenotípicas marcantes.

d) São populações que ocupam diferentes áreas geográficas.

e) São agrupamentos geneticamente diferentes e que se encontram isolados de outros agrupamentos pertencentes à mesma espécie.

13. (UFPA) Na borda norte e na borda sul do Grand Canyon habitam duas populações de esquilos com diferenças morfológicas marcantes que, em condições naturais, sem as barreiras geográficas, não são capazes de se intercruzarem. As duas populações constituem ______________ diferentes, devido principalmente a (ao) _________________

a) raças - isolamento reprodutivo

b) espécies - isolamento reprodutivo

c) raças - isolamento geográfico

d) espécies - isolamento geográfico

e) raças - diferenças morfológicas.

Parte V: Evidências da Evolução

1. (UECE) Constitui-se de fatos que, biologicamente, são conhecidos como evidências da evolução:

a) a segunda lei de Mendel.

b) a embriologia comparada.

c) a lei do uso e do desuso de Lamarck.

d) a primeira lei de Mendel.

2. (UC-PR) A mão humana e a pata anterior do cavalo, do ponto de vista embriológico e funcional, são estruturas anatômicas:

a) filogeneticamente distintas.

b) homoplásticas.

c) convergentes.

d) análogas.

e) homólogas.

3. (FATEC-SP) Os estudos de processos de evolução dos seres vivos revelaram a existência de estruturas homólogas e análogas.

Assinale a alternativa correta sobre essas estruturas:

a) Duas ou mais estruturas são consideradas homólogas quando apresentam funções diferentes, mas as mesmas origens.

b) Duas ou mais estruturas são consideradas análogas quando apresentam origens e funções diferentes.

c) Duas ou mais estruturas são consideradas homólogas quando apresentam funções íguais, mas origens diferentes.

d) Duas ou mais estruturas são consideradas análogas quando apresentam funções e origens iguais.

e) Duas ou mais estruturas são consideradas homólogas quando apresentam funções e origens iguais.

4. (UFES) Com relação à evolução, observe as afirmativas abaixo:

I- Fósseis são restos ou impressões deixadas por seres que habitaram a Terra no passado e constituem provas de que nosso planeta foi habitado por seres diferentes dos que existem atualmente.

II- A explicação mais lógica para as semelhanças estruturais entre seres vivos com aspectos e modos de vida diferentes é que eles descendem de um mesmo ancestral.

III- A semelhança entre as proteínas de diferentes seres vivos pode ser explicada admitindo-se que esses seres tenham tido um ancestral comum.

IV- A teoria que admite que as espécies não se alteram no decorrer dos tempos denomina-se fixismo.

Assinale:

a) se apenas I, II e III estiverem corretas.

b) se apenas II, III e IV estiverem corretas.

c) se apenas I, IIl e IV estiverem corretas.

d) se todas estiverem corretas;

e) se todas estiverem incorretas.

5. (UFGO) Comparando as figuras abaixo podemos afirmar que são órgãos análogos:

a) 3 e 4. d) 1 e 2.

b) 2 e 3. e) 1 e 4.

c) 2 e 4.

6. (UNICAMP) Com respeito aos termos homologia e analogia não podemos afirmar que:

a) as asas da aves são análogas e homólogas às asas dos morcegos.

b) chamam-se órgãos análogos aqueles que, nos diferentes grupos animais, desempenham a mesma função.

c) chamam-se órgãos homólogos aqueles que, nos diferentes grupos animais, têm a mesma origem embrionária.

d) as nadadeiras das baleias, as asas dos morcegos, as patas dos vertebrados quadrúpedes e os membros superiores do homem são órgãos homólogos.

e) as asas dos morcegos, as asas das aves e as asas dos insetos são órgãos homólogos.

7. (UFU-MG) Quando a semelhança entre estruturas animais não é sinal de parentesco, mas conseguida pela ação da seleção natural sobre espécies de origens diferentes, fala-se em:

a) convergência adaptativa.

b) isolamento reprodutivo.

c) irradiação adaptativa.

d) isolamento geográfco.

e) alopatria.

8. (Cesgranrio-Rj) Os esquemas abaixo representam três animais pertencentes a Classes diferentes, que sofreram transformações semelhantes para se adaptarem à vida aquática. Este é um ótimo exemplo de:

a) irradiação adaptativa.

b) especiação.

c) evolução convergente.

d) raciação.

e) isoIamento reprodutivo.

9. (FATEC-SP) Observe o esquema:

Podemos afirmar que:

a) I e II são órgãos homólogos.

b) II e III são órgãos análogos.

c) I e III são órgãos homólogos.

d) II e III são órgãos homólogos.

e) I, II e III apresentam a mesma origem embrionária

10. Os geneticistas conseguiram extrair o DNA de partes de osso que não estavam fossilizadas de um homem de Neanderthal, morto há mais de 30 mil anos. Comparando este DNA com o de um homem moderno eles concluiram que nós não somos descendentes do Neanderthal e sim que ele é um parente próximo; ou seja, temos um ascendente em comum.

Isso é um tipo de prova

a) anatômica

b) comparativa

c) paleontológica

d) embriológica

e) bioquímica

11. Com referência à analogia que se verifica entre certas estruturas orgânicas, como, por exemplo, a asa de um inseto e a de uma ave, podemos afirmar que essa analogia:

a) indica claramente relações evolutivas entre os dois seres, conseqüentes de adaptações às mesmas condições ambientais.

b) indica relações evolutivas, porém não resultantes de influência ambiental

c) não indica relações evolutivas entre dois seres, nem é resultante de condições ambientais semelhantes.

d) não indica relações evolutivas; são estruturas que evoluíram independentemente e resultaram de adaptações funcionais às mesmas condições ambientais.

e) indica relações evolutivas, conseqüentes de um mesmo conteúdo gênico.

12. (Cesgranrio) Quanto aos órgãos análogos, podemos afirmar que:

a) podem ser exemplificados pelas nadadeiras peitorais da baleia e pelo braço humano, apesar do seu aspecto diverso.

b) são perfeitamente exemplificados pelas asas da borboleta e pelas do passarinho.

c) são uma prova bioquímica da evolução.

d) são uma prova embriológica da evolução.

e) possuem a mesma formação embriológica.

13. (Unirio) O braço humano, a asa de uma ave, a nadadeira de uma baleia são estruturas encontradas em animais de espécies diferentes, mostrando aspectos diversos e funções distintas. Podemos afirmar que os órgãos em questão:

a) são homólogos, possuem a mesma origem embrionária e encerram a mesma anatomia interna.

b) são homólogos, possuem a mesma origem embrionária e encerram anatomia interna distinta.

c) são homólogos, possuem origem embrionária distinta e encerram a mesma anatomia interna.

d) são análogos, possuem a mesma origem embrionária e encerram anatomia interna distinta.

e) são análogos, possuem origem embrionária distinta e encerram a mesma anatomia interna.

Parte VI: Genética de Populações

1. (FCMSC-SP) Em certo tipo de inseto, o gene que determina a cor escura é dominante em relação ao que determina cor clara. Cinqüenta casais de animais heterozigotos para esse gene foram libertados num deserto. Depois de alguns anos, encontrou-se uma população na qual a proporção de indivíduos era de 3 claros para 1 escuro. Pelos resultados, é possível concluir que houve:

a) mutação.

b) imigração.

c) dominância.

d) seleção natural.

e) transmissão de caracteres adquiridos.

2. (Fuvest-SP) A freqüência de indivíduos afetados por uma anomalia genética autossômica recessiva, em uma dada população, era 0,16. Constatou-se a diminuição dessa freqüência após:

a) a morte de 5% da população total por falta de alimento.

b) a imigração de muitos indivíduos homozigóticos dominantes.

c) o nascimento de 48 indivíduos afetados entre 300 nascidos.

d) o casamento preferencial de indivíduos heterozigóticos.

e) o crescimento da população devido à diminuição da predação.

3. (U. Católica de Pelotas-RS) Numa população de 3 mil pessoas, onde o gene para o albinismo está presente numa freqüência de 0,2, espera-se que haja:

a) 40 indivíduos albinos.

b) 120 indivíduos albinos.

c) 960 indivíduos normais.

d) 1.200 indivíduos albinos.

e) 1.920 indivíduos normais.

4. (Cesgranrio) Sabendo-se que a freqüência de um gene recessivo a, numa população, é 0,1, as freqüências genotípicas esperadas para essa população, se estiver em equilíbrio, serão:

AA Aa aa

a) 0,9 0,09 0,01

b) 0,81 0,18 0,01

c) 0,81 0,09 0,1

d) 0,72 0,18 0,1

e) 0,25 0,50 0,25

5. (UFSE) Em uma população em equilíbrio de Hardy-Weinberg, 64% dos indivíduos são AA, 32% são Aa e 4% são aa. Qual é a freqüência do gene A, nessa população?

a) 0,04

b) 0,20

c) 0,32

d) 0,64

e) 0,80

6. (PUC-SP) A anemia falciforme é uma doença hereditária. As vítimas dessa doença em heterozigose são mais resistentes à malária do que as pessoas normais. Face a esta situação nas regiões onde a malária é endêmica a freqüência do gene responsável por este tipo de anemia:

a) oscila muito de uma geração para outra.

b) é igual a 1 (100%).

c) permanece inalterada nas populações.

d) tende a diminuir de uma geração para outra.

e) é maior do que nas regiões onde não há malária.

7. (PUC-SP) Uma população que está em equilíbrio de Hardy-Weinberg é constituída por 2 000 indivíduos. Sabe-se que 320 deles têm uma certa anomalia, determinada por um gene autossômico recessivo Entre os indivíduos normais dessa população, qual o número esperado de Portadores do gene recessivo?

a) 960. d) 320

b) 480. e) 240.

c) 420.

8. (CESESP-PE) A freqüência de um gene para um dado caráter dominante numa população em equilíbrio é 0,20. A freqüência de heterozigotos será:'

a) 0,04. d) 0,64.

b) 0.20. e) 0,80.

c) 0,32.

9. (UFMG) A condição correta para que o equilíbrio de Hardy-Weinberg se verifique é:

a) A população considerada deve ser bastante pequena.

b) As migrações devem estar ocorrendo na população.

c) As mutações devem estar ocorrendo na população.

d) Os genes alelos devem estar sujeitos a seleção natural.

e) Os cruzamentos devem ocorrer de maneira casual.

10. (UFCE-modificada) Assinale as alternativas corretas para que o equilíbrio de Hardy-Weinberg se verifique'

I- É necessário que ocorram migrações na população.

II- A população deve ser bastante grande para que se verifiquem as proporções estatísticas.

III- Os portadores de genes dominantes ou recessivos devem ter as mesmas chances de sobrevivência.

IV- É necessário que ocorram mutações na população.

V- A população deve apresentar reprodução sexuada e não deve haver preferências por Indivíduos nos cruzamentos sexuais.

As corretas são:

a) I, II, III d) II, III, V

b) I, III, IV e) I, II, IV

c) II, III, IV

11. (UECE) A freqüência de um gene recessivo a, numa população panmítica. é 0,30 e a freqüência de seu alelo dominante A é 0,70. A freqüência de indivíduos heterozigotos nesta população, de acordo com o equilíbrio de Hardy-Weinberg é:

a) 0,49 d) 0,50

b) 0,09 e) 0,25

c) 0,42

Parte VII: Origem da Vida

1. Os primeiros seres surgidos na Terra, pela Teoria de Oparin, teriam sido:

a) Heterótrofos e anaeróbios

b) Heterótrofos e aeróbios

c) Autótrofos e anaeróbios

d) Autótrofos e aeróbios

e) Autótrofos quimiossintetizantes e anaeróbios

2. (CESGRANRIO-RJ) Em 1953, com um aparelho bem engenhoso, o pesquisador Stanley Miller acrescentou um elemento a mais para a compreensão da origem da vida. Reproduzindo as condições ambientais primitivas no seu aparelho, conseguiu obter aminoácidos sem a participação de seres vivos, tendo usado para isso apenas:

a) ADN, ATP, acetil-coenzima A e metano.

b) ADN, ATP, oxigênio, luz e calor.

c) água, nitrogênio, carbono e faíscas elétricas.

d) metano, água, NH3, H2 e descargas elétricas.

e) água, glicose, amônia e radiação luminosa.

3. (CESGRANRIO-RJ) Uma das hipóteses sobre a origem da vida na Terra presume que a forma mais primitiva de vida se desenvolveu lentamente, a partir de substância inanimada, em um ambiente complexo, originando um ser extremamente simples, incapaz de fabricar seu alimento. Esta hipótese é modernamente conhecida como:

a) Geração espontânea

b) heterotrófica

c) autotrófica

d) epigênese

e) pangênese

4. (UFRS) O desenho a seguir representa, de forma esquemática, o aparelho que Miller usou em suas experiências, em 1953, para testar a produção de aminoácidos a partir de uma mistura de metano, hidrogênio, amônia e água, submetida a descargas elétricas.

Abaixo são feitas quatro afirmações:

I — Com essa experiência, Miller demonstrou que havia produção de aminoácidos em condições semelhantes às que havia na atmosfera primitiva da Terra.

II — Como a circulação do material por dentro do aparelho está completamente isolada do meio externo, não houve possibilidade alguma de contaminação com outras substâncias.

III — As substâncias resultantes das reações químicas acumularam-se em C e D.

IV — Com essa experiência, Miller também descobriu a composição química da atmosfera primitiva da Terra.

São corretas as afirmações:

a) I e II. d) I e III.

b) II e IV. e) II e III.

c) III e IV.

5. Há pouco mais de vinte anos, Miller e Urey demonstraram ser possível obter-se aminoácido a partir de amônia, metano, hidrogênio e vapor-d'água expostos a descargas elétricas, como supunha Oparin. Considerando-se amônia = A e aminoácido = B, qual dos gráficos representa melhor a variação na concentração de ambos em função do tempo?

6. Segundo a mais aceita hipótese sobre a origem da vida, a seguinte seqüência de acontecimentos pode ter levado à formação de coacervados e material protenóide:

a) Formação de compostos orgânicos, formação de coacervado, simples fermentações, atmosfera primitiva, fotossíntese e respiração, controle pelo ácido nucleico.

b) Atmosfera primitiva, formação de compostos orgânicos, formação de coacervado, controle pelo ácido nucleico, simples fermentação, fotossíntese e respiração.

c) Controle pelo ácido nucleico; fotossíntese e respiração, atmosfera primitiva, simples fermentação, formação de coacervado, formação de compostos orgânicos.

d) Fotossíntese e respiração, controle pelo ácido nucleico, simples fermentações, formação de coacervado, formação de compostos orgânicos, atmosfera primitiva.

e) Atmosfera primitiva, formação de compostos orgânicos, controle pelo ácido nucleico, formação de coacervado, simples fermentação, respiração e fotossíntese.

GABARITO

Parte I – Lamarckismo e Darwinismo

1- A

2- D

3- C

4- B

5- C

6- E

7- C

8- D

9- A

10- D

11- A

12- A

13- E

14- B

15- E

16- D

17- B

18- E

19- E

20- D

21- C

22- B

23- C

24- E

25- B

26- E

27- B

28- B

29- E

30- B

31- D

32- C

33- E

Parte II - Mutações

1- D

2- E

3- D

4- C

5- B

6- C

7- A

Parte III – Neo-Darwinismo

1- A

2- A

3- C

4- B

5- C

6- B

7- A

8- A

9- B

10- B

11- C

12- D

13- B

14- D

15- B

16- D

17- C

18- B

19- C

20- B

21- D

22- C

23- C

24- C

25- A

26- C

Parte IV – Especiação

1- A

2- D

3- A

4- E

5- C

6- C

7- E

8- E

9- B

10- C

11- B

12- E

13- B

Parte V – Evidências da Evolução

1- B

2- E

3- A

4- D

5- D

6- C

7- A

8- C

9- E

10- E

11- D

12- B

13- B

Parte VI – Genética de Populações

1- D

2- C

3- B

4- B

5- E

6- E

7- A

8- C

9- E

10- D

11- C

Parte VII – Origem da Vida

1- A

2- D

3- B

4- E

5- D

6- B

10

Comentários