Classificação dos Processos produtivos

Classificação dos Processos produtivos

PDCP Processos discretos e contínuos de produção

  • Classificação dos processos de produção

Introdução

  • É importante a análise dos critérios e métodos utilizados nos processos produtivos das organizações, pois conhecer os procedimentos de funcionamento do sistema de produção da empresa é essencial para manter-se em um mercado globalizado e cada vez mais competitivo.

  • O que é sistema de produção?

Sistemas de produção

  • É a definição do tipo de processo utilizado em manufatura de produtos e serviços.

  • É a maneira pela qual organiza-se a produção de bens e serviços.

Sistemas de produção

Sistemas de produção

  • Processos de conversão  manufatura

    • Indústria
      • Muda o formato da matéria-prima
      • Muda a composição
      • Muda a forma dos recursos
  • Processos de transferência  serviços

    • Serviços
      • Há a transferência de conhecimentos e/ou tecnologia

Classificação das industrias

Industrias do tipo contínuo

Indústrias do tipo intermitente

Classificação das industrias

Classificações de sistemas de produção

  • Classificação Tradicional: Este sistema está sempre relacionado com o fluxo de produção.

  • Classificação Cruzada de Schroeder: Tem duas orientações e duas dimensões.

    • Orientações:
      • a) por fluxo do produto com 3 tipos – linha, intermitente e etapas do processo.
      • b) por tipo de consumidor.
    • Dimensões:
      • a) para estoques.
      • b) para o cliente ou encomendas.

Classificação tradicional

  • No modelo tradicional há três tipos de processos diferentes:

    • Produção contínua
      • de fluxo em linha.
      • produção em massa
    • Sistemas de produção intermitente.
      • Por lotes
      • Por encomenda
    • Produção em grandes projetos – sem repetição.

Classificação tradicional: Produção contínua

  • Apresentam seqüência linear de fluxo e trabalham com produtos padronizado.

    • Produção em massa:
      • Grandes volumes e pouca variedade.
      • Seqüência linear.
      • Produtos padronizados, não é flexível.
      • As etapas de produção fluem numa seqüência prevista de um posto de trabalho para outro.
      • As etapas são balanceadas para que as atividades mais lentas não prejudiquem a velocidade do processo.
      • São mais eficientes

Classificação tradicional: Produção contínua

  • Apresentam seqüência linear de fluxo e trabalham com produtos padronizado.

    • produção contínua propriamente dita:
      • Processo totalmente automatizado
      • Produtos padronizados
      • Tarefas repetitivas
      • Rentabilidade obtida através da produção de grandes volumes
      • Custos altos em função de máquinas e equipamentos
      • A linha de montagem não pode ser modificada
        • Indústria química
        • Indústria de papel
        • Indústria de derivados de petróleo
        • Indústria de aço

Classificação tradicional: PRODUÇÃO INTERMITENTE

  • Em lotes:

  • ao término da fabricação de um produto outros produtos tomam seu lugar nas máquinas, de maneira que o primeiro produto só voltará a ser fabricado depois de algum tempo

  • Por encomenda/jobbing

  • o cliente apresenta seu próprio projeto do produto, devendo ser seguidas essas especificações na fabricação.

Classificação tradicional: Sistemas de produção de grandes projetos sem repetição:

    • Cada projeto é um produto único.
    • Não há um fluxo do produto.
    • Produção em baixos volumes e grande variedade.
    • Processo de longa duração, com início e fim bem definidos.
    • Tarefas com pouca ou nenhuma repetitividade.
    • Intervalos de tempos diferentes.

Classificação tradicional: Comparação das Características dos Processos

Classificação tradicional: Associação entre Produto e Processo

Classificação tradicional: Associação entre Produto e Processo

Classificação cruzada de Schroeder

  • Considera duas dimensões.

    • A dimensão tipo de fluxo de produto de maneira semelhante à classificação tradicional.
    • De outro, a dimensão tipo de atendimento ao consumidor, onde existem duas classes:
      • Sistemas orientados para estoque: produto é fabricado e estocado antes da demanda efetiva do consumidor. Este tipo de sistema oferece atendimento rápido e a baixo custo, mas a flexibilidade de escolha do consumidor é reduzida; -
      • Sistemas orientados para a encomenda: as operações são ligadas a um cliente em particular, discutindo-se preço e prazo de entrega

Classificação cruzada de Schroeder

Classificação no setor de serviços

  • Esse tipo de classificação, que é aplicável a bens ou serviços é subdividida em três características:

    • Grau de padronização
      • Produtos padronizados
      • Produtos sob medida
    • Tipo de operação
      • Processos contínuos
      • Processos discretos
        • processos repetitivos em massa:
        • processos repetitivos em lote:
        • processos por projeto:
    • Natureza do produto
      • Manufatura de bens
      • Prestador de serviço

Tipos de processos em operações de serviço

Matriz produto-processo

Conclusão

  • O objetivo principal de uma classificação é ajudar a entender o objeto em estudo, de maneira que possam ser estabelecidas relações entre características inerentes observadas, ferramentas de análise apropriadas, problemas típicos, soluções particulares, e outras categorias com cada uma das classes e subclasses propostas.

Dúvidas

Comentários