Tabela de aluminio

Tabela de aluminio

(Parte 1 de 3)

Ligas de alumínio - Propriedades

Marcelo F. Moreira

1 Propriedades típicas e algumas aplicações das ligas de alumínio conformadas

Características de soldagem

Liga / tratamento Limite de resistência [MPa]

Limite de escoamento [MPa]

Alongamento em 50mm [%]

Resistência à corrosão (geral)

Conformação a frio Usinagem

Brasagem MIG TIG Ponto

Aplicações e observações

10-O 90 34 45 A A E A A A B 10-H14 124 117 20 A A D A A A A

Alumínio comercialmente puro altamente resistente à corrosão em e fácil de ser conformado e soldado.

1060-O 69 - - - - - - - - - 1060-H18 131 - - - - - - - - -

A liga 1060-O é a liga de menor dureza disponível no mercado. É empregada em cabos elétricos, trocadores de calor e tubos para isolamento de cabos.

1350-O 83 28 - A A E A A A B 1350-H19 186 165 - - - - - - - -

A liga 1350 foi desenvolvida especialmente para a fabricação de condutores elétrico.

2219-O 172 76 - - - - D D A B 2219-T87 476 393 - D D B D A A A

A liga 2219 é empregada em criogênia, e apresenta boa soldabilidade.

2011-T3 379 296 15 D C A D D D D 2011-T8 407 310 12 D D A D D D D

Parafusos usinados; componentes usinados para automóveis e eletrônicos.

2024-O 186 76 2 - - D D D D D 2024-T351 469 324 19 D C B D C B B

A liga 2024 é largamente empregada em componentes estruturais de aeronaves. Poder ser soldada por meio de solda-ponto.

2014-o 186 97 18 - - D D D D B 2014-T4 427 290 20 D C B D D B B 2014-T6 483 414 13 D D B D D B B

Aplicada em componentes estruturais de aeronaves e caminhões, pistões e componentes de máquinas.

3003-O 110 41 40 A A E A A A B 3003-H12 131 124 20 A A E A A A A 3003-H16 179 172 14 A C D A A A A 3004-O 179 69 25 A A D B A A B 3004-H38 283 248 6 A C C B A A A

A liga 3003 apresenta excelente resistência a corrosão, elevada ductilidade e soldabilidade. É largamente empregada em equipamentos da indústria química, condensadores, trocadores de calor e vasos de pressão.

3105-O 117 5 - A A E A A A B 3105-H14 172 152 - A B D A A A A 3105-H18 214 193 - A C D A A A A

atmosférica

Revestimento para residências e edifícios, carroçaria de caminhões e “trailers”, componentes automotivos, equipamentos médicos e componentes sujeitos á corrosão

1- Alongamento obtido em corpo-de-prova com ∅ 13 m 2- Classificação qualitativa de resistência à corrosão – A e B podem ser submetidos a atmosferas industriais e marinhas sem proteção e C, D e E devem ser protegidas. As letras representam ordem decrescente de resistência à corrosão A é a melhor. 3- Classificação qualitativa de conformação mecânica (“trabalhabilidade”) e “usinabilidade” em ordem decrescente, A é a melhor. 4- Classificação qualitativa das características de soldagem: A- normalmente soldável pelos procedimentos e métodos convencionais; B- soldável com técnicas especiais em que aplicações específicas requerem ensaios preliminares para o desenvolvimento do procedimento de soldagem; C- Soldagem limitada pela ocorrência de trincas, queda na resistência mecânica ou resistência à corrosão; D- não soldável ou não possui métodos de soldagem desenvolvidos.

Ligas de alumínio - Propriedades

Marcelo F. Moreira

5005-O 124 - - - - - - - - - 5005-H34 159 138 - A B D B A A A 5052-O 193 90 30 A A D C A A B 5052-H34 262 214 14 A B D B A A A 5056-0 290 152 35 A A D D C A B 5056-H18 434 407 10 A C C D C A A

As ligas da série 5xxx foram desenvolvidas para componentes resistentes á corrosão em meio marinho. São conhecidas como ligas para uso naval “marine alloys” ou como alumínio naval.

5083-O 290 145 2 A B D D C A B 5083-H321 317 228 16 A C D D C A A 5086-H32 290 207 - A B D D C A A 5086-H34 324 255 - A B C D C A A 5086-H112 269 131 - A B D D C A A

Componentes submetidos a atmosferas marinhas, diversos tipos de equipamentos soldados. Tanques e vasos de pressão empregados até 65ºC. diversas aplicações criogênicas, uso estrutural em torres de TV, equipamentos para transporte (corpo de vagões ferroviários caminhões) e componentes de mísseis.

5454-O 248 117 - A A D D C A B 5454-H32 276 207 - A B D D C A A 5454-H34 303 241 - A B C D C A A 5454-H112 248 124 - A B D D C A A

Aplicada em todos os tipos de equipamentos soldados, tanques e vasos de pressão. Uso em equipamentos de transporte (caminhões tanques) e na indústria química

(vasos de pressão e tanques para HO )

5456-H321 352 255 16 A C D D C A A Componentes soldados, vasos de pressão e tanques.

temperaturas de até 65ºC

Componentes submetidos a atmosferas marinhas. Uso em

5657-H25 159 138 - A B D B A A A Componentes submetidos á anodização ou recobrimento.

6061-0 124 5 30 B A D A A A B 6061-T4 241 145 25 B B C A A A A 6061-T6 310 276 17 B C C A A A A

Apresenta boa conformação, resistência à corrosão e características de soldagem. Aplicada emcomponentes estruturais e soldados em caminhões, vagões ferroviários, utensílios agrícolas, diversos componentes automotivos e aeronáuticos.

6063-O 90 - - - - - - - - - 6063-T5 186 145 - A B C A A A A 6063-T6 241 214 - A C C A A A A 6066-O 152 - - - - - - - - - 6066-T6 393 - - - - - - - - -

A liga 6063 é a liga mais empregada em perfis extrudados. Ela pode ser tratada termicamente, apresenta boa resistência a corrosão e apresenta bom acabamento superficial após extrusão.

7050-T735 490 - - - - - - - - - 7050-T765 552 490 1 C D B D D D B 7060-T651 552 - - - - - - - - - 7075-O 221 97 - - B D D D C D 7075-T6 572 503 1 C D B D D D B 7178-O 228 - - - - - - - - - 7178-T6 607 - - - - - - - - -

As ligas da série 7xxx são empregadas em componentes estruturais aeronáuticos de elevada resistência. Sua resistência mecânica no estado fabricado (O) facilita as operações de conformação e fabricação. Após os tratamentos térmicos, a resistência mecânica é superior a dos aços baixo-carbono e aços inoxidáveis.

Ligas de alumínio - Propriedades

Marcelo F. Moreira

(Parte 1 de 3)

Comentários