Tabela Rolamento NSK

Tabela Rolamento NSK

(Parte 1 de 4)

Rolamentos para Indústria Siderúrgica

Os rolamentos NSK, estão presentes em todos os processos da Siderurgia:na redução, na laminação e no acabamento, contribuindo para a redução de custo e tempo de manutenção dos equipamentos siderúrgicos.

Novo material para aumentar a vida de fadiga

Exemplo de redução de tempo de manutenção Rolamentos com material Super TF (catálogo Nº 1203)

Rolamento bipartido para convertedor

Principais vantagens:

• É possível a troca do rolamento, sem que seja necessária a retirada da coroa dentada para o manuseio do conjunto;

• Significativa redução no tempo e custo da troca do rolamento;

• Rolamento projetado para alta capacidade, com anel de fixação e vedação em uma única peça.

CARACTERÍSTICAS 1.Vida longa em circunstâncias onde houver contaminação por impurezas; 2.Prolongamento da vida de fadiga; 3.Melhora na resistência ao desgaste e ao superaquecimento; 4.Estabilidade dimensional, mesmo quando submetido a altas temperaturas; 5.Resistência à alta temperatura de serviço.

Fig.1.Dados de campo do rolamento Super TF para cilindro de laminação

Mecanismo da vida longa sob condições de contaminação por impureza: Sob condições severas de contaminação, os lubrificantes são facilmente contaminados.Partículas metálicas produzem impressões nas superfícies de contato.Como mostrado na figura 2, tensões são concentradas ao redor destas impressões podendo provocar escamamento prematuro.A tecnologia TF é o único tratamento térmico (desenvolvido pela NSK), que tem como objetivo, a otimização do nível de austenita retida no rolamento, pois a austenita possui a propriedade de minimizar as concentrações de tensões, maximizando o valor de r/c.

Fig. 2.

c 2b E r E c Xo x / b

Perfil arbitrário de uma impressão

Po (Tensão no infinito)

2b:ponto da pista onde não há o contato 2c:largura da impressão de rebordo à rebordo

Po:pressão de contato sem impressão P:pressão de contato com impressão r:raio de curvatura da superfície de impressão E1,E2:módulo de elasticidade

Rebordo da impressão

Porcentagem de f alhas acum ulativ as %

Valor P/P o Vida de serviço

Além deste material, a NSK desenvolveu os novos materiais para longa vida: • Material Hi-TF;

• Aço ultra puro desgaseificado à vácuo;

• Material resistente a desgaste para lingotamento contínuo.

Fig. 4

Motor

Coroa dentada

Rolamento - lado acionamento Convertedor

Rolamento lado livre

Fig.3 Rolamento bipartido para convertedor

Rolamento convencional Rolamento super TF

Características:

• Aplicável em ambientes com água e poeira; • O óleo não contamina o ambiente onde o rolamento está sendo utilizado;

Rolamentos vedados com alta capacidade de carga para cilindros de laminação

NSK, a pioneira no mundo em rolamentos vedados, agora com os rolamentos vedados para cilindros de laminação com alta capacidade de carga.

A NSK está alterando a configuração de diversos rolamentos vedados: • Rolamentos para carros da sinterização;

• Unidade de rolamentos para rolos tensores;

• Rolamentos de rolos para lingotamento contínuo;

• Rolamentos para esteiras transportadoras;

• Rolamentos de rolos cilíndricos para roldana;

• Rolamentos para mesa de rolos.

A capacidade de carga é aumentada devido à nova gaiola e placas de vedação mais finas, proporcionando maior espaço para rolos maiores e mais longos.

A nova vedação e sua fixação permitem um manuseio mais fácil e minimizam o risco de danificação na vedação.

A nova vedação do furo previne a pressão negativa que provoca a entrada de água e o novo desenho facilita a instalação e remoção.

Nos rolamentos vedados para pescoço do cilindro de laminação, a pressão negativa no interior do rolamento, devido à variação de temperatura do ar, influencia na entrada de água no mesmo.A nova vedação do furo, previne contra a ação da pressão negativa, o que reduz, e muito, a entrada de água, aumentando a vida da graxa.

0 Rotação m áxima press ão negativ a tempo tempo tempo

Pressão atmosféricaPress ã o negativ

Temperatura do rolamento (temperatura interna do ar)

Pressão interna do rolamento x tempo

Fig.6.Representação da pressão interna negativa durante a operação do rolamento na laminação.

(Parte 1 de 4)

Comentários