Técnicas de Imobilização emTraumatologia

Técnicas de Imobilização emTraumatologia

Técnicas de Imobilização em Traumatologia

Pedro GuilmeTeixeira de Sousa Filho

Monitoria de Ortopedia e Traumatologia 2009

Situação prática

•Você é um médico recém-formado e conseguiu seu primeiro contrato no Hospital de Potiretama.

•A auxiliar manda entrar seu primeiro paciente, que sofreu trauma de membro superior.

Caso Clínico

•Dona Maria do Carmo, 85 anos, natural e procedente do distrito de Serrote Escuro, município de Potiretama.

•Apresenta-se ao Hospital de Potiretama queixando-se de dor e deformidade no punho esquerdo após sofrer queda no banheiro de sua casa.

Caso Clínico Caso Clínico

E agora? ?

Objetivos

•Saber a importância de uma imobilização em pacientes vítimas de trauma;

•Conhecer os tipos de imobilização;

•Saber realizar uma imobilização provisória adequada.

Conceitos Básicos Fratura ?

Conceitos Básicos

•Fratura Completa

–É a interrupção completa da continuidade de um osso.

• Ocorre quando apenas algumas trabéculas ósseas são seccionadas, enquanto

outras se curvam ou permanecem intactas.

Fratura Incompleta

Conceitos Básicos Luxação ?

Conceitos Básicos

• Luxação: –Perda total do contato entre as superfícies articulares.

Subluxação

• É uma pequena ruptura de uma articulação

(as superfícies articulares ainda estabelecem algum contato).

Raio X •Como solicitar um raio-x corretamente?

• Exceções: •Pé e mão;

• Bacia;

• Ombro.

Série Trauma para Ombro Série Trauma para Ombro

Técnicas de Imobilização Técnicas de Imobilização

Imobilização adequada

•Quais os tipos de imobilização?

•Qual é a imobilização adequada para cada tipo de fratura ou luxação?

•Quais as vantagens de uma imobilização adequada?

•Imobilizações improvisadas ...

Quais os tipos de imobilização?

•Talas •Imobilizações gessadas

•Imobilizações préfabricadas

Imobilização adequada

• Fratura: Deve envolver a articulação imediatamente proximal e distal em relação ao osso fraturado.

• Luxação: deve envolver os ossos que formam a articulação envolvida, evitando a mobilidade.

•Qual é a imobilização adequada para cada tipo de lesão?

–Se tiver edema? –Quanto tempo?

Imobilização Adequada

Imobilização adequada

•Quais as vantagens de uma imobilização adequada?

–Estabilidade do foco de fratura

•Diminuir a dor •Evitar lesão de estruturas adjacentes

•Permitir consolidação óssea

Técnicas de Imobilização Provisória de Extremidade Superior

Técnicas de Imobilização Provisória de Extremidade Superior

Técnicas de Imobilização Provisória de Extremidade Superior

•Imobilização tipo tala luva:

–Fraturas de dedo ou metacarpos; –Contusão de punho

Técnicas de Imobilização Provisória de Extremidade Superior

•Imobilização tipo Tala Luva

Técnicas de Imobilização Provisória de Extremidade Inferior

•Imobilização tipo tala luva

Técnicas de Imobilização Provisória de Extremidade Superior

•Imobilização tipo Tala Luva

Técnicas de Imobilização Provisória de Extremidade Superior

•Imobilização tipo Tala Luva

Técnicas de Imobilização Provisória de Extremidade Superior

•Imobilização tipo Tala Luva

Técnicas de Imobilização Provisória de Extremidade Superior

•Imobilização tipo Tala Luva

Técnicas de Imobilização Provisória de Extremidade Superior

Técnicas de Imobilização Provisória de Extremidade Superior

•Imobilização tipo tala axilo-palmar:

–Fratura/Luxação de punho; –Fratura/Luxação de cotovelo;

–Fraturas de ante-braço;

Técnicas de Imobilização Provisória de Extremidade Superior

•Imobilização tipo tala axilo-palmar

Técnicas de Imobilização Provisória de Extremidade Superior

•Imobilização tipo tala axilo-palmar

Técnicas de Imobilização Provisória de Extremidade Superior

•Imobilização tipo tala axilo-palmar

Técnicas de Imobilização Provisória de Extremidade Superior

•Imobilização tipo tala axilo-palmar

Técnicas de Imobilização Provisória de Extremidade Superior

Técnicas de Imobilização Provisória de Extremidade Superior

•Imobilização tipo Velpeau e tipo Pinça de confeiteiro

–Luxação / fratura do ombro –Fratura de úmero

Técnicas de Imobilização Provisória de Extremidade Superior

•Pinça de Confeiteiro

Técnicas de Imobilização Provisória de Extremidade Superior

• Imobilização Velpeau

Técnicas de Imobilização Provisória de Extremidade Superior

Técnicas de Imobilização Provisória de Extremidade Superior

• Tipóia:

–Fraturas de clavícula em crianças e sem desvio em adultos;

–Contusão no ombro.

Técnicas de Imobilização Provisória de Extremidade Superior

•Tipóia Chique

Técnicas de Imobilização Provisória de Extremidade Superior

•Tipóia do IJF

Técnicas de Imobilização da Extremidade Superior

Técnicas de Imobilização da Extremidade Superior

Técnicas de Imobilização da Extremidade Superior

•Tratamento conservador da fratura de Clavícula com desvio em adultos:

–Oito gessado.

Técnicas de Imobilização da Extremidade Superior

•Imobilização tipo 8 gessado

•Imobilização tipo 8 gessado •Imobilização tipo 8 gessado

Técnicas de Imobilização Provisória de Extremidade Inferior

Comentários