Distúrbio Hidroeletrolitico e Ácido-Básico

Distúrbio Hidroeletrolitico e Ácido-Básico

(Parte 1 de 4)

DistDistúúrbio rbio

HidroeletrolHidroeletrolíítico e tico e

ÁÁcidocido --BBáásico sico

Disciplina: Enfermagem nas Clínicas Professor: Ednilson do Carmo Barroso

Alterações do equilíbrio da água

60% do PC do adulto é água, sendo 40% no compartimento IC e 20% no EC

Eletrólitos são agentes químicos ativos cátions – carregam carga positiva ânions – carregam carga negativa

Cátion s

Na + 142 mEq/l

Ca 2+ 5 mEq/l

MG 2+ 2 mEq/l

TOTAL:154 mEq/l

Ânions

Cl- 103 mEq/l

26 mEq/l 2 mEq/l 1 mEq/l

Ácidos Orgânicos5 mEq/l Proteinato17 mEq/l TOTAL:154 mEq/l

Cátion s

Mg2 + 40 mEq/l

Na + 10 mEq/l

TOTAL:200 mEq/l

Ânions

Fosfatos e Sulfatos150 mEq/l Bicarbonato10 mEq/l Proteinato40 mEq/l TOTAL:200 mEq/l

Eletrólitos do EC e IC:

4 HPO

4 SO

Homeostase Orgânica

Solvente

Soluto

Pressão OsmóticaEquilíbrio Hidroeletrolítico

Desequilíbrio

Hidroeletrolítico Influências Fisiológicas,

Hormonais e Neuronais

Doença

I – DISTÚRBIO HIDROELETROLÍTICO Manutenção do estado de equilíbrio

Alguns conceitos:

Homeostasia: refere-se ao estado de equilíbrio do corpo

Mecanismo compensatório: processo de ajuste para restaurar e manter o equilíbrio

Doença: é uma ameaça ao estado de equilíbrio

Conceito: Depleção do volume extracelular devido diminuição da oferta de água e/ou aumento das perdas de água.

Classificação:

Leve: 5 a 10% perda

Moderada: 10 a 20%

Grave > 20%

Hipotônica: Na+ diminuído

Isotônica: Na+ normal

Hipertônia: Na+ aumentado

Sintomas:

Diminuição do turgor da pele

Oligúria

Urina concentrada

(Parte 1 de 4)

Comentários