estrategia competitiva e de produção

estrategia competitiva e de produção

É o padrão global de decisões e ações que posicionam a organização no seu ambiente e têm o objetivo de fazê-la atingir seus objetivos de longo prazo

  • É o padrão global de decisões e ações que posicionam a organização no seu ambiente e têm o objetivo de fazê-la atingir seus objetivos de longo prazo

Decisões estratégicas:

  • Decisões estratégicas:

    • Têm efeito abrangente na organização
    • Definem a posição da organização em relação ao ambiente/mercado
    • Aproximam a organização de seus objetivos de longo prazo

A Função Produção precisa formular um conjunto de princípios gerais que guiarão seu processo de tomada de decisões

  • A Função Produção precisa formular um conjunto de princípios gerais que guiarão seu processo de tomada de decisões

É o padrão global de decisões e ações que define o papel, os objetivos e as atividades da produção.

  • É o padrão global de decisões e ações que define o papel, os objetivos e as atividades da produção.

  • É parte da estratégia geral da empresa

Se aplicam a todos os tipos de operações produtivas

  • Se aplicam a todos os tipos de operações produtivas

    • Qualidade
    • Rapidez
    • Confiabilidade
    • Flexibilidade
    • Custo

Fazer certo as coisas

  • Fazer certo as coisas

  • Satisfazer a seus consumidores fornecendo bens e serviços isentos de erro

  • Fornecer bens e serviços adequados a seus propósitos

  • Todas as operações consideram a qualidade um objetivo importante

Quanto tempo os consumidores precisam esperar para receber seus produtos/serviços.

  • Quanto tempo os consumidores precisam esperar para receber seus produtos/serviços.

Significa fazer as coisas em tempo para os consumidores receberem os bens/serviços prometidos

  • Significa fazer as coisas em tempo para os consumidores receberem os bens/serviços prometidos

  • A confiabilidade pode se tornar mais importante que qualquer outro critério

Significa a capacidade de alterar a operação:

  • Significa a capacidade de alterar a operação:

    • O QUE a operação faz (produtos/serviços diferentes e mix produtos/serviços diferentes)
    • COMO a operação faz (método de produção diferentes para diferentes produtos/serviços)
    • QUANDO a operação faz (diferentes prazos para diferentes produtos/serviços)

Para empresas que concorrem em preço, o custo será seu principal objetivo de desempenho

  • Para empresas que concorrem em preço, o custo será seu principal objetivo de desempenho

  • Empresas que concorrem em outros aspectos também têm o objetivo de reduzir o custo, para aumentar o lucro

Quanto mais próxima a linha do ponto de origem, menos importante é o objetivo.

  • Quanto mais próxima a linha do ponto de origem, menos importante é o objetivo.

Há várias perspectivas diferentes sobre a formulação da estratégia de produção

  • Há várias perspectivas diferentes sobre a formulação da estratégia de produção

  • Veremos duas delas:

  • Perspectiva requisitos do mercado: traduzir os requisitos do mercado nas decisões da produção.

  • Perspectiva recursos da produção: o que a sua operação podem fazer.

Traduzir os requisitos do mercado nas decisões da produção.

  • Traduzir os requisitos do mercado nas decisões da produção.

  • O que a posição do mercado requer que as operações façam.

Compreender os mercados é normalmente associado à função de marketing, mas a perspectiva de mercado é também importante para a administração da produção:

  • Compreender os mercados é normalmente associado à função de marketing, mas a perspectiva de mercado é também importante para a administração da produção:

    • Sem compreender o que o mercado requer, é impossível garantir que as operações estejam alcançando o composto e o nível corretos em seus objetivos de desempenho

Os objetivos de desempenho são priorizados por:

  • Os objetivos de desempenho são priorizados por:

    • Necessidades específicas dos grupos de CONSUMIDORES da empresa
    • Atividades dos CONCORRENTES

A prioridade de cada objetivo de desempenho é influenciada por fatores competitivos valorizados por consumidores

  • A prioridade de cada objetivo de desempenho é influenciada por fatores competitivos valorizados por consumidores

CRITÉRIOS “QUALIFICADORES”

  • CRITÉRIOS “QUALIFICADORES”

  • São os aspectos nos quais o desempenho da produção deve estar acima de um nível determinado para pelo menos ser considerado pelo cliente.

    • Qualquer melhora nesses critérios acima do nível qualificador não acrescentará benefício competitivo relevante.
    • São esperados pelos clientes e podem representar uma desvantagem séria na posição competitiva se o desempenho não estiver acima do nível qualificador.

CRITÉRIOS “GANHADORES DE PEDIDO”

  • CRITÉRIOS “GANHADORES DE PEDIDO”

  • São os que contribuem diretamente para a realização de um negócio (para conseguir um pedido)

  • São considerados pelos consumidores como razões-chave para comprar o produto ou serviço.

Critérios “ganhadores de pedido”

  • Critérios “ganhadores de pedido”

  • Aumentar o desempenho nesses critérios melhora a chance de ganhar mais pedidos

  • À medida que a operação se aperfeiçoa para consegui-los, eles mostram aumento constante e significativo em sua contribuição para a competitividade

Se a operação produz para grupos de consumidores diferentes, precisa determinar fatores competitivos “ganhadores de pedidos”, “qualificadores” e os “menos importantes” para cada grupo.

  • Se a operação produz para grupos de consumidores diferentes, precisa determinar fatores competitivos “ganhadores de pedidos”, “qualificadores” e os “menos importantes” para cada grupo.

Ex: mulheres x homens: loja de roupas

  • Ex: mulheres x homens: loja de roupas

Mesmo sem uma mudança direta nas preferências de seus consumidores, uma organização pode ter que mudar a forma como compete (mudar a prioridade dos objetivos de desempenho) devido a uma ação do concorrente.

  • Mesmo sem uma mudança direta nas preferências de seus consumidores, uma organização pode ter que mudar a forma como compete (mudar a prioridade dos objetivos de desempenho) devido a uma ação do concorrente.

  • Também pode escolher competir de forma diferente de seus concorrentes para de distinguir no mercado.

Uma forma de generalizar o comportamento de clientes e concorrentes é associá-los ao ciclo de vida dos produtos/serviços produzidos pela operação.

  • Uma forma de generalizar o comportamento de clientes e concorrentes é associá-los ao ciclo de vida dos produtos/serviços produzidos pela operação.

  • Os produtos/serviços exigirão estratégias de produção diferentes para cada estágio do seu ciclo de vida.

O ciclo de vida é mostrado como variação do volume de vendas ao longo dos quatro estágios da vida de um produto/serviço

  • O ciclo de vida é mostrado como variação do volume de vendas ao longo dos quatro estágios da vida de um produto/serviço

Etapa de INTRODUÇÃO

  • Etapa de INTRODUÇÃO

    • Está oferecendo algo novo
    • Necessidades dos clientes ainda não perfeitamente entendidas
    • Mudanças nos projetos do produto/serviço mais frequentes
  • Estratégia de produção com ênfase em FLEXIBILIDADE E QUALIDADE

Etapa de CRESCIMENTO

  • Etapa de CRESCIMENTO

    • Emergem projeto padronizados: para permitir que a produção supra o mercado em crescimento
    • Maior concorrência
    • Acompanhar a demanda
    • Resposta rápida e confiável à demanda
    • Qualidade precisa ser mantida
  • Estratégia de produção com ênfase em RAPIDEZ, CONFIABILIDADE E QUALIDADE

Etapa de MATURIDADE

  • Etapa de MATURIDADE

    • Demanda estabiliza
    • Alguns concorrentes deixam o mercado
    • Projeto dos produto/serviços já padronizados
    • Produção precisa reduzir custos para manter lucros e reduzir preços, ou ambos
    • Melhorar produtividade
  • Estratégia de produção com ênfase em CUSTO E CONFIABILIDADE

Etapa de DECLÍNIO

  • Etapa de DECLÍNIO

    • Vendas diminuem
    • Concorrentes naturalmente começam a sair do mercado
    • Concorrência em preços
  • Estratégia de produção com ênfase em CUSTO

Consiste em explorar as capacidades dos recursos da produção.

  • Consiste em explorar as capacidades dos recursos da produção.

  • O que a sua operação pode fazer.

Recursos e processos da produção

  • Recursos e processos da produção

  • 1º) Analisar os inputs para a produção:

    • Recursos transformados e de transformação
  • 2º) Analisar os processos da produção

  • 3º) Analisar os RECURSOS INTANGÍVEIS

    • Relacionamento com fornecedores
    • Reputação com consumidores
    • Conhecimento e experiência em manusear suas tecnologias de processo
    • Forma como sua equipe trabalha em relação ao desenvolvimento de novos produtos/serviços

Nenhuma organização pode apenas escolher em que parte do mercado pretende atuar: precisa considerar suas habilidades de produzir produtos/serviços de forma a satisfazer a seu mercado.

  • Nenhuma organização pode apenas escolher em que parte do mercado pretende atuar: precisa considerar suas habilidades de produzir produtos/serviços de forma a satisfazer a seu mercado.

  • As restrições impostas por suas operações precisam ser consideradas.

  • Também é possível identificar competências para atuar em diferentes mercados

Comentários