(Parte 1 de 2)

Medição de Pressão

DEFINIÇÃO DE PRESSÃO A pressão é definida como o quociente entre uma força e uma área, isto é:

Massa Específica

Também chamada de densidade absoluta é a relação entre a massa e o volume de uma determinada substância. É representada pela letra Rô ( ) e no SI pela unidade (kg/m3).

Densidade Relativa

Relação entre massa específica de uma substância A e a massa específica de uma substância de referência, tomadas à mesma condição de temperatura e pressão.

Conceitos Básicos

Pressão: Unidades

A pressão pode ser dada em qualquer unidade que expresse o quociente de uma força por uma área, ou de uma altura de coluna de líquido de peso específico conhecido.

Na indústria as unidades mais usadas para pressão são: Kgf/cm2, PSI, m CA, m Hg, pol CA, Atm, etc.

Tipos de Pressão

Pressão Estática

É a pressão exercida em um ponto, em fluidos estáticos, que é transmitida integralmente em todas as direções e produz a mesma força em áreas iguais.

Pressão Dinâmica

É a pressão exercida por um fluido em movimento paralelo à sua corrente.

Pressão total

É a pressão resultante da somatória das pressões estáticas e dinâmicas exercidas por um fluido que se encontra em movimento.

Tipos de Pressão (continuação)

Pressão absoluta -É a pressão positiva a partir do vácuo perfeito, ou seja, a soma da pressão atmosférica do local e a pressão manométrica. Geralmente coloca-se a letra A após a unidade. Mas quando representamos pressão abaixo da pressão atmosférica por pressão absoluta, esta é denominada grau de vácuo ou pressão barométrica.

Pressão manométrica ou relativa -É a pressão medida em relação à pressão atmosférica existente no local, podendo ser positiva ou negativa. Geralmente se coloca a letra “G” após a unidade para representá-la.

Quando se fala em uma pressão negativa, em relação a pressão atmosférica chamamos pressão de vácuo.

Pressão: Conversão de Unidades

PRESSÃOKgf/cm2PSImm Hgpol CAmm CAAtm

Pressão Manômetros

São dispositivos utilizados para indicação local de pressão e em geral divididos em duas partes principais: o manômetro de líquidos, que utiliza um líquido como meio para se medir a pressão, e o manômetro tipo elástico que utiliza a deformação de um elemento elástico como meio para se medir pressão.

Tipos de manômetrosElementos de recepção

Manômetros de líquidos

Tipo Tubo em “U” Tipo tubo Reto Tipo tubo Inclinado

Manômetros elásticos

Tipo tubo de Bourdon Tipo C

Tipo Helicoidal Tipo espiral

Tipo Diafragma Tipo Fole Tipo Cápsula

Pressão Manômetros

Tipo Bourdon

Pressão Manômetros

Tipo Diafragma e Tipo Fole

Pressão MANÔMETRO STANDARD CAIXA ABS SÉRIE 110

Diâmetros nominais: 40 -50 -63mm Precisão: 2% (classe B)

APLICAÇÃO: Manômetro com sensor tipo Bourdon construido em caixa ABS, internos em latão.

Devido ao baixo custo, encontra diversas aplicações: em linhas de ar comprimido, válvulas compressoras, filtros e demais processos industriais.

Sua utilização deve ser evitada em fluidos viscosos, agressivos ao latão e a ambientes com solventes químicos.

Pressão Manômetros anti-vibrante com Glicerina

Manômetro com sensor tipo Bourdon construído em caixa de latão forjado com anel de encaixe externo, com recheio de glicerina (líquido antivibrante).

São aplicáveis em instalações onde haja excessiva vibração mecânica e pulsação em medições associadas com cargas dinâmicas envolvendo rápidas alterações

da linha.

Em manômetros sêcos estas condições levam a uma acentuada redução de vida e deterioração do movimento de engrenagens. O enchimento com líquido garante a precisão do instrumento, facilidade de leitura pela minimização de oscilações das partes. Opera com gases e líquidos não agressivos às ligas de latão, e, que não sejam viscosos ou cristalizáveis.

Pressão

MANÔMETRO COM PONTEIRO DE ARRASTE Diâmetros nominais: 100 -114 -150mm Precisão: ±2,5%

Os manômetros com ponteiro de arraste são aplicáveis em equipamentos onde haja variações rápidas da pressão que impossibilitam o operador observar qual a pressão máxima atingida. Nestes casos o ponteiro de arraste torna-se indispensável. O ponteiro é arrastado para cima pelo ponteiro indicador, permanecendo no ponto máximo mesmo quando o ponteiro indicador retorna a posição mais baixa, por esta razão é denominado “ponteiro de arraste” para registro de máxima pressão.

Pressão

(Parte 1 de 2)

Comentários