Relevo

Relevo

A altitude

  • Distância, em metros, medida na vertical, entre o nível médio das águas do mar e um dado lugar:

  • Altitude positiva – acima do nível médio das águas do mar;

  • Altitude negativa – abaixo do nível médio das águas do mar.

O RELEVO

  • O relevo continental oferece muitos contrastes:

  • a Ásia possui o mais alto pico do mundo, o Evereste, com 8852 metros (altitude positiva,

  • e a maior depressão (altitude negativa) ocupada pelo Mar Morto, com 392 metros.

  • A maior profundidade é na fossa das Marianas, com 11033 metros.

As Principais Formas de Relevo

  • 1. MONTANHAS – apresentam grandes desníveis, com vales profundos e picos muito altos, e altitudes geralmente superiores a 1000 metros.

2. Planaltos

  • De forma aplanada e com altitudes superiores a 200 metros, são antigas montanhas que, ao longo dos tempos foram desgastadas pela erosão.

3. Colinas

  • Elevações de altitude geralmente inferior a 400 metros, de formas arredondadas e fraco declive – vertentes com inclinação pouco acentuada.

4. Vales

  • Espaços entre duas áreas elevadas. As vertentes podem ser mais ou menos inclinadas ou abruptas. São, por vezes, atravessados por cursos de água.

5. Planícies

  • De forma plana e altitudes inferiores a 200 metros: umas resultaram da acção da erosão, outras da deposição de sedimentos transportados pelos rios – planícies aluviais.

Formas de costa marítima

  • ARRIBA – costa alta e escarpada, onde a linha de costa se insere num relevo alto e as formações rochosas são mais resistentes.

  • PRAIA – costa baixa e arenosa, onde a linha de costa se insere num relevo baixo ou as formações rochosas são menos resistentes.

Outras formas de relevo na linha de costa

  • CABOS – promontório ou penhasco que se projecta para o mar.

  • DUNAS – relevo totalmente constituído por acção do vento que pode migrar continuamente na direcção dos ventos dominantes ou permanecer fixa por acção da vegetação.

BAÍAS – reentrâncias das costas marítimas e lacustres, geralmente entre dois cabos, semicircular ou em forma de um crescente, de dimensão menor que um golfo.

  • BAÍAS – reentrâncias das costas marítimas e lacustres, geralmente entre dois cabos, semicircular ou em forma de um crescente, de dimensão menor que um golfo.

  • GOLFOS – grande reentrância da costa de um continente ou ilha grande, geralmente semicircular ou de abertura larga.

RIAS – enseadas compridas e estreitas na costa marítima, provocada ou pela levantamento da Terra ou pelo levantamento do nível do mar.

  • RIAS – enseadas compridas e estreitas na costa marítima, provocada ou pela levantamento da Terra ou pelo levantamento do nível do mar.

  • ILHAS – massa de terra de dimensões menores que as de um continente, totalmente rodeada de água.

ESTUÁRIOS – parte terminal ou foz de um rio onde o efeito das correntes e marés se faz sentir. Único canal limitado por margens.

  • ESTUÁRIOS – parte terminal ou foz de um rio onde o efeito das correntes e marés se faz sentir. Único canal limitado por margens.

  • DELTAS – forma de acumulação fluvial junto à foz dos rios que ocorre quando a velocidade de deposição dos sedimentos é superior à velocidade de erosão das correntes e marés. Tem em geral forma de leque.

TÔMBOLO – língua de areia ou calhaus que liga uma ilha a terra firme.

  • TÔMBOLO – língua de areia ou calhaus que liga uma ilha a terra firme.

  • FIORDE – recorte costeiro estreito e profundo, de margens alcantiladas e sinuosas, derivado de um antigo vale escavado e aprofundado por glaciares e invadido posteriormente pelas águas do mar.

Rios e afluentes: uma rede organizada…

  • Bacias hidrográficas- área drenada por uma rede hidrográfica.

  • Rede hidrográfica – conjunto formado pelo rio principal e os seus tributários (afluentes e subafluentes).

Tipos de vales

  • Vale em V ou garganta – vale encaixado, estreito e profundo, em forma de V, junto à nascente.

  • Vale aberto – vale profundo em V aberto, onde o relevo é menos acidentado e a velocidade das águas diminui – curso médio do rio.

  • Vale em caleira aluvial – pouco profundo, em regiões mais planas, o rio diminui a sua velocidade e acumula mais detritos.

O relevo do mundo – planisfério físico

Relevo dos Continentes

  • Himalaias - Monte Evereste: pico mais alto dos Himalaias e o mais elevado do mundo, com 8848 metros de altitude.

  • Planícies do Ganges, do Huang-Ho e Iansequião (6380 km de extensão)

2. América do Sul

  • Cordilheira dos Andes – Aconcágua é o pico mais elevado com 6959 m de altitude.

  • Maior planície – bacia do rio Amazonas, com 6440 km de extensão.

3. América do Norte

  • Montanhas Rochosas – maior pico: Monte Logan – 6050 m

  • Monte McKinley – 6194 m

  • Planície do Mississipi-Missouri, com 6019 km de extensão

4. África

  • Quilimanjaro, na Tanzânia, com 5895 m de altitude

  • Planícies do Baixo Nilo, no rio Nilo, que tem 6695 km

5. Europa

  • Cordilheira do Cáucaso – monte Elbrus: 5 648 m

  • Alpes – Monte Branco 4808 metros de altitude

  • Planície europeia: percorrida por numerosos rios, o maior é o Rio Volga – 3 688 km

6. Oceânia

  • Alpes Meridionais da Ilha do Sul (Nova Zelândia) – Monte CooK: 3764 metros altitude;

  • Na Grande Bacia Artesiana fica o sistema fluvial Murray-Darling tem 2570 km de extensão.

FIM

Comentários