tipos de motivação

tipos de motivação

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUI - UFPI

CAMPUS MINISTRO REIS VELLOSO – CMRV

CURSO: BACHARELADO EM PSICOLOGIA

ALUNA: JULIANA BARBOSA DE SOUZA

DISCIPLINA: PSICOMOTRICIDADE

PROF.ª: FABIANA

RESUMO

Capítulo I: História da Psicomotricidade

Agosto – 2009

Parnaíba – Pi

Historicamente o termo psicomotricidade deriva da neurologia e da área educacional. No século XIX e XX as patologias tinham uma localização, o “mapeamento cerebral”, na qual cada sintoma uma lesão anatômica e principalmente após a mudança científica que separou totalmente o corpo da mente (alma). Mas, desde o início dos tempos quando o homem começou a falar e a simbolizar que ele trás consigo a valorização ao corpo. Um império que demonstrou bastante o interesse pelo culto ao corpo foram os gregos, que primavam pelo preparo físico.

Voltando para as primeiras pesquisas do campo psicomotor, o enfoque era veementemente neurológico, onde a debilidade motora era associada a uma lesão mental, é Dupré que através de um estudo apresenta a tese da debilidade motora. Ele desestabilizou a síndrome da debilidade mental. Dupré se juntou com Wallon para diferenciar

debilidade mental de debilidade motora. Então em1935 Guilmain determina um novo método de trabalho: a reeducação psicomotora e mais adiante em 1947-48 Ajuriaguerra redefine o conceito de debilidade motora de debilidade mental, com tantas vertentes eis que surge a visão psicanalítica da psicomotricidade, trazendo a clínica psicomotora. Então, surge Freud trazendo para a psicomotricidade três conceitos fundamentais (inconsciente, transferência,pulsão).

O Brasil inspveis para um trabalho de entendimento psicomotor.rabalho de psicoa reeducaçirou-se na Argentina, que trabalhou como novo modelo de psicomotricidade. A Argentina criou escolas com o modelo de reeducação e que tem uma forte ligação coma França. É iminente o crescimento através de suas vertentes, a reeducação, a terapia e a clínica psicomotora foram e são de fundamental importância a ciência praticada hoje. E com isso o que se vê foi que a psicomotricidade não trata mais apenas do corpo e suas debilidades e sim sua interação. Corpo e mente agora fazem parte de um único objeto o ser humano e é a psicomotricidade responsável pelo desbravamento das debilidades corporais, incorporadas às sensações e emoções.

w-

Comentários