Analgésicos Opióides

Analgésicos Opióides

ProfªIvy Alcoforado Felisberto

Opióides

Alcalóides naturais, substâncias sintéticas ou semi-sintéticas extraídas do ópio.

Ópio-substância bruta extraída da papoula “Papaver somniferum”

Morfina Codeína Tebaína

Papaverina

Histórico

Utilizado hámais de 6.0 anos, pelos egípcios, gregos e romanos.

1803-Sertürner, farmacêutico alemão isolou o principal alcalóide do ópio –MORFINA.

Morfeu–deus grego dos sonhos.

Narcóticos–termo inapropriado, pois produzem analgesia sem perda da consciência.

Peptídeos opióides Endógenos

Endorfinas;

Encefalinas; Dinorfinas; kiotorfinas.

Morfina –Dimorf®

Meperidina ou petidina–Dolantina®, demerol®,Dolosol®, Dornot®

Metadona –Metadon®, Dolophine® Fentanil – Durogesic® Sulfentanil – Sufenta®, Fastfen® Alfentanil – Rapifen®, Afast® Remifentanil – Ultiva®

Codeína –Tylex®, Belacodid®, Setux®, Codaten®, Codein®

Propoxifeno – Doloxene A®, Algafan®

Loperamida–Imosec®, Diasec®, Diarresec®, Enterosec®

Nalbufina – Nubain®

Tramadol–Tramal®, Sylador®, Sensitran®, Timasen®

Buprenorfina – Temgesic® Nalorfina

Os principais efeitos dos opióides são mediados por cinco famílias de receptores, designadas por letras gregas:

µ (mi) κκκκ (Kapa) σσσσ (sigma) δδδδ (delta) ε (Épsilon)

Cada um mostrando especificidade diferente para um tipo de efeito e para o(s) fármaco (s) que nelas se ligam.

Mecanismo de Ação dos Opióides

Mecanismo de Ação dos Opióides

Os fármacos opióides ao interagir especificamente com os receptores opióides irão:

Impedir a liberação de neurotransmissores –Ach, NA, 5-HT, GLU e substância P.

Esse efeito pode ser mediado pela hiperpolarização das células neuronais ao:

Inibir a adenilatociclase-↓AMPc. Abrir canais de K+ Bloquear canais de Ca++

+Alucinações+Náusea e vômito++Prurido ++Retenção urinária

++++Disforia ++++Dependência física +++++Constipação intestinal ++++Sedação ++++Euforia +++Miose +++++Depressão respiratória

Analgesia • Supramedular

• Medular

• Periférica σ (sigma)κ (Kappa)δ (delta)µ (mi)

Agonistas parciais Codeína Propoxifeno

Opióides Agonistas totais Morfina

Metadona Meperidina (petidina)

Fentanil, sulfentanil

Peptídeos opióides Β-endorfina Leu-encefalina Met-encefalina Dinorfina κ (kappa)δ (delta)µ (mi)

Seletividade dos opióides por diferentes tipos de receptores

Agonista parcialTramadol #

Agonista totalAgonista parcial/ Antagonista butorfanol

Agonista parcial/ Antagonista buprenorfina

Agonista totalAntagonistanalbufina δδδδ (Delta)κκκκ (Kappa)µ (mi)

# Inibe a recaptaçãode NA e 5-HT no SNC

Seletividade dos opióides por diferentes tipos de receptoresEfeitos dos Agonistas opióides

Analgesia; Depressão respiratória:

↓sensibilidade dos quimioreceptores bulbares àPCO;

Depende da dose , via de administração e as características farmacocinéticas e farmacodinâmicas da droga.

Euforia (e ou disforia);

Supressão da tosse; Miose; Sedação; Rigidez de tronco; Náuseas e vômitos.

Efeitos dos Agonistas opióides

Doses elevadas -vasodilataçãoperiférica -leve hipotensão e bradicardia.

↑pressão intracraniana -uso contra-indicado em indivíduos portadores de lesões cerebrais severas.

Retenção urinária -↑tônus do esfíncter e ↑liberação do ADH.

TGI:Constipação intestinal -↓motilidade do TGI.

Efeitos dos Agonistas opióides

Prolongamento do trabalho de parto -↓tônus uterino. NEUROENDÓCRINO:

Estimulam a liberação do hormônio antidiurético (ADH), prolactina, e hormônio do crescimento (GH).

Liberação de histamina -Rubor e calor na pele, sudorese e prurido. (contra-indicado em asmáticos).

Caráter lipofílico-bem absorvidos. Efeito de 1ªpassagem; Dose oral > dose parenteral.

DISTRIBUIÇÃO: Ampla distribuição

Atravessam a BHE, mas a morfina tem menos acesso do que fentanilou a heroína que são mais lipossolúveis.

Atravessam a barreira placentária Uso no parto –depressão respiratória no feto –Meperidina.

Uso durante a gravidez –bebê com síndrome de abstinência.

Via oral; Via parenteral:

IV , SC, IM, intratecal.

Inalatória:

↓efeito de primeira passagem; Via transdérmica;

Transmucosa bucal; Supositórios retais.

Hepático – glicuronidação Morfina-6-glicuronídeo.

Tecidual:

Estearases teciduais heroína e meperidina

Renal – principalmente; Biliar -pequena %.

OPIÓIDES: Usos Terapêuticos

Analgesia severas:

Câncer, pós-cirúrgicos, anemia falciforme

Tosse Diarréia Adjuvante Anestésico:

propriedades sedativas, ansiolíticas e analgésicas.

Edema pulmonar agudo associado àinsuficiência ventricular esquerda:

Alívio da dispnéia e ansiedade;

Vasodilatação;

Agonistas totais + agonistas parciais: ↓da analgesia e induzir uma crise de abstinência;

Pacientes com:

Lesões crânio-encefálicas; Gravidez; Asmáticos e com DPOC (enfisema pulmonar); Comprometimento da função hepática e renal;

Doenças prostáticas;

Pacientes com doença endócrina: ↑ação dos opióides.

Insuficiência da supra-renal (doença de Addison);

Hipotireoidismo (mixedema)

Depressão respiratória;

Vômito e náuseas; Disforia; Alucinações ↑↑↑↑ pressão intracraniana; Hipotensão postural; Retenção urinária; Constipação intestinal;

Prurido; Sedação.

Tolerância:

Perda gradual da eficácia, obrigando o ajuste de doses

(uso contínuo);

Alta:analgesia, disforia, sedação, depressão respiratória, antidiurese; nausease vômitos, antitussígeno;

Moderada: bradicardia; Mínima:miose e constipação;

Dependência psicológica;

Dependência Física:

Comum dos opióides tipo µ; Interrupçãodo uso; Uso de antagonistas opióides:

Síndrome de abstinência (rinorréia, lacrimejamento, bocejos, calafrios, arrepios (piloereção), hiperventilação, hipertermia, midríase, dores musculares, vômitos, diarréia, ansiedade e hostilidade).

Tratamento da síndrome de abstinência:

Metadona: > duração de ação Menor índice de síndrome de abstinência

OVERDOSE POR OPIÓIDES Tríade sugestiva de intoxicação:

Coma profundo

Depressão

Respiratória Miose

* Meperidina -midríase

Naloxona –Narcan® Naltrexona – Revia®

Usados no:

Tratamento da superdosagem aguda de opióides;

Diagnóstico e tratamento de dependentes de opióides.

Sedativos- hipnóticos:

↑depressão do SNC –principalmente depressão respiratória.

Antipsicóticos: ↑efeito sedativo; IMAO:

↑incidência de choque hiperpirético; hipertensão

NarcanTratamento de superdosagem com opióides Naloxona

TramalanalgésicoTramadol

NubainanalgésicoNalbufina

Doloxene AanalgésicoPropoxifeno ImosecantidiarreicoLoperamida

Tylex

Belacodid gotas Analgésica e antitussígenaCodeína

FentanilAnalgésicoFentanil

DolantinaAnalgésico (uso no parto)Meperidina ou petidina

DolophineTratamento de dependentes de heroína e morfina Metadona

DimorfAnalgésicoMorfina

Nomes comerciaisUso terapêuticoOpióide

Opióides

Comentários