- Mateus Marcos Lucas João
Prólogo - 1.1 1,1-4 1,1-18
INFÂNCIA DE JESUS E DE JOÃO BAPTISTA
Genealogia de Jesus 1,1-17 - [3,23-38] -
Anúncio do nascimento de João Baptista - - 1,5-25 -
Anunciação do anjo Gabriel a Maria - - 1,26-38 -
Visita de Maria a Isabel - - 1,39-56 -
Nascimento de João Baptista - - 1,57-58 -
Circuncisão de João Baptista - - 1,59-80 -
José toma conhecimento da conceição virginal de Jesus 1,18-25 - - -
Nascimento de Jesus - - 2,1-20 -
Circuncisão de Jesus - - 2.21 -
Apresentação de Jesus no Templo - - 2,22-38 -
Visita dos Magos do Oriente 2,1-12 - - -
Fuga para o Egipto 2,13-15 - - -
Matança dos inocentes 2,16-18 - - -
Saída do Egipto e ida para Nazaré 2,19-23 - 2.39 -
Vida oculta de Jesus, em Nazaré - - 2.4 -
Jesus entre os doutores da Lei, aos doze anos - - 2,41-51 -
Continuação da vida oculta de Jesus - - 2.52 -
VIDA PÚBLICA DE JESUS
Vocação profética de João Baptista - - 3,1-2 -
Pregação de João Baptista 3,1-12 1,2-8 3,3-18 [1,6-7.19-28]
Baptismo de Jesus 3,13-17 1,9-11 3,21-22 [1,29-34]
Genealogia de Jesus [1,1-17] - 3,23-38 -
Jesus tentado no Deserto 4,1-11 1,12-13 4,1-13 -
Testemunho de João Baptista [3,3.11-12] [1,2-3.7-8] [3,4.15-18] 1, 19-28
João aponta o Messias [3,16-17] [1,10-11] [3,21-22] 1, 29-34
Primeiros discípulos de Jesus e regresso à Galileia - - - 1,35-51
Bodas de Caná - - - 2,1-11
Jesus vai habitar em Cafarnaum - - - 2.12
Primeira expulsão dos vendilhões do Templo [21,12-17] [11,15-19] [19,45-48] 2,13-25
[26,61] [14,58]
Encontro com Nicodemos - - - 3,1-21
Último testemunho de João - - - 3,22-36
Prisão de João Baptista -14.3 -6.17 (3,19-20) -
4,12a 1,14a
Encontro com a samaritana - - - 4,1-43
Jesus recebido na Galileia mas recusado em Nazaré 4,12b-13a [6,1-6a] 4, 14-30 4,44-45
[13,54-58]
Cura do filho de um funcionário, em Caná [8,5-13] - [7,1-10] 4,46-54
[13,28-29]
Jesus estabelece-se em Cafarnaum 4,12b-17 1,14b-15 - -
Chamamento dos quatro primeiros discípulos, junto ao lago 4,18-22 1,16-20 [5,1-11] -
Cura de um possesso na sinagoga de Cafarnaum [7,28-29] 1,21-28 4,31-37 -
Cura da sogra de Pedro (8,14-15 1,29-31 4,38-39 -
Curas ao entardecer 8,16-17) 1,32-34 4,40-41 -
Jesus deixa Cafarnaum - 1,35-38 4,42-43 -
Jesus prega em várias regiões 4,23-25 1.39 4.44 -
[3,7b-8] [6,17b-18]
Pesca milagrosa [4,18-20] [1,16-18] 5,1-11 [21,1-23]
Cura de um leproso (8,2-4) 1,40-45 5,12-16 -
Cura de um paralítico de Cafarnaum (9,1-8 2,1-12 5,17-26 -
Vocação de Mateus Levi 9,9-13 2,13-17 5,27-32 -
O jejum, o velho e o novo 9,14-17) 2,18-22 5,33-39 -
As espigas arrancadas (12,1-8 2,23-28 6,1-5 -
Cura de uma mão seca 12,9-14 3,1-6 6,6-11 -
As multidões junto ao lago 12,15-21) 3,7-12 [6,17-19] -
[4,23-25]
Subida à montanha e escolha dos Doze Apóstolos 5.1 3,13-19 6,12-16 -
[10,1-4]
Sermão da Montanha 5-Jul - 6,20-49 -
As multidões seguem Jesus [4,23-25] [3,7-12] 6,17-19 -
Bem-aventuranças 5,1b-12 - 6,20-23 -
Maldições - - 6,24-26 -
Sal da terra 5.13 [9,50] [14,34-35] -
Luz do mundo 5,14-16 [4,21] [8,16] -
[11,33]
Perfeição da Lei 5,17-20 - - -
Morte, ofensas e reconciliação 5,21-26 - [12,57-59] -
Adultério, maus desejos e escândalo 5,27-30 [9,43.47-48] - -
[18,8-9]
Contra o divórcio 5,31-32 [10,11-12] [16,18] -
[19,9]
Contra o juramento 5,33-37 - - -
Amar os inimigos 5,38-48 - 6,27-36 -
[7,12]
Esmola e oração em segredo 6,1-8 - - -
Pai-Nosso e perdão das ofensas 6,9-15 [11,25] [11,2-4] -
Jejum em segredo 6,16-18 - - -
Os verdadeiros tesouros 6,19-21 - [12,33-34] -
Parábola da lâmpada do corpo 6,22-23 - [11,34-36] -
Não servir dois senhores 6.24 - [16,13] -
Contra as preocupações deste mundo 6,25-34 - [12,22-31] -
Não julgar ninguém 7,1-5 [4,24] 6,37-42 -
[15,14]
[10,24-25]
Não profanar as coisas santas 7.6 - - -
Oração atendida 7,7-12 - [11,9-13] -
[6,31]
Entrar pela porta estreita 7,13-14 - [13,23-24] -
Os falsos profetas 7,15-20 - 6,43-45 -
[3,10]
[12,33-35]
Necessidade da prática 7,21-23 - 6.46 -
[13,26-27]
Construir sobre a rocha 7,24-27 - 6,47-49 -
Fim do Sermão da Montanha e admiração da multidão 7,28-29; 8,1 - 7,1a -
Cura do servo do centurião de Cafarnaum 8,5-13 - 7,1-10 [4,46-53]
[13,28-29]
Ressurreição do filho da viúva de Naim - - 7,11-17 -
Resposta a João Baptista (11,2-6 - 7,18-23 -
Elogio de João Baptista 11,7-15 - 7,24-28 -
Julgamento de Jesus sobre a sua geração 11,16-19 - 7,29-35 -
Maldição das cidades do lago 11,20-24 - [10,13-15] -
[10,15] [10,12]
O Evangelho revelado aos simples 11,25-27 - [10,21-22] -
Jesus manso e humilde 11,28-30) - - -
Cura do paralítico da piscina de Betesda - - - 5
A pecadora arrependida - - 7,36-50 -
Mulheres que acompanham Jesus - - 8,1-3 -
Os parentes de Jesus procuram-no - 3,20-21 - -
Cura de um possesso cego e mudo (12,22-23 - [11,14] -
[9,32-33]
Jesus e Belzebu 12,24-30 3,22-27 [11,15-23] -
[9,40]
Blasfémia contra o Espírito Santo 12,31-32 3,28-30 [12,10] -
Árvore boa e fruto bom 12,33-37 - [6,44-45] -
[7,16-17]
O sinal de Jonas e a rainha do Sul 12,38-42 [18,11-12] [11,16.29-32] -
[16,1-2.4]
Volta do espírito impuro 12,43-45 - [11,24-26] -
Quem são os verdadeiros parentes de Jesus 12,46-50 3,31-35 (8,19-21) -
Sermão das Parábolas 13 4,1-34 8,4-18 -
Introdução às parábolas 13,1-3 4,1-2 8.4 -
Parábola do semeador 13,3-9 4,3-9 8,5-8 -
O porquê das parábolas 13,10-15 4,10-12 8,9-10 -
[4,25] [9,18]
Felicidade dos discípulos 13,16-17 - [10,23-24] -
Explicação da parábola do semeador 13,18-23 4,13-20 8,11-15 -
Parábola da lâmpada [5,15] 4,21-25 8,16-18 -
[10,26] [11,33]
[7,2] [12,2]
[13,12] [6,38]
[25,29] [19,26]
Parábola da semente que cresce por si - 4,26-29 - -
Parábola da boa semente e do joio 13,24-30 - - -
Parábola do grão de mostarda 13,31-32 4,30-32 [13,18-19] -
Parábola do fermento 13.33 - [13,20-21] -
Primeira conclusão das parábolas 13,34-35 4,33-34 - -
Explicação da parábola do joio 13,36-43 - - -
Parábola do tesouro, da pérola e da rede 13,44-50 - - -
Segunda conclusão das parábolas 13,51-53) - - -
Condições para seguir Jesus 8,18-22 - [9,57-60] -
A tempestade acalmada 8,23-27 4,35-41 8,22-25 -
O(s) possesso(s) de Gerasa 8,28-34 5,1-20 8,26-39 -
Cura da hemorroíssa e ressurreição da filha de Jairo 9,18-26 5,21-43 8,40-56 -
Cura de dois cegos 9,27-31 [1,44-45] - -
[20,29-34]
Cura de um possesso mudo 9,32-34 [3,22] [11,14-15] -
[12,22-24]
Jesus em Nazaré (13,54-58) 6,1-6a [4,16-30] [6,42]
[4,44]
Percurso de pregação e curas 9,35-38 6,6b [8,1] -
[4,23] [6,34] [10,2]
Missão dos Doze Apóstolos 10 6,7-13 9,1-6 -
[10,1-16]
Introdução 10,1-4 6.7 9,1-2 -
[3,16-19] [6,14-16]
Advertências para a missão 10,5-16 6, 8-11 9,3-5 -
[10,3-12]
Perseguições no futuro 10,17-25 [13,9-13] [12,11-12] -
[24,9.13-14] [21,12-17.19]
[6,40]
Confessar Jesus sem temor 10,26-33 [4,22] [8,17] -
[8,38] [9,26]
[12,2-9]
Jesus, motivo de divisões 10,34-36 - [12,51-53] -
Renunciar a si mesmo para seguir Jesus 10,37-39 [8,34-35] [9,23-24] -
[16,24-25] [14,26-27]
[17,33]
Conclusão do discurso e partida dos Apóstolos 10,40-42; 11,1 6,12-13 9.6 -
[9,37.41] [10,16]
Opinião de Herodes sobre Jesus 14,1-2 6,14-16 9,7-9 -
Morte de João Baptista 14,3-12 6,17-29 [3,19-20] -
[4,12a]
Primeira multiplicação dos pães 14,13-21 6,30-44 9,10-17 6,1-15
[15,32-39] [8,1-10]
Jesus caminha sobre as águas 14,22-33 6,45-52 - 6,16-21
[21,4-7]
Promessa da Eucaristia, na sinagoga de Cafarnaum - - - 6,22-71;7,1
Curas em Genesaré 14,34-36 6,53-56 - -
Discussão sobre as tradições farisaicas 15,1-20 7,1-23 - -
Cura da filha da Cananeia 15,21-28 7,24-30 - -
Cura de um surdo gago - 7,31-37 - -
Segunda multiplicação dos pães 15,29-39 8,1-10 - -
[14,13-21] [6,30-44]
Os Fariseus exigem um sinal do Céu 16,1-4 8,11-13 [11,16] -
[12,38-39] [12,56]
[11,29]
O fermento dos Fariseus, dos Saduceus e de Herodes 16,5-12 8,14-21 [12,1] -
Cura de um cego de Betsaida - 8,22-26 - -
Confissão de fé e primado de Pedro 16,13-20 8,27-30 9,18-21 [6,68-69]
[18,18]
Primeiro anúncio da paixão 16.21 8,31-32a 9.22 -
Repreensão de Pedro 16,22-23 8,32b-33 - -
Condições para seguir Jesus 16,24-28 8,34-38; 9,1 9,23-27 -
[10,38-39.33] [14,27]
[17,23]
[12,9]
Transfiguração de Jesus 17,1-8 9,2-8 9,28-36 -
Discussão sobre a volta de Elias 17,9-13 9,9-13 9,36b -
Cura de um epiléptico 17,14-21 9,14-29 9,37-43a -
[17,6]
Segundo anúncio da paixão 17,22-23 9,30-32 9,43b-45 -
O imposto para o Templo a pagar por Pedro 17,24-27 - - -
O maior no Reino dos Céus 18,1-5 9,33-37 9,46-48 -
[20,27]
[10,40]
Uso do nome de Jesus [12,30] 9,38-41 9,49-50 -
[10,42] [11,23]
Evitar o escândalo 18,6-11 9,42-48 [17,1-2] -
[5,29-30]
Parábola do sal [5,13] 9,49-50 [14,34-35] -
Parábola da ovelha perdida e encontrada 18,12-14 - [15,3-7] -
Correcção fraterna 18,15-18 - [17,3b-4] -
[16,19]
Poder da oração em comum 18,19-20 - - -
Perdão das ofensas pessoais 18,21-22 - [17,4] -
Parábola do devedor impiedoso 18,23-35 - - -
Jesus procurado na festa dos Tabernáculos - - - 7,2-13
Jesus chega secretamente à festa dos Tabernáculos e ensina no Templo - - - 7,14-36
Último dia da festa - - - 7, 37-53
A mulher adúltera perdoada - - - 8,1-11
Jesus é a luz do mundo - - - 8,12-30
Discussão sobre a descendência de Abraão - - - 8,31-59
Cura de um cego de nascença - - - 9
Jesus é o bom pastor - - - 10,1-21
Jesus parte da Galileia para a Judeia e para além do Jordão 19,1-2 10.1 9, 51 -
[13,22]
Jesus recusado numa aldeia da Samaria - - 9,51-56 -
Condições para seguir Jesus [8,19-22] - 9,57-62 -
Missão dos setenta e dois discípulos [10,1] [6,7-11] 10,1-12 -
[9,37-38] [9,1-5]
[10,9-16]
Maldição das cidades do lago [11,21-23] - 10,13-15 -
Quem vos ouve [10,40] - 10.16 -
Volta dos setenta e dois discípulos - - 10,17-20 -
O Evangelho revelado aos simples [11,25-27] - 10,21-22 -
Privilégio dos discípulos [13,16-17] - 10,23-24 -
O maior mandamento [22,34-40] [12,28-34] 10,25-28 -
Parábola do bom samaritano - - 10,29-37 -
Marta e Maria - - 10,38-42 -
O Pai-Nosso [6,9-13] - 11,1-4 -
Parábola do amigo importuno - - 11,5-8 -
Eficácia na oração [7,7-11] - 11,9-13 -
Jesus em Jerusalém na festa da Dedicação - - - 10,22-39
Jesus retira-se para além do Jordão - - - 10,40-42
Cura de um possesso mudo [9,32-33] - 11.14 -
[12,22-23]
Jesus e Belzebu [12,24-30] [3,22-27] 11,15-23 -
[9,40]
Volta do espírito impuro [12,43-45] - 11,24-26 -
A verdadeira felicidade - - 11,27-28 -
O sinal de Jonas e a rainha do Sul [12,39-42] [18,12] 11,29-32 -
[16,2.4]
Parábola da lâmpada do corpo [5,15] [4,21] 11,33-36 -
[6,22-23] [8,16]
Contra os Fariseus e os Legistas, em casa de um fariseu [23,25] - 11,37-54 -
[23,23]
[23,6-7]
[23,27]
[23,4]
[23,29-31]
[23,34-36]
[23,13]
O fermento dos Fariseus [16,6] [8,15] 12.1 -
Testemunhar Jesus abertamente [10,26-33] [4,22] 12,2-12 -
[12,32] [8,38] [8,17]
[10,19-20] [3,29] [21,18]
[13,11] [9,26]
[21,14-15a]
Parábola do rico insensato - - 12,13-21 -
Cuidados temporais [6,25-34] - 12,22-32 -
O verdadeiro tesouro [6,19-21] - 12,33-34 -
[19,21]
Servos vigilantes - - 12,35-38 -
Apelo à vigilância [24,43-44] - 12,39-40 -
Parábola do mordomo fiel [24,45-51] - 12,41-48 -
Jesus, motivo de divisões [10,34-36] - 12,49-53 -
Saber interpretar os sinais dos tempos [16,2-3] - 12,54-57 -
Reconciliação a tempo [5,25-26] - 12,58-59 -
O caso dos Galileus e a queda da torre de Siloé - - 13,1-5 -
Parábola da figueira estéril - - 13,6-9 -
Cura de uma mulher encurvada - - 13,10-17 -
Parábola do grão de mostarda [13,31-32] [4,30-32] 13,18-19 -
Parábola do fermento [13,33] - 13,20-21 -
Viagem de Jesus para Jerusalém [19,1-2] [10,1] 13.22 -
A porta estreita do Reino de Deus [7,13-14] - 13,23-24 -
O dono da casa [25,11-12] - 13,25-30 -
[7,22-23]
[8,11-12]
[19,30]
Contra a ameaça de Herodes, Jesus deve morrer em Jerusalém - - 13,31-33 -
Apóstrofes a Jerusalém [23,37-39] - 13,34-35 -
Cura de um hidrópico, em casa de um fariseu - - 14,1-6 -
Escolha dos lugares [23,12] - 14,7-11 -
[18,14]
Escolha dos convidados - - 14,12-14 -
Os convidados que recusam [22,1-14] - 14,15-24 -
Renunciar a tudo para seguir Jesus [10,37-38] - 14,25-27 -
Parábola da torre e da guerra - - 14,28-33 -
Parábola do sal [5,13] [9,50] 14,34-35 -
Parábola da ovelha perdida [18,12-14] - 15,1-7 -
Parábola da dracma perdida - - 15,8-10 -
Parábola do filho pródigo [21,28-32] - 15,11-32 -
Parábola do mordomo esperto - - 16,1-12 -
Deus e a riqueza [6,24] - 16.13 -
Contra os Fariseus, amigos do dinheiro - - 16,14-15 -
Entrada violenta no Reino de Deus [11,12-13] - 16.16 -
Perenidade da Lei [5,18] [13,30-31] 16.17 -
[24,34-35] [21,32-33]
Contra o divórcio [5,32] [10,11-12] 16.18 -
[19,9]
Parábola do rico avarento e do pobre Lázaro - - 16,19-31 -
Contra os escândalos dos pequenos [18,6-7] [9,42] 17,1-3a -
Correcção fraterna [18,15.21-22] - 17,3b-4 -
O poder da fé [17,20] [11,22b-23] 17,5-6 -
[21,21]
Parábola dos servos inúteis - - 17,7-10 -
Cura de dez leprosos, entre a Samaria e a Galileia - - 17,11-19 -
Vinda do Reino de Deus - - 17,20-21 -
A vinda inesperada e fulgurante do Filho do Homem [24,26-27] [13,21] 17,22-37 -
[24,37-41] [8,31]
[24,8] [13,15-16]
[24,23] [8,35]
[16,21]
[24,17-18]
[16,25]
Parábola do juiz iníquo e da viúva - - 18,1-8 -
Parábola do fariseu e do publicano - - 18,9-14 -
Morte de Lázaro - - - 11,1-16
Questão sobre o divórcio 19,3-9 10,2-12 [16,18] -
[5,31-32]
Continência voluntária 19,10-12 - - -
Jesus e as crianças 19,13-15 10,13-16 18,15-17 -
[18,3]
O jovem rico e o perigo das riquezas 19,16-26 10,17-27 18,18-27 -
[10,25-28]
Recompensa do desprendimento pelo Reino de Deus 19,27-30 10,28-31 18,28-30 -
[13,30]
Parábola dos operários enviados para a vinha 20,1-16 - - -
Terceiro anúncio da paixão 20,17-19 10,32-34 18,31-34 -
Pedido dos filhos de Zebedeu 20,20-23 10,35-40 - -
O maior é o que serve 20,24-28 10,41-45 [22,25-27] -
[23,11] [9,35]
Cura do(s) cego(s) de Jericó 20,29-34 10,46-52 18,35-43 -
Zaqueu, o publicano - - 19,1-10 -
Parábola das minas [25,14-30] [4,25] 19,11-28 -
Ressurreição de Lázaro - - - 11,17-44
Os chefes judeus decidem a morte de Jesus [26,1-5] [14,1-2] [22,1-2] 11,45-53
Jesus retira-se para Efraim, na Judeia - - - 11.54
Procura de Jesus em Jerusalém - - - 11,55-57
Unção em Betânia, seis dias antes da Páscoa (26,6-13) (14,3-9) - 12,1-11
Entrada messiânica de Jesus em Jerusalém 21,1-9 11,1-10 19,29-40 12,12-19
Entrada na cidade de Jerusalém 21,10-11 11.11 19,41-44 -
[24,2] [13,2] [21,6]
Jesus procurado por alguns gregos - [8,34-35] - 12,20-36
[14,34-36]
Incredulidade dos Judeus [13,14-15] - - 12,37-50
Maldição da figueira 21,18-19 11,12-14 - -
Expulsão dos vendilhões do Templo (21,12-17) 11,15-19 19,45-48 [2,13-22]
O poder da fé, a propósito da figueira seca 21,20-22 11,20-26 [17,6] -
[17,20]
[6,14]
Questão sobre a autoridade de Jesus 21,23-27 11,27-33 20,1-8 -
Parábola dos dois filhos 21,28-32 - [14,15-24] -
Parábola dos vinhateiros homicidas 21,33-46 12,1-12 20,9-19 -
Parábola do festim nupcial 22,1-14 - [14,15-24] -
Imposto a César 22,15-22 12,13-17 20,20-26 -
Discussão com os Saduceus sobre a ressurreição dos mortos 22,23-33 12,18-27 20,27-40 -
O maior e primeiro mandamento 22,34-40 12,28-34 [10,25-28] -
[18,18-19]
Cristo, Senhor e Filho de David 22,41-46 12,35-37 20,41-44 -
Contra os Escribas e os Fariseus 23,1-12 12,37-40 20,45-47 -
[10,43b] [18,14]
[11,46.43]
[14,11]
Maldições aos Escribas e aos Fariseus 23,13-36 - [11,37-54] -
Apóstrofes a Jerusalém 23,37-39 - [13,34-35] -
O óbolo da viúva pobre - 12,41-44 21,1-4 -
Discurso escatológico, no Monte das Oliveiras 24-25 13 21,5-36 -
Anúncio da destruição do Templo 24,1-3 13,1-4 21,5-7 -
[19,43-44]
Anúncio das seduções e dos flagelos 24,4-8 13,5-8 21,8-11 -
Anúncio das perseguições aos discípulos 24,9-14 13,9-13 21,12-19 -
[10,17-22] [12,11-12]
[12,7]
Anúncio da destruição de Jerusalém 24,15-22 13,14-20 21,20-24 -
[17,31]
Anúncio do aparecimento de falsos cristos e de falsos profetas 24,23-25 13,21-23 - -
A vinda do Filho do Homem será como um relâmpago 24,26-28 - [17,23-24.37] -
Anúncio dos sinais que acompanharão a vinda do Filho do Homem 24,29-31 13,24-27 21,25-28 -
Parábola da figueira 24,32-33 13,28-29 21,29-31 -
Cumprimento próximo 24,34-36 13,30-32 21,32-33 -
[5,18] [16,17]
Apelo à vigilância [24,42] 13,33-37 21,34-36 -
[25,13-15]
Surpresa como no dilúvio 24,37-41 - [17,26-27] -
[17,34-35]
O senhor da casa vigilante 24,42-44 [13,35] [12,39-40] -
Parábola do feitor fiel 24,45-51 - [12,42-46] -
Parábola das dez virgens 25,1-13 [13,15] [13,25] -
Parábola dos talentos 25,14-30 [4,25] [19,12-27] -
O Juízo Final 25,31-46 - - -
Jesus no Templo e no Monte das Oliveiras [21,17] [11,11b] 21,37-38 [8,1-2]
[11,18-19] [19,47-48]
PAIXÃO DE JESUS
Conspiração dos Judeus contra Jesus 26,1-5 14,1-2 22,1-2 [11,45-53]
Traição de Judas 26,14-16 14,10-11 22,3-6 -
Preparação da Última Ceia 26,17-19 14,12-16 22,7-13 -
Última Ceia 26,20-29 14,17-25 22,14-38 13-14
Ceia pascal 26.2 14.17 22,14-18 -
Jesus lava os pés aos Apóstolos - - - 13,1-17
Anúncio da traição de Judas 26,21-25 14,18-21 (22,21-23) 13,18-30
[22,3]
Glorificação de Cristo - - - 13,31-35
Instituição da Eucaristia (1Cor 11,23-25) 26,26-29 14,22-25 [22,14-18] -
22,19-20
Quem é o maior [20,25-28] [10,42-45] 22,24-30 -
[19,28]
Anúncio das negações de Pedro [26,31-25] [14,27-31] 22,31-34 13,36-38
A hora do combate - - 22,35-38 -
Jesus anuncia a sua ida e a sua volta - - - 14,1-12
Oração pelos discípulos e vinda do Espírito Santo - - - 14,13-26
A paz de Cristo - - - 14,27-31
Saída para o Jardim do Getsémani 26.3 14.26 22.39 14,31b
[18,1a]
Amor fraterno e a videira - - - 15,1-17
O ódio do mundo - - - 15,18-27; 16,1-4
Jesus anuncia a sua ida e a vinda do Espírito Santo - - - 16,5-22
Manifestação do Pai - - - 16, 23-33
Anúncio das negações de Pedro 26,31-35 14,27-31 [22,31-34] [16,31-32]
[13,36-38]
Oração sacerdotal - - - 17
Agonia no Jardim do Getsémani 26,36-46 14,32-42 22,40-46 18.1
[12,27-29]
Prisão de Jesus 26,47-56 14,43-52 22,47-53 18,2-12
Jesus perante Anás e primeira negação de Pedro 26.58 14,53-54 22,54-55 18,13-23
[26,57]
Jesus perante Caifás 26,(57.)59-66 14,55-64 [22,56-62] 18.24
[2,19]
Ultrajes a Jesus 26,67-68 14.65 [22,63-65] [18,22]
Continuação das negações de Pedro 26,69-75 14,66-72 22,56-62 [18,17]
18,25-27
Continuação dos ultrajes a Jesus [26,67-68] [14,65] 22,63-65 [18,22]
Jesus condenado pelo Sinédrio e entregue a Pilatos 27,1-2 15.1 22,66-71; 23,1 18.28
[26,59-66] [14,55-64] [10,24-25]
Suicídio de Judas. (At 1,18-20) 27,3-10 - - -
Jesus perante Pilatos 27,11-14 15,2-5 23,2-7 18,29-38
Jesus perante Herodes - - 23,8-12 -
Jesus e Barrabás 27,15-23 15,6-14 23,13-23 18,39-40
[19,4-15]
Flagelação e coroação de espinhos 27,26-31 15,15-19 - 19,1-3
Última tentativa de libertar Jesus - - - 19,4-15
Condenação de Jesus à morte (27,24-26) -15.15 23,24-25 19.16
Jesus a caminho do Calvário 27,31b-32 15,20-22 23,26-32 19,16b-17
Crucifixão 27,33-43 15,22-32a 23,33-38 19,18-24
Os dois ladrões 27.44 15,32b 23,39-43 -
Jesus e a sua mãe [27,55-56] [15,40-41] [23,49] 19,25-27
As trevas 27.45 15.33 23,44-45a -
Morte de Jesus 27,46-50 15,34-37 23.46 19,28-30
Após a morte de Jesus 27,51-56 15,38-41 23,(45b).47-49 -
O golpe de lança - - - 19,31-37
Sepultura de Jesus 27,57-61 15,42-47 23,50-56 19,38-42
Guarda do sepulcro 27,62-66 - - -
VIDA GLORIOSA DE JESUS
Ressurreição de Jesus (1 Cor 15,3-4) 28,1a.2-4 - - -
Maria Madalena vai ao Sepulcro, ainda de noite 28.1 16.1 [24,9-10] 20,1-2
O(s) anjo(s) aparece(m) às mulheres, ao nascer do sol 28,5-8a 16,2-8 24,1-9a [20,11-13]
Pedro e outro discípulo vão ao Sepulcro - - -24.12 20,3-10
Jesus aparece a Maria Madalena [28,9-10] 16,9-11 - 20,11-18
Jesus aparece às mulheres 28,8b-10 - - [20,14-17]
As mulheres anunciam aos discípulos (28,8b) [16,10-11] 24,9b-11 [20,18]
Fuga dos guardas 28,11-15 - - -
Jesus aparece a Simão Pedro (Cefas) (1 Cor 15,3-5) - - -24.34 -
Jesus aparece aos dois discípulos de Emaús - 16,12-13 24,13-35 -
Jesus aparece aos Apóstolos, em Jerusalém (1 Cor 15,5) [18,18] 16.14 24,36-43 20,19-23
Incredulidade de Tomé - - - 20,24-25
Aparição de Jesus aos Apóstolos, oito dias depois - - - 20,26-29
Terceira aparição aos Apóstolos, na Galileia, junto ao Lago de Tiberíades 28,16a - [5,1-11] 21,1-24
Aparição sobre uma montanha da Galileia 28,16-20 [16,15-18] - -
Missão dos Apóstolos [28,16-20] 16,15-18 - -
Outras aparições de Jesus ressuscitado (1 Cor 15,6-7) - - - -
Cumprimento das Escrituras e promessa do Espírito Santo (At 1,1-5) - - 24,44-49 -
Ascensão de Jesus, no Monte das Oliveiras (At 1, 6-14) - 16,19-20 24,50-53 -
Epílogo - - - (20,30-31)
21.25

Comentários