(Parte 1 de 15)

ECS-60

I.PETRÓLEO

  1. INTRODUÇÃO

  2. ORIGEM

  3. GEOLOGIA

  4. COMPOSIÇÃO DO PETRÓLEO

  5. REFINAÇÃO

  6. DESTILAÇÃO

  7. OBTENÇÃO DOS ÓLEOS BÁSICOS

II.LUBRIFICANTES

  1. INTRODUÇÃO

  2. ÓLEOS MINERAIS

  3. ÓLEOS GRAXOS

  4. ÓLEOS COMPOSTOS

  5. ÓLEOS SINTÉTICOS

  6. CARACTERÍSTICAS DOS ÓLEOS LUBRIFICANTES

  7. ADITIVOS EM LUBRIFICANTES

  8. BLENDING

  9. GRAXAS LUBRIFICANTES

  10. COMPOSIÇÕES BETUMINOSAS E COMPONENTES SÓLIDOS

III.PRINCÍPIOS BÁSICOS DE LUBRIFICAÇÃO

  1. ATRITO
  2. DESGASTE
  3. LUBRIFICAÇÃO HIDROSTÁTICA E HIDRODINÂMICA
  4. LUBRIFICAÇÃO LIMÍTROFE
  5. PROJETO DE FILMES EM MANCAIS DE DESLIZAMENTO
  6. REOLOGIA

IV.LUBRIFICAÇÃO DE EQUIPAMENTOS ESPECÍFICOS

  1. MANCAIS

  2. ENGRENAGENS

  3. SISTEMA HIDRÁULICO

  4. CORRENTES

  5. ACOPLAMENTOS

  6. CABOS DE AÇO

  7. MOTORES ELÉTRICOS

  8. MOTOREDUTORES

  9. COMPRESSORES

  10. BOMBAS

  11. REFRIGERAÇÃO

  12. MÁQUINAS OPERATRIZES

  13. MOTORES DIESEL, A GASOLINA E ÁLCOOL

  14. MOTORES DIESEL MARÍTIMO

  15. MOTORES DIESEL FERROVIÁRIOS

  16. TURBINAS HIDRÁULICAS

  17. TURBINAS A VAPOR

  18. FERRAMENTAS PNEUMÁTICAS

  19. EQUIPAMENTOS DE TERRAPLANAGEM

  1. PETRÓLEO

  1. HISTÓRICO

  • Fatos que aconteceram AC

  • Em 2600, a mais antiga manifestação de lubrificação, no túmulo de Ra-Em-Ka no Egito, onde é mostrado um trenó transportando um monumento e um homem despejando um líquido nos deslizadores.

  • Em 2500, Noé construiu sua arca e "calafetou-a, por dentro e por fora com piche".

  • Em 1600, a Mãe de Moisés, para salvar o filho, construiu uma arca de junco e "untou-a com lodo e piche".

  • Em 1400, no túmulo de Yuaa e Thuiu, foi encontrada graxa no eixo de uma carruagem enterrada.

  • Em 600, o campo petrolífero de Baku na Rússia, os adoradores do fogo, fazia peregrinação ao fogo, proveniente de gás natural que emergia do solo.

  • Fatos sem datas

  • óleo obtido em Agrigetum na Sicília, era usado em lamparinas no templo de Júpiter.

  • Há referências ao petróleo nos escritos gregos, sendo conhecido na China, bem como na Índia, "Rangoon Oil".

  • Os colonizadores da América do Norte descobriram que os índios usavam petróleo como remédio para toda sorte de doenças.

  • Fatos que aconteceram DC

  • Em 1810, a primeira notícia de destilação de petróleo, com o objetivo de se obter óleo para iluminação, em Praga.

  • Em 1826, na Inglaterra, foi sugerido usar petróleo como material de iluminação em lugar do óleo de baleia.

  • Em 1846, foi produzido óleo iluminante por destilação de carvão, dando o nome de querosene.

  • Em 1848, James Young, de Kelly, foi o primeiro a produzir “Paraffin Oil’ em escala comercial. Elaborou dois tipos: um fino, para uso como combustível em lâmpadas e outro pesado, para fins lubrificantes”.

  • Em 1858, James William, perfurou um poço de oito metros no Canadá, sem obter sucesso.

  • Em 1859, Edwin Drake, foi quem primeiro encontrou petróleo no mundo, perfurando um poço com profundidade de 21 metros e produção diária de 3.200 litros.

  • Entre 1892 e 1896, foi feita primeira sondagem profunda no Brasil, em Bofete (SP), resultando apenas em água sulfurosa.

  • Em 1917, foi iniciada a busca de petróleo na Amazônia.

  • Em 1939, na cidade de Lobato (BA), surgiu petróleo.

  • Em 03.10.53, se criou a Petrobrás.

  1. ORIGEM

A palavra petróleo é latina: Petra (pedra) e Oleum (óleo).

  • Teoria Inorgânica: o petróleo teria sido produzido no interior da Terra pela ação de elevada temperatura e pressão sobre minerais; o carbono e o hidrogênio teriam, então, se combinado formando os hidrocarbonetos constituintes do petróleo.

  • Teoria Vegetal: matérias vegetais teriam sido cobertas por uma camada de material impermeável; o ar sendo excluído, a fermentação sobreveio e a lenta deterioração durante centenas de milhares de anos transformou a matéria vegetal em petróleo.

  • Teoria dos Animais Marinhos: o petróleo teve origem de pequenos animais marinhos que na ausência de ar transformaram-se lentamente em petróleo. A maioria dos geólogos são favoráveis a esta teoria.

  • Não fica excluída a simbiose das duas últimas teorias, como hipótese possível.

  1. GEOLOGIA

Desde que o petróleo é de natureza orgânica, matéria orgânica, ou material que pode se transformar em matéria orgânica, o processo de transformação deve ser:

  1. Químico;

  2. Bactericida;

  3. Radioativo;

  4. ou combinação dos três processos.

A migração e a acumulação é fundamental no estudo do petróleo, sendo aceita a teoria "anticlinal" ou "estrutural", que estabelece que o óleo se origina nos folhelhos e, quando cresce a sobrecarga sobre eles, o petróleo é forçado a migrar para rochas mais permeáveis, já saturada de água .

Os requisitos geológicos fundamentais para as concentrações de água e óleo são simples: uma formação rochosa permeável e porosa, coberta por uma camada de rocha impermeável, contendo óleo ou gás, ou ambos, e sendo deformada ou obstruída de tal forma, que as duas espécies de rocha ficam interligadas .

  • Formações geológicas típicas

  1. Anticlinal;

  2. Falha;

  3. Bolsão estratistráfico;

  4. Cúpula salina.

Obs.: O petróleo ocorre, principalmente, em rochas sedimentares marinhas.

  • Classificação simples, baseada na origem das rochas

  1. Clásticas;

  2. Químicas e/ou Bioquímicas;

  3. Miscelânia.

As rochas são classificadas :

  1. Por seu principal constituinte acrescido de um adjetivo designando outro constituinte;

  2. Quanto a sua origem marinha ou não marinha;

  3. Quanto a sua idade geológica.

Na rocha reservatório de textura uniforme a distribuição de fluídos é determinada pelas suas densidades (gás-óleo-água).

O principal componente do gás natural é o metano (60 a 95% do total em volume).

Explorações preliminares dependem da Cartografias e Aerofotogrametria do local.

  • Métodos geofísicos utilizados para determinação de bolsões comerciáveis.

  • Sísmico

  • Gravimétrico

  • Magnetométrico

  • Elétrico

  1. Perfuração de Poços de Petróleo

  • Métodos de perfuração de poços de petróleo.

  1. Sonda de percursão, ainda usado em casos especiais; .

  2. Perfuração giratória, o mais empregado hoje em dia.

  • Equipamentos necessários para perfuração profunda em terra firme.

  • Torre;

  • Talha de içar;

  • Mesa rotativa;

  • Bombas para lama de perfuração;

  • Conjunto motriz (motores);

  • Broca, que é a ferramentas de corte das rochas.

  1. Produção de Petróleo

Raramente um único poço é suficiente para suprir as necessidades de consumo de uma região.

  • Para uma área ser economicamente produtora é necessário.

  • Grande espessura das rochas matrizes;

  • Amplas camadas reservatórios que acumulam o óleo;

  • Estruturas que permitam a concentração do óleo.

  1. Processo de Perfuração Rotativa, exige a circulação de um fluido a fim de manter limpo o fundo do furo e a broca de perfuração, além de lubrificar a broca e evitar desmoronamentos nas paredes do poço. Consiste basicamente de:

(Parte 1 de 15)

Comentários