Economia - Poupança, Investimento e Sistema Financeiro

Economia - Poupança, Investimento e Sistema Financeiro

(Parte 1 de 2)

Poupança, investimento e sistema financeiro

Baseado no cap. 26 de Introdução àEconomia de GregoryMankiw, 2005, Ed. Thomsom.

Instituições financeiras na economia brasileira

Mercados financeiros

Mercado de títulos Mercado de ações

Intermediários financeiros

Mercados financeiros

São as instituições por meio das quais uma pessoa que quer poupar pode oferecer fundos diretamente a uma pessoa que deseje tomar empréstimo.

Os mercados financeiros mais importantes são o mercado de títulose o mercado de ações.

Mercado de Títulos

Um título éum certificado de dívida que especifica as obrigações do tomador de empréstimo para com o detentor do título.

Identifica o período de tempo em que o empréstimo serápago, (data de vencimento) e a taxa de juros a ser paga periodicamente atéo vencimento do empréstimo.

Prazo do título: de meses até30 anos.

Risco de crédito –probabilidade de inadimplência.

Tratamento tributário –como são recolhidos impostos sobre os juros ganhos com os títulos.

Mercado de ações

As ações representam propriedade da empresa e, portanto, um direito sobre os lucros que a empresa obtiver.

Oferecem riscos maiores aos acionistas que os títulos mas rendimentos potencialmente maiores.

As ações das empresas são negociadas em mercados organizados (bolsas) e seu valor e determinado pela oferta e pela demanda. A demanda por uma ação reflete a percepção das pessoas sobre a lucratividade futura da empresa.

Índices como o DowJones monitoram o nível geral de preços das ações (no caso das 30 maiores dos EUA). Como os preços das ações refletem a lucratividade esperada, os índices são observados como indicadores de condições econômicas futuras.

Títulos e ações

Venda de títulos échamada de financiamento por endividamento;

Venda de ações échamada de financiamento patrimonial.

O proprietário de ações éproprietário da empresa

O proprietário de títulos écredor da empresa.

Intermediários financeiros

Instituições financeiras por meio das quais os poupadores podem indiretamente ofertar fundos aos tomadores de empréstimos. As mais importantes são os bancose os fundos mútuos.

Bancos

Recebem depósitos das pessoas que querem poupar e usam esses depósitos para conceder empréstimos a pessoas que os desejem. Pagam aos depositantes um juro sobre seus depósitos e cobram dos tomadores um juro ligeiramente superior. A diferença entre as taxas de juros cobre os custos bancários e rende um lucro para os proprietários dos bancos.

Fundos mútuos

Vendem cotas ao público e usam o resultado da venda para comprar uma carteira de títulos, ações ou ambos.

Permitem diversificar aplicações com poucos recursos.

Dão às pessoas comuns acesso às habilidades de administradores financeiros profissionais.

A operadora do fundo cobra dos cotistas uma taxa anual.

Finalizando ...

Todas as instituições financeiras apresentadas atendem ao mesmo objetivo –direcionar recursos dos poupadores para as mãos dos tomadores de empréstimos.

Poupança e investimento nas contas nacionais

Se uma economia éfechada ela não interage com outras economias e a equação acima fica

„Y = C + I + Gou

S = I ou seja, poupança nacional é igual a investimento

„S = Y –C –Gou

Continuando ...

Sendo T igual a quantia que o governo recolhe em impostos menos as transferências

Y –T –C = poupança privada e

T –G = poupança pública.

Se T > G superávit orçamentário Se T < G déficit orçamentário

Poupança e investimento

Quem ganha mais do que gasta éum poupador (não éinvestidor);

Investimento refere-se àcompra de novo capital (físico) como equipamentos ou prédios. Os tomadores de dinheiro para expandir a empresa, comprar equipamentos etc são os investidores.

Poupança e investimento

S = I para a economia como um todo mas não para cada família ou empresa.

As instituições financeiras tornam possíveis as diferenças individuais ao permitir que a poupança de uma pessoa financie o investimento de outra.

(Parte 1 de 2)

Comentários