(Parte 1 de 4)

DITADOS POPULARES DO BRASIL:

A

A COISA é mansa mas atropela.A MÃO que alça o copo não deve segurar o volante.AS MULHERES perdidas são as mais procuradas.ADEUS, cinco letras que me faz sofrer.ADORO as rosas, mas prefiro as trepadeiras.ALGUM dia a terra cobrirá o teu orgulho.A LUZ dos teus olhos ilumina o meu caminho.A MAIOR riqueza do homem é a sinceridade da mulher.A MAIOR vingança é o desprezo.ANTES sonhava. Hoje, não durmo…AMAR sem ser amado é ser castigado sem ter pecado.AMAR-TE sempre; implorar-te nunca.A MEDICINA não cura a dor da separação.AMOR e dinheiro não querem parceiro.AMOR é fumaça, sufoca e passa.AMOR só de mãe.A MORTE é um bem quando a vida se torna um mal.A MULHER é como rosa: formosa, mas tem espinho.A MULHER ri quando pode e chora quando quer.ANTES causar inveja do que dó.ANDO todo arranhado, mas não largo minha gata.ANTES de apontar os defeitos do outro, conte até dez… dos seus.ANTES de falar de mim, pensa no teu passado.ARTIGO nacional, a mulher é o melhor.A SAUDADE é companheira de quem não tem companhia.A SAUDADE não mata, mas sepulta o coração em vida.A SAUDADE torna presente o passado.A SUSPEITA é o veneno da amizade.AS GRANDES almas sofrem em silêncio.A TERRA cobrirá o teu orgulho.A VIDA começa aos 40 anos, e a morte aos 80 kms.A VIDA é uma ilusão, passo por ela e não a vejo.A VIDA só tem uma porta de entrada, mas várias de saída.A VIDA é um barato, o povo é que acha caro.A VIDA é dura pra quem é mole.A TUA inveja é a minha felicidade.A?? VEM o meu brotinho.A CALÚNIA é como fogo, destrói em horas a construção de anos.A CÓLERA não aceita a presença da razão.A CÓLERA principia pela loucura e acaba pelo arrependimento.A ESTRADA é o meu lar.A FÉ é quem vence sempre.AJUDE a acabar com os letreiros de caminhão.AMOR de mãe é imortal.A MULHER é Maria, o carro é Ford e o homem sou eu.

A ignorância e a candeia a si queimam, e aos outros “alumeiam”.

Acender uma vela a Deus, outra ao diabo.

Aqui se faz, aqui se paga.

Amigos, amigos, negócios à parte.

Ao insensato, dá-lhe logo a fúria, quem é prudente dissimula a injúria.

Ao rico, mil amigos lhe aparecem, ao pobre, seus irmãos o desconhecem.

Atirou no que viu, matou o que não viu.

A palavra é de prata, o silêncio é de ouro.

A quem tem dinheiro, não lhe falta companheiro.

A cara do pai, escarrada e cuspida. Com certeza deturpação do antigo adágio: A cara do pai, em carrara esculpida.

A palavra própria e sensata, pomo de ouro é marchetado a prata.

Abraçar o mundo com as pernas.

As aparências enganam.

Arrastar a mala.

A Natureza não vai aos saltos.

A boa notícia tem pernas curtas.

Alegria de palhaço é ver o circo pegar fogo.

A emenda saiu pior que o soneto.

Às vezes pequena nuvem esconde o sol.

A preguiça é a chave da pobreza.

A dúvida é o travesseiro do sábio.

As grandes essências estão nos pequenos frascos.

A ocasião faz o ladrão.

Aí é que a porca torce o rabo.

A gente pensa que se benze e quebra as ventas.

Araruta tem seu dia de mingau.

A voz do povo é a voz de Deus.

Água mole em pedra dura tanto bate até que fura.

A cara de um é o focinho do outro.

A medida de encher nunca transborda.

Águas passadas não movem engenho.

Amor com amor se paga.

Amarrar o burro onde o burro do dono manda.

Antes só que mal acompanhado.

Antes tarde do que nunca.

Após a tempestade vem a bonança,

A gente nunca se esquece de quem se esquece da gente.

Antes calar que com doidos altercar.

B

BONS olhos te vejam.BATER por trás é covardia.BATIDA… só de limão.BEBEU, bateu, morreu.BEBER é uma arte, seja um artista.BEIJO de menina contém vitamina.BELEZA é isca, casamento é anzol.BATA, mas não entre.BALANCEIA mas não cai.

Boca que não merece beijo, pimenta nela.

Barco perdido, bem carregado.

Bom no bom, todo mundo é.

Besta é coco, que dá leite sem ter peito.

Botar a mão no fogo.

Botar o preto no branco.

Botar água na fervura.

Besta é quem vela acendeu pra defunto que não é seu.

Bandido bom é bandido morto.

C

CABELO ruim é igual a bandido… Ou está preso, ou está armado.COM os poderes da Virgem vou e volto.CALMA, bicho, tem 22 na minha frente.CALMA, pessoal, que devagar também é pressa.CARINHO de mulher feia é dentada.CARONA só de saia curta.CASAMENTO é como pneu, quando enche estoura.CIÚME eu teria se amor eu tivesse.COM DEUS no meu caminho eu chego.COM quatro rodas rodando ganho a vida viajando.COMO é difícil se livrar de uma mulher fácil.CONFIANÇA não se dá nem se empresta, conquista-se.CORAÇÃO alheio é terra em que ninguém anda.CORAÇÃO e motor sem faísca não pega.CORRENDO, só quem ganhou dinheiro foi Ayrton Senna.CORRO menos para te ver mais.CRENDO EM DEUS, o feliz não abusa e o infeliz tem esperança.CUIDADO, bater por trás é covardia.CUIDADO, Fominha, já tem viúva demais.

Como barata, morde e sopra.

Calça de veludo, ou bunda de fora.

Chover no molhado.

Comer o pão que o diabo amassou.

Catar macacos.

Cozinhar em fogo brando.

Cumprimentar com o chapéu alheio.

Cair no “conto do vigário”.

Com quem casei minha filha!

Chorar de barriga cheia.

Conversar miolo de pote.

Caiu a sopa no mel.

Cada um com a sua certeza.

Cada um sabe onde o calo lhe aperta.

Conselho se fosse bom era vendido.

Cesteiro que faz um cesto faz um cento.

Cão que ladra não morde.

Cada macaco no seu galho.

Cada um por si e Deus por todos.

Cobra que não anda não engole sapo.

Caiu na rede é peixe.

Comer e coçar é só começar.

Caranguejo não criou pescoço pra não ser enforcado.

Comer como galo e cantar como pinto.

Cachorro mordido por cobra de lingüiça tem medo.

Crie fama, e deita-te na cama.

Cada terra com seu uso, cada roca com seu fuso.

Cozinheiros demais, caldo estragado.

Chá, sopa e mulher, só quente.

Casamento e mortalha, no céu se talha.

Casa onde falta pão, todos brigam e ninguém tem razão.

Com quem te não faz mal, procede por igual.

D

DEUS proteja este carro.DIRIGIDO por mim e guiado por Deus.DEUS é a luz do meu caminho.DAQUI até onde Deus quiser.DEUS proteja este carro.DESCULPE a poeira.DE LONGE também se ama.DENTRE elas prefiro todas.DE MULHER de burguês ninguém queira ser freguês.DEPOIS da batalha, aparecem os valentes.DESANIMAR, nunca. O desengano deve ser o começo de outra esperança.DETESTADO pelos homens, querido pelas mulheres.DEUS guia e eu dirijo.DEUS lhe dê o dobro do que voce me deseja.DEVAGAR chego depressa.DEVAGAR se vai ao longe.DINHEIRO de trouxa é farra de sabido.DINHEIRO e mulher bonita é que governam o mundo.DINHEIRO não traz felicidade, mas ajuda a sofrer em Paris.DIRIGIDO por mim e guiado por Deus.DIVÓRCIO é o sacramento do adultério.DUAS coisas que gosto: cerveja gelada e mulher quente.DURMA no volante e acorde no céu.

Deus criou, o vento espalhou e o diabo ajuntou.

Dá com a mão direita, que a esquerda não saiba.

Dia de muito, véspera de pouco.

Dizer o que sente, fazer o que não sente.

De cavalo dado, não se olham os dentes.

Depois da tempestade, vem a bonança.

De pensar, morreu um burro.

Durma com um barulho desse, e acorde da boa cara.

Dar um boi pra não entrar na briga, e uma boiada para não sair.

Do bolso que enfia a mão, o pobre só tira dedos.

De onde se tira e não bota, um dia fica com nada.

Deus querendo, água fria é remédio.

Do passado, não remexer na ferida.

Duro, como boca de sino.

Devo, não nego, pagar, não posso.

Dinheiro, na mão, escorrega que nem sabão.

De hora em hora, Deus melhora.

Dar tratos à bola.

Dar a volta por cima.

De dente no coradouro.

Deitar nos louros da vitória.

Desmanchar o nó.

Dar com luva de pelica.

Dar o golpe do baú.

Dar a mão à palmatória.

Dar nó em pingo de água.

Dá o dito por não dito.

De noite todos os gatos são pardos.

Devagar se vai ao longe.

De grão em grão a galinha enche o papo.

Dar a César o que é de César..

Devagar com o andor que o santo é de barro.

Deixe como estar para ver como é que fica.

Dormir na estação e perder o trem.

Deus escreve certo por linhas tortas.

Depois de mim virá quem bem me fará.

Deus dá o frio conforme a roupa.

Desgraça pouca é tiquinho.

Deus dá a canga conforme o pescoço.

Dize-me com quem andas, e te direi quem és.

Dos males o menor.

Dois narigudos não se beijam.

Duro com duro não faz bom muro.

E

Esmola grande, o cego desconfia.

Em casa de ferreiro, espeto de pau.

Em cima de queda, coice.

Em terra de sapos, de cócoras com eles.

Em rio de piranhas, jacaré nada de costa.

Estar claro, como água.

Escreveu não leu, o pau comeu.

É tempo de murici, cada um cuide de si.

Engolir um boi, e engasga-se com um mosquito.

Em terra de sapo, mosquito não dá rasante.

Em terra de cego quem tem um olho é rei.

Enquanto há vida, há esperança.

Entre duas pedras, só coco.

Em casa de enforcado, não se fala em corda.

Ervas ruins, geadas não matam.

É melhor adormecer sem ceia, a acordar com dívidas.

Ervas daninhas crescem depressa.

Enxugar gelo.

Estar em papos-de-aranha.

É onde a porca torce o rabo.

Estar na casa do sem jeito.

Estar em cima da carne-seca.

Estar no mato sem cachorro.

Estar entregue às moscas.

Estar com nó na garganta.

Estar com a pulga atrás da orelha.

É muita areia pro meu caminhão.

Encher lingüiça.

É cobra engolindo cobra.

É de cheirar e guardar.

É peixe fora d’água.

Ensinar Padre-Nosso a vigário.

Engana-se quem pensa que o céu é perto.

Entrar mudo e sair calado.

Em cada cabeça uma sentença.

Em boca fechada não entra mosca.

É de novo que se acerta o galho.

É dando que se recebe.

É boi sonso que arromba a cerca.

É melhor passar por ignorante do que ignorante ser.

Entrar por um ouvido e sair pelo outro.

ENQUANTO não encontro a mulher certa… me divirto com as erradas.ESTRELA dalva é minha guia.É DE NOITE que a saudade aperta.É DURO velório sem cachaça.EM CIMA da morte, ganhando o pão da vida.EM CIMA da morte procuro a sorte.EM CIMA de quatro pneus cheios, um coração vazio.É MELHOR perder do que não competir.É MELHOR uma amiga na sombra do que uma sombra amiga.É MELHOR a crítica do inimigo do que o elogio do falso amigo.ENQUANTO eu vago pelo mundo um coração pulsa por mim.ENQUANTO Maria reza, “Mercedes Benze???.ENTRE, amigo, a casa é sua, mas se for pra fiado, é melhor ficar na rua…ENTRE a morena e a loura prefiro as duas.ENTROU porque quis; aqui não é garagem.É PENSANDO ser rico que se fica pobre.ERRAR é humano; persistir no erro é bigamia.ESPELHO reflete sem falar, a mulher fala sem refletir.ESQUENTA mas não ferve.ÉS TÃO hipócrita que choras pelo olho de vidro.ESTE mundo é a ante-sala do outro.ESTE não geme na rampa.É TRISTE cair; mais triste ainda é não tentar subir.É TRISTE sonhar com o amor e acordar sozinho.EU NÃO rejeito parada nem paro em beira de estrada.EU QUERIA ser pobre um dia, porque ser pobre todo dia é duro.EU QUERIA ser uma lágrima só pra rolar em tua face.EU TE vejo com os olhos do coração.EU VEJO a face, Deus o coração.EU VI os seios da saudade no decote da ausência.

F

Faça o que eu digo, não faça o que faço.

Falou do mau, prepare o pau.

Falar o sujo, do mal lavado.

Farinha pouca, meu pirão primeiro.

Feijão e farinha, até com a mão se come.

Filho criado, trabalho dobrado.

Feliz foi Adão, que nunca teve sogra.

Filho de gato é gatinho.

Fazer ouvido de mercador.

Ficar o dito por não dito.

Fazer corpo mole.

Ficar para titia.

Flagrado com a boca na botija.

Fazer castelos no ar.

Fazer tempestade em copo d’água.

Fazer caridade com o pirão alheio.

Formiga quando quer se perder cria asas.

Futucar o diabo com a vara curta.

Foi buscar lã, e saiu tosquiado.

Fazer o bem sem olhar a quem,

FRUTA azeda e mulher feia só com cachaça.FAÇA da sua vida uma canção de amor.FALAM de mim, mas não comem do meu pudirm.FALAM de mim por inveja.FALAM de ti por despeito.FALAR é fácil, fazer é que é difícil.FÉ EM DEUS e pé na taboa.FELIZ foi Adão que não teve sogra nem caminhão.FELIZ quem não tem sócio.FIADO é com o diabo, aqui não é inferno.FRACASSAR é triste, mais triste ainda é não tentar vencer.FRANGUINHA, eis aqui o teu poleiro.

G

Gosto não se discute.

Gato escaldado de água fria tem medo.

GOSTAR de mulher é herança do meu pai.GUIADO por Deus e dirigido por mim.

H

Há sempre um chinelo velho para um pé doente.

Homem velho e mulher nova resultam em corno ou cova.

Homem que bebe e joga, cachorro que pega bode e mulher que trai uma vez estão perdidos os três.

Há males que vêm pro bem.

HOMEM é como fósforo, sem cabeça não vale nada.HOMEM de juízo não diz o que faz, mas nada faz que não possa ser dito.HOJE é melhor do que ontem e amanhã será melhor do que hoje.HOJE vejo chorando quem riu de mim no passado.

I

Isto são outros quinhentos.

Ir num pé e voltar no outro.

INFLAMÁVEL que só viúva moça.INIMIGO da vida é a morte.

(Parte 1 de 4)

Comentários