Tutorial Flash Professional 8

Tutorial Flash Professional 8

(Parte 1 de 4)

ÍNDICE
INTRODUÇÃO
O que é Shockwave Flash
O AMBIENTE DO FLASH
Barra de ferramentas
Caixa de Ferramentas
Linha do Tempo
Bibliotecas
Painéis
Área de Trabalho
Ferramentas de Desenho e suas propriedades10 
Manipulando Objetos17 
Trabalhando com objetos externos19 
SÍMBOLOS20 
Os tipos de Símbolos:20 
Filtros24 
ANIMAÇÃO25 
Animação Quadro a Quadro25 
Animação com Interpolação de Movimento25 
Onion Skin27 
Propriedades da barra de ferramentas do quadro28 
Camadas29 
Camadas Guia29 
Máscaras34 
Interpolação de Forma35 
Trabalhando com imagens importadas35 
BOTÕES37 
CLIPES DE FILME38 
SONS39 
VÍDEOS42 
AÇÕES46 
O painel Ações46 
PRE-CARREGADORES51 
Criando um carregador simples52 
APLICAÇÃO STAND ALONE53 
Abaixo seguem os comandos do FS Command54 
CENAS55 
PUBLICAÇÃO DO FILME55 

Índice CONCLUSÃO ............................................................................................................................. 58

INTRODUÇÃO A tecnologia Shockwave Flash, da Macromedia, já esta presente na WEB há alguns anos, e no último ano ganhou um forte impulso com a inclusão do plugin necessário nos navegadores mais recentes. Cada vez mais utilizado, o Shockwave Flash já está sendo empregado em sites de grandes empresas. O grande sucesso do Flash se deve ao seu poder de processamento multimídia, limitado somente pela criatividade de designers e criadores de conteúdo, tudo isto aliado a uma característica muito importante: os arquivos transferidos pela Internet são pequenos.

O que é Shockwave Flash É uma ferramenta de autoria e edição de imagens vetoriais com animação,

interativos, desenhos animados, arquivos executáveis, gifs animados, etc

som e interatividade. Baseada em imagens vetoriais, possibilita a criação de efeitos avançados em arquivos bastante pequenos. Além de imagens vetoriais, ao conteúdo Flash pode ser acrescentado arquivos bitmaps, sons no formato.au e .wav, e até mesmos GIFS animados. O que são Imagens vetoriais: As imagens vetoriais não são geradas por meio da combinação de pontos de imagem, e sim criadas a partir de cálculos matemáticos executados pelo computador. Isto significa que os arquivos que contém essas imagens armazenam somente as fórmulas matemáticas que representam formas, curvas e cores, e, portanto são muito pequenos. Assim, um arquivo que contenha o desenho de um círculo com 1 centímetro de diâmetro terá exatamente o mesmo tamanho se o círculo tiver 20 centímetros. Outra vantagem é que, ao serem ampliadas, não perdem absolutamente nada em qualidade. A desvantagem das imagens vetoriais é a impossibilidade de representar imagens mais complexas e realistas com qualidade fotográfica. O que podemos criar com o Flash Desde simples faixas animadas com anúncios para páginas da WEB, menus

O AMBIENTE DO FLASH Ao iniciarmos o Flash ele vai apresentar uma tela com as opções que podemos trabalhar com o Flash.

Na coluna da esquerda podemos abrir um projeto existente, os projetos mais recentes vão aparecer logo abaixo do botão “Open. Na coluna do meio podemos iniciar nossos projetos. A versão 8 do Flash permite além da opção que vamos trabalhar em nosso curso “Flash Document”, temos também as opções:

• ActionScript File

• Flash Project

Na coluna da direita temos as opções de modelos de aplicações Flash. Ao clicar em Flash Document ele mostrará a área de composta de diversas janelas e opções. No topo temos a barra de menus, à esquerda caixa de ferramentas e no centro a linha do tempo, e na grande área branca a área de trabalho.

Barra de ferramentas Para exibir a barra de ferramentas no Flash, clique no Menu , Window,

Toolbars, Main

Na Barra de ferramentas além dos botões padrões como Novo, Abrir, Salvar, etc..., temos botões exclusivos do FLASH como, por exemplo, Encaixar (formato de imã) que auxilia no posicionamento dos elementos na tela do filme.

Caixa de Ferramentas A caixa de Ferramentas do Flash 8 é composto de quatro

subdivisões: Ferramentas (Tools), Exibir (View), Cores (Colors) e Opções (Options). A área de ferramentas é composta dos botões de desenho e manipulação dos desenhos feitos na área de desenho do FLASH. A área Exibir permite modificar a forma de visualizar a área de desenho do Flash permitindo mover o desenho ou ampliá-lo com a lupa. Na área de cores podemos definir cores de linhas e cores de preenchimento dos desenhos feitos no FLASH. Opções tratam das opções de desenho selecionado. Ainda com relação à caixa de ferramentas, ao posicionar a ponta do mouse sobre uma ferramenta ela mostra o nome da ferramenta e uma letra entre parênteses , ao pressionar a tecla correspondente à letra ela será marcada como ativa automaticamente.

Linha do Tempo A Linha do tempo é utilizada na criação de animações. Através dela podemos definir qual será a mudança e/ou caminho a ser especificado pelo objeto do filme. Podemos través de a linha tempo utilizar camadas para melhor agrupamento e movimento dos objetos.

A Timeline é composta dos seguintes elementos, na parte superior temos o

nome do arquivo aberto. Na direita temos o botão de controle de cenas e de controle de objetos do Flash e no final a opção de ZOOM da área de

edição . Abaixo temos as opções de visualização de camadas: mostrar / ocultar,

bloquear / desbloquear e visualizar somente traços: .

Abaixo temos as camadas criadas: . Ao lado de cada camada temos os quadros de nossa animação, quando um quadro possui um objeto observe que o mesmo apresenta uma bolinha preenchida, quando o mesmo apresentar uma bolinha vazada é um quadro vazio e quando o mesmo apresentar um “a” significa que nesse quadro temos ações (ações são blocos de códigos dentro de nossa animação).

No final do empilhamento de camadas temos os botões que nos permitem criar as camadas do Flash. Criar uma camada normal, criar uma camada GUIA, criar uma pasta (permite armazenar camadas dentro delas e no final da linha excluir

uma camada. A barra da linha do tempo exibe os quadros da animação onde estão cursor vermelho na barra indica o quadro selecionado, é possível clicar sobre o quadro para selecionar o mesmo. No canto direito da barra temos o botão onde

podemos definir a aparência da barra da Timeline . Na parte de baixo temos as opções de “Onion Skin” (veremos mais a frente) o número do frame selecionado, a velocidade de nosso filme (12fps), 12 Frames per second (Quadros por segundo). Significa que nosso filme apresenta 12

quadros de animação por segundo.

Caso você venha a produzir um filme em flash para ser exibido em um DVD, TV ou para ser introduzido em algum filme. Será necessário mudar a sua velocidade para 30FPS. Animações que contenham muito brilho, ou efeitos de com objetos piscando é aconselhável utilizar 24FPS.

Bibliotecas As Bibliotecas do Flash são objetos armazenados que podem ser utilizados posteriormente. Existem as Bibliotecas do Flash que podem ser usadas em qualquer filme e existe a biblioteca do filme atual, ou seja, símbolos criados para o filme atual. Para poder visualizar as Bibliotecas do Flash, escolha Menu Window, Common Library e escolher o tipo de objeto a ser utilizado. E para chamar as bibliotecas do filme atual escolha Menu Window, Library ou somente a combinação das teclas CTRL+L.

Painéis A forma de trabalhar com os objetos do Macromedia Flash é através de

Painéis, quando aberto o programa estes painéis localizam-se na direita de sua área de Trabalho e podem ser redimensionados, arrastados e retirados da tela. Para poder chamar os painéis use o Menu Window.

Área de Trabalho Uma das primeiras coisas a serem feitas ao iniciar um filme do Macromedia

Flash é definir as propriedades de sua tela, como tamanho, cor e velocidade ao qual o seu filme vai trabalhar, estas propriedades pode ser alteradas através da barra de propriedades abaixo de sua tela. Esta barra muda conforme o objeto

que está selecionado.

Ferramentas de Desenho e suas propriedades

A primeira ferramenta a ferramenta seta é utilizada para selecionar os objetos de sua área de trabalho, podemos selecionar os objetos clicando sobre eles ou simulando um contorno em forma de retângulo sobre o objeto a ser selecionado.

Os objetos no Flash diferenciam contorno de preenchimento então se você clicar no meio de um objeto você apenas selecionará o preenchimento. Para poder selecionar ambos é necessário um duplo clique ou simular um contorno sobre ambos com a ferramenta seta. A ferramenta ao lado da seta em forma de uma flecha branca é a ferramenta subselecionar que permite trabalhar com os nós de seu objeto.

Abaixo temos a ferramenta FreeTransform . Ao clicar sobre ela , será mostrado alças de dimensão em volta de seu objeto. Na parte de Options da caixa de ferramentas ele mostra as opções da ferramenta.

A primeira opção é a “Rotate and Skew”, que permite rotacionar e inclinar a ferramenta. A segunda opção “Scale” permite dimensionar a forma selecionada. Se redimensionar seu objeto com a tecla ALT pressionada ao dimensionar para um lado ele faz a mesma dimensão para o outro lado. A terceira opção é a opção Distort que permite distorcer seu objeto em perspectiva. A última opção é a Envelope que vai permitir editar o objeto com curvas de bezier. Caso você já tenha convertido seu objeto em símbolo as opções disponíveis serão somente “Rotate and Skew” e “Scale”.

Ao lado temos a ferramenta “Gradient Transform Tool” , veremos o uso dessa ferramenta posteriormente.

Abaixo temos a ferramenta Linha que permite que se trace linhas e podemos também unir os ponto de uma linha criando assim polígonos.

Estando com o a ferramenta encaixar (Imã) ligada - o mesmo encontra-se caixa de propriedades e na barra de ferramentas - ao traçar ele mantém uma “bolinha” na extremidade da linha e quando encaixar ele também a mostrará, isso fará também com que as linhas sempre saiam retas na vertical e diagonal. Esta ferramenta também auxiliará na criação de quadrados e circunferências. Também manterá uma grade invisível em sua tela - o que muitas vezes atrapalha - para o posicionamento de objetos. Para evitar o uso do “imã” você pode desligá-lo ou então utilizar as setas de seu teclado para o posicionamento. A versão 8 do Flash trouxe uma nova ferramenta que permite desenhar os

objetos como grupos é a ferramenta “Object Drawing” . Caso essa ferramenta esteja desligada ao desenhar um objeto sobre um existente o novo objeto substituiria a parte sobreposta. Ao lado da ferramenta linha temos a ferramenta Laço que permite fazer seleções irregulares em nossos objetos.

Na linha de baixo a ferramenta da esquerda é a ferramenta caneta que permite criar curvas Bezier no Flash e alterar os pontos de um objeto do Flash. Abaixo temos um retângulo e depois do mesmo ter sido alterado com a ferramenta caneta.

Ao lado da ferramenta caneta temos a ferramenta Texto.As opções de Texto podem ser Estático, Dinâmico e de Entrada. Texto Estático: É o texto simples com todas as possibilidade de Formatação.

Texto Dinâmico: É o texto que recebe informações de uma variável, ou seja, ele lê o texto de um arquivo qualquer que contenha uma variável igual a sua, exemplo de usos para leitura de variáveis de scripts, ASP, PHP, HTML e até mesmo de arquivos TXT, como por exemplo, para textos em barras de rolagem.

Texto de Entrada: Permite que se crie uma caixa de texto e que a mesmo comporte-se como campo de formulários, ele permite que o usuário insira informações que serão repassadas também através de variáveis.

Ferramenta Elipse : Permite desenhar círculos e elipses no seu filme.

Retângulo : O retângulo possui como mais uma opção a possibilidade de se desenhar um retângulo com cantos arredondados. Ao selecionar a ferramenta retângulo esta opção aparece na caixa de opções . Esta mesma opção aparece ao dar-se um duplo clique na ferramenta retângulo.

Quando precisar desenhar um retângulo com cantos arredondados e não souber seu ângulo desenhe seu retângulo e sem soltar o mouse vá arredondando seus cantos com as setas direcionais.

Junto à ferramenta retângulo temos a ferramenta “Polystar Tool” que permite desenhar polígonos e estrelas. Essa mudança pode ser feita através do botão “Options” na barra de propriedades.

Ao chamar as ferramentas Oval e retângulo e polígono na caixa de propriedades serão mostradas as propriedades de cor de contorno, cor de preenchimento e tipo de linha. Ao clicar no botão personalizar será aberto uma nova janela onde teremos mais algumas opções da ferramenta Traço.

A ferramenta lápis permite desenhar linhas em sua área de desenho ao selecionar a ferramenta linha na caixa de opções abrem-se as opções de linhas: Acertar, Suavizar e Tinta.

(Parte 1 de 4)

Comentários