Tabela de dimencionamento de condutores

Tabela de dimencionamento de condutores


Overview

Tabela Exemplos Constantes


Sheet 1: Tabela

Tabela para Especificação de Condutores
Parametrização das Tabelas
Tensão de Trabalho: 227 (Volts)
Queda de Tensão: 2 (%)
Tabela 1 - Distâncias máximas possíveis, corrente conhecida
Corrente (A) 89 >>> Potência: 20203 Watts
Bitola (mm²) 1.5 2.5 4 6 10 16 25 35 50 70 95 120 150 185 240 300
Distância (m) 18.9 30.0 42.5 53.1 76.1 106.3 134.2 164.6 204.0 268.5 340.1
Tabela 2 - Distâncias máximas possíveis, potência conhecida
Potencia (W) 20000 >>> Corrente: 88.11 Amperes
Bitola (mm²) 1.5 2.5 4 6 10 16 25 35 50 70 95 120 150 185 240 300
Distância (m) 1.5 2.9 4.3 6.8 11.5 19.1 30.3 42.9 53.7 76.9 107.4 135.6 166.2 206.1 271.2 343.5
Tabela 3 - Cargas máximas possíveis, distância conhecida
Distância (m) 60
Bitola (mm²) 1.5 2.5 4 6 10 16 25 35 50 70 95 120 150 185 240 300
Corrente (A) 2.2 4.2 6.3 10.0 16.8 28.0 44.5 63.1 78.8 112.9 157.6 199.1 244.1 302.7 398.2 504.4
Potencia (W) 505.2 954.2 1431.4 2260.0 3817.0 6361.6 10103.7 14313.6 17892.0 25636.3 35784.0 45200.9 55407.5 68705.3 90401.8 114508.9
Tabela 4 - Queda de tensão na carga, distância e corrente conhecidas
Distância (m) 60 Corrente (A) 14 >>> Potência: 3178 Watts
Bitola (mm²) 1.5 2.5 4 6 10 16 25 35 50 70 95 120 150 185 240 300
Queda (%) 12.6 6.7 4.4 2.8 1.7 1.0 0.6 0.4 0.4 0.2 0.2 0.1 0.1 0.1 0.1 0.1
Tensão (V) 198.4 211.9 216.9 220.6 223.2 224.7 225.6 226.0 226.2 226.4 226.6 226.7 226.7 226.8 226.8 226.9
Tabela 5 - Queda de tensão na carga, distância e potência conhecidas
Distância (m) 60 Potência (W) 1000 >>> Corrente: 4.4 Amperes
Bitola (mm²) 1.5 2.5 4 6 10 16 25 35 50 70 95 120 150 185 240 300
Queda (%) 4.0 2.1 1.4 0.9 0.5 0.3 0.2 0.1 0.1 0.1 0.1 0.0 0.0 0.0 0.0 0.0
Tensão (V) 218.0 222.2 223.8 225.0 225.8 226.3 226.6 226.7 226.7 226.8 226.9 226.9 226.9 226.9 226.9 227.0
Instruções de uso:
1) As distâncias serão todas consideradas em metros e medidas pelo comprimento do fio, em um único sentido, ou seja, até a carga.
2) No topo da planilha, preencha os campos referentes a tensão de alimentação (12V, 127V, etc.) e a queda de tensão desejada:
Residências: 4% de queda máxima em todo o circuito, assim distribuidos:
2% no ramal do medidor ao quadro de distribuição
2% em cada circuito de carga após o quadro
Barcos: 3% de queda máxima em todo o circuito, assim distribuídos:
1% no ramal entre a bateria e o quadro de distribuição
2% em cada circuito de carga após o quadro
3% para cargas ligadas diretamente na bateria (o guincho elétrico, por exemplo)
3) Conhecendo-se a corrente na carga, utiliza-se a Tabela 1 para conhecer as distâncias máximas admissíveis para cada bitola de fio
4) Conhecendo-se a potência da carga, utiliza-se a Tabela 2 para conhecer as distâncias máximas admissíveis para cada bitola de fio
5) Conhecendo-se a distância à carga, utilize a Tabela 3 para conhecer a corrente e potência máximas admissíveis na carga para cada bitola de fio
6) Conhecendo-se a distância à carga e a corrente, utilize a Tabela 4 para conhecer a queda de tensão e a tensão na carga para cada bitola de fio
7) Conhecendo-se a distância à carga e a potência utilize a Tabela 5 para conhecer a queda de tensão e a tensão na carga para cada bitola de fio
Dúvidas ou sugestões favor encaminhar para Marcio (pheliciar@hotmail.com)

Sheet 2: Exemplos

Exemplos de Utilização da Planilha
Exemplo 1:
Dimensionar a fiação para ligação de um motor de geladeira de 5A, 12V,
ligado a 2,5 metros do quadro de distribuição:
Passo 1: Parametrizar a planilha para tensão de trabalho de 12V e queda de tensão máxima de 2% (ramal de distribuição)
Passo 2: Usando a Tabela 1, entrar com a corrente de 5 amperes
Passo 3: Analisando a saída da tabela, verificamos que uma fiação de 2,5mm² será suficiente, pois suporta esta corrente até uma distância de 2,7 m.
Exemplo 2:
Dimensionar a fiação para um guincho elétrico de 75A a 12V, conectado diretamente na bateria
através de um condutor de 9 metros de comprimento:
Passo 1: Parametrizar a planilha para 12V e queda de tensão de 3%, já que o ramal é direto da bateria
Passo 2: Usando a Tabela 1, entrar com a corrente de 75 amperes
Passo 3: Analisando a tabela, verificamos a necessidade de uso de fio de 95mm², que suporta esta carga a uma distância de até 10 metros.
Notar que apesar do fio 16 suportar esta corrente, para termos uma queda de tensão de 3% especificada, a carga deveria estar a uma
distância máxima de 1,8 metros.
Exemplo 3:
Dimensionar a fiação para ligação de uma lâmpada de navegação de 25W (12V) localizada no topo do mastro e conectada ao
quadro de distribuição, com distância total de 19 metros na fiação.
Passo 1: Parametrizar a planilha para tensão de trabalho de 12V e queda de tensão máxima de 2% (ramal de distribuição)
Passo 2: Usando a Tabela 2, entrar com a potência de 25 Watts
Passo 3: Analisando a saída da tabela, verificamos que uma fiação de 10mm² será necessária. Esta fiação de bitola
tão elevada foi necessária para garantir a queda de apenas 2% em uma carga ligada a esta distância
Exemplo 4:
Possuindo uma fiação de 4mm² que vai desde o quadro de distribuição (12V) até o topo do mastro (19 metros), qual a carga
máxima que poderá ser conectada a este circuito garantindo a queda de tensão e segurança dentro das normas?
Passo 1: Parametrizar a planilha para tensão de trabalho de 12V e queda de tensão máxima de 2% (ramal de distribuição)
Passo 2: Usando a Tabela 3, entrar com a distância de 19 metros
Passo 3: Analisando a saída da tabela, verificamos que a corrente máxima aceitável será de 1,1 ampere,
o que permite a ligação de uma carga de até 12,6W (uma pequena lâmpada). Se a fiação fosse de 1,5 mm²
esta carga máxima se restringiria a 4,5W, praticamente inútil para qualquer aplicação prática, exceto um pequeno sensor, talvez
Exemplo 5:
Um barco possui em sua instalação elétrica, um guincho que drena 50 amperes ligado diretamente ao seu banco de baterias
através de uma fiação de 10mm² e a uma distância de 9,5 metros total no circuito. Esta fiação é suficiente para esta carga?
Passo 1: Parametrizar a planilha para uma tensão de 12V. A queda de tensão será um resultante do cálculo, portanto
é irrelevante a sua especificação
Passo 2: Usando a Tabela 4, entrar com a distância (12m) e com a corrente conhecidas (50A)
Passo 3: Analisando a saída da tabela, verificamos que para uma fiação de bitola 10mm², haverá uma
queda de tensão de 22,5% no circuito, provocando uma tensão na carga de apenas 9,3 Volts, insuficiente
portanto para o funcionamento do aparelho. A queda máxima recomendada neste caso seria de 3%.
Notar que a tabela suprime informações para fiações inferiores a 6 mm², já que estas
bitolas não possuem capacidade para suportar a carga de 50 amperes.
Exemplo 6:
Qual a fiação necessária para a ligação do barco a uma tomada de 127V no cais, assumindo que a distância
máxima entre a tomada do cais e as cargas no barco será de 20 metros. A potência máxima a ser ligada será de 1500 Watts.
Passo 1: Parametrizar a planilha para a tensão de 127 Volts e uma queda de tensão total de 4%.
Passo 2: Usando a Tabela 2, entrar com a potência de carga conhecida, 1500 W
Passo 3: Analisando a saída da tabela, verificamos que a fiação recomendada para esta distância de 20 metros é de
2,5mm² (suporta quase 24 metros nesta queda de tensão especificada (4%).
Outro método para a análise poderia ser utilizando a Tabela 5, entrando com a distância (20m) e a potência (1500W)
conhecidas. A tabela mostrará que com a utilização do fio de bitola 2,5mm² teremos uma queda de tensão de 3,3% na carga
o que ainda garantirá uma voltagem de 122,7 Volts nos equipamentos no extremo da fiação.

Sheet 3: Constantes

Bitola (mm2) 1.5 2.5 4 6 10 16 25 35 50 70 95 120 150 185 240 300
Queda de tensão (V/A.m) 34 18 12 7.6 4.5 2.7 1.7 1.2 0.96 0.67 0.48 0.38 0.31 0.25 0.19 0.15
Corrente máxima (A) 21 30 40 51 71 95 125 155 190 240 290 340 385 440 520 590

Comentários