(Parte 2 de 4)

O Processo de Produção do Cimento Portland

Propriedades conferidas ao cimento

Alita: principal mineral que contribui para a resistência mecânica/ fase que reage mais rapidamente com a água

Belita: reage mais lentamente com a água porém, após períodos maiores (aproximadamente um ano), atinge a mesma resistência mecânica que a alita

C3A: reage muito rapidamente com a água, porém sem apresentar fortes propriedades hidráulicas. Em combinação com os silicatos, o mesmo eleva a resistência inicial do cimento.

C4AF: apresenta taxas inicialmente altas de reatividade com a água. Em idades mais avançadas: taxas baixas ou muito baixas ⇔ contribui pouco para a resistência mecânica

Composição típica da mistura de aditivos para obtenção do cimento CP I E 32

Caracterização do Cimento zDifração de Raios –X

A técnica de difração de raios-X é utilizada para a identificação das fases constituintes do clínquer.

zMicroscopia Ótica e Eletrônica de Varredura

Observação morfológica das amostras. zEnsaio de Lixiviação

O ensaio de lixiviação visa simular as condições de exposição do cimento ao meio ambiente.

zEnsaio de Solubilização

O ensaio de solubilização visa complementar o ensaio de lixiviação (resíduo é inerte (Classe I) ou não).

zEnsaio de Resistência Mecânica à Compressão

A resistência à compressão é o controle de qualidade fundamental do produto. Limites mínimos de resistência à compressão exigidos para 3, 7 e 28 dias

Espectro de difração de Raios-X para uma amostra de clínquer

Fotomicrografia de uma amostra de clínquer (Microscopia Ótica )

Fotomicrografia de uma amostra de clínquer (Microscopia Eletrônica de Varredura)

EDS da região fotografada

MetalNBR 10004 (mg/L)

Corrida 1 (mg/L)

Corrida 2 (mg/L)

Arsênio 5 nd nd

Ensaio de Lixiviação

Corrida 1 (mg/L)

Corrida 2 (mg/L)

Arsênio 0,05 nd nd

Ensaio de Solubilização

1992 - Branco

R e s i s t ên ci a M e câ ncia (

1 DIA3 DIAS7 DIAS28 DIAS

Ensaio de Resistência Mecânica à Compressão NBR 7215/ NBR 11578

Re s i st ci a M ecância (

M P a ) 1 DIA3 DIAS7 DIAS28 DIAS

Ensaio de Resistência Mecânica à Compressão NBR 7215/ NBR 11578

2001 - Co-processado

Tipos de cimento Portland Disponíveis no Mercado Brasileiro e Suas Aplicações

)Cimento Portland Comum (CP I)

Um tipo de cimento portland sem quaisquer adições além do gesso (utilizado como retardador da pega). Com pequenas adições - CP I-S Aplicações: É usado em serviços de construção em geral, quando não são exigidas propriedades especiais do cimento. )Cimento Portland Composto (CP I)

O Cimento Portland Composto é modificado (com adições - CP I-Z, CP I-E e CP I-F ). Aplicações: Recomendado para obras correntes de engenharia civil sob a forma de argamassa, concreto simples, armado e protendido, elementos pré- moldados e artefatos de cimento. )Cimento Portland de Alto-Forno (CP I) Cimento com adições de escória de Alto-Forno.

Aplicações: Em obras de concreto-massa, tais como barragens, peças de grandes dimensões, fundações de máquinas, pilares, obras em ambientes agressivos, tubos e canaletas para condução de líquidos agressivos, esgotos e efluentes industriais, concretos com agregados reativos, pilares de pontes ou obras submersas, pavimentação de estradas e pistas de aeroportos.

)Cimento Portland Pozolânico (CP IV) Um tipo de cimento portland com ad pozolânico.

Aplicações: É especialmente indicado em obras expostas à ação de água corrente e ambientes agressivos. )Cimento Portland de Alta Resistência Inicial (CP V-ARI) Com valores aproximados de resistência à compressão de 26 MPa a 1 dia de idade e de 53 MPa aos 28 dias. Alterações nas proporções das fases do clínquer. Aplicações: Em blocos para alvenaria, blocos para pavimentação, tubos, lajes, meio-fio, mourões, postes, elementos arquitetônicos pré-moldados e pré- fabricados. )Cimento Portland Resistente a Sulfatos (RS) Alterações nas proporções das fases do clínquer.

Aplicações: Em ambientes submetidos ao ataque de meios agressivos, como estações de tratamento de água e esgotos, obras em regiões litorâneas, subterrâneas e marítimas.

Tipos de Cimento Portland Disponíveis no Mercado Brasileiro e Suas Aplicações

Tipos de Cimento Portland Disponíveis no Mercado Brasileiro e Suas Aplicações

)Cimento Portland de Baixo Calor de Hidratação (BC) É o cimento Portland de Alto-Forno com baixo calor de hidratação, determinado pela sua composição – fases do clínquer. Aplicações: Este tipo de cimento tem a propriedade de retardar o desprendimento de calor em peças de grande massa de concreto, evitando o aparecimento de fissuras de origem térmica, devido ao calor desenvolvido durante a hidratação do cimento. )Cimento Portland Branco (CPB). A cor branca é obtida a partir de matérias-primas com baixos teores de óxido de ferro e manganês, em condições especiais durante a fabricação, tais como resfriamento e moagem do produto e, principalmente, utilizando o caulim no lugar da argila. Aplicações: Estrutural: Em concretos brancos para fins arquitetônicos. Não estrutural: Em rejuntamento de azulejos e em aplicações não estruturais.

O Co-Processamento de Resíduos em Fornos Rotativos de Clínquer

Brasil: produção de 2,7 M ton/ano de resíduos

(Parte 2 de 4)

Comentários