Curso de eletrônica (noções básicas de circuitos e consertos de TV)

Curso de eletrônica (noções básicas de circuitos e consertos de TV)

(Parte 9 de 9)

Têm a função de desligar o TV ou reduzir o brilho em caso de defeito em alguma outra etapa. Abaixo apresentarei alguns exemplos de circuitos de proteção, lembrando que a maioria dos circuitos encontrados nos televisores serão alguma variação de alguns destes:

PROTEÇÃO PARA AUMENTO DA TENSÃO DA FONTE

Basicamente se os +B ficarem altos, o circuito deve desarmar a fonte.

1 - Com zener de 120 V - Há um diodo zener de 120 V (normalmente o RU2M) ligado do +B para o terra. Em condições normais, o zener fica desligado e não interfere no valor do +B. Quando o +B ultrapassa os 120 V, o diodo entra em curto e mata o +B. Veja abaixo:

2 - Com SCR - Entre o +B e o terra temos um SCR (diodo controlado). Quando o +B fica alto, um diodo zener conduz e polariza o gate do SCR. Assim ele conduz e derruba o +B, como visto abaixo:

Roteiro para conserto - Desligue o componente da proteção (zener de 120 V ou SCR). Desligue também o pino do fly-back que recebe o +B de 100 V. Rapidamente meça o valor do +B da fonte. Se o +B está normal, o defeito está no circuito de proteção (zener em curto, SCR ou algum componente ligado nele com defeito). Se o +B está alto, o defeito estará mesmo na fonte (CI STR com defeito, fotoacoplador, CI regulador SE115 ou algum componente ligado neles com defeito).

PROTEÇÃO PARA CURTO NO HORIZONTAL

Desliga o TV quando o transistor de saída H, fly-back, alguma fonte de fly-back ou até o yoke está em curto:

1 - Com SCR - Quando o transistor de saída está em curto, o +B de 100 V aparece no emissor do mesmo (que não está direto no terra). Esta tensão aciona o zener que polariza o SCR para este derrubar o +B. Veja abaixo:

Quando o fly-back está em curto, aumenta muito a corrente pelo saída H. Isto faz aparecer uma tensão considerável no resistor de emissor. Esta tensão é suficiente para polarizar o zener que ativa o SCR e mata o +B. O mesmo ocorre quando algum componente ligado no fly-back entra em curto.

2 - Proteção no CI faz tudo - Alguns CIs possuem um circuito interno chamado proteção de raio x ou x ray. Em condições normais, este pino fica em 0 V. Quando algum componente do horizontal está em curto, vai uma tensão para este pino. Daí o circuito x ray desliga o oscilador H e o TV não gera mais o MAT. Veja abaixo:

Roteiro para conserto - Desligue o circuito de proteção (zener que vai ao pino x ray ou o SCR). Se o TV funcionar normalmente, o defeito é no circuito de proteção. Se o TV não funcionar, algum componente do horizontal está em curto. Quando é o fly-back, ele esquenta muito e às vezes chega a estourar. Quando é o yoke ou alguma fonte de fly-back, o saída H esquenta bastante.

PROTEÇÃO DO AUMENTO DE MAT OU BRILHO

Desliga o TV quando a alta tensão ou o brilho da trama fica excessivo:

1 - No CI faz tudo - Quando o MAT ou o brilho ficam altos, uma fonte de fly-back aciona o pino x ray do faz tudo e desta forma o circuito H desliga, como visto abaixo:

2 - No micro - O CI micro tem um pino chamado "Prot". Quando o MAT ou brilho ficam altos, uma fonte de fly-back aciona este pino e o micro desliga o TV. Também quando o vertical fecha, sai uma tensão de um dos pinos do CI de saída V que aciona o pino prot e o micro desliga o TV para não aparecer a linha brilhante no meio da tela. Observe abaixo:

Roteiro para conserto - No caso do faz tudo, desligamos o zener do pino x ray e no caso do micro fazemos o TV ligar independente do micro (curto circuitando o transistor que leva +B ao faz tudo, etc). Se o TV funcionar, o defeito é no circuito de proteção que está ativando indevidamente. Se o TV ficar com brilho excessivo, Veja o +B de 180 V, tensão da G2 alta, +B no coletor de algum saída RGB baixo, etc). Se o TV ficar com excesso de MAT ou com um pouco de falta de largura, troque o capacitor de largura (1600 V). Alguns TVs possuem um eletrolítico ligado no fly-back chamado "booster". Troque-o também, Veja se o +B da fonte não está alto ou se o fly-back não está furado.

LIMITADOR DE BRILHO AUTOMÁTICO (ABL)

É um circuito que começa no enrolamento de MAT do fly-back e vai até o pino do faz tudo que faz o controle de brilho e contraste. Tem a função de impedir que o brilho e o contraste da imagem ultrapassem um limite para não desgastar o tubo rapidamente. Veja abaixo o circuito:

Em condições normais, a tensão no pino ABL é alta e não interfere no pino de controle de contraste do faz tudo. Quando o brilho ou o contraste tendem a aumentar, a tensão no pino do ABL do fly-back diminui e também a tensão no pino do controle de contraste no faz tudo. Daí o televisor ajusta o contraste para que ele não ultrapasse um certo limite.

Roteiro para conserto - Defeito neste circuito afeta o contraste da imagem. O TV fica com pouco contraste na imagem. Devemos testar a frio os componentes deste circuito, incluindo diodos e resistores. Alguns TVs possuem transistor no circuito do ABL. Também devemos testá-los.

www.escolaaladim.com.br

88

(Parte 9 de 9)

Comentários