Recuperação estrutural

Recuperação estrutural

(Parte 1 de 3)

Prof. Eliana Barreto Monteiro

•Conhecer da evolução dos problemas •Estudar as suas causas

•Fornecer informações para os trabalhos de reparo e manutenção

•Contribuir para o entendimento do processo de produção minimizando a incidência total de problemas

Patologia éparte da Engenharia que estuda os sintomas, os mecanismos, as causas e as origens dos defeitos das construções civis, ou seja, éo estudo das partes que compõem o diagnóstico do problema

Éaquele que ocorre quando háuma transformação dos materiais ao interagirem com o meio ambiente (John, 1987)

Afeta a durabilidadeReduz a vida útil da estrutura

Estabilidade Funcionalidade Estética

Consequências Negativas

Manchas Superficiais

Expansão

Fissuração Destacamento do Cobrimento

Perda de Aderência da Armadura Redução da Seção da Armadura

Colapso

Manchas Superficiais

Expansão Fissuração

Fissuração

Destacamento do Cobrimento

Redução da Seção da Armadura Perda de Aderência da Armadura

Perda de Aderência da Armadura ColapsoFonte: PAZINI, 2003

Escolas públicas da região metropolitana de São Paulo Fonte:LEVI, 1998

Fonte:LEVI, 1998

Edificação com 1 anos de construída no litoral de São Paulo

Laje da varanda dos apartamentos

Detalhe da armadura corroída com estribos rompidos Área Anódica

Área Anódica Área Catódica

Piscina da cobertura

Laje da cobertura

Escola Politécnica de Pernambuco

Pilar interno de uma sala de aula Detalhe

Fachada Norte

Fachada Sul Postes de Iluminação em Boa Viagem

Postes com estribos rompidos

Porque o poste corroeu no lado voltado para a avenida e não corroeu no lado voltado para o mar?

Caixa de água em cidade litorânea a 1 km da praia

Por que a caixa de água corroeu mais nas vigas mais altas?

Centro de Convenções-Recife Manchas superficiais

Manchas superficiais e armadura exposta

Prédio abandonado (9 anos)

Porto

Cartagena de Índias (Colômbia)

Porque o pilar não corroeu todo? São Paulo

Ruptura dos cabos da viga protendida Fonte:HELENE, 1998

Conseqüências:

?Interditada por mais de uma semana ?Congestionamento de 159 km na cidade

?Congestionamento de 52 Km nas rodovias

?Durante os serviços de recuperação ficou interditada por quase meio ano

?Custo indireto pode ter chegado a R$ 35 bilhões

Fonte: CASAGRANDE, 1997. MONTEIRO, 2002.

Ponte do Pina -Recife

(Parte 1 de 3)

Comentários