Curso de linux

Curso de linux

(Parte 1 de 2)

SISTEMA OPERACIONAL UBUNTU * Nível Básico *

BLOG DO PROJETO DO CURSO: http://teresakatia-linux.blogspot.com/

Teresa Kátia Alves de Albuquerque Colégio de Aplicação-CEDUC/UFRR

Mara Jeanne Medeiros Santos UNIVIR/SECD-R

O Linux é um sistema operacional multitarefa que funciona em todos os tipos de computadores existentes.

É ótimo em ambientes de trabalho intensivo em rede e funciona muito bem como posto de trabalho individual

Pode ser usado em todos os tipos de ambientes: empresariais, acadêmicos, em casa, etc

É o principal programa de um computador:

“O sistema operacional controla cada arquivo, dispositivo. Controla quem pode utilizar o sistema e de que maneira”. (Silveira, 2004)q

Software Proprietário: O usuário do software proprietário, quando o adquire, não sabe que na verdade não comprou um produto, mas uma licença de uso. A propriedade do software continua com a empresa que o desenvolveu.

Software Livre: A licença do software livre é uma licença não-proprietária de uso. O software livre possui um autor ou vários autores, mas não possui dono. Dessa forma, o usuário do software livre também tem o direito de ser desenvolvedor.

Quando apareceu, o Unix tinha inúmeras vantagens, era distribuído gratuitamente, funcionava em qualquer computador e era tão flexível que podia ser moldado e reprogramado pelo próprio usuário, além de ser poderoso o suficiente para suportar grandes quantidades de dados.

Em 1983, o pesquisador Richard Stallman, deu inicio ao projeto GNU que teria como objetivo produzir um sistema operacional livre que pudesse fazer o mesmo que o sistema UNIX (normas e regras).

Sua proposta era construir um sistema capaz de rodar programas e aplicativos do UNIX, mas que fosse livre, independente de licenças proprietárias de uso.

O nome Linux surgiu da mistura de Linus + Unix. Linus é o nome do criador do Linux, Linus Torvalds.

A 1ª versão do Linux foi criada em 1991 por um estudante Finlandês chamado Linus Torvalds, quando percebeu que os sistemas operativos existentes não eram adequados ao seu PC.

Este projeto pessoal acabou por receber contribuições de imenso grupo de pessoas, a maior parte delas através da Internet

Milhares de pessoas contribuem para aquilo que o Linux é hoje em dia, mas ninguém é propriamente dono do Linux.

Cada distribuição tem sua característica própria, como o sistema de instalação, o objetivo, a localização de programas, nomes de arquivos de configuração etc.

A escolha de uma distribuição é pessoal e depende da necessidade de cada um usuário.

Algumas distribuições bastante conhecidas são: Debian, SuSE, Kurumim, Mandriva Conectiva Linux etc. Veja alguns logotipos de distribuições Linux.

1. Usar o programa para qualquer propósito 2.Estudar como o programa funciona, e adaptá-lo para suas necessidades através do código fonte 3. Redistribuir cópias de modo que você possa ajudar seu próximo 4. Modificar o programa e compartilhar com outros usuários

É livre: pode-se descarregar o Linux da Internet, pedir uma cópia a um amigo ou ainda comprar uma caixa (o preço paga a caixa e os manuais)

Multi-tarefa: vários programas podem funcionar simultaneamente sem afetar o gerenciamento dos recursos do computador nem a performance do Sìstema Operacional (SO)

Velocidade: o Linux é muito rápido do que Windows

Estabilidade: computadores com Linux podem funcionar durante meses ou anos seguidos sem “travar”, “estourar” ou precisar ser reiniciado (ao contrário do Windows)

Utilização: um computador com Linux pode ser usado por vários utilizadores ao mesmo tempo (e não apenas um de cada vez) Ex.: Uma CPU com vários monitores.

Fotos do Laboratório de Informática I do Colégio de Aplicação-CEDUC/UFRR: 06/04/2006. 5

✔Ubuntu é uma distribuição do Linux desenvolvida para o usuário não experiente. ✔Ubuntu é uma ideologia ética Sul Africana focada no compromisso e relações entre as pessoas. ✔A palavra vem das línguas Zulu e Xhosa. Ubuntu (pronunciado "u-BUN-tu").

✔Uma tradução rápida do princípio de Ubuntu é "humanidade para os outros". Outra tradução poderia ser: a crença em uma ligação universal de compartilhamento que conecta toda a humanidade.

Área de Trabalho do Ubuntu

✔Traz uma interface simples e objetiva,e resume os comandos ao mínimo necessário. ✔A área de trabalho do Ubuntu exibe uma barra do sistema com três entradas:

Aplicações, Locais e Sistemas

Aplicações ✔É a porta de entrada para os aplicativos instalados

Locais

✔Dá acesso a unidades de discos e pastas de arquivos (Meu computador do Windows). ✔Atividade: Criar pasta com seu nome no Desktop

SISTEMA ✔Reúne os recursos de configuração do hardware e do próprio sistema.

1. ABRIR A PASTA DO USUÁRIO 1.1 Menu LOCAIS 1.2 Pasta Pessoal

2. CRIAR PASTA Nesta atividade, você vai criar uma pasta com seu nome: 2.1 Dois cliques na pasta Desktop ou Área de Trabalho (Navegador de Arquivo)

2.2 Clique numa região livre no Gerenciador de Arquivo com botão direito do mouse

2.3 Clique em Criar Pasta 2.4 Digite o nome da pasta

3. CRIAR SUBPASTAS Nesta atividade, você vai criar subpastas: 3.1 Dois cliques na sua pasta 3.2 Clique com o botão direito numa região livre dentro da sua pasta 3.3 Clique em Criar Pasta 3.4 Digite o nome das subpastas (nesta atividade, você vai criar quatro subpastas):

-Writer (Editor de Texto)
–Impress(Apresentação)
–Calc(Planilha Eletrônica)

– Apostilas

Obs.: Ver na próxima página as subpastas criadas.

4. COPIAR UMA PASTA OU ARQUIVO: 4.1 Clique em cima da pasta ou arquivo a ser copiado 4.2 Clique agora em cima do mesmo com o botão direito 4.3 Escolha a opção COPIAR (ou use o atalho CTRL+C)

4.4 Abra o destino do arquivo ou pasta 4.5 Clique com o botão direito numa área livre e clique em COLAR (ou use o atalho CTRL+X)

5 RECORTAR UMA PASTA OU ARQUIVO 5.1Crie uma subpasta com o nome teste dentro da pasta Apostila

5.2 Clique em cima da pasta teste a ser recortada 5.3 Clique agora em cima do mesmo com o botão direito 5.4 Escolha a opção RECORTAR (ou use o atalho CTRL+X) 5.5 Abra o destino do arquivo ou pasta (a sua pasta) 5.6 Clique com o botão direito numa área livre e clique em COLAR (ou use o atalho CTRL+V)

6 RENOMEAR UMA PASTA OU ARQUIVO 6.1 Clique em cima da pasta teste a ser renomeada 6.2 Clique agora em cima do mesmo com o botão direito 6.4 Escolha a opção RENOMEAR 6.5 Após clicar, o nome do arquivo fica editável 6.6 Digite um novo nome na pasta: Curso Linux

7 DELETANDO UMA PASTA OU ARQUIVO 7.1 Clique em cima da pasta Curso Linux a ser deletada 7.2 Clique agora em Mover para a Lixeira

(Parte 1 de 2)

Comentários