(Parte 1 de 4)

Táxi Aéreo

1.1 O que é o Táxi Aéreo e o que ele oferece?

Táxi Aéreo e um conjunto de aeronaves dotadas a serem fretadas por tempo indeterminado para exploração aqueles que necessitam de agilidade conforto e segurança, em serviços de transportes de pessoas, cargas,UTI Aérea, transporte de valores e reconhecimento visual.

“Espírito de Servir”-Podemos dizer que todo táxi aéreo possui como lema o “espírito de servir”. Seja a negócios ou a lazer, as empresas procuram oferecer aos seus clientes um serviço personalizado, unindo qualidade, conforto, sofisticação e segurança – o conhecido serviço “First Class” ou “Classe A”; que são prestados desde o momento da Coordenação de Vôos, até a recepção no embarque das aeronaves. Preocupam-se também com um serviço de bordo exclusivo e diferenciado a cada cliente, unindo uma melhor frota de aeronaves e uma tripulação experiente.

A aviação executiva tem grande potencial de crescimento no Brasil -O

Brasil possui 2.200 aeroportos, 220 helipontos e mais de 2.600 pistas registradas disponíveis para a Aviação Geral, constituindo-se como o segundo maior espaço aéreo do mundo. Apenas 180 desses aeroportos são atendidos pela aviação comercial. Não é à toa, portanto, que o País passou a exibir a segunda maior frota executiva do mundo. A aviação é importante para o Brasil, antes e acima de tudo, devido ao seu tamanho, que com seus mais de 8,5 milhões de quilômetros quadrados é um dos maiores países do mundo.

Aviões executivos possibilitam eficiência, rapidez, segurança e, às vezes, são a únicas possibilidades de acesso aos mercados mundiais. Além disso, mesmo entre as capitais, a aviação comercial tem poucas opções de horário e de itinerários, causando grandes dificuldades a empresários que têm escritórios e instalações industriais espalhadas por todo o Brasil. Seus benefícios se mostram poderosos quando o tempo é precioso; a mobilidade é vital e o cumprimento de prazos, essencial. Outro aspecto a ser destacado é que esse tipo de viagem não é privilégio apenas de altos funcionários das grandes companhias. Estudos mostram que a maioria dos passageiros é composta por médios empresários e técnicos. É nesse cenário que a aviação executiva complementa os serviços da aviação comercial, indo aonde (e quando) ela nem sempre pode ir.

Para garantir a alta qualidade nos serviços prestados, as empresas devem seguir rígidos padrões de Operações e Manutenção, se estiver de acordo com a ANAC (Agencia Nacional da Aviação Civil) receberá o Certificado de Homologação de Empresa de Transporte Aéreo – CHETA.

Tudo isso, significa mais segurança, garantindo a prestação de serviços de acordo com a lei e especificações técnicas de aviação e dando a certeza de que seus passageiros estarão voando com uma empresa que obedece às normas básicas de segurança e controle aeronáutico.

1.2 –Certificado de Homologação de Empresa Aérea (CHETA)

Para a criação ou a permanência de uma empresa de Táxi Aéreo, essa deve esta habilitada por normas de qualidades imposta pela ANAC sendo então emitido um certificado o CHETA -Certificado de Homologação de Empresas Aéreas. Esse processo de homologação pode ser dividido em cinco partes, como na reunião técnica de homologação, na solicitação formal de abertura, na aprovação/aceitação dos manuais, nas auditorias e na emissão do CHETA e EO.

Prazos a serem cumpridos pelo CHETA na homologação de uma empresa são de 120 dias úteis, levando-se em consideração que a empresa responda prontamente aos questionamentos feitos pelos diversos setores envolvidos no processo; prazos definidos nos processos de Homologação inicial ou alteração de CHETA e/ou EO são os de responsabilidade da Agência Nacional de Aviação Civil, ou seja, o tempo é interrompido no momento em que a GCAM ou divisões informam as não conformidades apresentadas em qualquer uma das suas fases do processo; caso a empresa ultrapasse noventa dias para prestar as informações solicitadas pelo SSO, o processo é automaticamente cancelado e, portanto, passados os primeiros quarenta e cinco dias a empresa será informada sobre o tempo remanescente; caso a empresa perca as condições técnicas mínimas para sua operação, poderá ter o seu CHETA suspenso por um prazo máximo de 365 dias, quando então será revogado; a empresa que tiver o seu CHETA suspenso deverá cumprir os mesmos procedimentos para obtenção do CHETA podendo, em alguns casos, não ser necessário uma nova reunião de homologação técnica e o aproveitamento do material (manuais e programas) existente, desde que sejam reapresentados em nova revisão (versão).

É preciso verificar os prazos previstos para os processos de homologação na IAC 119-1001B, além de modificar o tipo de operação, alterar o CHETA, incluir novas aeronaves ou novos modelos, alterar os Chefes de operações/manutenção, iniciar vôos regulares para o Brasil ou Exterior etc.

Pode-se encontrar, também, todos os formulários da IAC 119-1001B previstos e obrigatórios com exemplos de preenchimento, formulários em branco, formulários eletrônicos prontos para serem preenchidos e enviados. Há também uma listagem (Situação dos CHETA das Empresas Aéreas), sempre atualizada com a situação atual das empresas aéreas 121 e 135, da Agencia Nacional de Aviação Civil e GER.

O que a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) fornece: Ela pode fornecer uma clara explanação dos requisitos, alternativas e possíveis problemas oriundos dos questionamentos e solicitações; uma rápida e completa resposta aos questionamentos e solicitações, um esclarecimento das decisões do Órgão; uma consideração justa e cuidadosa dos problemas; orientações claras sobre como as empresas devem recorrer à autoridade imediatamente superior à qual se reportaram, caso tenha havido discordância da resposta recebida.

O que a Agencia Nacional de Aviação Civil espera da empresa: A empresa deve possuir o mesmo nível de profissionalismo com o qual gostaria de ser tratada, além de também ter que fornecer todas as informações pertinentes dentro do prazo previsto; e a empresa deve respeitar a hierarquia ao recorrer nas suas solicitações.

Quais decisões a empresa deve inicialmente estabelecer e fornecer: As decisões que ela deve estabelecer e fornecer são: tipo de operação pretendida; sistema de manutenção pretendido e matrícula da aeronave; rota pretendida / área de operações; início proposto para as operações; base principal de operações.

Fatores significativos que atrasam a certificação: Os fatores que atrasam essa certificação é a falta de um pessoal mais qualificado; os manuais são elaborados de forma inadequada, especialmente quando não correspondem à operação realizada e a verificação do sistema de segurança não é conduzida pela empresa; a aeronave não está em condição de aeronavegabilidade; troca de modelo de aeronave no meio do processo de certificação.

Período máximo de inatividade da empresa: A certificação poderá ser cancelada pelo SSO caso não se observe atividade por parte da empresa por mais de 90 dias.

NOTA: a GCAM enviará uma notificação prévia do cancelamento da certificação.

A empresa só poderá iniciar suas operações comerciais quando: Ela só iniciará quando concluir o processo de homologação, recebendo o CHETA do

SSO (ou do GER) e quando receber do SSA a portaria de autorização ou concessão operacional.

1.3 - Empresas de táxi aéreo

As empresas de Táxi Aéreo no Brasil decorem de uma longa evolução desde os primórdios da aviação se ouve falar de empresas que fretam aviões de acordo com a necessidade de cada cliente. Para maior conhecimento, será mostrado oque algumas empresas oferecem e sua data de criação.

A Sete Táxi Aéreo iniciou-se as suas operações no ano de 1976. Desde a sua função e a construção do primeiro hangar no aeroporto de Santa Genoveva, na cidade de Goiânia-GO. O crescimento da empresa ficou evidente com a inauguração em 1990 da nova e moderna sede, que impressionapelo bom gosto e funcionalidade, seus serviços são únicos no estado de Goiás, oferecem transporte de carga, logística, malotes, aeromédico, e o serviço exclusivo de tapete vermelho.

Contato: Fone: (62) 3096-7070/Fax: (62) 3522-7018 E-mail: fretamento@setetaxiaereo.com.br

Voar Aviação é uma empresa q está no ramo da aviação a mais de 20 anos, fazendo serviços de manutenção, hangaragem e exteriores e interiores de aeronaves. A empresa se encontra junto ao aeroporto Santa Genoveva.

Contato: Fone: (62) 3207-2740 Aerotec táxi aéreo foi fundada em 1975, e surgiu para inovar o mercado de transporte aéreo executivo da região centro-oeste, oferecendo excelente atendimento e eficiência em seus serviços.

Contato: Fone/Fax: (62) 3207-1313 E-mail: aerotec@aerotectaxiaereo.com.br A Globo Aviação se encontra junto ao aeroporto Santa Genoveva, e estão mais especializados em manutenção de aeronaves; também possuem serviços de fretamentos de passageiros transporte de cargas, valores.

Contato: Fone: (62) 3207-1000 E-mail: diretoria@globoaviacao.com.br A Táxi Aéreo Marília, nome que deu origem a sigla “TAM”, não fica em

Marília. Ela foi fundada naquela cidade, mas sua sede acabou sendo transferida, para a capital paulista, onde se encontra até os dias atuais.

Agora você pode ser atendido 24horas por dia, 7 dias por semana pelo novo Call Center da TAM Táxi Aéreo Marília, para obter todas as informações sobre fretamento de aeronaves atendimento de pista e hangaragem.

Contato: Fone: (1) 4002-7000 A global táxi aéreo foi fundada em setembro de 1994, em São Paulo e iniciou-se suas operações em um hangar no aeroporto de congonhas com duas aeronaves buscando oferecer aos seus clientes um serviço personalizado unindo qualidade, conforto e segurança.

Contato: Fone: 0800 5 56 84 A extreme foi constituída em 08 de agosto de 1995. A empresa teve sua autorização de funcionamento expedida pela portaria Nº 066/SPL de 14 de fevereiro de 1996, e iniciou sua operações em 02/07/1997, fazendo transportes de cargas passageiros, transportes executivo, hangaragem.

Contato: Fone: (19) 3246-2023 E-mail: carlosedo@extremetaxiaereo.com.br

1.4 – Clientes de Táxi Aéreo

Em sua maioria os principais clientes que utilizam a malha dos taxia aéreos são: Executivos, Empresários, Políticos, Artistas. O motivo ao qual eles usam desse serviço, pois eles podem como regra são pessoas com alto poder aquisitivo.

Novos Clientes -Com a abertura de mais empresas de táxi aéreo e o conseqüente aumento da concorrência, assim fazendo com que os preços abaixassem com isso o táxi aéreo ganhou novos clientes, pois agora algumas pessoas que não tinham condições financeiras para utilizar este que antes era muito caro agora podem usufruir dele quando quiserem ao seu bem dispor.

Serviço a Crescer -Com o crescimento das grandes cidades e em decorrência disto, cada vez o transito mais demorado e complicado, os táxis aéreos começaram a investir no transporte aéreo dentro das grandes cidades passando a utilizar helicópteros para transportar seus clientes de um local para outro dentro das cidades, fazendo assim com que as pessoas que utilizam este serviço não percam tempo no trânsito e nem corram o risco de pegar um engarrafamento, e utilizando o táxi aéreo essas pessoas não perdem tempo, pois enquanto ela gastaria 4 horas para percorrer um trajeto, utilizando o táxi aéreo ela não gastara mais que 30 minutos para percorrer o mesmo trajeto, e por estas vantagens que cada vez este tipo de serviço vem ganhando mais adeptos a cada dia.

Principais Vantagens do Táxi Aéreo -Agilidade: O táxi aéreo oferece um serviço no qual seu cliente não perde tempo, pois o táxi aéreo vai direto ao lugar que ele deseja, sem fazer paradas desnecessárias, economizando o máximo do tempo.

Conforto: O táxi aéreo oferece para o cliente tudo o que ele desejar, dando a ele um tratamento VIP, alem de ter a opção de que o táxi aéreo mande um carro de sua empresa ir buscar o cliente em casa ou no trabalho e levá-lo direto para o aeroporto.

Segurança: Utilizando o táxi aéreo você estará utilizando um dos meios de transporte mais seguros do mundo, e também não correra riscos em estradas aonde o numero de acidentes e infinitamente maior, alem de não correr risco de sofrer um assalto, pois os assaltos hoje e um dos fatos que mais traz medo aos usuários de carro.

O que os Clientes do Táxi Aéreo Esperam Deste Serviço -Os clientes do táxi aéreo esperam que ao optar por este serviço o mesmo lhe ofereça a maior agilidade, segurança e conforto possível, pois quem utiliza este serviço na maioria das vezes são pessoas que não gostam de perder tempo com transito, estradas, filas de aeroportos e engarrafamentos, e nem de correr riscos como assaltos ou acidentes automobilísticos.

1.5 – Frotas de Táxi Aéreo

PRIMEIRAS AERONAVES – 1960 a 1980 - A partir de 1975, quando foi criada a Aviação Regional Brasileira, diversas empresas regionais de táxi aéreo surgiram, e uma das primeiras aeronaves a serem utilizadas para alimentar as pequenas cidades do interior dos estados foi o Bandeirante E-110, fabricado pela Embraer. Sua capacidade era de 14 a 18 passageiros, possuindo 2 motores Pratt & Whitney PT6A-34, alcançando 1900 km, velocidade máxima de cruzeiro de 341 km/h, teto máximo de 8260 m, sendo que este tipo de aeronave era utilizado também pela VASP e TRANSBRASIL. O Bandeirante E- 110 apresenta um fato curioso no que diz respeito ao CVR, que por ser de fabricação brasileira não possui caixa preta que registra os últimos minutos de conversa e de dados na cabine de comando.

Dentre inúmeras empresas que configuravam nas décadas de 1960 e 1980 se destacava a TAM – Táxi Aéreo Marília. Criada em 07 de fevereiro de 1961, começou a operar com um Cessna 402 businessliner e também Bandeirantes a partir do ano de 1975. O avião adquirido neste ano de 1975, o mais novo Cessna 402, fabricado pela Cessna Company, operava com capacidade de até 6 passageiros mais 2 de tripulação,operava com 2 motores Continental TSIO-520 E, alcance de 1200 km, velocidade máxima de cruzeiro de 300 km/h e teto de serviço de

Já em 1979, a Táxi Aéreo Marília imprime um crescimento gradativo com a aquisição do Fokker 27, fabricado pela Fokker Company, aeronave esta que possui uma capacidade para até 50 passageiros, operando com 2 motoresRR Dart 7 Mk 536-7R, tendo suas operações iniciadas em outras companhias do mundo a partir da década de 60, com alcance máximo de 1350 km, atinge uma velocidade de cruzeiro máxima de 450 km/h, com e teto máximo de 8500 m.

MODERNIZAÇÃO NO TÁXI AÉREO (1980 a 2007) - Diversas aeronaves. A partir de 1980 a diversidade de aeronaves e o número de empresas que faziam o transporte do tipo táxi aéreo foram crescendo. Os Pipers Navajo eos Fokkers 50 entraram em cena, assim como jatos executivos de longo alcance. O Navajo, fabricado pela Piper possui uma capacidade para até 7 passageiros, opera com 2 motores Lycoming IO 540 Aspirado (300 Hp) ou Lycoming TIO 540 Turbo (350 Hp), seu alcance máximo é de 1300 km, sua velocidade de cruzeiro é de 300 km/h (300 hp) e 350 km/h (350hp) e seu teto máximo é de 6500 m com motor turbo e 5000 m com motor aspirado. Já o Fokker 50 possui uma capacidade para até 50 passageiros, opera com motores Rolls RoyceDart da série 500, e suas limitações e operações são similares aos do Fokker 27.

(Parte 1 de 4)

Comentários