O processo de soldagem TIG é um processo de soldagem a arco elétrico que utiliza um arco entre um eletrodo não consumível de tungstênio e a poça de soldagem.

  • O processo de soldagem TIG é um processo de soldagem a arco elétrico que utiliza um arco entre um eletrodo não consumível de tungstênio e a poça de soldagem.

  • No processo, pode-se utilizar adição ou não (solda autógena), e seu grande desenvolvimento deu-se devido à necessidade de disponibilidade de processos eficientes de soldagem para materiais difíceis, como o alumínio e magnésio, notadamente na indústria da aviação no começo da Segunda grande guerra mundial.

Conforme pode-se notar pela figura abaixo, a poça de soldagem, o eletrodo e parte do cordão são protegidos através do gás de proteção que é soprado pelo bocal da tocha.

  • Conforme pode-se notar pela figura abaixo, a poça de soldagem, o eletrodo e parte do cordão são protegidos através do gás de proteção que é soprado pelo bocal da tocha.

Funciona através do eletrodo de tungstênio ( ou liga de tungstênio ) preso a uma tocha. Por essa mesma tocha é alimentado o gás que irá proteger a soldagem contra a contaminação da atmosfera. O arco elétrico é criado pela passagem de corrente elétrica pelo gás de proteção ionizado estabelecendo-se o arco entre a ponta do eletrodo e a peça. Em termos básicos, os componentes são :

  • Funciona através do eletrodo de tungstênio ( ou liga de tungstênio ) preso a uma tocha. Por essa mesma tocha é alimentado o gás que irá proteger a soldagem contra a contaminação da atmosfera. O arco elétrico é criado pela passagem de corrente elétrica pelo gás de proteção ionizado estabelecendo-se o arco entre a ponta do eletrodo e a peça. Em termos básicos, os componentes são :

  • Tocha;

  • Eletrodo;

  • Fonte de Potência;

  • Gás de Proteção

  • Processo de Soldadura por Fusão que utiliza a energia Elétrica

  • Neste processo o cordão de soldadura é obtido de duas maneiras:

  • Só pela fusão do material base (juntas sobrepostas e de ângulo exterior, espessuras finas).

  • Adição de material, através da utilização de uma vareta e fusão do material base.

As variáveis para a qualificação do procedimento de soldagem, segundo a norma ASME – secção IX, são:

  • As variáveis para a qualificação do procedimento de soldagem, segundo a norma ASME – secção IX, são:

  • Metal-base;

  • Metal de adição;

  • Preaquecimento ;

  • Tipo de gás de proteção;

  • Tipo de junta;

  • Posições de soldagem;

  • Características elétricas ;

  • Técnicas de soldagem.

Eletrodos de Tungstênio Puro:

  • Eletrodos de Tungstênio Puro:

  • Os eletrodos de tungstênio puro ( EWP ) possuem, no mínimo, 99,5 % de W e tem uma capacidade de corrente inferior que os eletrodos de liga de tungstênio. Entretanto, são muito utilizados em soldagem com CA, pois mantém uma extremidade limpa e arredondada, que provê boa estabilidade ao arco neste processo.

As fontes usadas nos processos TIG são do tipo Corrente Constante, pois. uma vez sendo um processo tipicamente manual, ao haver variação no comprimento do arco e conseqüentemente na tensão, a variação na corrente (que controla a aposição de calor no processo) será mínima. Esta energia necessária pode ser fornecida, AC ou CC, tanto por fontes de transformadores/retificadores, quanto por geradores.

  • As fontes usadas nos processos TIG são do tipo Corrente Constante, pois. uma vez sendo um processo tipicamente manual, ao haver variação no comprimento do arco e conseqüentemente na tensão, a variação na corrente (que controla a aposição de calor no processo) será mínima. Esta energia necessária pode ser fornecida, AC ou CC, tanto por fontes de transformadores/retificadores, quanto por geradores.

Os tipos mais comuns de gases são o argônio e o hélio e as misturas entre estes, utilizadas em aplicações especiais, além de misturas com hidrogênio e nitrogênio. O argônio utilizado em processos de soldagem normalmente possui uma pureza de 99,95 %,sendo aceitável para a maioria dos metais, excetuando-se aqueles reativos ou refratários.

  • Os tipos mais comuns de gases são o argônio e o hélio e as misturas entre estes, utilizadas em aplicações especiais, além de misturas com hidrogênio e nitrogênio. O argônio utilizado em processos de soldagem normalmente possui uma pureza de 99,95 %,sendo aceitável para a maioria dos metais, excetuando-se aqueles reativos ou refratários.

O argônio é mais utilizado que o hélio no processo devido às seguintes características :

  • O argônio é mais utilizado que o hélio no processo devido às seguintes características :

  • Possibilita arco mais suave;

  • Penetração reduzida;

  • Ação de limpeza quando da soldagem de alumínio ou magnésio;

  • Baixo custo e alta disponibilidade;

  • Boa proteção com baixos fluxos;

  • Maior resistência a ventos cruzados;

  • Melhor partida do arco.

  • A menor penetração é particularmente útil na soldagem de materiais finos ou soldagens verticais ou sobre cabeça.

O Hélio transmite maior calor para uma mesma corrente e tensão que o argônio e, portanto, é particularmente importante na soldagem de peças espessas ou materiais com alta condutividade térmica como o cobre. Características intermediárias podem ser obtidas através da mistura dos dois gases.

  • O Hélio transmite maior calor para uma mesma corrente e tensão que o argônio e, portanto, é particularmente importante na soldagem de peças espessas ou materiais com alta condutividade térmica como o cobre. Características intermediárias podem ser obtidas através da mistura dos dois gases.

Em relação ao arco, as características dos gases são definidas pela sua curva tensão corrente, como a da figura abaixo

  • Em relação ao arco, as características dos gases são definidas pela sua curva tensão corrente, como a da figura abaixo

Os metais de adição em solda TIG, quando utilizados, devem ser similares ao metal e base, mas não necessariamente idênticos.

  • Os metais de adição em solda TIG, quando utilizados, devem ser similares ao metal e base, mas não necessariamente idênticos.

  • A alimentação do arame que servirá de adição à solda nos processo automatizados ou mecanizados pode ser feita tanto à temperatura ambiente quanto pré-aquecida, sendo estes processos designados como arame frio e arame quente, respectivamente.

Utilização de uma fonte de alta freqüência;

  • Utilização de uma fonte de alta freqüência;

  • Partida pulsada;

  • Partida através de arco piloto.

  • Solda todos os metais

  • Bom Controle da Penetração

  • Usa AC e DC (em função do material)

  • Solda em Todas as Posições

  • Boa Acessibilidade, Automatização

  • Baixos Níveis de Hidrogênio

  • Sem Escória

Comprimento fixo do Consumível (máx. 1000 mm, em vareta)

  • Comprimento fixo do Consumível (máx. 1000 mm, em vareta)

  • Baixo Rendimento ≤0,5 Kg/h

  • Fator de marcha ≤30%

  • Limitado a espessuras de10 mm

  • Risco de Inclusões de tungsténio

  • Boa Competência do Soldador

  • Grande sensibilidade às correntes de ar

  • Custos dos Gases de Proteção

AÇOS CARBONO E DE BAIXA LIGA;

  • AÇOS CARBONO E DE BAIXA LIGA;

  • AÇOS INOXIDÁVEIS E LIGAS REFRATÁRIAS;

  • LIGAS DE ALUMÍNIO;

  • LIGAS DE MAGNÉSIO;

  • BERÍLIO;

  • LIGAS DE COBRE;

  • LIGAS DE NÍQUEL;

  • METAIS REFRATÁRIOS E REATIVOS;

  • FERRO FUNDIDO.

Usar sistematicamente o equipamento de proteção individual;

  • Usar sistematicamente o equipamento de proteção individual;

  • Cuidados na manipulação de cilindros pressurizados;

  • Evitar a aspiração de Gases tóxicos associados ao processo (ozônio, dióxido de nitrogênio, etc.), gases inertes de proteção ou fumos metálicos;

  • Proteger-se da energia radiante, especialmente na pele e olhos (cuidados especialmente com UV, inclusive refletido pelas paredes);

  • Proteger-se de choques elétricos.

  • Evitar a aspiração de partículas radioativas quando da preparação de eletrodos com

  • adição de Tório.

http://www.infosolda.com.br/download/61dpb.pdf;

  • http://www.infosolda.com.br/download/61dpb.pdf;

  • http://termo.furg.br/ArteNaval/Apres/ArtNav05b.pdf;

  • ESAB - http://www.esab.com.br;

  • Soldor - http://www.soldor.com.br;

  • Lincoln Eletric - http://www.lincolneletric.com.

Comentários