Pre - projeto

Pre - projeto

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS - UEA

CENTRO DE ESTUDO SUPERIORES DE TEFÉ - CEST

ELISON DE SOUZA SEVALHO

MÉTODOS E TÉCNICAS

PRE-PROJETO DE PESQUISA

Tefé

2009

ELISON DE SOUZA SEVALHO

PRÉ-PROJETO DE PESQUISA

Pré-projeto apresentado para avaliação na disciplina de Métodos e Técnicas da Profª. Cilene Miranda Pontes, para obtenção de nota do Curso de Pedagogia do Centro de Estudo Superiores de Tefé da Universidade do Estado do Amazonas.

Tefé

2009

TEMA

Informática na Educação.

DELIMITAÇÃO DO TEMA

Trabalho com Softwares Educativos na Educação Infantil.

PROBLEMA DE PESQUISA

Como o Brasil esta cada vez mais “moderno”, disso as nossas escolas públicas tem que está no ritmo, mas problematização é como será implantado o software nas nossas escolas públicas?

QUESTÕES NORTEADORAS

Seria possível num país com uma enorme desigualdade social ter a informática como ferramenta de apoio na formação educacional de nossas crianças?

 

O emprego de softwares educacionais no ambiente escolar vem adquirindo cada vez mais espaço. Contudo, há uma enorme preocupação quanto à qualidade desses produtos em função de sua contribuição no processo de ensino-aprendizagem?

OBJETIVOS

Geral

Analisar a didática aplicada na implantação de software educativo na educação infantil a partir da ampliação desenvolvimento do sujeito e sua inclusão na sociedade moderna.

Específicos

  • Identificar a importância da informática no contexto educacional;

  • Quanto ao enfoque à aprendizagem, o software educacional pode direcionar para uma aprendizagem à ênfase na transmissão de conhecimentos e também a formação da criatividade, entretenimento da criança e podendo tornar-lo mais autônomo;

  • O trabalho com software educativo justifica-se em função da importância para a construção e organização do raciocínio que possa refletir sobre a aprendizagem do educando;

  • Apresentar o conteúdo para o aprendiz e ele por sua vez deverá memorizá-la e repeti-la quando for solicitado. Esse nível de aprendizado leva a um aprendiz passivo;

  • Os softwares educacionais quando bem contextualizados, podem tornar-se aliados no processo de ensino e aprendizagem, pois, desempenham uma dupla função: a lúdica e a didática de maneira criativa, motivadora e prazerosa;

  • Associado à criação de novos esquemas mentais, possibilita a interação entre pessoas e tecnologias compartilhando objetivos comuns. Esse nível de aprendizado leva a um aprendiz participativo;

  • O software educativo tem um papel importante dentro da sala de aula, pois pode possuir em seu contexto uma variedade de atividades como: escrita, desenho, a lógica, o desenvolvimento cognitivo entre outros fatores;

JUSTIFICATIVA

O pré-projeto apresentado na educação infantil tem uma relação à prática dos recursos para atividades. Dentre as diversas ferramentas que auxiliam os educando no processo de aprendizagem tem-se o computador como um grande aliado. O computador, representando as diversas ferramentas da informática e os softwares educativos usados na educação, torna-se cada vez mais um amplificador de potencialidades na capacitação e aperfeiçoamento de alunos, professores e das próprias instituições de ensino. O tema de softwares educativo escolhido e analisado para o uso terá que, estar relacionados com o currículo e o programa da disciplina sem esquecer-se da essência técnica, porém, o destaque é para o aspecto pedagógico. A adaptação do software educativo escolhido as disciplinas do grupo é de grande importância para elaboração das atividades, não esquecendo que o ponto chave da proposta com informática educativa principalmente no período de educação infantil é a interdisciplinaridade e aplicação das bases das inteligências múltiplas.

È Fundamental o software em um contexto geral, promove atitudes inovadoras e importantes tanto no processo de aprendizagem do sujeito que o utiliza, quanto do mediador (educador) que favorece o seu uso. Assim para que ocorram as situações de aprendizagem é necessário planejamento por parte do educador, pois a utilização de softwares em áreas específicas transcorre da mesma forma, sustentando a idéia de que é necessário conhecer, e planejar antes de aplicar.

FUNDAMENTAÇÃO TEORICA

Para que a informática possa ser utilizada na aprendizagem, não basta instalar máquinas em seu ambiente, é de suma importância que a escola reflita sobre como o uso dos computadores pode promover situações significativas de aprendizagem. Neste contexto, a utilização do computador como ferramenta educacional, é visto como um instrumento com o qual o sujeito desenvolve, executa algo, ocorrendo assim, o aprendizado através da resolução de problemas e da comunicação, propiciando uma educação centrada na aprendizagem. Como enfatiza VALENTE (1998), quando relata que:

As possibilidades do uso do computador como ferramentas educacionais estão crescendo e os limites dessa expansão são desconhecidos. Cada dia surge novas maneiras de usar o computador como recurso para enriquecer e favorecer o processo de aprendizagem [...].

Dentro do contexto Informática na Educação os softwares educacionais é um programa desenvolvido para atender objetivos educacionais previamente estabelecidos e, para que ele seja efetivo e esteja à altura das necessidades pedagógicas, é necessário que seu desenvolvimento conte com especialistas das áreas de Educação e Informática para que sua aplicação surta os efeitos esperados, as escolas devem contar com esses profissionais, já que cada programa é desenvolvido para matérias específicas a fim de atender as necessidades dos alunos. Diante disso, TAJRA, (2001) ressalta que:

As escolas que se utilizam dessa modalidade optam pelos diversos softwares disponíveis no mercado, conforme os interesses dos professores que se utilizam da tecnologia da informática como recurso didático-pedagógico. Os professores buscam no mercado os softwares que se adaptam à sua proposta de ensino [...].

Os softwares educacionais acrescentam-se na construção do conhecimento de forma a explorar as potencialidades das crianças para a construção de uma base sólida no processo de aprendizagem e devem ser bem analisados, onde é necessário saber se ele é apropriado para os objetivos do contexto educacional.

O uso da informática na educação com software educacional tem como objetivo promover a aprendizagem do aluno, ajudando na construção do processo de conceituação e no desenvolvimento de habilidades importantes para que ele participe da sociedade do conhecimento. Esse uso é efetivado através dos softwares educacionais capazes de tornar a prática do educador e do educando algo prazeroso.

MATERIAL E MÉTODOS

Para utilização dessa pesquisa utilizarei o método de abordagem (dialética) na qual para Campos (2001) nos ambientes de aprendizagem construtivista, os estudantes possuem mais responsabilidade sobre o gerenciamento de suas tarefas e o papel do professor passa a ser também o de orientador, facilitador ou mediador e também utilizarei o método de População, amostra e instrumentos de pesquisa na qual utilizarei 60% da instituição para a elaboração. Os materiais á serem utilizados são: questionário aberto e fechado, laboratórios utilizando os softwares educacionais, utilização de pesquisa em campo (não definida a Instituição de Ensino), entrevista e debates padronizados em escolas públicas para tratar da possibilidade do uso de softwares educacionais, com os alunos, educadores e gestores.

CRONOGRAMA

Meta e Atividade

Outubro

Novembro

Dezembro

Elaboração do Projeto

X

X

Levantamento bibliográfico

X

X

X

Revisão bibliográfica

X

X

Elaboração dos instrumentos de pesquisa

X

Coleta de dados

X

X

Tabulação de dados

X

X

RECURSOS HUMANOS E MATERIAIS

O xérox de três livros – R$ 40,20

REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA

VALENTE, J. A. Computadores e conhecimento: repensando a educação. [s.ed.] Campinas: Gráfica Central da UNICAMP, 1998.

TAJRA, Sanmya Feitosa. Informática na Educação: novas ferramentas pedagógicas para o professor da atualidade. São Paulo: Èrica, 2001.

ALMEIDA, Fernando J. – Educação e Informática. Os computadores na escola. São Paulo: Cortez Editora, 1988.

CAMPOS, Gilda Helena B. - Acesso em: 19/11/09 – 19h48min, Disponível em:

http://www.timaster.com.br/revista/colunistas/ler_colunas_emp.asp?cod=310&pag=2

(2001)

Comentários