Laboratório de Mecânica da PartículaProfª Adriana Touso

Curso de Engenharia Básica

Micrômetro

Geralmente dedicado para a execução de medições externas, o micrômetro é um instrumento que possui alta precisão. Podem ser apresentados em versões diferentes, utilizados para a medição de diâmetros internos, profundidades, pequenas espessuras, ressaltos, e várias outras características. Suas características construtivas são semelhantes para todos os modelos, modificando-se apenas os formatos que variam de acordo com a finalidade de utilização. Pode ser encontrado em diversas capacidades e modelos. Geralmente a divisão de escala dos micrômetros pode ser de 0,01 ou 0,001mm, podendo ser digitais ou não.

Conhecendo o Micrômetro

fabricado em aço forjado ou ferro fundido, possuindo ou não plaquetas de proteção

#01-Arco: uma maneira simples de definirmos: parte onde seguramos o micrômetro. Pode ser

#02-Ponta fixa (batente): com uma placa de metal duro em sua extremidade, o batente serve para apoio da peça a ser medida. Deve ser estreita, para possibilitar medições de sulcos e canaletas.

#03-Fuso: composto de parafuso micrométrico (não visível na foto) e placa de metal duro na extremidade é o "coração" do micrômetro. Com o passo geralmente medindo 0,5mm, uma volta do parafuso corresponde, conseqüentemente a 0,5 m. A extremidade possui a função de apoiar a peça no lado oposto ao do batente.

#04-Trava: com um parafuso de fixação, possui justamente a função de fixar o conjunto móvel para visualização da medição executada.

#05-Escala de divisão 0,001 m: última parte da escala que compõe a medida fornecida pelo micrômetro.

#06-Tambor: move-se em conjunto com o parafuso micrométrico, estando preso a ele, possuindo a função de facilitar o movimento do mesmo.

#07-Parafuso de fricção (catraca): importante para a obtenção das medidas, pois possui a função de padronizar a força de medição para qualquer pessoa que utilizar o micrômetro, diminuindo os erros de pessoa para pessoa. Nos modelos mais antigos, a catraca não era presente. Atualmente utilizam-se mais micrômetros com catraca.

#08-Escala de divisão 0,01 m: segunda escala que compõe a medida.

#09-Escala de divisão 0,5 m: primeira escala que compõe a medida. Preparamos uma seqüência de figuras para melhor entendimento da utilização de micrômetros.

Como posicionar o micrômetro Abaixo ilustramos uma utilização correta de micrômetro externo:

Abaixo, mostramos uma medição incorreta com um micrômetro externo: Outra aplicação de micrômetro externo:

Exemplo de utilização de micrômetro de profundidade:

Exemplo de utilização de micrômetro interno (2 pontas).

Exemplo de micrômetro interno (3 pontas). A figura abaixo é uma vista superior da ponta de medição, que toca em três pontos distintos e homogêneos o anel.

Execução de leituras com o micrômetro

O micrômetro de resolução 0,001 m é composto de três escalas:

1-Escala de divisão 0,5 m: primeira escala que compõe a medida. 2-Escala de divisão 0,01 m: segunda escala que compõe a medida. 3-Escala de divisão 0,001 m: última parte da escala que compõe a medida fornecida pelo micrômetro.

A leitura é executada na ordem das descrições das escalas acima. Vamos reconhecê-las na figura abaixo:

Para obtermos a medida correta do mensurando, lemos primeiramente a escala milimétrica. O traço da escala do fuso imediatamente inferior à linha principal da escala milimétrica corresponde à medida em centésimos de milímetro. Imediatamente após, lê-se a escala micrométrica. Onde os dois traços (escala micrométrica e do escala do fuso) coincidirem, a medida em milésimos de milímetro é conhecida. Vamos tomar um exemplo para melhor entendimento:

Observe as escalas de um micrômetro abaixo:

Estas escalas estão indicando uma medida qualquer. Obtemos a medida da seguinte forma:

Veja a escala milimétrica. Identificamos a medida em milímetros pelo último traço visível antes do início do corpo do tambor (linha vertical da escala do fuso). Na figura abaixo, está indicado o traço que corresponde à medida em milímetros:

A seguir, vemos qual é o traço da escala do fuso imediatamente inferior à linha principal da escala milimétrica. Na figura, o traço está indicado.

está indicando

E finalmente, vemos a medida na escala micrométrica. Onde coincidem os traços? A figura abaixo

Obs.: em micrômetros centesimais, não é presente a escala micrométrica (3). A medida, no exemplo acima, seria 9,0 m.

Mais exemplos

E-1E-2
E-3E-4

Agora, tente descobrir as medidas, seguindo a mesma regra descrita acima.

Respostas: E-1: 6,987 m E-2: 5,283 m E-3: 9,0 m E-4: 4,761 m

Comentários