Manual de praticas farmaceuticas

Manual de praticas farmaceuticas

(Parte 4 de 8)

Laxativos e Purgativos

Conceito – são medicamentos que facilitam a eliminação das fezes através de mecanismos variados. São os medicamentos somente variando a dosagem, ou seja, os purgativos são laxantes em maior quantidade.

Mecanismo de ação: aumentam o peristaltismo intestinal – Dulcolax, Gutalax e Laxol.

Lubrificam e estimulam a contração do reto – Sup. De Glicelina

Aumentam o volume do bolo fecal – Fleet enema

Antiflatulentos

Conceito – são medicamentos utilizados para eliminação de gases formados pelo trato gastrointestinal. Os gases são formados normalmente no processo de digestão dos alimentos. Em alguns casos, há formação exagerada de gases devido a problemas associados à alimentação errada, mal funcionamento do estômago e intestinos e, ainda, mastigação incorreta dos alimentos. Ex. Dimeticona

Antiespasmódicos

Conceito – são medicamentos utilizados para diminuir a freqüência e a força de contração da musculatura lisa, aliviando assim a dor. Ex. Buscopan e Atroveran

Comentários: Espasmos são contrações involuntárias da musculatura lisa (estômago, intestino, útero e bexiga)

Rehidratantes Orais

Conceito – são substâncias utilizadas para repor rapidamente água e sais minerais essenciais ao organismo, que passam por processo de desidratação. Ex. Pedialyte, Rehidrat e soro caseiro.

Hepatoprotetores

Conceito - são medicamentos utilizados para a proteção das células do fígado e contribuem para o equilíbrio funcional do mesmo.

Modo de ação: de maneira simplificada, os hepatoprotetores são substâncias ricas em aminoácidos que são usados pelo fígado na produção de enzimas que irão degradar o álcool e as gorduras ingeridas. São exemplos de hepatoprotetores:

Epocler: Associação de vit. B6 (piridoxina) e aminoácidos

Metiocolin, Xantinon: Vit. B2 e aminoácidos

Eparema:, Cáscara sagrada, Boldo: São colagogos (promovem a excreção da bile armazenada na vesícula biliar) e coleréticos (estimulam a produção da bile pelo fígado)

Antimicóticos e Fungicidas

Conceito – são medicamentos usados no combate a infecções causadas por fungos. Esses medicamentos são amplamente utilizados na clínica humana e veterinária.

Anti-Séptico

Conceito – são substâncias utilizadas para destruir ou inibir o crescimento de microorganismos. São aplicadas principalmente na pele ou nas mucosas. Podem ser para:

Higiene Bucal: Cepacol, Flogoral, Listerine e etc.

Higiene Ocular: Água boricada, Colírios como Leri, Lavoolho

Higiene da Pele: Dermacyd, Proderm, Água Oxigenada.

Anti-Seborréicos

Conceito – são medicamentos destinados a diminuir o acúmulo de gorduras (oleosidade) da pele e do couro cabeludo. São exemplos:

Acne-aid wash, Salisoap sabonete e Dermotivin sabonete (para remover a oleosidade da pele), Denorex, Selsun azul, Polytar etc (para o couro cabeludo).

Comentários: AAS: Limpa e descama

Selênio: Antifúngico

Enxofre: Diminui a Oleosidade

Pediculicidas

Conceito – são substâncias utilizadas no tratamento da infestação parasitária da pele causada pelo o piolho, que pode ocorrer na cabeça, no corpo e na região genital. São exemplos de pediculicidas:

Específico para a cabeça: Kwell, Toppyc

Específico para o corpo e região genital: Arcasan sabonete e Miticoçan sabonete.

Descongestionantes

Conceito – o descongestionante alivia a congestão nasal, diminui a coriza e ressaca a mucosa nasal.

Comentários: O uso prolongado pode provocar inchaço, que é o efeito contrário do desejado, além do ressecamento da mucosa nasal. Não usar por mais de 5 dias consecutivos.

Testes e Diagnósticos

Conceito – são substâncias usadas para examinar o organismo quanto ao desempenho de suas funções. Normalmente, são usados para detectar alterações no organismo. Ex. Predictor e Glicofita.

Vitaminas

Conceito- são substâncias essenciais para o bom funcionamento do organismo. Em geral, são obtidas através de uma dieta alimentar adequada e são necessárias em pequenas quantidades. Alguns produtos apresentam apenas uma ou várias vitaminas associadas. A falta de vitaminas no organismo pode resultar de dietas inadequadas devido à pobreza, ignorância, tabus alimentares, dentição insatisfatória, má absorção alimentar, necessidade aumentada como em mulheres grávidas, lactação, crescimento e certas doenças como o raquitismo.

Comentários: O uso abusivo, além de ser caro, pode levar a manifestações tóxicas e a reações adversas que são específicas para cada vitamina.

VIT. A – Pele, Cabelo, Visão

VIT. B – Musculatura e Nervos, além de participar na formação das hemácias

VIT. C – Radicais Livres e Imunidade

VIT. D – Absorção de Cálcio

VIT. E – Radicais Livres e Fertilidade

VIT. KI – Coagulação

Anti-Anêmicos

Conceitos – São medicamentos usados no combate à anemia. No caso específico da anemia ferropriva, estes medicamentos suprem a carência de ferro no organismo (sulfato ferroso).

Algumas causas da deficiência de ferro: Absorção deficiente, aumento da necessidade (gravidez, lactação e crescimento) e perdas (hemorragias e verminoses ).

Comentários: No sangue existem células chamadas hemácias, entre outras. No interior das hemácias existe uma substância chamada hemoglobina, no qual o ferro é indispensável à sua formação. A principal função da hemoglobina é o transporte de oxigênio para as células do nosso corpo. O ferro é obtido através da dieta alimentar balanceada, pois não é produzido pelo nosso organismo. Portanto, a sua deficiência causa a anemia do tipo ferropriva. Existem ainda outros tipos de anemia, causadas pela deficiência de vit. B12 ou ácido fólico (anemia megaloblástica) e por fatores hereditários (anemia falciforme).

Antibióticos

Conceito – são compostos químicos produzidos por seres vivos e modificados quimicamente em laboratórios, sendo capazes de inibir ou destruir as bactérias.

Comentários: Infecção é a agressão causada por um microorganismo, geralmente bactérias e fungos, ao nosso organismo. O uso de antibióticos prejudica a flora intestinal, podendo causar diarréia. Infecções causadas por BACTÉRIAS GRM POSITIVAS são mais comuns no sistema respiratório e as causadas por GRAM NEGATIVAS, no sistema urinário.

Antiinflamatórios

Conceito – são medicamentos utilizados para amenizar sintomas como febre, dores e edemas decorrentes de uma agressão ao organismo. Existem, basicamente, duas classes de antiinflamatórios:

ESTEROIDAIS – Cortisonas (dexametasona, Hidrocortisona etc)

NÃO-ESTEROIDAIS – Cataflan, Piroxican etc.

Corticosteróides

Conceito – o cortisol ou hidrocortisona é o principal corticóide (hormônio) produzido pelo organismo. Ele serve para a síntese de outros corticóides mais potentes. A ação antiinflamatória do corticóide se deve ao fato deste impedir a produção de substâncias mediadoras da inflamação. Os corticóides prejudicam o processo de cicatrização do organismo, visto que este está intimamente ligado ao processo inflamatório.

Antialérgicos

Conceito – são medicamentos usados principalmente para o controle de certas afecções de fundo alérgico.

Comentários: Os antialérgicos podem pertencer a uma das seguintes classes de medicamentos: anti-histamínicos, glicocorticóides e outros fármacos como a epinefrina e a pseudoepinefrina.

O cloridato de fexofenadina é o único anti-histamínico não sedativo, pois o mesmo não atravessa a barreira hemato-encefálica.

Antidiarréicos

Conceito – a diarréia é a eliminação das fezes numa consistência mais líquida. Os antidiarréticos são medicamentos usados no tratamento da diarréia resultante de infecções, ingestão de alimentos estragados, alergias etc.

Comentários: Kaomagma – recupera a consistência do bolo fecal

Floratil – recupera a flora intestinal

(Parte 4 de 8)

Comentários