Manual Técnico de Extintores Portateis

Manual Técnico de Extintores Portateis

(Parte 1 de 10)

BUCKA Indústria e Comércio Ltda.

Manual Técnico de Extintores Portáteis

BUCKA

SPIERO

Rod. Dom Gabriel P. Couto s/ nº KM 81,5 Bloco C - Bairro Pinhal – Cabreúva - SP

Fone: (011) 3935-3219

Fax: (011) 3931-009

CÓDIGO: MTB.001/01

EMISSÃO: 01/06/2001

REVISÃO: 01 em 01/03/02

Manual Técnico

BUCKA Extintores de Incêndio

SPIERO

Relação dos extintores descritos no manual técnico

  • Extintor de incêndio com carga de pó químico, modelo MP, com capacidade para 04 kg.

  • Extintor de incêndio com carga de pó químico, modelo MP, com capacidade para 06 kg.

  • Extintor de incêndio com carga de pó químico, modelo MP, com capacidade para 08 kg.

  • Extintor de incêndio com carga de pó químico, modelo MP, com capacidade para 12 kg.

  • Extintor de incêndio com carga de água pressurizada, modelo MAP, com capacidade para 10 litros.

  • Extintor de incêndio com carga de gás carbônico, com capacidade para 04 kg.

  • Extintor de incêndio com carga de gás carbônico, com capacidade para 06 kg.

  • Extintor de incêndio com carga de gás FE-36, com capacidade para 1,5 kg.

  • Extintor de incêndio com carga de gás FE-36, com capacidade para 2,5 kg.

  • Extintor de incêndio com carga de pó químico(ABC), modelo MP, com capacidade para 04 kg.

CÓDIGO: MTB.001/01

EMISSÃO: 01/06/2001

REVISÃO: 01 em 01/03/02

Manual Técnico

BUCKA Extintores de Incêndio

SPIERO

Sumário

Aviso Importante

01

Recomendações

01

Termo de Garantia

01

Transporte

01

Instalação

03

Uso

03

Preservação

05

Vista Explodida (Pó Químico)

06

Características Técnicas (Pó Químico)

07

Vista Explodida (Água)

10

Características Técnicas (Água)

11

Vista Explodida (CO²)

13

Características Técnicas (CO²)

14

Vista Explodida (FE-36)

17 e 18

Características Técnicas (FE-36)

19

Vista Explodida (Pó Químico ABC)

22

Características Técnicas (Pó Químico ABC)

23 à 25

Inspeção

26

Manutenção

27

Recarga

29

Solucionando Problemas

31

Anexos

CÓDIGO: MTB.001/01

EMISSÃO: 01/06/2001

REVISÃO: 01 em 01/03/02

FOLHA: 1

Manual Técnico

BUCKA Extintores de Incêndio

SPIERO

Aviso Importante

A BUCKA não executa serviço de inspeção, manutenção ou recarga em extintores de incêndio. Este manual é publicado como um guia para auxiliar um serviço de manutenção qualificado, somente para inspeção, manutenção e recarga de extintores de origem BUCKA. Nenhum manual de instruções poderá prever todos os problemas de mal funcionamento possíveis que poderão ser encontrados durante a manutenção dos extintores. Devido a possibilidade dos serviço nestes equipamentos serem impropriamente feitos, é extremamente importante que todas as precauções, cuidados e notas deste manual sejam cuidadosamente observadas. O não cumprimento destas instruções poderão resultar em sérios danos.

A BUCKA não assume responsabilidades por serviços de inspeção, manutenção ou recarga de extintores divulgadas por este manual.

Recomendações

Quando a inspeção, manutenção ou recarga forem efetuadas, estas deverão ser efetuadas por pessoal habilitado com equipamentos apropriados. Os extintores são recipientes pressurizados e tem que ser tratados com respeito e manuseados com cuidado. Eles são dispositivos mecânicos e requerem inspeção e manutenção periódica para garantir que estarão prontos para operar corretamente e seguramente.

A BUCKA recomenda que as inspeções, manutenções e recargas dos extintores sejam feitas por empresas autorizadas pelo INMETRO dentro dos prazos estabelecidos.

A BUCKA mantém disponíveis peças originais de fábrica para assegurar uma manutenção adequada. As peças para substituição deverão ser adquiridas junto a BUCKA, a qual garante que as mesmas foram fabricadas dentro de suas especificações. Anel O’ring, mangueiras, bicos, tubo sifão, difusores e todas as partes metálicas são submetidas a inspeções e testes em nossa fábrica para serem disponibilizadas no mercado.

Termo de Garantia

A BUCKA Industria e Comércio Ltda. garante ao extintor de incêndio um período de 01 ano, a partir da data de fabricação conforme etiqueta anexa ao extintor, cobrindo exclusivamente o fornecimento ou reparo, a critério da BUCKA Industria e Comércio Ltda, de equipamentos ou peças que apresentem defeitos de fabricação ou de mão de obra comprovado pelo nosso departamento de Garantia da Qualidade. Para tanto a BUCKA Industria e Comércio Ltda deverá ser imediatamente notificada por escrito dos defeitos ocorridos, para verifica-los.

Esta garantia é limitada ao reparo ou substituição gratuita, posto fábrica, por material idêntico e dentro das mesmas especificações do material defeituoso.

Esta garantia não cobrirá danos causados por transportes ou manuseios inadequados que possam ocorrer a partir da data de entrega, nem pressões excessivas, operações inadequadas, erradas ou descuidadas. A garantia somente será aplicada ao material fornecido pela BUCKA Industria e Comércio Ltda., não se estendendo, em hipótese alguma, a materiais e serviços fornecidos pelo cliente ou sua ordem.

Transporte

1. Todos os extintores devem ser transportados sempre na posição vertical.

2. Não Empilhar os extintores, este procedimento poderá causar danos no gatilho e disparos acidentais.

3. Extintores de baixa pressão.

3.1. Os extintores modelos MP (pó químico pressurizado) e MAP (água pressurizada) são classificados como equipamentos de baixa pressão devido os mesmos serem pressurizados com nitrogênio (N2), a uma pressão de 1,03 Mpa (10,5 Kgf/cm²) a 20 ºC.

Nota: O gás expelente (N2), utilizado para pressurizar os extintores é um gás permanente, não ocasionando riscos de disparos ou explosões devido a variação de temperatura.

3.2. Agente extintor “pó químico seco”.

3.2.1. Os extintores modelo MP (pó químico pressurizado) são carregados com pó químico seco a base de bicarbonato de sódio, sendo que esta mistura não contém substâncias que dêem origem a produtos ou combinações tóxicas quando aquecidas ou em uso.

CÓDIGO: MTB.001/01

EMISSÃO: 01/06/2001

REVISÃO: 01 em 01/03/02

FOLHA:2

Manual Técnico

BUCKA Extintores de Incêndio

SPIERO

3.3. Outros cuidados.

3.3.1. Saúde ocupacional - Aspecto Toxicológico:

  • Via respiratória í Não considerada

  • Via mucosa e contato com os olhos í Pode causar irritações

  • Via digestiva í Não considerada

3.3.2. Controle de exposição/Controle ambiental:

  • Ventilação natural ou exaustora

  • Em caso de material derramado, recolher varrendo o produto.

3.3.3. Tratamento da exposição/Intoxicação aguda:

  • Primeiros socorros e tratamento médico, na mucosa e olhos lavar com água corrente em abundância durante 15 minutos.

3.3.4. Ações em caso de acidentes/Vazamentos:

  • Evitar formação de poeira

  • Afastar curiosos

  • Isolar a área

  • Na estrada: avisar a policia rodoviária

  • Na cidade: avisar o corpo de bombeiros

(Parte 1 de 10)

Comentários