Biossegurança

Biossegurança

BIOSSEGURANÇA

  • UNIVERSO – DOENÇAS TRANSMISSÍVEIS

  • Lucélia da Silva Duarte

BIOSSEGURANÇA

  • Conceito:

  • Conjunto de ações que visam a prevenção, minimização e eliminação dos fatores de riscos inerentes ao trabalho; que possam comprometer a saúde do homem, dos animais ou comprometer o meio ambiente

HISTÓRICO

  • Doença e trabalho – associação feita pelos egípcios.

  • 1830 – Primeiro serviço de medicina do trabalho na Inglaterra

  • 1976 – Primeiras diretrizes de Biossegurança – divulgadas pelo NIH

  • ( National Institute of Health).

H I S T Ó R I C O

  • 1990 – Inicia curso de Biossegurança pela fiocruz;

  • 1992 – ( EUA ) – Divulga documentos que deveriam nortear os princípios da biossegurança até o final do século XX;

  • 1994 – Comissão de comunidades européias publicam a ‘‘carta branca’’- Saúde humana e o meio ambiente.

AQUISIÇÃO DE INFECÇÕES X PROFISSIONAIS

  • Pessoas que cuidam de doentes;

  • Idade Média – Epidemias da cólera,

  • O profissional pode adquirir ou transmitir doenças em função do trabalho

  • Necessário o bloqueio da cadeia epidemiológica da infecção hospitalar.

NORMAS DE PRECAUÇÕES

  • Medidas de prevenção

  • Utilizadas na assistência

  • Todos os pacientes

QUANDO ?

  • Risco de contato com secreções e

  • excreções

  • Contato com mucosas e pele não

  • íntegra

  • Risco de transmissão de

  • microorganismos por GOTÍCULAS OU AEROSSÓIS.

PRECAÇÕES BÁSICAS

  • Lavagem das mãos

  • Uso de EPIs

  • Adequada manipilação e descarte de pérfuro-cortantes

ISOLAMENTOS E PRECAUÇÕES

  • 1. Precauções de contato;

  • 2. Precauções respiratória para

  • gotículas

  • 3. Precauções p/ aerossóis.

ACIDENTE PROFISSIONAL

  • Protocolo do ministério da Saúde deve ser seguido

PROBABILIDADE DE INFECÇÃO

  • HIV – 0,3 % – exposição a sangue;

  • 0,09% - exposição muco cutânea

  • Hepatite B - 30 a 40 %, enquanto para o

  • HIV – o risco médio de se adquirir é de 0,3 % – exposição a sangue;

PROBABILIDADE DE INFECÇÃO

  • Hepatite C – 1,8% (depende

  • do teste utilizado pode variar

  • de 0 a 7%, 1 a 10%)

  • Tuberculose – pode atingir

  • 50%

  • LEMBREM-SE : AS MEDIDAS DE BIOSSEGURANÇA SÓ PODEM OFERECER PROTEÇÃO SE FOREM SEGUIDAS.

CONSIDERAÇÕES ARTIGO: ANÁLISE DOS ACIDENTES COM AGULHAS

CONSIDERAÇÕES ARTIGO: ANÁLISE DOS ACIDENTES COM AGULHAS

CONSIDERAÇÕES ARTIGO: ANÁLISE DOS ACIDENTES COM AGULHAS

CONSIDERAÇÕES ARTIGO: RISCO BIOLÓGICO PARA PSA

CONSIDERAÇÕES ARTIGO: RISCO BIOLÓGICO PARA PSA

CONSIDERAÇÕES ARTIGO: RISCO BIOLÓGICO PARA PSA

CONSIDERAÇÕES TEXTO: PROFISSIONAIS DE SAÚDE E TIPOS DE EXPOSIÇÕES.

CONSIDERAÇÕES TEXTO: PROFISSIONAIS DE SAÚDE E TIPOS DE EXPOSIÇÕES.

CONSIDERAÇÕES TEXTO: PROFISSIONAIS DE SAÚDE E TIPOS DE EXPOSIÇÕES.

Comentários