Determinação de densidade de corpos sólidos e Determinação de metais a partir da reação com ácido nítrico e hidróxido de sódio

Determinação de densidade de corpos sólidos e Determinação de metais a partir da...

(Parte 1 de 3)

Universidade do Estado do pará - UEPA

Centro de Ciências Sociais e Educação - CCSE

Licenciatura Plena em Ciencias Naturais - Química Roger Leomar.

O equilíbrio químico na eletroquímica

Abril-2010 Belém-Pa

Universidade do Estado do pará-UEPA

Centro de Ciências Sociais e Educação-CCSE

Licenciatura Plena em Ciencias Naturais- Química. Roger Leomar

Relatórios: Determinação de densidade de corpos sólidos e

Determinação de metais a partir da reação com ácido nítrico e hidróxido de sódio

Relatório entregue como requisito parcial referente à 1° avaliação da disciplina:O equilíbrio químico na eletroquímica, orientado e ministrado pelo Professor Luiz Roberto.

Abril-2010 Belém-Pa

1 -INTRODUÇÃO

Foram realizadas duas atividades práticas, uma sobre a determinação da densidade dos corpos sólidos tendo base sobre a discussão de Arquimedes: “Todo o corpo total ou parcialmente mergulhado num fluído sobre uma impulsão de baixo para cima é igual ao peso do volume de fluído deslocado” e outra sobre a determinação de metais a partir da reação com ácido nítrico e hidróxido de sódio fazendo observações em relação a reação ao “sentindo” se estar ou não liberando calor (exotérmica ou endotérmica).

2 – PRÁTICA I: Determinação de densidade de corpos sólidos. 2.1 – Resumo:

A densidade é a grandeza que relaciona a massa com o volume. =

A determinação da densidade de sólidos pode ser muito simples se o objeto apresentar uma forma menos complexa possível, pois assim o seu volume e sua massa podem ser facilmente determinadas e as fontes de erros serão menores possíveis.

Este trabalho de modo experimental que poderá ser aplicado tanto no uso do ensino de química nas séries que estudam-se massa, matéria e volume.

A prática também pode ser visto de um modo interdisciplinar com o ensino de física e nas séries finais do ensino fundamental 8° série, atual 9° ano, na disciplina de C.F.B (Ciências Físicas e Biológicas).

2.2 - Objetivo:

Pesar a rolha da borracha; Pesar a espátula;

Determinar a densidade da rolha de borracha;

Determinar a densidade da espátula metálica;

2.3 - Material Utilizado:

Proveta 250 ml; Espátula metálica;

Balança analítica.

Rolha de borracha.

2.4 – Procedimento Experimental:

Inicialmente pesou-se a rolha de borracha na balança digital e anotou-se o resultado e o mesmo foi feito com a espátula metálica.

Este procedimento foi feito três vezes com cada “corpo” em questão para que as fontes de erros fossem as menores possíveis, matematicamente falando, uma média foi retirar.

Densidade da rolha de borracha Massas:

Densidade da espátula Massas:

2.5 – Resultados e Discussões:

Na determinação de densidade do corpo, apesar de da rolha de borracha e a espátula metálica possuírem uma média de valores quase iguais referente à massa (diferença de 1,19g), o volume é mais perceptível sua diferença (11ml), pois a geometria material da borracha, ocupou mais espaço na proveta que a geometria material da espátula metálica. Conclui-se então que a borracha, apresenta uma densidade menor que a da quantidade de água existente, por este motivo ela permaneceu a um nível superior a da espátula que comportou- -se de modo mais densa que a água, por tanto, permaneceu à um nível abaixo.

3 – PRÁTICA I - Determinação de metais a partir da reação com ácido nítrico e hidróxido de sódio

Devido a sua natureza oxidante, ácido nítrico não doa seu próton (isto é, ele não libera hidrogênio) em reação com metais e os sais resultantes são normalmente nos estados de oxidação mais altos. Por esta razão, corrosão pesada pode ser observada e deve ser prevenida pelo uso apropriado de metais ou ligas resistentes à corrosão.

Ácido nítrico tem o alta distinção entre os ácidos minerais por atacar (reagir) e dissolver todos os metais da tabela periódica com exceção do ouro e da platina (série dos metais preciosos) e certas ligas. Esta característica permite ao ácido nítrico ser usado em testes ácidos qualitativos para identificação de metais, como foi no caso da experiência realizada, e com a ajuda deste acido, conseguimos distingui os metais desconhecidos, e identificamos como Zinco, Ferro, Aluminio e Prata.

Hidróxido de sódio ou, popularmente, soda cáustica, é o composto químico de fórmula química NaOH. É uma base metálica (do metal alcalino sódio) cáustica. Por sua alta reatividade, grande disponibilidade e baixo custo o hidróxido de sódio é amplamente utilizado em reações químicas, tanto em escala laboratorial quanto industrial.

O hidróxido de sódio forma uma forte solução alcalina quando dissolvido em um solvente tal como a água, entretanto, somente o íon hidróxido é básico, já no laboratório foi reagido com Zinco, Ferro, Cobre e Alumínio, muitas dessas misturas não houve reação, nem desprendimento de gás ou mudança na coloração.

2. 2– Objetivo:

Analisar a reação do Ácido Nitrico com Zinco, Ferro, Cobre e Alumínio; Analisar a reação do Hidróxido de sódio com Zinco, Ferro, Cobre e

Alumínio; Determinar a reação enquanto a entalpia;

Observar mudanças nas reações;

2.3 – Material Utilizado:

Vidro de relógio; Tubos de ensaios;

Balança Analítica;

Acido Nítrico;

Hidróxido de sódio

Composto de metais (desconhecidos no inicio da atividade) o Ferro; o Cobre; o Zinco; o Alumínio.

2.4 – Procedimento Experimental:

(Parte 1 de 3)

Comentários