Posicionamento Radiologico Membro Inferior

Posicionamento Radiologico Membro Inferior

(Parte 1 de 4)

Prof: Leandro V. Pavanate CRTR:0413

Posicionamento

Radiológico dos Membros Inferiores

Prof: Leandro V. Pavanate CRTR:0413

Incidência de Dedos do Pé

•Posições Basicas: • AP

•Obliqua

• lateral

•Fatores Técnicos

•.Tamanho do filme -18 x 24 cm ou 13 x 18 cm, em sentido transversal

•. Dividir em Dois, no sentido transversal

•Fatores Técnicos

•.Tamanho do filme -18 x 24 cm ou 13 x 18 cm, em sentido transversal

•. Dividir em Dois, no sentido transversal

Posição AP

•Proteção Colocar escudo de chumbo sobre a região pélvica para proteger as gônadas.

•Posição do Paciente Realizar a radiografia com o paciente em decúbito dorsal ou sentado na mesa de exame; o joelho deve estar flexionado com a superfície plantar do pérepousando no chassi.

•Posição da Parte Centralizar e alinhar o eixo longitudinal dos dedo(s) com o RC e o eixo longitudinal da porção do chassi que vai ser exposta. Assegurar que as articulações MFsdos dedos em questão estão centralizadas com o RC

•Raio Central RC com ângulo de 10 a 15°em direção ao calcâneo (RC perpendicular às falanges ). (Angulação Caudal) Se uma cunha com inclinação de 15°for colocada sob o pépara alinhar em paralelo àparte e ao filme, então o RC estáperpendicular ao chassi Centralizar o RC com as articulações metatarsofalangianas (MF) em questão.

•DFOFI minima100 cm

•Colimação Colimar os quatro lados com a área de interesse. Nas margens laterais incluir, no mínimo, parte dos dedos em cada lado dos) dedos em questão.

Posição Obliqua

•ProteçãoColocar escudo de chumbo sobre a região pélvica para proteger as gônadas.

•Posição do Paciente:Realizar a radiografia com o paciente em decúbito dorsal ou sentado na mesa de exame; o joelho deve estar flexiona-do com a superfície plantar repousando sobre o chassi.

•Posição da Parte

•Centralizar e alinhar o eixo longitudinal does) dedo(s) com o RC e como eixo longitudinal da porção do chassi que vai ser exposta.

•Assegurar que as articulações MFsdos dedos em questão estejam centralizadas com o

RC, Rodar a perna e o pémedialmente, a 30-45°Usar um apoio radiotransparentea 45°sob a porção elevada do pépara impedir movimentos.

•Raio Central RC perpendicular ao chassi, direcionado para a(s) articulação(ães) MF(s) em questão.

•ColimaçãoColimar os quatro lados com a área de interesse para incluir as falanges e pelo menos

•a metade dista! dos metatarsos. Nas margens laterais incluir no mínimo parte de um dedo de cada

•lado do dedo em questão.

Posição Lateral

•Proteção Colocar escudo de chumbo sobre a região pélvica para proteger as gônadas

•Posição do Paciente e da Parte: Rodar a perna e o péafetados medialmente (Iáteromedial) para o primeiro, segundo e terceiro dedos e lateralmente (médio-lateral) para o quarto e quinto dedos.

•Ajustar o chassi com o centro e alinhar o eixo longitudinal do Dedo em questão com o RC e com o eixo longitudinal da porção do chassi que estásendo exposta.

•Assegurar que a articulação IF ou a articulação IFP em questão esteja centralizada com o Rc. Usar fita crepe, ataduras ou abaixador de língua para flexionar e separar os dedos não-etadosde modo a evitar a sobreposição.

•Raio Central :RC perpendicular ao chassi.

•RC direcionado para a articulação interfalangiana para o primeiro dedo e

•para a articulação interfalangiana proximal para o segundo ao quinto dedos

•DFoFi mínima de 40 polegadas (100 cm)

•Raio Central :RC perpendicular ao chassi.

•RC direcionado para a articulação interfalangiana para o primeiro dedo e para a articulação interfalangiana proximal para o segundo ao quinto dedos

•DFoFi mínima(100 cm)

•Colimação Colimação fechada nos quatro lados ao e do afetado

•Posições Basicas: • AP

•Oblíqua

• Lateral

•Posicionamento AP

•Fatores Técnicos: Tamanho do filme -24 x 30 cm (em sentido longitudinal, Dividir ao meio para AP e oblíqua

(Parte 1 de 4)

Comentários