Cuidados pré e pós operatórios

Cuidados pré e pós operatórios

(Parte 1 de 2)

CUIDADOS PRÉ E PÓS OPERATÓRIOS

SUMÁRIO

INTRODUÇÃO 3

Definição de pré-operatório 3

Definição de pós – operatório 3

1. Cirurgia Cardíaca 4

1.1. Tipos de cirurgia cardíaca: 4

1.2. Conduta pré – operatória/cuidados de enfermagem: 4

1.3. Conduta pós-operatória/cuidados de enfermagem: 5

1.4. Intervenções de enfermagem 5

2. Cirurgia Ortopédica 5

2.1. Tipos de cirurgia: 5

2.2. Cuidados de enfermagem no pré-operatório 6

2.3. Cuidados de enfermagem no pós – operatório: 6

2.4. Intervenções de enfermagem 7

3. Cirurgia Gastrintestinal 7

3.1. Tipos de cirurgia: 7

3.2. Tratamento pré-operatório/cuidados de enfermagem 7

3.3. Tratamento Pós – operatório/cuidados de enfermagem: 8

4. Cirurgia Renal 8

4.1.Tratamento pré-operatório/cuidados de enfermagem: 9

4.2. Tratamento pós-operatório/cuidados de enfermagem: 9

4.3. Intervenções de enfermagem 10

5. Cirurgias proctologicas 10

5.1. Intervenções cirúrgicas 10

5.2. Tratamento pré-operatório / cuidados de Enfermagem 11

5.3. Tratamento pós – operatório/cuidados de Enfermagem: 11

5.4. Intervenções de enfermagem 12

6. Cirurgia neurológica 12

6.1. Tratamento pré-operatório 12

6.2. Tratamentos pós – operatório: 13

6.3. Tratamento de Enfermagem: 13

6.4. Prescrições de Enfermagem: 14

7. Cirurgias ginecológicas 14

7.1. Cuidados pré – operatórios: 14

7.2. Cuidados pós – operatórios: 15

BIBLIOGRAFIA 16

INTRODUÇÃO

Definição de pré-operatório

É o período de tempo que tem início no momento em que se reconhece a necessidade de uma cirurgia e termina no momento em que o paciente chega à sala de operação.

Subdivide-se em mediato (desde a indicação para a cirurgia até o dia anterior a ela) e em imediato (corresponde às 24 horas anteriores à cirurgia).

Intervenções de enfermagem

  • Atender o paciente conforme suas necessidades psicológicas (esclarecimento de dúvidas);

  • Verificar sinais vitais;

  • Pesar o paciente;

  • Colher material para exames conforme solicitação médica;

  • Observar e anotar a aceitação da dieta;

  • Orientar higiene oral e corporal antes de encaminhar o paciente para o centro cirúrgico;

  • Manter o paciente em jejum, conforme rotina;

  • Fazer tricotomia conforme rotina;

  • Orientar o paciente a esvaziar a bexiga 30 minutos antes da cirurgia;

  • Retirar próteses dentárias, jóias, ornamentos e identificá-los;

  • Encaminhar o paciente ao centro cirúrgico

Definição de pós – operatório

É o período que se inicia a partir da saída do paciente da sala de cirurgia e perdura até a sua total recuperação

Subdivide –se em:

Mediato: (após 24 horas e até 7 dias depois)

Tardio: (após 07 dias do recebimento da alta)

Intervenções de enfermagem

  • Receber e transferir o paciente da maca para o leito com cuidado, observando sondas e soro etc.

  • Posicionar o paciente no leito, conforme o tipo de anestesia;

  • Verificar sinais vitais;

  • Observar o estado de consciência (sonolência);

  • Avaliar drenagens e soroterapia;

  • Fazer medicações conforme prescrição;

  • Realizar movimentos dos membros superiores ou inferiores livres se possível;

  • Controlar a diurese;

  • Assistir psicologicamente o paciente e os familiares;

  • Observar e relatar as seguintes complicações: (pulmonares “cianose, dispnéia, agitação”); Urinárias (infecção e retenção urinária); Gastrointestinais (náuseas, vômitos, constipação intestinal, sede); Vasculares (Cianoses e edemas); da ferida operatória (hemorragia, infecção e deiscência) e choque.

1. Cirurgia Cardíaca

A cirurgia do coração aberto é mais comumente realizada para a doença da artéria coronariana, disfunção valvular e defeitos cardíacos congênitos.

1.1. Tipos de cirurgia cardíaca:

1-Cirurgia de “transposição” da artéria coronária.

2-Cirurgia valvular.

3-Cirurgia cardíaca congênita.

Imagem retirada em pagina do google

1.2. Conduta pré – operatória/cuidados de enfermagem:

  • Rever a doença do paciente para determinar o estado dos sistemas pulmonar, hepático, hematológico e metabólico.

  • Obter estudos laboratoriais pré-operatórios.

  • Avaliar os esquemas medicamentosos; digital, diuréticos, Bloqueadores beta-adrenergicos, psicotrópicos, anti-hipertensivos, álcool, anticoagulantes, corticosteróides, antibióticos profiláticos.

  • Melhorar a doença pulmonar subjacente e a função respiratória para reduzir o risco de complicações.

  • Estimular o paciente a interromper o fumo.

  • Tratar a infecção e a congestão pulmonar vascular.

  • Preparar o paciente para os acontecimentos no período pós – operatório.

  • Avaliar estado emocional do paciente e tentar diminuir as ansiedades.

  • Preparação cirúrgica.

1.3. Conduta pós-operatória/cuidados de enfermagem:

  • Garantir uma oxigenação adequada no período pós-operatório imediato a insuficiência; a insuficiência respiratória é comum após a cirurgia de coração aberto.

  • Empregar a monitorização hemodinâmica durante o período pós-operatório imediato, para avaliar o estado cardiovascular e respiratório e o equilíbrio hidroeletrolitico, no sentido de evitar complicações ou reconhecê-las o mais cedo possível.

  • Monitorar a drenagem dos drenos torácicos mediastinais e pleurais.

  • Monitorar rigorosamente o equilíbrio hidroeletrolítico, podem ocorrer a acidose metabólica e o equilíbrio eletrolítico depois do uso de um oxigenador de bomba.

  • Administrar medicamentos pós-operatórios.

  • Monitorar quanto a complicações.

  • Instituir o marcapasso cardíaco se indicado através dos fios do marca-passo temporário.

1.4. Intervenções de enfermagem

  • Minimizar ansiedade;

  • Promover uma troca gasosa adequada;

  • Manutenção do débito cardíaco adequado;

  • Mantendo o volume adequado de líquido;

  • Aliviar a dor;

  • Promover a orientação perceptiva e psicológica;

  • Outras responsabilidade de enfermagem evitando complicações.

G1- Arritmias

G2- Tamponamento cardíaco

G3- IM

G4- Embolização

G5- Sangramento

G6- Febre/infecção

G7- Insuficiência renal

2. Cirurgia Ortopédica

2.1. Tipos de cirurgia:

  • Redução aberta

  • Fixação interna

  • Enxerto ósseo

  • Artroplastia

  • Substituição articular

  • Substituição articular total

  • Minescectomia

  • Transferência tendinosa

  • Fasciotomia

  • Amputação

Imagem retirada em página da google

2.2. Cuidados de enfermagem no pré-operatório

  • Avaliar o estado nutricional: hidratação ingesta protéica e calórica maximizar a cicatrização e reduzir o risco de complicações pelo fornecimento de líquidos intravenosos, vitaminas e suplementos nutricionais, conforme indicado.

  • Determinar se a pessoa recebeu previamente terapia com corticosteróides.

(Parte 1 de 2)

Comentários