Procedimento padrão de manutenção em motores elétricos

Procedimento padrão de manutenção em motores elétricos

Título

Procedimento padrão de teste em motores elétricos

Área/Setor

Revisão

Data

Folha

Manutenção / Manutenção

00

04/06/07

8/8

1. OBJETIVO

Padronizar as atividades da oficina elétrica nas manutenções em motores elétricos, detalhando e tabelando medidas e ações corretas na montagem, levando assim a uma confiabilidade e maior durabilidade do equipamento em campo.

2. LOCAL

Oficina de Manutenção Elétrica.

3. RESPONSÁVEL

Eletricistas

4. EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL NECESSÁRIOS

Capacete de Proteção – com protetor auricular acoplado

Botas de Segurança de couro

5. PEÇAS EXISTENTES EM MOTOR DE INDUÇÃO (Cortesia Weg)

6 SEQUENCIA DAS ATIVIDADES

6.1. SEQUÊNCIAS DE ATIVIDADES PARA DESMONTAGEM DE UM MOTOR DE INDIÇÃO

Após constatar necessidade de abertura do motor para manutenção, seguir as seguintes atividades:

  • Retirar o anel V’ Ring da tampa dianteira;

  • Retirar a tampa dianteira utilizando um tarugo de nylon para amortecer o impacto do martelo;

  • Retirar a tampa defletora;

  • Retirar o pino elástico;

  • Retirar o anel V’ Ring da tampa traseira;

  • Retirar a tampa traseira;

  • Retirar a arruela ondulada;

  • Retirar o rotor, evitando que o mesmo entre em contato com o material do estator;

6.2. SEQUÊNCIA DE ATIVIDADES PARA TROCA DOS ROLAMENTOS

Em caso de abertura por necessidade de troca dos rolamentos, seguir as seguintes atividades:

  • Retirar os rolamentos dianteiro e traseiro com um sacador, sendo que as garras do extrator deverão ser aplicadas sobre a face lateral do anel interno do rolamento (Fig 2);

Fig 2 – Sacador de rolamentos

  • Verificar Tabela dos Diâmetros e Tolerâncias dos Assentos dos Rolamentos e Tampas:

(Fonte Weg)

Carcaça

Diâmetro do Assento Rolamento

(Eixo)

Diâmetro do Cubo do Rolamento

(Tampa)

Dianteiro

Traseiro

Dianteiro

Traseiro

63

12 k5

+ 0,001

+ 0,009

12 k5

+ 0,001

+ 0,009

32 J6

- 0,006

+ 0,010

32 H6

0,000

+ 0,016

71

17 k6

+ 0,001

+ 0,012

15 k6

+ 0,001

+ 0,012

40 J6

- 0,006

+ 0,010

35 H6

0,000

+ 0,016

80

20 k6

+ 0,002

+ 0,015

17 k6

+ 0,001

+ 0,012

47 J6

- 0,006

+ 0,010

40 H6

0,000

+ 0,016

90

25 k6

+ 0,002

+ 0,015

20 k6

+ 0,002

+ 0,015

52 J6

- 0,006

+ 0,010

47 H6

0,000

+ 0,016

100

30 k6

+ 0,002

+ 0,015

25 k6

+ 0,002

+ 0,015

62 J6

- 0,006

+ 0,013

52 H6

0,000

+ 0,019

112

35 k6

+ 0,002

+ 0,018

30 k6

+ 0,002

+ 0,015

80 J6

- 0,006

+ 0,013

62 H6

0,000

+ 0,019

132

40 k6

+ 0,002

+ 0,018

35 k6

+ 0,002

+ 0,018

90 J6

- 0,006

+ 0,016

72 H6

0,000

+ 0,019

160

45 k6

+ 0,002

+ 0,018

45 k6

+ 0,002

+ 0,018

100 J6

- 0,006

+ 0,016

85 H6

0,000

+ 0,022

180

55 k6

+ 0,002

+ 0,021

55 k6

+ 0,002

+ 0,021

120 J6

- 0,006

+ 0,016

100 H6

0,000

+ 0,022

200

60 k6

+ 0,002

+ 0,021

60 k6

+ 0,002

+ 0,021

130 J6

- 0,007

+ 0,018

110 H6

0,000

+ 0,022

225

70 k6

+ 0,002

+ 0,021

70 k6

+ 0,002

+ 0,021

150 H5

0,000

+ 0,018

150 H5

0,000

+ 0,018

250

70 m5

+ 0,011

+ 0,024

70 k6

+ 0,002

+ 0,021

150 H5

0,000

+ 0,018

150 H5

0,000

+ 0,018

280 II P

70 m5

+ 0,011

+ 0,024

70 k6

+ 0,002

+ 0,021

150 H5

0,000

+ 0,018

150 H5

0,000

+ 0,018

280 IV P

80 m5

+ 0,013

+ 0,028

80 k6

+ 0,002

+ 0,021

170 H5

0,000

+ 0,018

170 H5

0,000

+ 0,018

315 II P

70 m5

+ 0,011

+ 0,024

70 k6

+ 0,002

+ 0,021

150 H5

0,000

+ 0,018

150 H5

0,000

+ 0,018

315 IV P

95 m5

+ 0,013

+ 0,028

80 k6

+ 0,002

+ 0,021

200 H5

0,000

+ 0,020

170 H5

0,000

+ 0,018

355 II P

70 m5

+ 0,011

+ 0,024

70 k6

+ 0,002

+ 0,021

150 H5

0,000

+ 0,018

150 H5

0,000

+ 0,018

355 IV P

110 m5

+ 0,013

+ 0,028

95 k6

+ 0,003

+ 0,025

240 H5

0,000

+ 0,020

200 H5

0,000

+ 0,020

Carcaça

Diâmetro do Assento Rolamento

(Eixo)

Diâmetro do Cubo do Rolamento

(Tampa)

Dianteiro

Traseiro

Dianteiro

Traseiro

48

17 k6

+ 0,001

+ 0,012

15k6

+ 0,001

+ 0,012

40 J6

- 0,006

+ 0,010

35 H6

0,000

+ 0,016

56

20 k6

+ 0,002

+ 0,015

17 k6

+ 0,001

+ 0,012

47J6

-0,006

+ 0,010

40 H6

0,000

+ 0,016

  • Na montagem dos rolamentos, utilizar o aquecedor indutivo, sendo os rolamentos aquecidos até no máximo 60 ºC, utilizando termômetro digital para acompanhar a temperatura no momento do aquecimento;

  • Ao instalar um rolamento do tipo Z, sempre instala-lo com a face blindada virada para o interior do rotor

  • Para verificação, segue tabela dos rolamentos por respectivas carcaças:

Carcaças

Rolamento Dianteiro

Rolamento Traseiro

63

6201 ZZ

6201 ZZ

71

6203 ZZ

6202 ZZ

80

6204 ZZ

6203 ZZ

90 S

6205 ZZ

6204 ZZ

90 L

6205 ZZ

6204 ZZ

100 L

6206 ZZ

6205 ZZ

112 M

6307 ZZ

6206 ZZ

132 S

6308 ZZ

6207 ZZ

132 M

6308 ZZ

6207 ZZ

160 M

6309 – C3

6209 Z – C3

160 L

6309 – C3

6209 Z – C3

180 M

6311 – C3

6211 Z – C3

180 L

6311 – C3

6211 Z – C3

200 L

6312 – C3

6212 Z – C3

200 M

6312 - C3

6212 Z – C3

225 S/M

6314 – C3

6314 – C3

250 S/M

6314 – C3

6314 – C3

280 S/M

6314 – C3 **

6314 – C3

6316 – C3

6316 – C3

315 S/M

6314 – C3 **

6314 – C3

6319 – C3

6316 – C3

355 M/L

6314 – C3 **

6314 – C3

NU 322 – C3

6319 – C3

** Somente para motores de II pólos, 3500 rpm.

Avisos:

  • É essencial que a montagem dos rolamentos seja efetuada em condições de limpeza;

  • Rolamentos novos somente deverão ser retirados da embalagem no momento de serem montados;

  • Os rolamentos não podem receber golpes diretos durante a montagem;

  • Sempre montar o rolamento com a parte onde é identificado o seu código virado para o interior do rotor;

  • Sempre que alguma medida de tolerância estiver fora das faixas aceitáveis, somente efetuar a montagem do rolamento com a liberação da Engenharia de Manutenção.

    1. LUBRIFICAÇÃO

6.3.1. SEQUÊNCIA DE ATIVIDADES PARA LUBRIFICAÇÃO DOS ROLAMENTOS

  • Os motores com carcaça até 132, onde os rolamentos são ZZ (que vão de 6201 até 6308), não necessitam de lubrificação, pois são blindados e lubrificados internamente pelo fabricante, possuindo uma vida útil de 20.000 horas a uma temperatura de trabalho de no máximo 70ºC;

  • Todo rolamento classificado como Z, sendo uma das faces blindada e outra não, ou rolamentos sem blindagem, deverão ser lubrificados, sendo preenchidos até 70% do seu espaço interno;

  • Utilizar graxa Alvânia EP2 para lubrificação dos rolamentos em motores acima de II pólos , ou seja, rotações menores que 3500 rpm;

  • Em motores de II pólos (3500rpm), utilizar graxa Staburags NBU 4 para lubrificação dos rolamentos;

Nota: A cada 15 ºC de elevação da temperatura de trabalho do rolamento, a vida útil da graxa reduz pela metade o período de relubrificação.

      1. SEQUÊNCIA DE ATIVIDADES PARA RELUBRIFICAÇÃO DOS ROLAMENTOS

  • Para relubrificação dos rolamentos, segue tabela com os intervalos médios da relubrificação e quantidade de graxa a ser utilizada:

6.4. SEQUÊNCIAS DE ATIVIDADES PARA MONTAGEM DE UM MOTOR DE INDIÇÃO

Após verificar as tolerâncias, montar e lubrificar os rolamentos de acordo com o procedimento descrito acima, realizar a montagem do motor de acordo com as seguintes atividades:

  • Encaixar o rotor no estator do motor, tomando extremo cuidado com o contato do corpo do rotor com as bobinas do estator;

  • Encaixar as tampas dianteira e traseira nos respectivos rolamentos, lubrificando seus alojamentos com o mínimo de graxa possível.Isto servirá para que quando for encaixado o rolamento a seu alojamento, minimize o atrito entre eles;

  • Não esquecer de posicionar a arruela ondulada no fundo do alojamento da tampa traseira antes da instalação do rolamento;

  • Montar o motor com todas as peças necessárias segundo figura do item 5;

  • Depois de montado o motor, somente liberar para uso após realizar os três testes de bancada descritos no procedimento “Procedimento padrão de teste em motores elétricos”;

Avisos:

  • Nunca montar um motor com as hélices do ventilador quebradas;

  • Nunca liberar um motor com a caixa de ligação quebrada, possibilitando entrada de contaminastes (água, etc...);

  • Nunca liberar o motor sem terminais e prensa cabos.

Elaborador

Verificador

Aprovador

Engenheiro de Manutenção

Chefe de Manutenção e Projetos

Chefe de Manutenção e Projetos

Comentários